A hipocrisia dos evolucionistas

Os evolucionistas são um grupo ideológico incoerente, e essa incoerência não é algo marginal e periférico mas algo que é consequência da sua visão do mundo. Comparemos a questão da liberdade académica de dois países: num deles, quando a sua hegemonia se encontra ameaçada, os evolucionistas apelam para a liberdade académica. Noutro país, eles negam essa mesma liberdade àqueles que querem debater os méritos do evolucionismo.

EducaçãoA Turquia, com os seus governos razoavelmente seculares mas com uma população largamente islâmica, tem dúvidas em relação a Darwin. Segundo a Science Now, os líderes desse país encontram-se relutantes em promover a teoria da evolução, que eles consideram controversa, como a “cola de todas as ciências biológicas“. Para além disso, o governo bloqueia (ocasionalmente) certos sites educacionais de teor evolucionista, e dificulta o acesso a conferências evolucionistas alegando que “Uma vez que a teoria da evolução ainda um tópico em debate, a forma como os organizadores representam a comunidade/o país é bastante questionável.

Isto deixou alguns académicos darwinistas furiosos visto que eles esperavam que o governo Turco financiasse uma recente conferência pró-evolução feita para os estudantes. No seu protesto, eles apelaram à liberdade de expressão e à liberdade de investigação (semelhante à liberdade académica):

Isto abre um precedente perigoso”, afirmou Akçay. “Hoje, pode ser uma escola de Verão, mas amanhã pode ser uma jovem pesquisador em busca duma docência (inglês: “tenure”). E isto encontra-se dentro duma preocupante e cada vez mais grave tendência nos círculos académicos e na sociedade em geral rumo a uma limitação da liberdade de expressão e liberdade de investigação.

Mas nos EUA os darwinistas ficam encantados com o facto da liberdade académica ser negada a todos aqueles que lançam críticas à teoria da evolução.

A Nature, juntamente com a NCSE, suspirou de alívio quando cinco estados americanos adoptaram padrões científicos que irão ensinar a ciência climática e a teoria da evolução de um modo dogmático, proibindo as iniciativas que visavam conferir liberdade académica a quem quer que levantasse críticas a essas teorias. As novas directrizes científicas, apoiadas pelos evolucionistas, dão início à indoutrinação unilateral “muito antes da escola secundária.” Ele “recomendam o ensino da teoria da evolução muito antes dos alunos começarem a receber aulas de biologia no ensino secundário, fase onde muitos estados abordam conceitos como a selecção natural e a adaptação.

Nos últimos dois meses, os oficiais educacionais de Rhode Island, Kentucky, Kansas, Maryland e Vermont aprovaram estes padrões escolares pró-evolução após votação vencida com largas margens. Pelo menos mais cinco estados — Califórnia, Florida  Maine, Michigan e Washington — podem adoptar os mesmos padrões durante os próximos meses.

Hipocrisia“Whew,” diz Minda Berbeco, directora da National Center for Science Education de Oakland, Califórnia. “Por enquanto, tudo a correr bem.” A adopção célere das directrizes tem sido surpreendente mas bem vinda para muitos apoiantes. A teoria da evolução tem sido um tópico controverso há já algumas décadas, esticando até 1925, ano do “julgamento do macaco” em Tennessee, onde o estado processou o professor secundário John Scopes por violar a lei que proibia o ensino da teoria da evolução. Na última década, aqueles que se colocam contra a teoria da evolução tentaram instalar leis em favor da “liberdade académica” que permitiriam o ensino do criacionismo lado a lado com a teoria da evolução.

A referência ao criacionismo é uma “mentira careca” uma vez que nenhuma das propostas de lei em favor da liberdade académica prescreve o ensino do criacionismo. O que estas medidas tencionam é um ensino honesto da teoria da evolução, incluindo os pontos fortes e os pontos fracos, ou a proibição da penalização aos educadores que resolvem fazer isto mesmo (…). De qualquer modo, a teoria da evolução é a única teoria permitida no currículo. Nem mesmo o Discovery Institute recomenda propostas de lei que requerem o ensino do design inteligente.

Conclusão:

Os evolucionistas são hipócritas, como se pode ler por esta notícia. De certo modo, os evolucionistas são como os Marxistas, que lutam pela “liberdade” até eles obterem o poder total. Mas eles o obtém, eles negam a liberdade aos outros.

Mais engraçado ainda é que os evolucionistas nem são bons darwinistas uma vez que a sua forma de censura encontra-se me oposição directa aos conselhos de Charles Darwin:

Só se pode obter um resultado justo após a declaração e o balanceamento dos factos e argumentos dos dois lados de cada questão.

Ou seja, sempre que os evolucionistas usam a censura como forma de defender a sua frágil fé na teoria da evolução, eles estão a agir de um modo que nem Darwin aprovaria.

Fonte

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

7 Responses to A hipocrisia dos evolucionistas

  1. Mats:

    O que se está a passar na Turquia é muito grave. O governo está a islamizar o país que tradicionalmente até é laico.

