26 Responses to Escola despede cientista por colocar em causa os “milhões de anos”

  1. jephsimple says:

    É de embrulhar o estomago…

    É esse o exemplo de ciência genuína… Não tem evidência? Não tem problema!

    Tem evidências em contrário? Não tem problema! Censure, descarte, sim descarte tudo, varra pra debaixo do tapete…

    Bom … Os evos vão precisar de muitos tapetes …

    Por exemplo : Antes da biomimética, havia pouco interesse em estudar materiais biológicos para se obter inspiração para a invenção humana. Isso ocorreu porque os pesquisadores consideraram que os seres vivos se originaram através de mecanismos do “relojoeiro cego”. Como a maioria dos investigadores tinham descartado qualquer pensamento de agência inteligente, parecia natural pensar que as coisas vivas não ajudariam a busca humana por designs melhorados ou inovadores. No entanto, essa postura tem sido quase completamente substituída por uma perspectiva muito mais positiva. De alguma forma, o “relojoeiro cego” se transformou em um artesão extremamente habilidoso. Agora percebe-se que as estruturas de formas de vida de exibição com elegance, o relojoeiro é considerada a comportar-se como se ele não é apenas visão, mas também incrivelmente inteligente. [Uncommon Descent – Princípios de design da pena]

    Isso é tão claro que a própria evolução é uma espécie de designer:
    “Milhões de anos de evolução biológica produziram materiais e estruturas que são uma fonte de inspiração para engenheiros eficientes… (…)” Jornal de Ornitologia, em abril de 2014, Volume 155, Issue 2, 323-336 | DOI: 10.1007/s10336-013-1038-0

    Bom, pelo menos a pessoa pode ver se ela própria está a procura da verdade, ou se está apenas querendo matar um Deus… A ciência simplesmente seguem os dados, mesmos que eles firam nosso subjetivismo…

    Mas os evos tem os tribunais, a censura em substituição a evidências… E contra as evidências… Eles definem o que é e o que não é evidência…

    Liked by 1 person

  2. jephsimple says:

    Corrigindo [tipo DNA polimerase] :

    De alguma forma, o “relojoeiro cego” se transformou em um artesão extremamente habilidoso. Agora percebe-se que nas estruturas de formas de vida de exibição elegante, o relojoeiro é considerado a comportar-se como se ele não apenas possui visão, mas também é incrivelmente inteligente.

    Like

  3. Infelizmente tal notícia não é novidade alguma. Quem viu o documentário “Expelled: no intelligence allowed” (algo como ‘Expulsos: inteligência não é permitida’) percebeu que as perseguições são mais comuns do que imaginamos. Aqui no Brasil já houve manifestos da comunidade científica se mostrando preocupada com o avanço de teorias que “trazem prejuízos no médio e longo prazo ao ensino científico e à formação dos jovens no país” e, inclusive, conseguiram cancelar um evento chamado “Fórum de Filosofia e Ciência das origens”, que seria realizado em uma das melhores universidades brasileiras, a UNICAMP, porque os palestrantes se opunham a Darwin.

    Like

  4. Maria Teresa says:

    O lobby evolucionista demonstra uma fé tão arreigada nas suas crenças mitológicas que a cada dia se parece mais com uma religião inquisidora e obscurantista. Há falta de provas censuram, perseguem e tentam acabar com a reputação pessoal e profissional daqueles que se opõem à pseudo-ciência que eles cultuam.

