O que é a informação?

O ADN“Pela palavra do Senhor foram feitos os céus, e todo o exército deles pelo Espírito da Sua Boca.” – Salmo 33:6

A informação é definida como

Mensagem codificada simbolicamente representada transmitindo acção esperada e propósito intencionado.

O ADN, por exemplo, contém informação.

O ADN – ácido desoxirribonucleico – é uma molécula que contém toda a informação genética de cada indivíduo. (…) O seu principal papel no organismo é armazenar as informações necessárias para a síntese das proteínas, indispensáveis ao bom funcionamento do organismo. (Fonte)

O ADN é o ácido desoxirribonucleico, uma molécula situada no núcleo das células (mitocôndrias e cloroplastos), que engloba toda a informação genética de cada indivíduo, sob a forma de genes (a unidade fundamental da hereditariedade). (Fonte)

adnO ácido desoxirribonucleico (ADN, em português: ácido desoxirribonucleico; ou DNA, em inglês: deoxyribonucleic acid) é um composto orgânico cujas moléculas contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos e alguns vírus. O seu principal papel é armazenar as informações necessárias para a construção das proteínas e ARNs. Os segmentos de ADN que contêm a informação genética são denominados genes. (Fonte)

Algumas das leis fundamentais da informação são:

  • Uma entidade puramente material, tal como um processo fisico-químico, não pode gerar uma entidade imaterial. (Aquilo que é material não pode gerar algo imaterial.)
  • A informação é uma entidade imaterial fundamental e não uma propriedade da matéria.
  • A informação não pode ser originada como efeito de processos estatísticos. (O acaso adicionado ao tempo não consegue gerar informação, independentemente  da quantidade de tentativas ou do tempo disponível.)
  • A informação só se pode originar a partir dum emissor inteligente.

* * * * * * * *
A conclusão que se pode tirar destes dados é que o ADN tem Um Emissor Inteligente.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

7 Responses to O que é a informação?

  1. Carlos says:

    A ciência deveria focar um pouco mais no estudo da informação para podermos compreendê-la melhor. Os conceitos de energia e força também são muito abstratos e, apesar de hoje parecerem óbvios, precisaram serem desenvolvidos. Mas muitos naturalistas parecem temer qualquer coisa que possa levar a algum ente inteligente no processo de criação e tentam barrar o desenvolvimento da ciência em alguns sentidos. Não sei que avanço e outra área o darwinismo trouxe, pois, como bem diz Bacon em Novum Organum, o rumo da ciência deve ser trazer avanços e utilidades para a humanidade. O que vejo são tentativas de adaptação de novos resultados e descobertas na teoria da origem das espécies. Em vez de pensarem em algo novo, ficam presos a um dogma que não pode ser contestado.

    Like

    • caiman says:

      Quanto tempo andamos a estudar os astros até surgir alguma utilidade para a humanidade? Resposta: Milhares de anos.

      E a ciência estuda muito a informação. O que é que acha que permite as telecomunicações, a criptografia, o armazenamento e compressão de informação (áudio, vídeo, etc), os computadores, o software em geral? Todas estas aplicações úteis para a humanidade só são possíveis porque muita gente, passa muito tempo a estudar a informação.

      Like

  2. caiman says:

    Curiosamente, não apresenta qualquer fonte para as suas “leis fundamentais da informação”.

    E acrescento que algumas delas me deixam muitas dúvidas:

    Eu trabalho com informação e nunca vi nenhuma definição de informação que falasse em entidades materiais e imateriais. Nem tenho muito bem a certeza do que isso possa ser.

    E posso dizer-lhe categoricamente que a sua afirmação de que “A informação não pode ser originada como efeito de processos estatísticos. ” é incorrecta.

    São precisamente os processos estatísticos que acrescentam informação. Se algo é certo, em linguagem formal dizemos que é determinístico, vai acontecer sempre. Se acontece sempre independentemente do mundo ao seu redor, então esse fenómeno não introduz qualquer informação. Um acontecimento raro (que formalmente é chamado de aleatório), pelo contrário, traz sempre informação quando ocorre. Quanto mais raro um fenómeno, mais informação traz.

