O que matou os dinossauros?

Dinossauro TApologetics Press

Esta pergunta (“o que matou os dinossauros?”) foi feita milhares de vezes, e foram fornecididas outras milhares de respostas. Devido à natureza fascinante dos dinossauros, os órgãos de comunicação encontram-se repletos de histórias àcerca de fósseis de dinossauros e teorias em torno da sua extinção.

Uma das mais recentes reportagens chega-nos de Zhucheng, China. A cerca de 415 milhas (~ 667 quilómetros) a sul de Pequim, uma enorme ravina com ~280 metros de distância encontra-se preenchida com mais de 15,000 ossos de dinossauro; crê-se que este local é o maior depósito de fósseis de dinossauro do mundo (Cha, 2010).

O que causou a que tantos dinossauros fossem rapidamente enterrados no mesmo local? O técnico-chefe resposável pelo local afirmou:

É difícil entender o porquê de existirem tantos dinossauros mortos no mesmo sítio (2010).

Os pesquisadores teorizam que “os dinossauros foram mortos pela força da explosão duma erupção vulcânica, ou o impacto dum meteorito, e foram posteriormente apanhados numa enchente, ou num desmoronamento, ou mesmo num tsunami que os colocou no mesmo local.” (2010).

DiluvioTal como quase todos os fósseis de dimensões consideráveis existentes no mundo, os cientistas acreditam que largas quantidades de água causaram a fossilização das amostras presentes em Zhucheng (ver Butt e Lyons, 2008).

Que evento histórico é a melhor explicação para as gigantescas quantidades de água que foram responsáveis pelo enterro de centenas de milhares de dinossauros, e pela sua mistura em largas ravinas e fendas?

O Dilúvio Global de Noé ajusta-se perfeitamente às evidências (2008).

Não só o Dilúvio fornece a água necessária, como a Bíblia diz que as fontes do grande abismo “se romperam” (Génesis 7:11). Este “rompimento” quase de certeza que foi  um massiço movimento da crosta terrestre, que causou erupções volcânicas, terremotos e tsunamis gigantescos.

Quanto mais os cientistas analisam os fósseis de dinossauro, mais o Dilúvio de Noé se afigura como a explicação perfeita para a sua formação.

* * * * * * *
Visto que a fé na teoria da evolução não depende da ciência, obviamente que para o militante evolucionista estas evidências são totalmente irrelevantes.

É importante não esquecer que o homem (ou mulher) evolucionista é a pessoa que é capaz de afirmar, cheio de fé, que um réptil pode evoluir para um pássaro, e que um animal terrestre pode evoluir para uma baleia. Se alguém é capaz de fazer tamanho sacrifício intelectual como forma de manter intacta a sua fé em Darwin, não é surpresa alguma saber que muitos deles rejeitam o Dilúvio de Noé como a melhor explicação para a formação dos fósseis de dinossauro de grandes dimensões encontrados enterrados no mesmo local.

Mas como já foi dito anteriormente, os evolucionistas são livres para acreditar que dinossauros evoluíram para colibris; eles não são é livres para qualificar essa posição religiosa de “ciência”.

REFERÊNCIAS:

Butt, Kyle and Eric Lyons (2008), “What Happened to the Dinosaurs?

Cha, Ariana (2010), “China Spends Billions to Study Dinosaur Fossils at Sites of Major Discoveries,” The Washington Post, January 26,

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

45 Responses to O que matou os dinossauros?

  1. Felipe Mendes Degraf says:

    O texto diz:
    É difícil entender o porquê de existirem tantos dinossauros mortos no mesmo sítio
    O Dilúvio Global de Noé ajusta-se perfeitamente às evidências.

    Eu digo:
    O que é difícil de entender é; porque se Deus criou todos os seres ao mesmo tempo, e se depois matou a maioria deles no Dilúvio de Noé, porque não são encontrados fósseis de seres humanos nas mesmas camadas de sedimento em que se encontram os dinossauros?
    Só se encontram dinossauros, nem ao menos um humano, nem ao menos um mamífero grande, nada.
    Não há nenhum indicio de um genocídio global na mesma época da morte dos dinossauros.
    Mas provavelmente isso se deve a uma conspiração dos cientistas ateus, certo?

    Like

    • Mats says:

      O que é difícil de entender é; porque se Deus criou todos os seres ao mesmo tempo, e se depois matou a maioria deles no Dilúvio de Noé, porque não são encontrados fósseis de seres humanos nas mesmas camadas de sedimento em que se encontram os dinossauros?

      Boa pergunta. MAs antes disso, eu gostaria que me dissesses uma coisa:

      1. Alguma vez foram encontrados fósseis de leões na mesma camada que os seres humanos?
      2. Se não existirem fósseis de dinossauro na mesma camada que os seres humanos, isso significa o quê?

      Like

      • Felipe Mendes Degraf says:

        Respostas:
        1. Alguma vez foram encontrados fósseis de leões na mesma camada que os seres humanos?
        Eles nunca foram encontrados lado a lado, mas os dois estão fossilizados nas camadas mais superiores de sedimentos, diferente dos dinossauros que estão bem mais abaixo, geralmente vários metros abaixo, em camadas de sedimentos com mais de 65 milhões de anos.
        Uma característica das rochas sedimentares é a sua ordenação temporal. Assim numa sequência de estratos, um estrato é mais antigo do que aquele que está por cima, e mais recente do que o que está por baixo – Princípio da sobreposição.

        2. Se não existirem fósseis de dinossauro na mesma camada que os seres humanos, isso significa o quê?
        Você sabe muito bem o que isso significa Mats, significa que essa teoria do Dilúvio está errada. E mais importante; significa que a Teoria da Criação Divina está errada, pois se Deus criou o homem e os outros animais juntos, como os dinossauros morreram milhões de anos antes dos primeiros seres humanos?
        Ou será que tudo que sabemos sobre biologia, geografia, paleontologia e outras ciências, está errado, e a Bíblia está certa?

        Deixo aqui um link para um vídeo que explica o meu ponto de vista, sobre como a Bíblia não deve ser levada literalmente.