    Like

  5. Samuel S. O. says:

    Perseguições sempre vão ocorrer, seja na Religião, seja na Ciência.
    Qualquer um que conteste o que a maioria acha que é a “verdade” será perseguido. Sempre foi assim, sempre será assim.
    Na verdade, cada vez mais me parece que Religião e Ciência não são tão diferentes entre si. Ambas dependem de crenças e interpretações.
    Se você pertencer à uma Igreja Cristã tradicional e contestar a Divindade de Jesus, por exemplo, provavelmente será expulso de lá.
    A Teoria da Evolução é o “dogma” principal da Ciência moderna, e Darwin é o seu “Cristo”. Qualquer cientista que contestar isso será fortemente perseguido.
    Por isso eu prefiro ser Agnóstico, não creio nem na Ciência nem na Religião. Embora reconheça o valor que cada uma possa ter, não me apego a nenhuma delas. Nada nem ninguém é detentor absoluto da Verdade. A Vida é muito complexa…

    Like

  6. José says:

    Se você olhar um mapa Mundi, vai ver que o litoral leste da America do Sul se encaixa quase perfeitamente no litoral oeste da Africa.
    Essa é uma das evidências de que este dois continentes já foram unidos. E os continentes continuam a se movimentar num ritmo médio de 10 cm por ano:

    http://mundoestranho.abril.com.br/materia/os-continentes-continuam-se-movimentando

    Esse apenas um exemplo dentre tantos de um processo natural observável que acontece muuuuuito lentamente.
    Se você simplesmente usar a lógica, e é nisso que se baseia a Ciência, vai chegar a conclusão de que foi preciso muitos milhões de anos para os continentes atingirem a posição atual.
    É claro que ninguém estava lá pra ver os contintentes unidos, mas a polícia geralmente não está presente na cena do crime, mas usando as pistas consegue chegar no culpado. Bem, pelo menos nos paises desenvolvidos, aqui no Brasil, nem tanto…

    Me parece que esse site é uma tentativa de usar a Ciência para comprovar a veracidades dos dogmas religiosos ocidentais.
    É uma tentativa válida, mas acho que isso tende ao fracasso…

    Like

    • José

      “””Esse apenas um exemplo dentre tantos de um processo natural observável que acontece muuuuuito lentamente.
      Se você simplesmente usar a lógica, e é nisso que se baseia a Ciência, vai chegar a conclusão de que foi preciso muitos milhões de anos para os continentes atingirem a posição atual.”””

      A lógica utilizada, parte do pressuposto UNIFORMITARISTA, ou seja, da CRENÇA que as mudanças existentes hoje foram as mesmas do passado.
      Este pressuposição descarta, por exemplo, uma catástrofe global na qual modificou radicalmente as estruturas da Terra.
      Diante disso, o argumento pode ser lógico diante da premissa “Mudanças no passado foram as mesmas de hoje”, porém se esta premissa for falsa, o argumento mesmo que lógico também será falso.

      “””Me parece que esse site é uma tentativa de usar a Ciência para comprovar a veracidades dos dogmas religiosos ocidentais.
      É uma tentativa válida, mas acho que isso tende ao fracasso…”””

      Na verdade, penso eu, que o objetivo do blogue é livrar a ciência correta de dogmas naturalistas/evolucionistas, que com o passar do tempo (e descobertas) está caminhando para o fracasso.

      Liked by 1 person

    • jephsimple says:

      “É claro que ninguém estava lá pra ver os contintentes unidos, mas a polícia geralmente não está presente na cena do crime, mas usando as pistas consegue chegar no culpado.”

      Use esse argumento em biologia, aí vc vai ver que ID é mais parcimonioso que o “relojoeiro cego”.

      Mas é engraçado que não existe problema em não se ver diretamente macroevolução, pois poder-se-ia inferi-la pelos dados observados…Mas quando falamos de design inteligente, aí se exige saber quem é o designer, quando podemos concluir que é razoável existir um designer a partir da observação direta dos dados disponíveis na natureza…

      Os seres vivos não são design inteligente exceto quando na prática eles o são:

      [Na realidade, em vez de usar aranhas, a seda biossintética usa bactérias modificadas geneticamente para produzir as proteínas que compõem as teias.