    Pode ver um pouco mais sobre isto em http://en.wikipedia.org/wiki/Quantities_of_information#Self-information. É um pouco técnico mas o texto, sobretudo o exemplo no terceiro parágrafo é um pouco mais fácil de perceber.

    Like

    • Paulo says:

      Creio que o caro colega está confundindo um pouco as coisas. É certo que todo o Universo conhecido pelo homem é interpretado a partir de informação. Informação visual, tátil, sonora e etc…
      A questão é se informação codificada, tal como a que é contida no DNA dos seres vivos, pode ser produto de processos aleatórios sem propósito.
      Por exemplo, existe um inseto chamado besouro-bombardeiro. Ele tem um mecanismo eficaz para repelir seus predadores, um tipo de lançador de ácido. A questão é, seu mecanismo de defesa é produto de um desenvolvimento lento, gradual? Como faria então pra se proteger de seus predadores nesse meio tempo? Pediria uma trégua? (risos)
      Os processos, especialmente nos seres vivos, mostram escancaradamente propósito e inteligência, embora alguns critiquem o design como sendo “bad design”. Mesmo que fosse verdade, uma cabana ou um prédio de luxo são resultado de projeto intencional, não do acaso, que dirá os muito mais complexos e funcionais seres vivos.
      Processos aleatórios também produzem informação: visual, tátil, sonora e etc…, mas são facilmente distinguíveis daqueles que tem uma finalidade, um propósito.
      Um exemplo de informação aleatória são as nuvens com seus formatos e cores, que mudam constantemente. Também as formações rochosas mostram variedades de formas, algumas até familiares. Porém, quando nos deparamos com os rostos dos cinco presidentes dos Estados Unidos esculpidos no monte, essa informação é inferida como resultado de projeto inteligente.
      A linguagem codificada, como por exemplo, o idioma de um determinado povo ou nação também é informação de fonte inteligente, isso está além de qualquer disputa.
      A grande questão é – Pode informação, não apenas complexa, mas codificada e funcional, ser produto de acaso?

      Like

  3. Azetech says:

    Mats

    Deixe te fazer uma pergunta, por um acaso já pensaste em colocar um “contador” de visitas neste site?

    Abraços,

    Diogo.

    Like

  4. jephsimple says:

    O Science Daily traz
    “Computador biológico avançado é desenvolvido”

    Isso me chamou muito a atenção , muito mesmo!

    D.I ! D.I ! D.I !

    Vejam este trecho:

    “Todos os sistemas biológicos, e até mesmo todos os organismos vivos, são computadores moleculares naturais. Cada um de nós é um computador biomolecular, isto é, uma máquina em que todos os componentes são moléculas a” falar “uns com os outros de uma maneira lógica. O hardware e software são moléculas biológicas complexas que activam um ao outro para realizar algumas funções químicas pré-determinadas. A entrada é uma molécula que sofre alterações programadas, específicas, na sequência de um conjunto de regras específicas (software), o resultado deste processo de cálculo é outro produto químico bem definido de molécula. ”

    Na integra>>>
    http://translate.googleusercontent.com/translate_c?depth=1&hl=pt&prev=/search%3Fq%3Dscience%2Bdaily%26biw%3D1024%26bih%3D677&rurl=translate.google.com.br&sl=en&u=http://www.sciencedaily.com/releases/2013/05/130523180318.htm&usg=ALkJrhiHG3EpyKvdwriyQBr9IAG39oIUaw

    D.I, D.I, D.I ESCANCARADO !

    O meu ceticismo ao naturalismo, ao neo darwinismo vai aumentando na medida que vou tomando conhecimento dq acontece na natureza! É totalmente oposto aos imaginários processos acidentais darwinista, naturalismo.

    Não! Não foi acidente!

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s