        Like

      • Mats says:

        1. Alguma vez foram encontrados fósseis de leões na mesma camada que os seres humanos?
        Eles nunca foram encontrados lado a lado, mas os dois estão fossilizados nas camadas mais superiores de sedimentos, diferente dos dinossauros que estão bem mais abaixo, geralmente vários metros abaixo, em camadas de sedimentos com mais de 65 milhões de anos.

        Uma vez que os fósseis (?) de leões e de humanos nunca foram encontrados NA MESMA camada (“lado a lado”) mas nas “camadas superiores”, isso significa que nunca viveram lado a lado?

        2. Se não existirem fósseis de dinossauro na mesma camada que os seres humanos, isso significa o quê?
        Você sabe muito bem o que isso significa Mats, significa que essa teoria do Dilúvio está errada.

        Mas nós sabemos de animais que estavam nas “camadas inferiores” (anteriores à imaginária “era dos dinossauros”) mas que ainda estão vivos hoje. O que é que isso te faz concluir?

        Ou será que tudo que sabemos sobre biologia, geografia, paleontologia e outras ciências, está errado, e a Bíblia está certa?

        Só aquilo que tenta “provar” que répteis evoluíram para pássarinhos, ou que animais terrestres evoluíram para baleias. O resto está certo.

        Deixo aqui um link para um vídeo que explica o meu ponto de vista, sobre como a Bíblia não deve ser levada literalmente.

        O que é levar a Bíblia “literalmente” ?

        Like

      • thais says:

        seres humanos são mais leves que dinossauros então é um pouco obvio que eles iriam parar em lugares diferentes

        Like

  2. Mats:

    O que matou os dinossauros foi o frio.

    Ah, não, foram os insetos!

    Não, não, foram algas tóxicas.

    Não, de novo não, foram altas taxas de dióxido de carbono, ou então foram alterações climáticas, ou então porque o clima estava muito seco, ou muito úmido, muito quente, ou muito frio… por que não? Pode ter sido envenenamento por urânio, inversão de polos magnéticos, radiação ionizante, explosão de supernova, problema nos ovosou no DNA dos dinossauros ou até mesmo alterações nas flores!! Isso não sou eu que estou dizendo, são as 101 teorias sobre isso.

    Pode ter sido também a velha teoria do meteoro que caiu no México, por que não? Ou será que esse meteoro caiu foi na Índia? Ou será que foram dois meteoros ou uma chuva de meteoros que durou mais de mil anos?

    Ah, não!! Há uma nova teoria: os dinossauros cagaram demais e isso causou a extinção deles!

    Pode ter sido também cataratas nos olhos dos dinossauros, câncer de pele, porque eles evoluíram demais, ou porque eram incapazes de evoluir… por que não seria? Isso é ciência!!!!!!!!!! São pesquisas e estudos, baseados em observações, análises e procedimentos sérios que levaram a essas conclusões! Quem somos nós para questionar o naturalismo filosófico a ciência? É coisa de criacionista fanático mesmo!

    Ah, agora sim!!! Finalmente!! Os cientistas em 2010, finalmente chegaram a conclusão! Foi definitivamente um meteoro do que foi para o México novamente que os extinguiu!! Finalmente!!! Saiu em vários periódicos sobre isso, foram pesquisas sérias e tudo mais.

    Ah, não, de novo não:

    Os cientistas, em 2011, depois de chegarem a conclusão deeeeeefinitiva de que foi um meteoro discordaram e ainda continuam na dúvida sobre o que os extinguiu.😦

    E agora???

    Já antecipando, dá para imaginar o que os evolucionistas vão falar sobre isso:

    -> a ciência é assim, sujeita a revisão, nada de certezas absolutas;

    -> a ciência lida com observações, uma série de procedimentos, coleta de dados, para chegar a conclusões, blá blá blá, ao contrário de vocês criacionistas que tem certezas absolutas;

    -> mimimi

    Like

    • Mats says:

      Adalberto, boa resposta.

      Like

    • Felipe Mendes Degraf says:

      Podemos não ter certeza absoluta sobre como eles morreram, mas é consenso entre todos os cientistas que eles não viveram junto com os seres humanos, porque há provas, como mostro no meus pequenos comentários acima, que aliás, nenhum dos que comentaram conseguiram derrubar, mas parece que eu balancei tanto a Fé dessas pessoas que outro post (coisa que não é muito comum aqui, posts tão próximos um do outro) foi feito alegando as mesmas coisas, mas sem a cateterística religiosa-cientifica que marca todos os outros posts desse blog, ficando somente a religiosa, que é exatamente como esse blog deveria ser.

      Outras coisas que acho importante apontar são:
      1. Sabendo que existem mais ou menos 5 milhões de espécies de animais no mundo,como Noé poderia construir um navio tão imenso para abrigar 10 milhões de animais?Ou seja 5 milhões vezes 1 casal de cada animal. Seria muitas vezes maior que qualquer navio já construído pelo homem até hoje, e todo de madeira, e ainda durante a vida de Noé (e não me diga que ele viveu quase 1,000 anos).

      2. Se como afirmado no texto, os dinossauros foram contemporâneos do homem, e estavam presentes na época do Dilúvio, porque eles também não foram salvos? Sabe-se que eram animais magníficos.

      Concordo com o Mats que a resposta do Adalberto foi muito boa, foi boa porque ele não consegue trazer nenhum argumento relevante para desqualificar a teoria da evolução. e além disso as teorias que ele usa não estão em sites de publicações respeitadas na área cientifica, só em sites de segunda e revistas sensacionalistas.

      Termino citando o Adalberto:
      -> a ciência lida com observações, uma série de procedimentos, coleta de dados, para chegar a conclusões etc…. Ao contrário de vocês criacionistas que tem certezas absolutas;

      E na minha opinião na maioria das vezes ridículas.

      Like

      • Mats says:

        Tu tens que ter calma contigo porque nem todas as pessoas tem a tua vida para ficar na internet 24 horas por dia.