    O Islão radical (os adventistas lá do sítio) sempre foram contra a evolução. Só que nos países mais ortodoxos como o Irão o sistema público de ensino é tão bera que a questão nem se coloca.

    O sistema de ensino da Turquia sem ser um modelo é bastante parecido com o ocidental. Por isso é que estão a censurar a evolução e muitas outras coisas.

    Claro que em todos os casos a censura não chega às universidades. Não lembrava ao careca uma faculdade de biologia sem evolução ou de geologia sem milhões de anos.

    Sabes bem que a luta dos Yec´s e islâmicos contra a evolução, terra antiga e isso tudo só se aplica ao ensino médio público. Não tocam nas universidades, como aliás é óbvio.

    E quando escolhem uma escola ou universidade para os próprios filhos é claro que não vão escolher “universidades” criacionistas.

    São yec´s mas não são tolos.

    E vê lá se nos EUA os maiores defensores do YEC não põe os filhos em escola e universidades “evolucionistas”….

    Espero que agora não te dê para defenderes o Islão radical como o que querem impor na Turquia…..

    Like

  2. Carlos Pinto says:

    Eu creio que se Deus fez tudo, ele de certeza que colocou algo que permitisse a adaptção, a evolução destes seres a um novo ambiente,por isso talvez as duas teorias devessem ser estudadas de forma aberta sem procurar ganhar ou procurar não perder.

    Like

  3. jephsimple says:

    “Sabes bem que a luta dos Yec´s e islâmicos contra a evolução, terra antiga e isso tudo só se aplica ao ensino médio público. Não tocam nas universidades, como aliás é óbvio.”

    Wow, quem censura alguma coisa aqui é Darwinworld.

    Darwinistas atacam Filósofo Thomas Nagel, autor do “Mind and Cosmos” Livro. E ele nem é teísta rsrsrsrsrs.

    Mas quanto as universidades nem é bem assim, embora as atitudes partam de religiosos em muitos casos:

    “Os professores da University College London tem expressado preocupação com o crescente número de estudantes de biologia que tem boicotado aulas sobre a teoria darwinista (que forma uma importante parte do currículo) devido a sua religião.”

    Veja tudo aqui: http://www.origemedestino.org.br/blog/johannesjanzen/?post=52#com475

    E até Richard Lewontin falou e disse: os “cientistas” aceitam histórias absurdas do tipo “é porque é”, que são contra o bom senso, em função de seu compromisso prévio com o materialismo.

    Like

  4. jephsimple says:

    [Moreland escreveu o artigo “Scientific Naturalism and the Unfalsifiable Myth of Evolution”. Aqui tem um trecho do artigo:
    Afinal pq os evolucionistas, a saber os neo darwinistas censuram os dissidentes e os teístas?
    ***
    “Há uma… razão para o atual excesso de crença na evolução: ela funciona como um mito para os secularistas. Por mito eu não quero dizer algo falso, embora eu acredite que a evolução seja falsa, mas sim, uma história de quem somos e como chegamos até aqui, que serve como um guia para a vida.

    O evolucionista Richard Dawkins disse que a evolução fez o mundo seguro para os ateus porque supostamente acabou com o argumento de design para a existência de Deus.

    Na pós-graduação, uma vez eu tive um professor que disse que a evolução era uma visão que ele abraçou religiosamente porque implicava para ele que ele poderia fazer o que quisesse.

    Por quê? Dado que não existe um Deus e que a evolução é [a forma] como chegamos até aqui, não há um propósito definido para a vida que nos foi dada, não há certo e errado objetivo, nenhuma punição após a morte, de tal forma que é possível viver para si mesmo nesta vida de qualquer maneira que se deseja.

    O serial killer Jeffrey Dahmer fez a mesma declaração em rede nacional. Dahmer disse que a evolução naturalista implica que todos nós viemos do lodo e retornaremos ao lodo. Então, por que ele deveria resistir profundos desejos para matar, uma vez que não temos nenhum propósito e valor objetivo e não há castigo após a morte?

    Eu não estou aqui defendendo que os secularistas não conseguem encontrar motivos para o propósito e valor objetivo em sua visão de mundo naturalista, embora eu acredite que seja o caso. Estou simplesmente apontando que a evolução funciona para muitos intelectuais como um mito egoísta que torna absoluta a liberdade, que é entendida como o direito de fazer o que quiserem. Naturalistas filosóficos desejam que a evolução seja verdade, pois fornece justificativa para suas escolhas de estilo de vida.”

    Like

  5. Victor says:

    A evolução não é um mito, e sim ciência. Não acredito nas acusações falsas que o Mats levanta. A teoria da evolução tem sim pontos fracos e pontos fortes, mas estes pontos são trabalhados continuamente por evolucionistas, sem nenhuma censura. O que não pode-se admitir é criacionistas falando sobre a teoria da evolução, para evitar ataques e calúnias absurdas como as que se encontram neste blog. Ao meu ver, criacionistas que atacam a teoria da evolução mereciam morrer em uma cruz. Palavras de um cristão evolucionista.

    [[ed: Quais são os pontos fracos da teoria da evolução?]]

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s