A teoria da evolução contradiz as leis da termodinâmica?

Entropia

O evolucionismo naturalista requer que as leis naturais e os átomos se organizem de modo a gerar arranjos cada vez mais complexos, benéficos e ordenados. Portanto, através dos imaginários milhões de anos, uma vasta gama de especificações biológicas supostamente desenvolveram-se, tornando-se cada vez mais ordenadas e complexas. Isto é o que o evolucionismo defende. A ciência, como é normal, demonstra algo bastante diferente.

A 2ª Lei da Termondinâmica (SLT)  revela-nos que o cenário proposto pelo evolucionismo é contrário às observações empíricas. A longo prazo, arranjos complexos e ordenados vão-se tornando gradualmente mais simples e desordenados. Existe no universo uma tendência de degeneração irreversível, e a teoria da evolução, com sua noção dum aumento natural da ordem e da especificidade complexa, está em oposição directa à ciência.

Alguns evolucionistas menos informados alegam que o problema causado pela SLT à teoria da evolução “já foi resolvido”. Mas será que foi mesmo? Segundo o perito Frank A. Greco, não:

É possível dar uma resposta pronta à pergunta “Será que a SLT já foi contornada?” AINDA NÃO.

Não existe experiência alguma que a refute, afirmam os físicos G.N. Hatspoulous e E.P. Gyftopoulos:

Não há qualquer experiência registada na história da ciência que contradiga a SLT ou os seus corolários

O recentemente falecido Dr Duane Gish comenta:

De todas as declarações que foram já feitas em relação as teorias centradas na origem da vida, a declaração de que a SLT não coloca qualquer tipo de problema para a teoria da evolução é a mais absurda. A operacionalidade dos processos naturais nos quais se baseia a SLT é, por si só, suficiente para impossibilitar a espontânea origem evolutiva da imenda ordem biológica necessária para a origem da vida.

O Dr. Emmett Williams, Ph.D, afirma:

Não é exagero afirmar que as leis da termodinâmica representam algumas das melhores leis científicas actuais. Embora as alegações de algumas áreas (tais como a astronomia) parecem mudar quase todos os dias, a ciência da termodinâmica tem sido notável pela sua estabilidade. Após muitas décadas de observações cuidadosas, não se registou uma única instância que refutasse algumas destas leis.

Fonte

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Ciência and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

22 Responses to A teoria da evolução contradiz as leis da termodinâmica?

  1. Douglas says:

    Mats, desculpe postar nesse blog algo totalmente fora do assunto central dele, é que eu não tenho nenhum tipo de conta para poder postar no Marxismo Cultural.
    Venho pedir que faça uma parceira com esse site: http://mulherescontraofeminismo.wordpress.com/
    Esse site vem sendo bastante hostilizado pelas feministas e possui artigos muito bons e quem escreve parece que são mulheres bem inteligentes e sensatas.

    Se gostar, converse com elas e faça uma parceria, se possível claro.

    Like

  2. Aureliano says:

    Você só esqueceu de dizer a SLT refere-se apenas a sistemas fechados, enquanto a origem da vida envolve a neguentropia – i.e., aumentar a entropia do meio para reduzir a do organismo.
    Então, esse post não tem naaaaaaaaaada a ver.

    Like

    • Mats says:

      A entropia a que se refere o post é a entropia informacional e não a energética.

      Mas mesmo assim, o universo é um sistema fechado.

      Like

      • caiman says:

        E a segunda lei da termodinâmica só se aplica à entropia energética, e não à entropia informacional (que aliás são dois conceitos completamente diferentes: é como comparar laranjas e elefantes).

        E mesmo sendo o Universo um sistema fechado, a vida é apenas uma minúscula componente deste Universo, ou seja, é perfeitamente possível (e até plausível) que a redução da entropia nos compostos vivos, seja acompanhada de um aumento de entropia no resto do Universo (o que estaria de acordo com a segunda lei da termodinâmica).

        Like

      • Mats says:

        E a segunda lei da termodinâmica só se aplica à entropia energética, e não à entropia informacional (que aliás são dois conceitos completamente diferentes: é como comparar laranjas e elefantes).

        Falso. Todos os processos que operam sobre o mudo fisico estão sujeitos à SLT.

        E mesmo sendo o Universo um sistema fechado, a vida é apenas uma minúscula componente deste Universo, ou seja, é perfeitamente possível (e até plausível) que a redução da entropia nos compostos vivos, seja acompanhada de um aumento de entropia no resto do Universo (o que estaria de acordo com a segunda lei da termodinâmica).

        Não há nenhum processo natural não-inteligente que seja capaz de reduzir a entropia informacional. Conheces?