        Podemos não ter certeza absoluta sobre como eles morreram, mas é consenso entre todos os cientistas que eles não viveram junto com os seres humanos, porque há provas, como mostro no meus pequenos comentários acima,

        Tu tens provas de que NÃO VIVERAM juntos porque há um “consenso” ? Tu estás ciente que os “consensos” variam mediante as evidências (E a alteração da geração de cientistas) ? Era um “consenso” que o Piltdown Man era evidência em favor da vossa teoria da evolução, mas já se sabe que era uma fraude evolucionista- Era um “consenso” que o celacanto tinha “desaparecido” milhões de anos antes do ser humano aparecer . . . . até que um dia foi encontrado um com vida.

        Os consensos não valem nada.

        Outras coisas que acho importante apontar são:
        1. Sabendo que existem mais ou menos 5 milhões de espécies de animais no mundo,como Noé poderia construir um navio tão imenso para abrigar 10 milhões de animais? Ou seja 5 milhões vezes 1 casal de cada animal. Seria muitas vezes maior que qualquer navio já construído pelo homem até hoje, e todo de madeira, e ainda durante a vida de Noé (e não me diga que ele viveu quase 1,000 anos).

        Lê; https://darwinismo.wordpress.com/2012/09/03/como-e-que-noe-conseguiu-colocar-todos-aqueles-animais-dentro-da-arca/

        2. Se como afirmado no texto, os dinossauros foram contemporâneos do homem, e estavam presentes na época do Dilúvio, porque eles também não foram salvos? Sabe-se que eram animais magníficos.

        https://darwinismo.wordpress.com/2012/10/22/os-dinossauros-da-papua-nova-guine/
        https://darwinismo.wordpress.com/2012/09/19/os-dinossauros-no-tumulo-do-bispo-bell/

        Lê os textos antes de comentares outra vez.

        Concordo com o Mats que a resposta do Adalberto foi muito boa, foi boa porque ele não consegue trazer nenhum argumento relevante para desqualificar a teoria da evolução.

        A resposta foi boa PRECISAMENTE porque mostra como as vossas “teorias” são tão frágeis e efémeras.

        e além disso as teorias que ele usa não estão em sites de publicações respeitadas na área cientifica, só em sites de segunda e revistas sensacionalistas.

        Em que “publicação respeitada na área cientifica” foi o livro de Darwin inicialmente publicado?

        Termino citando o Adalberto:
        -> a ciência lida com observações, uma série de procedimentos, coleta de dados, para chegar a conclusões etc…. Ao contrário de vocês criacionistas que tem certezas absolutas;

        ISto vindo de alguém que tem a certezxa absoluta que a Terra tem milhões de anos, e que os dinossauros desapareceram há milhões de anos atrás.

        E na minha opinião na maioria das vezes ridículas.

        Posição curiosa, vinda de alguém que defende que répteis evoluíram para passarinhos.

        Like

      • Felipe Mendes Degraf says:

        Mats:
        Tu tens que ter calma contigo porque nem todas as pessoas tem a tua vida para ficar na internet 24 horas por dia.

        Resposta:
        Mats, compreendo a necessidade da moderação, mas é frustrante a censura repetida por várias vezes em argumentos que não contém insultos nem xingamentos, essa censura parece ser baseada simplesmente na falta de argumentos por sua parte, além disso conseguimos ver quando censura um texto, eu sei que você leu e não publicou o meu primeiro texto por isso somente adicionei o primeiro parágrafo e postei mais uma vez, parece que foi convencido por esse parágrafo então publicou o texto.

        Mats:
        Tu tens provas de que NÃO VIVERAM juntos porque há um “consenso” ?Os consensos não valem nada.

        Resposta:
        Consenso cientifico prova muita coisa, porque é baseado em provas não em Fé, como existe consenso em muitas outras coisas: a Terra é redonda, a Terra não é o centro do Universo, nem da galáxia, nem do sistema solar, entre infindáveis consensos todos baseados em provas.
        O celacanto e muito menos o Piltdown Man nunca foram consenso, nunca foram inteiramente comprovados, tanto é que foram os próprios cientistas que refutaram e provaram que as teorias anteriores sobre os dois estavam erradas.

        Mats:
        Lê; https://darwinismo.wordpress.com/2012/09/03/como-e-que-noe-conseguiu-colocar-todos-aqueles-animais-dentro-da-arca/
        https://darwinismo.wordpress.com/2012/10/22/os-dinossauros-da-papua-nova-guine/
        https://darwinismo.wordpress.com/2012/09/19/os-dinossauros-no-tumulo-do-bispo-bell/
        Em que “publicação respeitada na área cientifica” foi o livro de Darwin inicialmente publicado?

        Resposta:
        Em que publicação respeitada na área cientifica foram os SEUS TEXTOS PUBLICADOS?
        Só porque você escreve 50 linhas repletas de ignorâncias e não prova nada, não quer dizer que está certo.
        Em 1850 cada cientista publicava seu livro.
        Além disso em reconhecimento à importância do seu trabalho, Darwin foi enterrado na Abadia de Westminster, próximo a Charles Lyell, William Herschel e Isaac Newton. Foi uma das cinco pessoas não ligadas à família real inglesa a ter um funeral de Estado no século XIX. E sua teoria não é mais uma teoria é um fato, constatado e provado, só não acredita quem quer viver no mundo da superstição e fantasia.

        Mats:
        Posição curiosa, vinda de alguém que defende que répteis evoluíram para passarinhos.

        Resposta:
        Pelo menos há provas que provam isso, diferente de você que só acredita pela FÉ.

        Like

      • Mats says:

        Consenso cientifico prova muita coisa, porque é baseado em provas não em Fé, como existe consenso em muitas outras coisas: a Terra é redonda, a Terra não é o centro do Universo, nem da galáxia, nem do sistema solar, entre infindáveis consensos todos baseados em provas.

        Houve muitas coisas que foram consensuais entre os cientistas mas que mais tarde se revelaram falsas. Curiosamente, muitos desses consensos eram mantidos por evolucionistas.