      “Nós desenvolvemos uma tecnologia onde fizemos o genoma de várias aranhas, coletadas nos biomas brasileiros, e dominamos a parte de produzir essas moléculas no laboratório com bactérias transgênicas,” explicou Elíbio Rech, coordenador do trabalho.] http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=biofabrica-embrapa-produz-seda-aranha&id=010160140423#.U9u26uNdX6I

      Repito : Os seres vivos não são design inteligente exceto quando na prática eles o são:

      [Só uma coisa tem impressionado mais os biólogos e os cientistas dos materiais do que a incrível resistência da seda das aranhas: a resistência das teias das aranhas….(…)

      …(…) Uma equipe de pesquisadores da Itália e dos Estados Unidos acredita ter encontrado uma resposta para isso.

      E, segundo eles, suas conclusões poderão ser úteis para ajudar os engenheiros civis a projetar estruturas mais robustas e mais resistentes às tempestades, terremotos e outros acidentes….(…)…

      …(…)Os pesquisadores afirmam que essa técnica poderá ser adotada pelos engenheiros de várias especialidades.

      Estruturas inteligentes assim poderão ser úteis para a construção de estruturas metálicas mais resistentes, para a construção de muros de proteção, prédios e até carros, que sejam capazes de dissipar melhor a carga ao longo da carroceria no caso de um impacto.] http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=engenharia-aranhas-resistencia-seda&id=010160120207#.U9u33ONdX6I

      “É uma tentativa válida, mas acho que isso tende ao fracasso…”

      Se fracassar, não tem problema, o que importa é a verdade… Parece que quem tem mais preocupação em fracassar são os naturalistas, materialistas e afins… Tanto que cabe-lhes “apoio” de tribunal, cabe-lhes a censura e não apoio dos dados, evidências …

      Mas nós sabemos que isso não é ciência… Ciência é uma das ferramentas que o homem usa para se aproximar o máximo da verdade… Mas nem todos querem se achegar de fato a ela.

      Mas ID é evidente em biologia, nega-lo é negar os dados, é negar toda a tenologia inspirada pela biologia.

      Like

    • jephsimple says:

      “É uma tentativa válida, mas acho que isso tende ao fracasso…”

      O que tende ao fracasso é o materialismo filosófico, o naturalismo…

      Já não encontra apoio na biologia molecular, nem na mecânica quântica.

      Agora vem a notícia que … [contradiz o modelo cosmológico atual, que afirma que as galáxias satélites deveriam seguir órbitas aleatórias.

      Seguindo a Modelo Cosmológico Padrão, as galáxias-anãs deveriam se mover em todas as direções. Mas não é isso que os dados mostram.]

      E como sempre os dados, a realidade são … assim… surpreendentes, estranhos (estranho???seria design, ajuste fino?) … [ “Para todo lado que olhamos, vemos esse movimento estranhamente coordenado das galáxias anãs. Disto podemos extrapolar que esses planos circulares são universais, vistos em cerca de 50 por cento das galáxias,” completou o pesquisador.

      Segundo os pesquisadores, a descoberta pode significar que todas as simulações cósmicas – e as teorias que lhes dão embasamento – precisam ser completamente revistas.]

      http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=orbita-galaxias-contradiz-modelo-cosmologico&id=010130140729

      Like

    • Anderson says:

      É interessante notar como os evolucionistas mudam a teoria conforme lhes parece bem mas nem notam as contradições. Vocês acreditam no uniformalismo, ou seja, tudo que hoje se vê é o que aconteceu no passado. Porém, para explicar a extinção dos dinossauros já não há uniformalismo, e parece que um impacto do asteróide que, segundo os evolucionistas, teria extinto os dinossauros, não faria nada com as placas tectônicas. E isso piora se extrapolarmos para os alegados “milhões” de anos e outros muitos impactos, muito mais atividade vulcânica de uma terra primitiva, eras de gelo, etc.
      Falo isso leigamente seguindo a orientação de José de usar a “lógica”.
      Pela lógica, nem sempre foi como se vê hoje. Logo essa inferência quanto a velocidade de afastamento dos continentes não pode ser atestada.

      Like

      • Samuel S. O. says:

        O “jephsimple” escreveu:
        “Ciência é uma das ferramentas que o homem usa para se aproximar o máximo da verdade… Mas nem todos querem se achegar de fato a ela.”