        Like

    • Carlos says:

      Um refrigerador ao expulsar o calor de dentro para fora, apesar de haver um movimento energético à primeira vista não-natural e parecer violar as leis termodinâmicas, o fluxo de calor continua indo sempre do mais quente para o mais frio e a entropia continua sempre a aumentar. Porém para que isto ocorra é necessário um aparato que comprima um gás(que tal compressão também parece contrariar o aumento da entropia) e nisso há a realização de trabalho e dissipação energética, no final a entropia geral aumenta, apesar de localmente diminuir.

      Já na geração da vida e da informação biológica deve ocorrer a mesma coisa. Pensar desta forma simplista que você fez sobre o artigo levaria que o argumento apresentado neste impossibilitaria tanto a geração espontânea quanto a criação divina, pois ambas violariam o aumento de entropia. Mas, assim como não existem geladeiras agindo naturalmente, é necessário um esforço para criar a informação biológica. Já ela surgir do nada viola os princípios termodinâmicos, assim como o fluxo de calor de um ambiente mais frio para o mais quente naturalmente não pode ocorrer. Assim como a síntese de glicose ou de outras moléculas mais complexas dentro de um organismo vivo não ocorre “do nada”, sem um aparato que intervenha com gasto energético. É necessário todo um esquema de complexas etapas com gasto de energia, que não estão postas ali aleatoriamente a gerar açúcar, mas que fazem parte de um organismo. Informação e complexidade não surge do nada, ou pelo menos não é o que observa. A religião evolucionista é a única filosofia que anda na contramão é vem afirmar que coisas surgem do nada.

      Like

    • MKF says:

      como respondido pelo caiman:

      “E a segunda lei da termodinâmica só se aplica à entropia energética, e não à entropia informacional (que aliás são dois conceitos completamente diferentes: é como comparar laranjas e elefantes).”

      Corretíssimo!

      a entropia energética, que a unidade é [J/K], é a única entropia existente entre as grandezas termodinâmicas. entropia visual, conforme a figura no início do post dá a entender, ou entropia informacional, mencionada pelo Mats, se existem, não são grandezas termodinâmicas, podem ser talvez termos metafísicos ou filosóficos, logo não podem ser aplicadas as leis da termodinâmica.

      uma maneira fácil de demostrar que entropia informacional não faz o menor sentido, ignorando que foi um termo inventado, seria tentar responder as seguintes questões:

      1) qual seria a unidade da entropia informacional?
      **informação por kelvin(?), não, né. [J/K] também não pode, pois é uma unidade de energia.

      2) como encaixar entropia informacional, com a unidade respondida na pergunta 1, nas equações da termodinâmica – como, por exemplo, S=Q/T?
      **qualquer unidade diferente de [J/K] já não fecharia as unidades da equação termodinâmica mencionada nem nenhuma outra, “é como comparar laranjas e elefantes” conforme caiman mencionou, e, portanto, não faz nenhum sentido dentro das leis termodinâmicas.

      definir entropia apenas como desordem é bastante complicado, pois a definição de desordem para leigos é diferente da definição de desordem para a termodinâmica, o que dá margem a teorias filosóficas travestidas de termodinâmica.
      considerar que entropia, desordem, simplicidade são sinônimos e tentar refutar a teoria da evolução com as leis deturpadas da termodinâmica é uma falácia sem tamanho, e só trás descrédito e demonstra total ignorância no assunto de quem fala e repete.

      **recomendo as seguintes leituras básicas:
      [1] http://pt.wikipedia.org/wiki/Termodin%C3%A2mica
      [2] http://pt.wikipedia.org/wiki/Entropia
      [3] Princípios de Termodinâmica Para Engenharia – Michael J. Moran, Howard N. Shapiro

      Like

  3. jephsimple says:

    Segunda lei da termodinâmica+acaso+desordem+bilhões de anos= centenas, milhares de mecanismos complexos específicos sofisticados?Verdade ou mitologia naturalista?…É uma pergunta retórica.

    Like

  4. Saga says:

    Matts, como assim termodinamica informacional ?

    Vale outro tópico depois

    Like

  5. “Aquele que afirma ser cético em relação a determinado conjunto de crenças é, na verdade, um verdadeiro crente de outro conjunto de crenças”
    (Phillip Johnson)

    Excelente post Mats

    Like

  6. Victor Ramos de Oliveira says:

    Os únicos processos necessários para ocorrer evolução são: reprodução, variabilidade hereditária e seleção. Estes processos ocorrem e são vistos o tempo todo, e nenhuma lei física, tal como a tendência do aumento da entropia termodinâmica, impediria a ocorrência deles. Conexões entre evolução e entropia já foram estudadas em profundidade, e a entropia jamais foi um impedimento à evolução

    Like

    • Azetech says:

      Victor

      Os únicos processos necessários para ocorrer evolução são: reprodução, variabilidade hereditária e seleção.