        O celacanto e muito menos o Piltdown Man nunca foram consenso, nunca foram inteiramente comprovados

        NADA na teoria da evolução está “inteiramente comprovada”, mas isso não invalida que haja “consensos”.
        E tu sabes tão bem como qualquer evolucionista de que os evolucionistas mantiveram o Piltdown Man como “facto” durante mais de 30 anos.

        tanto é que foram os próprios cientistas que refutaram e provaram que as teorias anteriores sobre os dois estavam erradas.

        O facto fos evolucionistas FINALMENTE se terem colocado do lado dos criacionistas e admitido que o Piltodown Man era uma farsa não anula o facto dos evolucionistas terem sido consensuais na crença de que ele era evidência em favor da vossa teoria da evolução.
        Forma precisos 40 ANOS para vocês finalmente abrirem os olhos. Imagina as coisas que vocês actualmente acreditam que vão ser desacrditadas no futuro. Já pensaste nisso?

        Mats:
        Lê; https://darwinismo.wordpress.com/2012/09/03/como-e-que-noe-conseguiu-colocar-todos-aqueles-animais-dentro-da-arca/
        https://darwinismo.wordpress.com/2012/10/22/os-dinossauros-da-papua-nova-guine/
        https://darwinismo.wordpress.com/2012/09/19/os-dinossauros-no-tumulo-do-bispo-bell/
        Em que “publicação respeitada na área cientifica” foi o livro de Darwin inicialmente publicado?

        Resposta:
        Em que publicação respeitada na área cientifica foram os SEUS TEXTOS PUBLICADOS?

        Em que “publicação respeitada na área científica” foi o livro de Darwin publicado?
        Além disso esses textos têm lá as fontes para as alegações. Como é normal, tu nem te deste ao trabalho de ler os textos que têm as respostas para as perguntas que tu mesmo fizeste.

        Em 1850 cada cientista publicava seu livro.

        Logo, não é preciso estar numa “publicação respeitada na área científica” para estar de acordo com a ciência.
        LOGO, o teu argumento está anulado. E se dizes que não, então os livros de Dawkins e Darwin são cientificamente inválidos porque não lançados por uma “publicação respeitada na área científica”. Escolhe.

        Além disso em reconhecimento à importância do seu trabalho, Darwin foi enterrado na Abadia de Westminster, próximo a Charles Lyell, William Herschel e Isaac Newton. Foi uma das cinco pessoas não ligadas à família real inglesa a ter um funeral de Estado no século XIX.

        Isso confirma o criacionismo de Newton, porque ele também foi enterrado lá. Ou não?

        Mats:
        Posição curiosa, vinda de alguém que defende que répteis evoluíram para passarinhos.

        Resposta:
        Pelo menos há provas que provam isso, diferente de você que só acredita pela FÉ.

        lol
        Não há a mínima evidência de que répteis podem evoluir para passarinhos. Se sim, tens que mostrar QUAL o réptil ESPECÍFICO e QUAL o pássaro específico.

        Like

    • Adalberto, portanto o drama é haver dúvidas…, realmente, e infelizmente, muitos só conseguem viver repletos de “certezas” por muito quiméricas que sejam.

      Like

    • Sodré says:

      Pois é… as teorias científicas estão sempre sujeitas a revisões… não são como a estória de “Branca de Neve e dos 7 anões”, a “Bela Adormecida”, os “Três Porquinhos”… É a diferença entre Ciência, Lendas e estórias para crianças… Por mim, sempre prefiro a Ciência e as suas dúvidas….

      Liked by 1 person

  3. Louis says:

    Mats, qual a explicação para a inscrição no túmulo do Bispo Bell se os dinossauros foram extintos com o Dilúvio?

    Like

    • Mats says:

      Como existiam pessoas que sabiam da forma de dinossauros na era do Bispo Bell, então nem todos os dinossauros foram extintos no Dilúvio de Noé.

      Like

      • WatchMaker says:

        Os dinossauros evoluíram (LOL) ao ponto de já terem tecnologia avançada de materiais que os tornam invisiveis. Por isso é que não há um único caso documentado (foto/video) de um dinossauro vivo.

        Podes dar links para os teus textos as vezes que quiseres, tu aceitando todo o lixo que lá está como verdades absolutas, já que te tens em tão grande estima, ams isso não os torna reais caro Mats.

        Em ambos os posts sobre os dinossauros, há comentários a refutá-los, mas mesmo assim achas que as tuas (ou das fontes originais) conclusões são totalmente verdadeiras e inequívocas.
        Há uns tempos estava a sair de casa, de noite, e vi uma sombra do que parecia ser um animal enorme, com pernas compridíssimas e não era mais que a sombra de um cão (grande) que passava em frente aos faróis de um carro (ou seria um dinossauro)?
        Acho piada que os argumentos do ridículo se encaixam tão bem nas vossas interpretações e conclusões.
        Já na Papua Nova Guiné, se conseguem tirar fotos aos habitantes, como não conseguem tirar aos dinossauros? De facto têm materiais de invisibilidade muito bons.🙂

        “A resposta foi boa PRECISAMENTE porque mostra como as vossas “teorias” são tão frágeis e efémeras.”
        Ao contrário dos dogmas bíblicos, que nunca poderão ser questionados. É assim, um dia as evidências apontam para um lado, no outro surgem evidências mais fortes para outro. That’s Science Baby!

        “Em que “publicação respeitada na área cientifica” foi o livro de Darwin inicialmente publicado?”
        LoL, vamos comparar o séc. XIX com o XXI, em termos de publicações respeitadas na área científica?

        “Posição curiosa, vinda de alguém que defende que répteis evoluíram para passarinhos.
        ” Isto vindo de alguém que tem a certeza absoluta que a Terra tem 6500 anos e que todos os humanos descendem de 4 casais, sendo que um deles teria mais de 500 anos.

        Like

      • Mats says:

        Os dinossauros evoluíram (LOL) ao ponto de já terem tecnologia avançada de materiais que os tornam invisiveis.

        Bolas, tu és mesmo intelectualmente deficiente. Se eles fossem “invisíveis”, como é que os antigos os colocariam nos seus túmulos (como fizeram com o túmulo do Bispo Bell) ?

        Por isso é que não há um único caso documentado (foto/video) de um dinossauro vivo.