        Isso pode se aplicar tanto à Ciência quanto à religião, não é mesmo?
        Muitas pessoas gostam de morrer abraçadas com suas crenças, mesmo que a realidade mostre que elas talvez não estejam muito corretas. Um verdadeiro buscador da Verdade tem que ter a coragem e a humildade para mudar suas crenças.

        Vejam que texto interessante:

        “Um seguidor é um imitador. Um buscador também segue, mas não é um imitador. Um buscador também segue, mas segue a fim de buscar, de descobrir. Ele permanece atento, permanece consciente. Um seguidor torna-se cego, torna-se dependente – espiritualmente, um escravo. Joga sua responsabilidade sobre os ombros de um outro e aí se pendura. Um buscador é responsável por si mesmo. Está atento, é responsável – descobrindo algo novo a cada dia, experimentando algo novo a cada dia. Ele é destemido, vulnerável, aberto a qualquer luz nova, pronto a ser mover em qualquer dimensão que se apresente à sua visão. Se sente que o caminho no qual se move está errado, não dirá: “Mas investi tanto neste caminho. Agora não posso mudar.” Ele abandonará o caminho, abandonará tudo que investiu nele, retornará para onde estava antes, e começará a aprender novamente o ABC.
        Um buscador está sempre pronto a mudar, mas um seguidor é teimoso, inflexível. Diante da luz, preferirá cerrar os olhos em vez de vê-la, pois ele investiu muito.”

        Retirado de:
        http://www.centrometamorfose.com.br/artigos/alquimia_6_caminho.htm

        Like

  7. jephsimple says:

    Samuel S.O.

    “Um verdadeiro buscador da Verdade tem que ter a coragem e a humildade para mudar suas crenças.”

    Isso porque a verdade deve existir …

    A verdade em si é fria, transcendente, pouco importa se alguém crê nela ou não, busca ela ou não, ela é imutável, não deixa de ser, não deixa de existir por conta do subjetivismo humano, que em seu livre arbítrio diz para si mesmo que a verdade é mentira, e que a mentira é verdade… O mais triste é alguém viver assim…

    Mas eu concordo contigo, os humildes encontrarão a verdade, cedo ou tarde, e encontrarão a verdade que importa…Mas isso é privilégio dos humildes…”Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.” Tiago 4:6

    “Quando vem a soberba, então vem a desonra; mas com os humildes está a sabedoria”. (Provérbios 11:2)

    Like

  8. TGSTK says:

    Não sei se vocês terão acesso ao link abaixo, pois talvez seja necessário um IP institucional. Aqui está o trabalho original de Mark Armitage. Publicado em um revista científica revisada por pares!

    http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0065128113000020

    Li o trabalho de Armitage e toda sua discussão e conclusão. O que é interessante nisso tudo é que em nenhum momento Mark Armitage diz que os tecidos moles do dinossauro possuem cerca de 4000 anos de idade. Ele não fala isso porque simplesmente sabe que eles não possuem essa idade!

    O que Mark Armitage fez foi ser desonesto consigo e com a comunidade científica. Primeiro porque não tem coragem de assumir suas convicções religiosas. Segundo, porque através de um trabalho que diz uma coisa, começou a propagar uma outra. Ele simplesmente não pôde afirmar que tecidos moles de dinossauro tinham 4000 anos no trabalho, mas saiu falando isso depois como se a publicação fosse evidência de suas ideias.

    Não questiono o fato dele ser demitido ou não —e acho que não deveria— mas não posso consentir à respeito de sua desonestidade.

    Like

    • Miguel says:

      O que Mark Armitage fez foi ser desonesto consigo e com a comunidade científica. Primeiro porque não tem coragem de assumir suas convicções religiosas.

      Ele foi despedido alegadamente por “assumir as suas convicções religiosas” no artigo. O chefe do seu departamento disse:

      “Nós não iremos tolerar a tua religião no nosso departamento!”

