Dionéia: caçadora de insectos é evidência contra mitologia darwinista

A dionéia (eng: “Venus flytrap”) é uma das mais fascinantes plantas que alguma vez vamos encontrar. Já consideraram como é que a dionéia consegue fechar tão rapidamente, prendendo uma mosca ou outro insecto qualquer no seu interior? Os cientistas demoraram algum tempo até descobrirem a operacionalidade deste sistema biológico.

Quando os pêlos de disparo (aqueles que actuam como sensores activados por contacto) são tocados, um impulso eléctrico faz com que as células na parte externa da folha cresçam de forma explosiva. O fecho da folha nada mais é que o resultado dum crescimento celular extraordinariamente rápido. É este crescimento que fecha as folhas e prende o insecto que activou o sistema de captura.

Se a presa for incapaz de escapar, os seus movimentos continuarão a estimular os pêlos de disparo, o que fará com que a armadilha se feche ainda com mais força (de maneira quase hermética) permitindo então que o processo de digestão se inicie. Na ausência desse estímulo adicional, a armadilha abre-se, possivelmente como forma da planta evitar o esforço de digerir uma pedra ou uma presa que escapou. [Fonte]

A digestão, que dura aproximadamente 10 dias, é catalisada por enzimas secretadas por glândulas nos lóbulos. Após esse período, a presa está reduzida a um exoesqueleto de quitina.

Enquanto que as células do exterior crescem muito rapidamente para capturar as presas, as células do interior da folha demoram dias até chegarem ao nível das exteriores. É este crescimento das células interiores que volta a abrir a “boca” da planta, preparando-a para a próxima captura.

A melhor explicação para a origem deste sistema biológico é inquestionavelmente o design inteligente. Um sistema que dependa de vários subsistemas para levar a cabo funções fundamentais para a sobrevivência do todo tem que surgir totalmente operacional senão deixa de funcionar.

Afirmar que esta planta é o resultado de várias mutações aleatórias não-inteligentes filtradas pela selecção natural é uma proposição que contradiz os dados empíricos e, francamente, uma hipótese ridícula e desnecessária.

Esta planta é o resultado do Acto Criativo Sobrenatural de Deus. Se os militantes evolucionistas têm algum explicação alternativa que se ajuste melhor aos dados científicos, ficamos à espera.

“Quem não entende, por todas estas coisas, que a Mão do Senhor fez isto? Que está na Sua Mão a alma de tudo quanto vive, e o espírito de toda carne humana?
Job 12:9-10


Nota: “How plants manage to move.” Science Digest, Aug., 1983. p. 89.

About Mats

Salmo 139:14 - Eu Te louvarei, porque de um modo terrível e tão maravilhoso fui formado; maravilhosas são as Tuas obras
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Dionéia: caçadora de insectos é evidência contra mitologia darwinista

  1. Jean Patrik says:

    A origem das Teorias

    Desafiador para todo ateu.

    Like

  2. Douglas says:

    É…
    Conforme a Ciência (a Verdadeira, não a Mitologia Darwinista) cada vez mais se prova que Deus existe, é uma pena que esse tipo de informação não é ensinado nas escolas.
    Se não fosse a Nova Ordem Mundial (a Conspiração do AntiCristo) nem precisariamos “Acreditar” em Deus, provariamos Cientificamente (não Materialmente) sua Existência.

    Like

  3. Everton Araujo says:

    Impressionante. Realmente uma pessoa respeitavel. Video muito bom.

    Like

  4. Gustavo says:

    Eu tenho uma teoria melhor do ponto de vista científico. A evolução acontece pelo que chamamos de equilíbrio pontuado. Ou seja, uma mutação provavelmente será selecionada pela seleção natural se ela não for muito brusca nem muito sutil. Se ela for muito brusca, provavelmente será letal para o organismo. Se ela for muito sutil, provavelmente não vai ofecer novas vantagens. Apenas mutações que não sejam bruscas, mas que ofereçam vantagens adaptativas são selecionadas.

    Você argumentou que o sistema só funciona como um todo. Pode ser verdade, mas durante o processo de evolução, a função das estruturas podem mudar. No caso da dionéia não sei exatamente o que cada estrutura fazia. Mas os pêlos de disparo, poderiam por exemplo ter sido uzados para a captura das presas inicialmente (como fazem as droseras com pêlos de captura) e depois perdido essa função e ganhado a função de disparo. O mecanismo de abre/fecha da folha, com células se expandindo se parece muito com o que algumas plantas usam para se proteger da perda de água durante o sol intenso. Inicialmente a função poderia ser proteger contra perda de água excessiva, mas depois acabou funcionando para a captura das presas. Perceba que tanto os pêlos de captura quanto a proteção contra o sol funcionam independentemente e dão vantagens evolutivas à planta. Depois, outras mutações apenas fizeram leves modificações nesses mecanismos já existes, fazendo eles trabalharem de mode integrado, com outras funções e mais adaptados.

    Like

  5. Tiago Mori de Souza says:

    Realmente, a teoria de darwin está em partes certa e em partes errada. Afinal a teoria mais errada que ele teve é que o homem evoluiu do macaco. E os livros de história ainda reforçam essas ideias.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s