        Não há, ou tu pessoalmente nunca ouviste falar de coisas dessse tipo? Lembra-te duma coisa importante: existe um mundo muito vasto para além das tuas experiências pessoais.

        Outra coisa: tu tens que ser suficientemente adulto para entender que “não haver fotos/vídeos” não significa “Não existe”. Se tu não entendes a diferença entre uma e a outra, então tens que voltar para a 4ª classe.

        Podes dar links para os teus textos as vezes que quiseres, tu aceitando todo o lixo que lá está como verdades absolutas, já que te tens em tão grande estima, ams isso não os torna reais caro Mats.

        Tradução: “não me dês evidências porque eu já estou determinado em não acreditar!”

        Em ambos os posts sobre os dinossauros, há comentários a refutá-los, mas mesmo assim achas que as tuas (ou das fontes originais) conclusões são totalmente verdadeiras e inequívocas.

        És livre para refutá-las. Muitos tentaram refutar o que essas imagens mostram, mas TODOS falharam.

        Há uns tempos estava a sair de casa, de noite, e vi uma sombra do que parecia ser um animal enorme, com pernas compridíssimas e não era mais que a sombra de um cão (grande) que passava em frente aos faróis de um carro (ou seria um dinossauro)? Acho piada que os argumentos do ridículo se encaixam tão bem nas vossas interpretações e conclusões.

        EU aconselho seriamente a aumentares a medicação.

        Já na Papua Nova Guiné, se conseguem tirar fotos aos habitantes, como não conseguem tirar aos dinossauros? De facto têm materiais de invisibilidade muito bons.🙂

        Sim, porque TODOS os habitantes tem que SEMPRE prontos para fotografar os dinossauros.

        “A resposta foi boa PRECISAMENTE porque mostra como as vossas “teorias” são tão frágeis e efémeras.”
        Ao contrário dos dogmas bíblicos, que nunca poderão ser questionados. É assim, um dia as evidências apontam para um lado, no outro surgem evidências mais fortes para outro. That’s Science Baby!

        Portanto, o facto das vossas teorias sobre o “desaparecimento” dos dinossauros não fazerem sentido nenhum é evidência em favor da vossa teoria da evolução? Incrível.

        “Em que “publicação respeitada na área cientifica” foi o livro de Darwin inicialmente publicado?”
        LoL, vamos comparar o séc. XIX com o XXI, em termos de publicações respeitadas na área científica?

        Não havia publicações científicas por essa altura? Ou estás a dizer que nãoi é preciso algo ser publicado em “publicações respeitadas na área científica” para ser verdadeiro?

        “Posição curiosa, vinda de alguém que defende que répteis evoluíram para passarinhos.
        ” Isto vindo de alguém que tem a certeza absoluta que a Terra tem 6500 anos e que todos os humanos descendem de 4 casais, sendo que um deles teria mais de 500 anos.

        Da maneira como falas, até parece que há algo de extrardinário nisso. Tu ignorantemente acreditas que TODAS AS FORMAS DE VIDA procedem duma única forma de vida.

        Like

      • Vinícius Sena says:

        Mats, a função da Arca de Noé era salvar pelo menos um casal de cada animal existente na época do dilúvio, segundo o relato bíblico. Deus disse a Noé “e de TUDO que VIVE, de toda carne, dois de cada espécie, meterás na arca, para os conservares vivo contigo…” tudo isso para conservar em vida a sua semente sobre a face de toda terra. Se dinossauros existiam na época do dilúvio a obrigação de Noé era colocar um casal de cada espécie deles na arca para salvá-los. Me explique: como todos os dinossauros foram extintos depois do dilúvio, depois de terem saído da arca sãos e salvos?
        Aquelas figuras no túmulo do bispo não são dinossauros, são camelos, isso está muito claro.

        Like

      • Miguel says:

        Mats, a função da Arca de Noé era salvar pelo menos um casal de cada animal existente na época do dilúvio, segundo o relato bíblico.

        Inclusive as baleias e os insectos?

        Deus disse a Noé “e de TUDO que VIVE, de toda carne, dois de cada espécie, meterás na arca, para os conservares vivo contigo…” tudo isso para conservar em vida a sua semente sobre a face de toda terra. Se dinossauros existiam na época do dilúvio a obrigação de Noé era colocar um casal de cada espécie deles na arca para salvá-los.

        De cada tipo e não de cada espécie (tal como entendemos essa palavra hoje).

        Me explique: como todos os dinossauros foram extintos depois do dilúvio, depois de terem saído da arca sãos e salvos?

        Não faço a mínima ideia, e nem é relevante. Tu é que tens que dizer o porquê do criacionista ter que saber exactamente como é que todos os dinossauros foram extintos.

        Aquelas figuras no túmulo do bispo não são dinossauros, são camelos, isso está muito claro.

        Tens que arranjar um par de óculos novo.

        Camelo (dromedário, para ser mais específico) é isto:

        Isto é o que está no tumulo do Bispo Bell:


        São dinossauros e qualquer pessoa vê isso. Tu só não aceitas isso porque foste enganado e levado a pensar que os dinossauros extinguiram-se antes da chegada do homem. Eu tenho as evidências empíricas, e tu tens a ideologia. De que lado está a ciência?

        Like

  4. Azetech says:

    Mats

    Da maneira como falas, até parece que há algo de extrardinário nisso. Tu ignorantemente acreditas que TODAS AS FORMAS DE VIDA procedem duma única forma de vida.

    Mats, sem contar é claro que o WatchMaker acredita que de uma EXPLOSÃO o universo SE CRIOU, e que a LAMA virou vida SOZINHA em um ambiente ESTÉRIL.🙂

    Like

    • Felipe Mendes Degraf says:

      Azetech:
      Mats, sem contar é claro que o WatchMaker acredita que de uma EXPLOSÃO o universo SE CRIOU, e que a LAMA virou vida SOZINHA em um ambiente ESTÉRIL.