      Ou seja, ele foi mandado embora por “assumir a sua religião”, e tu dizes que ele foi desonesto por não assumir a sua religião.

      Segundo, porque através de um trabalho que diz uma coisa, começou a propagar uma outra.

      O que foi que ele “propagou”?

      Ele simplesmente não pôde afirmar que tecidos moles de dinossauro tinham 4000 anos no trabalho, mas saiu falando isso depois como se a publicação fosse evidência de suas ideias.

      As evidências estão de acordo com a tese de que os tecidos tem cerca de 4,000 anos?

      Mais ainda, é possível algo sobreviver milhões de anos e estar como este tecido está? E é justo um cientista ser despedido só por encontrar evidências contra a teoria da evolução?

      A liberdade cientifica não se aplica quando essa liberdade joga contra o evolucionismo.

      Like

      • TGSTK says:

        Alguns pontos:

        1) Nunca fui a favor da demissão sumária de Armitage, pois isso não está correto. As pessoas não podem demitir as outras simplesmente pela forma de pensar.

        2) No entanto Mark Armitage foi desonesto sim, e coloque na conta dele que só assumiu sua religião em um momento oportuno. Mark Armitage JAMAIS, repito, JAMAIS, poderia assumir em seu trabalho que o dinossauro só tem 4000 anos de idade. Ele simplesmente não o fez porque não possui dados para isso. Ele simplesmente não pode afirmar isso. Não através da metodologia atual —que nos indica claramente a idade do fóssil. Se Armitage quer falar que o dinossauro é tão novo quanto ele pensa, então que ele nos mostre sua metodologia. Ele não é cientista? Onde está o método? Ele simplesmente “achou” que o dinossauro era novo, mas veja bem, ele “achou” apenas DEPOIS de publicar o trabalho em que NUNCA afirmou que o dinossauro tivesse 4000 anos. Isso é ciência, lhe pergunto?

        Repito novamente: Armitage, o covarde, não assume suas convicções. Nem perante a comunidade científica, nem a Deus. Ele mente aos dois, pois assim lhe é oportuno. Se Armitage quer falar que dinossauros têm 4000 anos de idade, nos mostre isso cientificamente e com metodologia. E não depois de publicar algo que nada tem em relação as suas afirmações.

        3) Eu gostaria de saber o que é que você entende por ‘tecidos moles’. Pois eu vejo muito isso em fóruns e discussões. ‘Tecidos moles’ nada têm de moles… são tecidos que sofreram processo de fossilização assim como os ‘tecidos duros’! ‘Tecidos moles’ não são sinônimos de fósseis jovens, mas apenas refletem restos orgânicos (como vasos sanguíneos, músculos etc.) que em condições anóxicas não se decompuseram e sofreram permineralização. Interessante, pois o Armitage fala justamente isso…

        Like

      • jephsimple says:

        “Se Armitage quer falar que dinossauros têm 4000 anos de idade, nos mostre isso cientificamente e com metodologia. E não depois de publicar algo que nada tem em relação as suas afirmações.”

        A patotada da vez: Não coloque em causa os milhões de anos, se encontrares tecidos moles em fósséis, não quer dizer que eles não tem seus EVIDENTES milhões de anos.

        Não!!! A patota é : Isso é evidência que os tecidos podem ser preservados por milhões de anos…

        Evolução nunca tem más notícias… é uma Science up Comedy…

        3) Eu gostaria de saber o que é que você entende por ‘tecidos moles’. Pois eu vejo muito isso em fóruns e discussões. ‘Tecidos moles’ nada têm de moles… são tecidos que sofreram processo de fossilização assim como os ‘tecidos duros’! ‘Tecidos moles’ não são sinônimos de fósseis jovens, mas apenas refletem restos orgânicos (como vasos sanguíneos, músculos etc.) que em condições anóxicas não se decompuseram e sofreram permineralização. Interessante, pois o Armitage fala justamente isso…

        “…(…)The walls of the blood vessels were found to be morphologically identical with those in present-day reptiles.”