      Prezado, está a confundir a “evolução” pelo qual o texto estava a tratar. a MICRO-evolução é presenciada a todo instante porém justificar a MACRO-evolução pela micro, está totalmente equivocado.
      A MACRO-evolução NUNCA foi observado. Esta é apenas uma ideia CRIDA por FÉ, pelos evolucionistas

      Like

    • jephsimple says:

      Aonde entra o acaso e *necessidade [*metafísica]?

      O processo nós sabemos, alias sabemos que existe uma maquinaria molecular sofisticadíssima por traz do processo de reprodução, alem de informação complexa especificada… Nossa posição não é qual a origem da informação [nós sabemos que informação é fruto de mente,projeto,inteligência,cognição e etc]

      A pergunta é … se NÃO EXISTE UMA MENTE CRIANDO INFORMAÇÃO, …

      QUAL A ORIGEM DA INFORMAÇÃO???

      Algum naturalista neo darwinista pode responder esta simples objeção?

      Pode nos fornecer uma hipótese testável, empírica, falseável onde informação não tem como causa uma mente?Inteligência?Intenção?Planejamento?Projeto?

      Ainda não entenderam a lógica?

      Like

      • A pergunta é … se NÃO EXISTE UMA MENTE CRIANDO INFORMAÇÃO, …QUAL A ORIGEM DA INFORMAÇÃO??? (jephsimple)

        A resposta é, NÃO SABEMOS mas NÃO VAMOS INVENTAR RESPOSTAS ABSURDAS, como sejam mentes sobrenaturais a funcionar sem um cérebro; computadores doutras civilizações doutros universos; velhos de barba e túnica branca eternos (então porque são velhos?) a criarem informação; monstros formados por esparguete e almôndegas (É VERDADE, existe essa religião); etc…….
        NÃO SABEMOS ainda responder… custa assim assim tanto dizê-lo!!!!!

        Like

      • Mats says:

        A resposta é, NÃO SABEMOS mas NÃO VAMOS INVENTAR RESPOSTAS ABSURDAS

        Correcção: *tu* não sabes. Não propagues entre os outros a tua ignorância voluntária.

        como sejam mentes sobrenaturais a funcionar sem um cérebro; computadores doutras civilizações doutros universos; velhos de barba e túnica branca eternos (então porque são velhos?) a criarem informação; monstros formados por esparguete e almôndegas (É VERDADE, existe essa religião); etc

        Concordo. Não vamos colocar como hipótese nenhuma dessas coisas absurdas. A explicação cientificamente mais sã é a tese de que Deus criou a informação. As alternativas são absurdas.

        Like

      • Vinicius Monteiro says:

        Sodré, você precisa pesquisar mais antes de atacar a Bíblia e Deus. A Bíblia informa Jeová com a aparência de uma pessoa mais velha, justamente, por ele ter uma grande idade e por sua grandiosa sabedoria, as quais merecem nosso mais profundo respeito.
        Uma vez que ele é um Espírito além do poder de visão dos humanos, qualquer descrição da Sua aparência em termos humanos só pode dar uma ideia da sua glória incomparável. Embora não vissem realmente seu Criador, certos servos dele receberam visões inspiradas das Suas cortes celestiais. A descrição que apresentaram da Sua presença retrata não só grande dignidade e assombrosa majestade, mas também serenidade, ordem, beleza e agradabilidade. — Êx 24:9-11; Is 6:1; Ez 1:26-28; Da 7:9; Re 4:1-3; veja também Sal 96:4-6.
        Como se pode observar, essas descrições usam metáforas e analogias, assemelhando a aparência de Jeová a coisas conhecidas pelos humanos — pedras preciosas, fogo, arco-íris. Embora alguns peritos, assim como você, questionem consideravelmente o que chamam de expressões antropomorfológicas encontradas na Bíblia — como as referências aos “olhos”, “ouvidos” e “rosto” (1Pe 3:12), o “braço” (Ez 20:33), a mão “direita” (Êx 15:6) de Deus, e assim por diante — é óbvio que tais expressões se fazem necessárias para que a descrição seja compreensível aos humanos. Fornecer-nos Jeová Deus uma descrição de si mesmo em termos espirituais seria como dar equações de álgebra superior a pessoas que só têm o conhecimento bem elementar de matemática, ou como tentar explicar as cores a uma pessoa que nasceu cega. — Jó 37:23, 24.
        Os chamados antropomorfismos, por conseguinte, jamais devem ser considerados de forma literal, assim como tampouco se tomariam literalmente outras referências metafóricas a Deus como “sol”, “escudo”, ou “Rocha”. (Sal 84:11; De 32:4, 31) A visão de Jeová (Gên 16:13), dessemelhante da dos humanos, não depende de raios de luz, e atos praticados em completa escuridão podem ser vistos por Ele. (Sal 139:1, 7-12; He 4:13) Sua visão pode abranger a terra toda (Pr 15:3), e Ele não precisa de nenhum equipamento especial para ver o embrião em desenvolvimento no útero humano. (Sal 139:15, 16) Nem depende sua audição de ondas sonoras numa atmosfera, pois Ele consegue “ouvir” expressões ainda que proferidas silenciosamente no coração. (Sal 19:14) O homem não consegue medir com êxito nem mesmo o vasto universo físico; todavia, os céus físicos não abrangem ou contêm o lugar da residência de Deus, e muito menos poderiam contê-lo uma casa ou um templo terrestre. (1Rs 8:27; Sal 148:13) Mediante Moisés, Jeová avisou especificamente a nação de Israel para que não fizesse nenhuma imagem Dele em forma de varão ou de qualquer espécie de coisa criada justamente pelo fato de ele ter criado tudo e não se parecer com nada que é material. (De 4:15-18)
        E com relação as respostas absurdas, tais respostas já foram dadas pelos naturalistas, e mais absurda do que a ideia de se crer em um ser que não é “visível”, sim entre aspas por que Ele é visível através de sua criação (Rom. 1:20), é crer que o “Acaso” ou a “Natureza” fez tal coisa, aliás só estão tirando algo que é de direito de Jeová e dando a outrem.
        “Portanto Deus, em harmonia com os desejos dos seus corações, entregou-os à impureza, para que os seus corpos fossem desonrados entre si, estes, os que trocaram a verdade de Deus pela mentira, e veneraram e prestaram serviço sagrado antes à criação do que Àquele que criou, que é bendito para sempre. Amém.” — Rom. 1:24,25