      Resposta :
      Nós só tiramos Deus da equação, tendo em vista que Deus também veio do nada, e na minha opinião Deus não explica nada e só complica tudo ainda mais, já que temos que explicar; de onde ele veio? porque ele surgiu? o que existia antes dele? porque ele criou o universo? porque ele nos criou? porque o ele criou o universo tão grande? porque nos criou tão pequenos? entre tantas pergunta a mais…

      NADA +DEUS=UNIVERSO
      NADA+LEIS DA FÍSICA=UNIVERSO

      Like

      • Mats says:

        Nós só tiramos Deus da equação, tendo em vista que Deus também veio do nada

        Ainda há pessoas que pensam assim?

        e na minha opinião Deus não explica nada e só complica tudo ainda mais,

        É a tua opinião e tens todo o direito a pensar assim.

        já que temos que explicar; de onde ele veio? porque ele surgiu? o que existia antes dele? porque ele criou o universo? porque ele nos criou? porque o ele criou o universo tão grande? porque nos criou tão pequenos? entre tantas pergunta a mais

        1. Não surgiu. Sempre existiu.
        2. Nao existia nada antes Dele (essa pergunta não faz sentido nenhum).
        3. Porque quis.
        4. Porque quis e porque quis.
        5. Porque quis.

        Sem Deus, ficamos com muitas perguntas:
        1. É a verdade algo absoluto ou relativo?
        2. Posso mentir se isso me for mais favorável?
        3. Posso matar se isso for bom PARA MIM?
        4. Porque não?
        …. entre tantas perguntas a mais.

        Like

      • conclusão DEUS = UNIVERSO já que o NADA é coisa nehuma ou seja é inexistente.

        Like

      • Mats says:

        Impossível “Deus = Universo” visto que Deus é Eterno e o universo não.

        Like

      • Sérgio Sodré says:

        Impossível “Deus = Universo” visto que Deus é Eterno e o universo não.(Mats).
        Concordo, caso a palavra apenas abranja o nosso Universo. Mas a verdade é que o termo Universo é frequentemente usado para designar a totalidade daquilo que existe, existiu e existirá sujeito a leis físicas (conhecidas e desconhecidas). Para os teístas, esse grande todo foi criado, para outras interpretações ele é eterno e portanto assimilável ao conceito de Deus.

        Like

    • Vinícius Sena says:

      Vejo que vocês ainda não compreendem algumas coisas basilares sobre a origem do universo e sobre a origem da vida. O big bang não foi uma explosão e sim uma expansão do tempo, espaço e matéria/energia (é isso que foi constatado através das observações). Antes tudo estava comprimido em um único ponto, uma singularidade. O universo como conhecemos teve um início, mas quanto à singularidade, é possível que ela sempre tenha existido. Em relação à origem da vida recomendo o vídeo “A origem da vida fácil de entender”, facilmente encontrado no youtube. Mats, você vai ver o vídeo?

      Like

  5. WatchMaker says:

    Mats,
    Devo mesmo “carregar-te nos botões”, é que é só ad-hominem pra trás e pra frente xD

    “Se eles fossem “invisíveis”, como é que os antigos os colocariam nos seus túmulos (como fizeram com o túmulo do Bispo Bell)”
    Estava a falar de “agora”, na época em que toda a gente tem telemóveis/camaras de filmar e fotografar. Isso do Bispo Bell está aberto a especulações. Sabias que há quem acredite que nos hieróglifos egipcios existem pictogramas de lâmpadas eléctricas?

    “Não há, ou tu pessoalmente nunca ouviste falar de coisas dessse tipo?”
    Eu pessoalmente nunca ouvi falar, nem consigo encontrar na vastidão da internet. E dado o misticismo que existe em torno dos dinossauros, tenho a certeza que se fosse encontrado um vivo, seria abertura de todos os noticiários e capa de jornal em todo o mundo.

    “Muitos tentaram refutar o que essas imagens mostram”
    Que imagens, as gravações do túmulo do Bispo Bell? Interpretações Mats. Como disse, há pessoas que acreditam que há lâmpadas eléctricas pintadas em monumentos egípcios.

    “Sim, porque TODOS os habitantes tem que SEMPRE prontos para fotografar os dinossauros.”
    Não seria preciso todos. Mas um, seria suficiente, diria. Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias😉 Neste caso uma foto ou um video seria bastante extraordinário.

    “Portanto, o facto das vossas teorias sobre o “desaparecimento” dos dinossauros não fazerem sentido nenhum é evidência em favor da vossa teoria da evolução? Incrível.”
    E lá estás tu a querer meter tudo no teu saco. Desde quando é que o desaparecimento dos dinossauros, seja por doença, frio, gases, meteoros, diluvio, whatever tem alguma coisa a ver com a teoria da evolução? Sinceramente não percebo.

    “Tu ignorantemente acreditas que TODAS AS FORMAS DE VIDA procedem duma única forma de vida.”
    Continuo a preferir esta hipótese do que 4 casais com centenas de anos conseguiram popular todo o mundo com 5 raças diferentes em 4000 anos. Isso assim faz de nós uma espécie de rednecks globais.

    Like

    • Mats says:

      “Se eles fossem “invisíveis”, como é que os antigos os colocariam nos seus túmulos (como fizeram com o túmulo do Bispo Bell)”
      Estava a falar de “agora”, na época em que toda a gente tem telemóveis/camaras de filmar e fotografar. Isso do Bispo Bell está aberto a especulações.

      Ou seja, como não há fotos que te satisfaçãm, então os homens e os dinossauros nunca coexistiram. Está certo.
      As imagens no túmulo do Bispo Bell não estão abertas a especulações perante as pessoas com dois olhos funcionais na cara. As únicas pessoas que têm “dificuldade” em ver desenhos de dinossauro nesse túmulo são os crentes evolucionistas. Ou tu tens dificuldade em ver dois dinossauros nesta imagem?

      “Não há, ou tu pessoalmente nunca ouviste falar de coisas dessse tipo?”
      Eu pessoalmente nunca ouvi falar, nem consigo encontrar na vastidão da internet.

      Tens que procurar melhor. Faz uma pesquisa por “mokele-mbembe” ou “dinosaur sightings”. Mas cuidado: ler essas reportagens pode destruir a tua frágil fé na teoria da evolução e nos imaginários “milhões de anos”.