        http://www.researchgate.net/publication/13742589_Blood_vessels_and_red_blood_cells_preserved_in_dinosaur_bones

        Enfim, não importa a idade, que tipo de animal é, encontrar tecidos preservados é muito comum… mais da Science up Comedy

        http://www.researchgate.net/publication/17216961_Cells_collagen_fibrils_and_vessels_in_dinosaur_bone

        http://www.researchgate.net/publication/232531439_Molecular_analyses_of_dinosaur_osteocytes_support_the_presence_of_endogenous_molecules

        Eu poderia citar uma lista enorme, onde, não fosse os EVIDENTES milhões de anos, eu iria jurar que é o caso de espécies que foram extintas a poucos milhares de anos, bem poucos…

        Mas enfim, isso não é evidência para um diluvio universal, JAMAIS!Mas é a mais pura evidência para os milhões de anos.

        Like

    • jephsimple says:

      “1) Nunca fui a favor da demissão sumária de Armitage, pois isso não está correto. As pessoas não podem demitir as outras simplesmente pela forma de pensar.”

      Expelled: No Intelligence Allowed está em pleno acordo; contra a censura e perseguição .
      “2) No entanto Mark Armitage foi desonesto sim, e coloque na conta dele que só assumiu sua religião em um momento oportuno.”

      Como assim ?

      http://creationwiki.org/Mark_Armitage

      Explique mais …

      “Mark Armitage foi desonesto sim, e coloque na conta dele que só assumiu sua religião em um momento oportuno.”

      Hã … Quê???

      [*Microgeometric Design of Diatoms: Jewels of the Sea M. Armitage, Creation Research Society Quarterly, vol. 31 (1994): 167-160

      *Trematode Parasites: What Is Their Genesis? CRS Quarterly Vol 36(3):184 – 194 March 2000

      *Scanning Electron Microscope Study of Mummified Collagen Fibers in Fossil Tyrannosaurus rex Bone CRS Quarterly Vol. 38, Number 2 September, 2001

      *The things that are not Creation 27(1):14–17, December 2004

      *New record of polonium radiohalos, Stone Mountain granite, Georgia (USA) TJ 15(1):86–88, April 2001

      *Preliminary observations of the pygidial gland of the Bombardier Beetle, Brachinus sp. TJ 17(1):95–102, April 2003

      *Radiohalos — A Tale of Three Granitic Plutons

      *Complex Life Cycles in Heterophyid Trematodes: Structural and Developmental Design in the Ascocotyle Complex of Species Presented at the Fourth International Conference on Creationism

      *Helium Retention in Deep-Core Zircons American Laboratory, Jul, 2004

      *The Ultrastructure of Lichen Cells Supports Creation, not Macroevolution CRS Quarterly Vol. 44 No. 1 pp. 40-53 Summer 2007
      Secular]

      Fale mais sobre a COVARDIA e desonestidade do Armitage…

      Like

    • jephsimple says:

      A demissão de Mark Armitage foi uma jogada lamentável, mas vital para manter a aparência de um “consenso do cientistas.” Uma demissão aqui ou ali é um pequeno preço a pagar quando a própria ciência está em jogo ! 😉

      Like

  9. isael says:

    “Mostre a ciência para os homens da caverna e eles vao acreditar que se trata de magia; Mostre a magia para o homem moderno e eles acreditarão que é ciência.”
    Quando o homem não compreende ou tem conhecimento limitado acerca de algo passa a acreditar no que é logico (para ele), no que não foge ao seu entendimento, no que a consciência limitada do pensamento humano permite, ou seja, no que parece mais plausível (para ele, claro).
    Exemplo de pensamento que foge o entendimento de alguns homens é o que acontece com o sistema cultural dos pirarrã, uma tribo da amazonia (na fronteira entre os estados do Amazonas e Rondonia no Brasil). Essas pessoas, com base no sistema cultural e de entendimento de mundo em que foram criadas, tem como ideia de quantificação um sistema numérico que conta com o 1 o 2 e o bastante. Ou seja: 1+1=2, 1+2=bastante, bastante+bastante=bastante.
    Da mesma forma, a maioria das pessoas, com base no seu sistema cultural e de entendimento de mundo em que foram criadas, tem suas próprias limitações de entendimento. Principalmente no que se refere à ideia de tempo. Um ano, uma década ou cem anos são abstrações do nosso entendimento que de certa forma são aceitáveis ou ‘’paupáveis’’, do mesmo modo como ocorre com o 1 e o 2 no caso dos pirarrãs. Assim é sempre mais fácil acreditar em ideias que não fogem ao entendimento limitado do pensamento e da consciência, a exemplo do que ocorre no caso da quantificação do tempo do universo.
    6500 anos são muito mais aceitáveis ao limitado entendimento da maioria das pessoas – inclusive eu – que os 4,5 bilhoes de anos que apenas o sistema solar sozinho possui. Assim, para que essa forma de pensar, que foge ao entendimento convencional, não conflite com uma crença enraizada, que limita o próprio entendimento, algumas pessoas criam seus sistemas lógicos que buscam defender sua visão de 1, 2 e bastante. Um exemplo é o que acontece com a ideia de que um uniformitarismo nunca ocorreu defendida por quem busca afirmar que a o universo tem seus 6500 anos. Ideia que tem sua logica. Porém, toda ideia tendenciosa que tenta se passar por lógica não é logica.

    Like

    • Sodré says:

      “6500 anos são muito mais aceitáveis ao limitado entendimento da maioria das pessoas – inclusive eu – que os 4,5 bilhoes de anos que apenas o sistema solar sozinho possui”.

      E o “limitado entendimento” não costuma ser um grande amigo da verdade…

      Like

      • isael says:

        justamente por isso que dentro desse limitado entendimento e de arguementos logicos nao se pode afirmar que esses apenas 6500 de existencia do universo sejam verdadeiros

        Like

      • Miguel says:

        justamente por isso que dentro desse limitado entendimento e de arguementos logicos nao se pode afirmar que esses apenas 6500 de existencia do universo sejam verdadeiros

        Então o nosso conhecimento é “limitado” demais para afirmar que o universo tem cerca de 6000/7000 anos mas já não é “limitado” para dizer que o universo NÃO tem cerca de 6000/7000 anos?

        Like

    • isael says:

      Eu nao afirmei nada que pudesse ser feita essa pergunta Miguel. O que eu disse foi que dentro de um sistema cultural e de entendimento de mundo em que as pessoas sao criadas é mais plausivel que elas acreditam no 6500 do que nos 4,5 bilhoes. Eu nao disse que o conhecimento de todos é limitado do jeito que voce se referiu e ponto. Nao, isso nao.
      Voce há de concordar comigo que a humanidade nao conhece tudo quanto é possivel conhecer, nao? Portanto essa humanidade possui sim um conhecimento limitado. E o que eu me referi no final do primeiro post foi que mesmo dentro desse limitado conhecimento adquirido ate agora (e que nao é restringido por algumas visoes de mundo enraizadas de sistemas culturais) é possivel afimar sim que a Terra nao tem 6500 naos. vlw flw

      Like

  10. Astro Nauta says:

    Somos pensados a refletir que até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso universo inteiro. : Imaginemos que se os milhões de anos estão assim tão fortemente suportados pelas evidências, porque é que é necessário despedir quem encontra evidências contra essa posição edificante? Existe outra “teoria científica” protegida pela lei desta forma, ou é só a crença nos milhões de anos? Porque é que os ditos evolucionistas não estão dispostos à descobertas, à analisar as evidências em favor dos “milhões de anos”? Será incompetência? Será medo? Ou será porque são vassalos e sabem que a ciência vai até onde for o interesse de seus Senhores? Talvez por isso também dizem que Deus dá o frio conforme o cobertor?