        Like

  7. Camila says:

    Dai a pessoa está aqui querendo estudar e só se depara com posts religiosos cheios de sofismas.

    Like

    • Camila

      “””Dai a pessoa está aqui querendo estudar e só se depara com posts religiosos cheios de sofismas.”””

      Não é sofisma relatar um fato claramente observado na qual contradiz o modelo naturalista para a formação do universo e da vida.
      O Fato é que a 2º Lei da Termodinâmica é um grande problema a crença que o universo (sistema isolado) desordenado após uma EXPLOSÃO, tornou-se ordenado, e também contradiz a crença que elementos simples inanimados “espalhados” na Terra (Sistema Fechado) , uma vez organizou-se SOZINHO tornando elementos COMPLEXOS e ANIMADOS. (Abiogênese por Geração Espontânea)

      Outro fato contradiz as vossa crença “Macro-Evolutiva”, é a entropia informacional genética.
      O que isso significa?
      Que se em um sistema INFORMACIONAL há falhas em seu transmissor, então a informação contida neste sistema DIMINUI

      Como podemos visualizar empiricamente, a troca informacional genética não é 100% pura, pois em meio a esta troca existe fatores que “distorcem” a informação (Mutação)
      Então, ao contrário do que a vossa doutrina prega, NÃO HÁ aumento informacional na classe do ser, fazendo-o evoluir, pelo contrário, há uma DIMINUIÇÃO em sua informação (no máximo estagnação), levando-o a INVOLUIR ou permanecer em seu mesmo estado.

      Então amiga, utilizar de argumentos inválidos, mesmo a com todas estas descobertas, simplesmente para manter uma fé que contradiz a observação (Teoria da evolução), é o real sentido do termo “sofisma”.

      Liked by 1 person

      • JPM says:

        A Terra é um sistema fechado?o_O

        Like

      • JPM

        A Terra é um sistema fechado?

        Sim. Pois na regra recebe apenas recebe ENERGIA de fonte externa (Sol)
        Não confunda Sistema FECHADO com sistema ISOLADO

        º Sistema Aberto = Troca de Energia e Matéria
        º Sistema Fechado = Troca apenas de Energia
        º Sistema Isolado = Não há troca alguma.

        Liked by 1 person

      • JPM says:

        DIogo/Azetech,

        Se quiseres ser completamente correto, a Terra não é 100% um sistema fechado. Entram meteoritos dentro da atmosfera, são libertos alguns gases da camada superior da atmosfera.

        Logo há troca de massa, se bem que percentualmente, comparando com a massa total, possa ser considerado um valor irrelevante.

        Like

      • JPM

        Em sentidos literais, não há um só sistema 100% Isolado ou 100% Fechado no universo. Isso é IMPOSSÍVEL.
        Todos os sistemas existentes estão sujeitos a troca de matéria e energia mesmo a escalas ínfimas e/ou esporádicas.

        Porém em termos acadêmicos, nas quais são considerados as regras e não as exceções, a Terra é considerada um Sistema Fechado.

        Liked by 1 person

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s