      E dado o misticismo que existe em torno dos dinossauros, tenho a certeza que se fosse encontrado um vivo, seria abertura de todos os noticiários e capa de jornal em todo o mundo.

      Quão ingénuo. Tu achas mesmo que isso é o que aconteceria se se descobrissem evidências de que os dinossauros ainda existem?

      “Muitos tentaram refutar o que essas imagens mostram”
      Que imagens, as gravações do túmulo do Bispo Bell? Interpretações Mats.

      Interpreta-me lá esta imagem. Não tens dificuldade em ver que são cães. Agora “interpreta-me lá esta imagem.
      Tens alguma dificuldade em ver aí um dinossauro?

      “Sim, porque TODOS os habitantes tem que SEMPRE prontos para fotografar os dinossauros.”
      Não seria preciso todos. Mas um, seria suficiente, diria.

      Santa Ingenuidade. Faz uma pesquisa por mokele mbembe e lê os relatos. Repara QUEM faz a descrição do animal.

      Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias😉

      A afirmação de que “Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias” é ela mesma extraordinária, e como tal, tens que fornecer evidências extraordinárias para a justificar.

      “Portanto, o facto das vossas teorias sobre o “desaparecimento” dos dinossauros não fazerem sentido nenhum é evidência em favor da vossa teoria da evolução? Incrível.”
      E lá estás tu a querer meter tudo no teu saco. Desde quando é que o desaparecimento dos dinossauros, seja por doença, frio, gases, meteoros, diluvio, whatever tem alguma coisa a ver com a teoria da evolução? Sinceramente não percebo.

      Eu sei que não percebes. Por isso mesmo é que és evolucionista. Mas este blogue existe mesmo para esclarecer as confusões que os evolucionistas têm na sua mente.
      É mais do que óbvio que o alegado “desaparecimento” dos dinossautos tem tudo a ver com a teoria da evolução visto que se eles são muito mais recentes do que ocês dizem (e são), então a vosssa preciosa teoria da evolução fica claramente exposta como aquilo que ela é; uma farsa.

      “Tu ignorantemente acreditas que TODAS AS FORMAS DE VIDA procedem duma única forma de vida.”
      Continuo a preferir esta hipótese do que 4 casais com centenas de anos conseguiram popular todo o mundo com 5 raças diferentes em 4000 anos..

      Ah, então é uma questão de preferência pessoal? Tudo bem. Cada um gosta do que gosta.

      Isso assim faz de nós uma espécie de rednecks globais.

      E o facto de – alegadamente – seres parente de minhocas e bactérias faz de ti o quê?

      Like

      • Vinícius Sena says:

        Mats, e quanto às lâmpadas elétricas nos hieróglifos egípcios? E quanto às pinturas antigas de alienígenas do tipo grey achadas por todo o mundo? São imagens de alienígenas ou não?
        Quanto a origem de todas as formas de a partir uma única forma de, quem nos mostra isso é o DNA.
        Não esqueça de responder a questão das lâmpadas e dos greys.

        Like

      • Miguel says:

        Mats, e quanto às lâmpadas elétricas nos hieróglifos egípcios? E quanto às pinturas antigas de alienígenas do tipo grey achadas por todo o mundo? São imagens de alienígenas ou não?

        Não.

        Quanto a origem de todas as formas de a partir uma única forma de, quem nos mostra isso é o DNA.

        Como é que o ADN mostra que todos os seres vivos têm uma origem comum, se a teoria da evolução nunca previu tal coisa?

        https://darwinismo.wordpress.com/2011/02/24/semelhancas-moleculares-nao-suportam-mito-evolutivo/

        Like

  6. 080902duda says:

    eu gostei muito de ler sobre os dinossauros adorei

    Like

  7. Sérgio Sodré says:

    Os consensos não valem nada.(Mats)
    Este é uma das sentenças mais graves e incorretas que sistematicamente repetes para ilusoriamente rebateres argumentos sérios de terceiros. Com esta sentença também pensas atirar para o lixo as conclusões da grande maioria da comunidade científica que estejam em oposição às tuas crenças. É um erro, pois os consensos científicos traduzem a aproximação possível à verdade num determinado contexto e é preciso um verdadeiro rasgo de génio e descobertas notáveis para revelar os erros nesse consenso, sendo quem busca de facto a verdade está disponível para aceitar novas provas que, por sua vez, vão produzir novos consensos…
    Se os consensos não valem nada, então a democracia não vale nada, as discussões para alcançar plataformas de entendimento entre as pessoas não valem nada, o debate de ideias não vale nada, etc… então o que vale? A lei do mais forte?
    Os consensos devem ser alcançados e respeitados, têm o maior valor mesmo que não sejam garantia de verdade total e definitiva. Devem ser seguidos até que surjam novas evidências que os alterem e gerem novos consensos…
    Agora, atacar os consensos científicos sem apresentar provas suficientemente fortes para os quebrar e produzir novos consensos em torno das novas provas é que não é nada com valor!

    Like

    • Mats says:

      Os consensos não valem nada.(Mats)
      Este é uma das sentenças mais graves e incorretas que sistematicamente repetes para ilusoriamente rebateres argumentos sérios de terceiros. Com esta sentença também pensas atirar para o lixo as conclusões da grande maioria da comunidade científica que estejam em oposição às tuas crenças.

      Dizer que os consensos não valem nada é rejeitar “grande maioria da comunidade científica” ?

      É um erro, pois os consensos científicos traduzem a aproximação possível à verdade num determinado contexto

      E muitos consensos foram mais tarde revelados como falsos. Qual é o teu argumento?

      e é preciso um verdadeiro rasgo de génio e descobertas notáveis para revelar os erros nesse consenso, sendo quem busca de facto a verdade está disponível para aceitar novas provas que, por sua vez, vão produzir novos consensos…

      Então o que conta são as “descobertas notáveis” e as “novas provas” e não os consensos.

      Se os consensos não valem nada, então a democracia não vale nada,

      Portanto, o consenso é alcançado por votação e não como efeito das evidências ?

      as discussões para alcançar plataformas de entendimento entre as pessoas não valem nada, o debate de ideias não vale nada, etc… então o que vale? A lei do mais forte?

