A dualidade dos evolucionistas

Relacionados

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
Image | This entry was posted in Biologia and tagged , , . Bookmark the permalink.

9 Responses to A dualidade dos evolucionistas

  1. Carlos Natário says:

    O que a CIÊNCIA (Assim mesmo em maiúsculas) diz é :

    Reino: Animalia
    Filo: Chordata
    Classe: Mammalia
    Ordem: Carnivora
    Família: Canidae
    Género: Canis
    Coiote – Especie Canis latrans (Say, 1823)
    Lobo – Espécie Canis lupus Lineu, 1758
    Dingo – Subespécie: Canis lupus dingo (Meyer, 1793)
    Cão – Subespécie: Canis lupus familiaris Linnaeus, 1758

    Portanto a Ciência além de NÂO se recusar a afirmar que são todos genuinamente aparentados como diz o bonequinho e portanto encaixando-se na expressão em linguagem popular “do mesmo tipo” ainda a CONFIRMA com estarem todos intimamente ligados sendo do mesmo género e existindo mesmo dois que são da mesma subespécie!

    A frase “Devido à semelhança na sua aparência” é uma ofensa intelectual aos todos os cientistas, passo a a explicar explicar:
    Nos fosseis não é possível avaliar “aparências” dos organismos por razões obvias pois só fossilizam as estruturas internas (ou externas no caso dos de alguns invertebrados) mas nesses restos pesam-se a importância das características herdadas e as adquiridas, para formular as hipóteses de descendência e ascendência, Estas hipóteses são recusadas como verdadeiras pelos movimentos Religiosos fundamentalistas (Sendo um exemplo: o Islamismo Radical)

    Populismo, miserabilismo intelectual e ignorancia, desinformação e demagogia, está tudo presente neste boneco propagandístico de teísmo extremista.

    Nota final. O Dingo não ladra nem forma alcateias como está dito..mas compreende-se!, como raio iria o desenhador saber disso, se ele nem bases tem para desenhar um boneco destes?

    Carlos Natário

    Like

    • jephsimple says:

      Não existe consenso sobre espécie.

      A classificação cladística de hoje está recheada de pressupostos neo darwinista .

      Por isso vossas alegações são cheias de equívocos e também não passam de alegações falsas principalmente quando se trata de filogenia … e acima de tudo a causa alegada por vos naturalistas neo darwinistas é uma piada, que vcs vendem ao publico leigo como ciência, e alguns naturalistas tem a cara de pau de chamar D.I de pseudo científico.

      _____________________________________________________________________

      “The most general explanatory variable of all is clade age: clades vary in age, and this age variation should lead to differences in clade diversity, particularly if all clades have identical net rates of species diversification through time. If clade diversity is generally increasing through time, there is a strong theoretical expectation that species richness should be associated with their age (Figure S1). Even if individual clades are characterized by a “balanced” random walk in diversity, such that speciation and extinction rates are exactly equal, we may still observe a positive relationship between age and richness through time if clade diversity is conditioned on survival to the present day (Figure S1). Stochastic models of clade diversification through time consistently suggest that species richness and clade age should be correlated. These expectations differ from patterns observed for extinct clades, presumably because living clades have survived to the present to be observed. The expectation that age and diversity should be correlated does not minimize the importance of evolutionary “key innovations” and other factors as determinants of clade richness. In fact, to the extent that such factors influence net diversification rates, their effects should further accentuate differences in richness attributable to age variation alone.”

      See more at:

      http://www.evolutionnews.org/2012/08/an_inordinate_f063781.html#sthash.Ikj76xf8.dpuf

      Like

      • Carlos Natário says:

        mats diz: “Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho. ”

        jephsimple
        O que se discute aqui é a veracidade das afirmações do bonequinho e NÂO:
        1) O conceito de espécie, termo que os criacionistas aceitam.
        2) A problematica da distribuição cladistica ao longo do tempo, coisa que os criacionistas NÂO aceitam.

        O que fez tem um nome na arte das falácias da argumentação, pergunte ao Azetech que ele lhe explica na hora e lhe diz o nome correctamente.
        Concentre-se no no que diz o bonequinho please,

        Mats: A ordem de entrada dos comentários ao meu post inicial foi mesmo com este à frente?

        Like

    • BRUNO says:

      exatamente o que pensei, esta é a chamada microevolução( variações dentro de uma mesma gênero). ás vezes penso que eles nunca estudaram o assunto a fundo, pois soltam muitas “pérolas” como esta e querem criticar sem ter o devido conhecimento.

      Like

      • Bruno,
        «exatamente o que pensei, esta é a chamada microevolução( variações dentro de uma mesma gênero).» Talvez quisesse dizer espécie e não género. O correcto é espécie.

        Like

  2. caiman says:

    O lobo não ladra. Não sei se o coiote ou o dingo ladram, mas o lobo não ladra.

    E os cientistas (mesmo os evolucionistas) consideram que estes animais pertencem ao mesmo “tipo”: fazem todos parte dos género Canis. Se pensarmos apenas no cão, lobo e dingo, podemos ir ainda mais longe e dizer que fazem todos parte da mesma espécie (Canis Lupus), embora pertençam a subespécies diferentes.

    Like

  3. Ana Silva says:

    Mats:

    O cão, o lobo o coiote e o dingo, segundo a classificação científica das espécies, são membros do mesmo género, o género canis. Pode-se assim fazer a equivalência de que a Biologia “reconhece” estes quatro animais como pertencentes ao mesmo “tipo básico” (se é que o cartoon se refere à definição criacionista que eu conheço).

    Na verdade, segundo a classificação científica referida na Wikipedia o cão e o dingo são duas subespécies de lobos.

    Like

  4. Azetech says:

    Mats

    Chegaste a ver esta notícia?

    http://hypescience.com/a-descoberta-do-boson-de-higgs-mostrou-que-o-universo-nao-e-natural/

    Estariam os naturalistas confundidos novamente frente os dados ?😉

    Abraços,

    Diogo.

    Like

  5. jephsimple says:

    Carlos Natário,

    “1) O conceito de espécie, termo que os criacionistas aceitam.”

    Não existe um consenso sobre espécie, se algum criacionista que acredita em um conceito consensual ele não responde por mim e nem eu por ele .

    Minha posição por hora é ceticismo sobre ancestralidade comum universal, e defesa da baraminologia.

    Então a pergunta foi … vocês não acreditam que o cão o lobo, o coiote e o dingo como membros do mesmo tipo básico? Sim ou não? Mas acreditam que certas espécies de fosseis possuem descendência comum [eu diria universal] devido as semelhanças?

    E sim, vossa classificação é cheia de >>> ????.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s