Como é que a teoria da evolução explica a relação entre a saúde humana e as árvores?

ArvoresSerá que viver entre árvores pode afectar a saúde humana?  Cada vez mais estudos indicam que as árvores podem melhorar a saúde humana. A teoria da evolução não tem explicação para isto, mas do ponto de vista Bíblico, os seres humanos e as árvores têm laços estreitos.

Pesquisas recentes incorporaram medidas que visavam demonstrar que viver mais anos não tinha qualquer ligação com a vida levada junto das árvores, mas sim com outros factores tais como “rendimento, etnia e educação“.1 Mas os pesquisadores apuraram que a saúde cardiovascular claramente diminuia junto de pessoas dos variados grupos étnicos, económicos ou educacionais na ausência das árvores.

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????Geoffrey Donovan (U.S. Forest Service) foi o editor-chefe do estudo que foi publicado no American Journal of Preventative Medicine2, e que durou 18 anos, tendo sido levado a cabo em 15 estados americanos. Segundo o estudo, durante a última década o besouro-perfurador parasitou e matou imensas árvores “emerald ash” através dos estados americanos do Midwest. Depois de isso ter acontecido, 15,000 mais pessoas dessas áreas morreram de complicações cardiovasculares.

Qual é a principal causa deste fenómeno? Os pesquisadores não sabem, mas os dados ajustam-se à ideia estranha de que árvores partidas podem levar a corações partidos

Dentro do paradigma evolucionista (cheio de mitologia, como já sabemos) qual é a vantagem humana em viver junto de árvores fortes e viçosas? Qual é a vantagem em ver árvores saudáveis? Qual é a explicação evolutiva para o facto da saúde humana piorar sempre que as árvores murcham

EntreArvoresEm contraste com a mitologia evolutiva, as árvores desempenham um papel surpreendentemente forte na história humana. O infalível e historicamente válido Livro de Génesis usa a palavra “árvore” 28 vezes. Na quarta vez que isso acontece, em Génesis 2:9, a Bíblia diz “E o Senhor Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida”. Portanto, desde o princípio que as árvores são identificadas como fontes de comida e beleza.3

Em relação ao cristão, a Bìblia diz também que “Estender-se-ão as suas vergônteas, e a sua glória será como a da oliveira, o seu odor como o do Líbano.” Claramente, Deus criou as árvores não só como fonte de alimento, mas tambem como forma de trazer satisfação ao homem. Será que os cientistas estão a descrobrir hoje aquilo que a Bíblia já diz há muitos séculos?

Fonte

* * * * * * *

Uma pequena experiência visual que pode ser muito reveladora. Das imagens que se seguem, qual das duas vos faz sentir melhor?

Arvores

References
  1. Tree and human health may be linked. Pacific Northwest Research Station of the U.S. Forest Service press release, January 16, 2013.
  2. Donovan, G. et al. 2013. The Relationship Between Trees and Human Health. Journal of Preventative Medicine. 44 (2):139-145.
  3. This biblical link deepens when one considers that the resurrection of the Lord Jesus, “whom they slew and hanged on a tree” (Acts 10:39), is mankind’s only hope of eternal pleasure. “In thy presence is fulness of joy; at thy right hand there are pleasures for evermore” (Psalm 16:11).
  4. Hosea 14:6.
  5. Of course, the right response to this provision of pleasure is to praise God.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

6 Responses to Como é que a teoria da evolução explica a relação entre a saúde humana e as árvores?

  1. caiman says:

    Por esta ordem de ideias, o número de mortes por complicações cardio-vasculares durante o Inverno deve ser superior ao número de mortes durante o Verão. Isto nas regiões com florestas de folha caduca. Nas regiões onde as florestas têm folhagem permanente, não deve existir qualquer diferença entre o Verão e o Inverno.

    De qualquer dos modos, este post cai num erro científico muito comum: assume que uma correlação implica causalidade. Ou de outra forma: lá porque as pessoas têm menos problemas cardíacos quando vivem próximas de árvores, isso não quer dizer que tal se deva à presença das árvores. Para dar um exemplo (entre muitos possíveis): a causa pode ser um estilo de vida mais saudável. Quem vive junto a florestas tipicamente exerce mais actividade física regular do que quem vive nas cidades.

    Like

    • Mats says:

      caiman,

      Das duas imagens no final do post, qual das duas preferes?

      Like

      • WatchMaker says:

        Mats,
        essa das imagens não faz qualquer tipo de sentido.

        Explica-me lá como e porquê as pessoas preferirem árvores com folhas “vivas” do que sem folhas explica o que tu queres que explique? É o mesmo de te mostrar uma foto de um pássaro com penas e sem penas. Estás a querer dizer que Deus deu as penas aos pássaros para nos sentirmos mais felizes? Cada teoria mais engraçada.

        Já agora o que têm vocês a dizer sobre os dados apresentados hoje pela ESA sobre o Universo apresentar ser ainda MAIS VELHO do que anteriormente pensado? Parece que quanto mais se estuda, mais longe se fica dos vossos “meia duzia de milhares de anos”.

        Like

    • Rafael Lopes says:

      Vc está equivocado Caiman, o artigo deixa claro o seguinte:
      “Qual é a principal causa deste fenómeno? Os pesquisadores não sabem, mas os dados ajustam-se à ideia estranha de que árvores partidas podem levar a corações partidos”
      O próprio artigo não afirma causalidade entre um fato e outro, só afirma a própria correlação mesmo.

      Like

    • Rafael Lopes says:

      Parte 2
      Portanto isso que vc aporta não é erro científico nenhum, vc está sendo tendencioso ao meu ver, ou no mínimo desatencioso.

      Like

  2. rodwill says:

    Desde criança tenho uma ligação interessante com árvores, passei boa parte dessa época sobre seus galhos. Atualmente costumo sair da empresa no horário de almoço e me sentar embaixo de uma, até mesmo quando está chovendo costumo ir lá (mesmo que seja pra ficar um pouco), nunca havia ligado uma coisa a outra. Satisfação é uma palavra que define bem está minha relação com as árvores!

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s