      Basta mostrar evidências e parar de falar no “consenso”.

      Os consensos devem ser alcançados e respeitados,

      Só se estiverem correctos. Se estiverem errados, não devem ser respeitados de maneira nenhuma. E nós sabemos se estão certo ou não através das . . . . . evidências.

      Agora, atacar os consensos científicos sem apresentar provas suficientemente fortes para os quebrar e produzir novos consensos em torno das novas provas é que não é nada com valor!

      Na verdade, o que se diz aqui é que apontar para os “consensos” como evidência em favor da teoria da evolução não vale nada.

      Quem tem evidências, mostra-as. Quem não as tem, aponta para os “consensos”.

      Like

      • Vinícius Sena says:

        Mats, como se extinguiram os megalodontes? Quando se extinguiram?

        Like

      • Miguel says:

        Mats, como se extinguiram os megalodontes? Quando se extinguiram?

        Não faço a mínima ideia. Porquê? O criacionista tem que saber exactamente quando é que todos os animais se extinguiram?

        Like

      • Mats


        Mats, como se extinguiram os megalodontes? Quando se extinguiram?

        Não faço a mínima ideia. Porquê? O criacionista tem que saber exactamente quando é que todos os animais se extinguiram?

        Mats, já cogitaste a idéia dos dinossauros terem sidos extintos no advento do Dilúvio?
        Eu particularmente acredito que eles não tenha entrado na arca.
        O que pensas a respeito desta possibilidade?

        Like

      • Lucas says:

        Mats, já cogitaste a idéia dos dinossauros terem sidos extintos no advento do Dilúvio?
        Eu particularmente acredito que eles não tenha entrado na arca.

        Uma vez que temos evidências de dinossauros a interagir com seres humanos até aos dias de hoje, a hipótese de que os dinossauros se extinguiram no Dilúvio não está de acordo com o que se sabe.

        Like

      • Mats

        Uma vez que temos evidências de dinossauros a interagir com seres humanos até aos dias de hoje, a hipótese de que os dinossauros se extinguiram no Dilúvio não está de acordo com o que se sabe.

        Tens razão. Caso não houvesse avistamento de dinossauros em dias de hoje, e somente relatos de povos pré-diluvianos registrados na posteridade, certamente a hipótese da extinção no dilúvio estaria correta.

        Por falar neste assunto, encontrei uma notícia interessante (de 2009) sobre este tema:
        http://www.criacionismo.com.br/2009/05/grupo-de-dinossauros-pode-ter.html

        Like

  8. Sérgio Sodré says:

    Mas se, à partida, é-te impossível aceitar evidências que contrariem o axioma bíblico de que o mundo tem cerca de 6000 anos (no fundo, é por isso que não aceitas a evolução), porque pedes evidências daquilo que sabes que nunca estarás disposto a reconhecer?
    A atitude dos cientistas é que consiste em plena abertura a novas evidências de que resultem novas conclusões, a tua é essa também? Faz toda a diferença…

    Like

    • Mats says:

      Mas se, à partida, é-te impossível aceitar evidências que contrariem o axioma bíblico de que o mundo tem cerca de 6000 anos (no fundo, é por isso que não aceitas a evolução), porque pedes evidências daquilo que sabes que nunca estarás disposto a reconhecer?

      Normalmente, axiomas ou pressuposições são crenças que tu tens ANTES de analisares as evidências. O que se faz é analisar as evidências à luz desses axiomas e ver se a realidade se ajusta. É isso que fazemos com a Bíblia: assumimos a Palavra de Deus como Verdaddira, e interpretamos o mundo. Até hoje, não houve observação alguma que não estivesse de acordo.

      Quando pedimos evidências não é para nós sermos convencidos, mas para que vocês e principalmente, os outros leitores possam ver que a vossa fé nos milhões de anos não têm verdadeiras evidências a seu favor.

      A atitude dos cientistas é que consiste em plena abertura a novas evidências de que resultem novas conclusões, a tua é essa também? Faz toda a diferença…

      Os evolucionistas também têm os seus axiomas (por ex: naturalismo).

      Like

  9. Os evolucionistas também têm os seus axiomas (por ex: naturalismo) Mats
    Não são os evolucionistas mas todos os cientistas, pois a ciência, o método científico moderno, assenta no naturalismo… Senão, como se poderia fazer ciência? Apenas é possível admitindo que a realidade funciona de acordo, e apenas de acordo, com as leis da Natureza…

    Like

    • Mats says:

      Os evolucionistas também têm os seus axiomas (por ex: naturalismo) Mats
      Não são os evolucionistas mas todos os cientistas,

      Os cientistas cristãos fazem a sua ciência sem problemas nenhuns sem assumir que tudo o que existe é o mundo natural (Naturalismo).

      pois a ciência, o método científico moderno, assenta no naturalismo…

      Curiosa posição, especialmente se levarmos em conta que os maiores cientistas da revolução científica dos séculos 15, 16 e 17 não eram crentes no naturalismo. Ou seja, eles foram capazes de fazer excelente ciência sem assumir que nada mais existe para além do mundo natural.

      Senão, como se poderia fazer ciência? Apenas é possível admitindo que a realidade funciona de acordo, e apenas de acordo, com as leis da Natureza…

      Só que essa posição de fé não é possível de ser provada. Tu assumes isso, e usas isso como base para a tua ciência. Depois viras o disco e dizes que nós não-naturalistas temos axiomas que nunca colocamos em causa. Ou seja, os TEUS axiomas podem não ser testados (apenas assumidos) mas os axiomas dos Cristãos (que, ao contrário dos teus, são confirmados pelas observações) não podem ser assumidos.

      Vês a tua duplicidade?

      A ciência não depende da crença de que nada mais existe para além do mundo natural.

      Like

  10. lianderson says:

    Explosões distroem e não constroem’ se o universo se deu a partir do big bem então eu pergunto será que esses gases que se juntaram nessa explosão sempre foram externos mais DEUS não

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s