    Curiosa esta completa obsolescência programada não??? São indagações cada vez mais auto piedosas. E então desta forma dogmática que a teoria da evolução quer se manter como a “melhor explicação para a origem das espécies” (como nos ensinam os modernos e racionais evolucionistas)? Será mesmo o melhor caminho irmos através da censura, do boicote, da intimidação, da exclusão de quem pensa diferente, como até mesmo destituir ou perseguir alguém ou algo a ponto de ameaçar sua integridade profissional e dos dados encontrados só porque não se ajustam ao domínio dos fatos, à tais “verdades pré-estabelecidas” ?

    Talvez nosso real avanço imponha o desapego da mentira de si mesmo, uma observação mais profunda e imparcial do todo. Levar a vida mais na boa sem pensar em inimigos. Ainda mais se pudermos contemplar que o universo inteiro está no nada, surge do nada. Todos querem saber do universo, mas não querem saber do fundamental, o nada! Só não pode o nada ser o nada que pensamos, porque se o nada fosse nada, nada sairia dele.

    Mas as pessoas se acostumaram a mentir, a fugir e negar a lógica fazendo de tudo religião. O próprio facebook é uma religião. A moda é uma religião, noticiários são a religião hoje. As pessoas absorvem o lixo noticioso como se fosse a mais absoluta das verdades. Existe até a religião dos ufólogos e anti-nova ordem. O próprio dinheiro é uma religião, e é a crença mais óbvia, fanática e cega.

    Mas a religião não saiu do povo, ela é só um rótulo inventado que saiu da ambição e falta de escrúpulo dos mais espertos e sedentos de poder. Eles puseram medo na cabeça do povo e inventaram a necessidade de proteção de seres superiores (ELES) sob ameaça de desgraça. Contudo não existe erro em lugar nenhum.

    Os que falam em erro vivem sob influência da religião, mesmo falando contra ela.
    A droga é uma só, o ego, a crença na mentira de si mesmo, a vaidade intelectual, a presunção do conhecimento. E isso não foi a religião quem inventou.

    As universidades hoje são os maiores centros de tráfico dessa droga. Na alegoria bíblica Adão caiu do Paraíso por comer o fruto da árvore do conhecimento. Ainda não tinha religião. Nenhuma religião domina, hipnotiza e escraviza a mente do povo hoje quanto a ciência. E essa sempre foi na real a religião dominante, junto com o sistema econômico, é claro, pois trabalha pra ele.

    As pessoas hoje tem nos médicos e cientistas na mesma conta em que tinham os sacerdotes e xamãs antigamente. São reverenciados e até adorados da mesma forma alienante. Falam de Charles Darwin como se estivessem falando de um deus absoluto do conhecimento. No entanto, os cientistas e médicos daqui a 100 anos debocharam dos grandes conhecimentos que os cientistas de hoje arrogam-se possuir.

    Há 150 anos não havia cientista, havia alquimista, o nome foi trocado por um mais chique. O mesmo ocorreu com o termo médico, esse nome não existia antigamente. Dentro de 100 anos ou menos, os nomes cientista e médico também deverão ser substituídos por outros, mais chiques.

    Por isso a presunção do conhecimento é a única e legítima grande droga que entorpece a mente da espécie humana e de outras inúmeras prováveis espécies de outros mundos paralelos. E a propósito a evolução em si é mais uma teoria. E teorias deveriam ser questionadas pois o que agora é comprovado foi um dia imaginado. Além de que autodidata é apenas um ignorante por conta própria.

    http://www.icr.org/soft-tissue-list/
    http://rspb.royalsocietypublishing.org/content/274/1620/1823.full
    http://www.nature.com/nature/journal/v463/n7284/full/nature08740.html
    http://www.lightsource.ca/news/media_release_20130426.php

    Like

  11. na verdade se a terra nao tem milhoes de anos isso nao contrariaria a evolução so daia bases diferentes a ela em quantidade de tempo e como se daria a evolução e ate no que forçaria ela.
    a evolução e um fato nos mesmos estamos evoluindo e sim pigmentação da pele misturas de raças isso tudo esta mudando com o tempo cruzamentos estamos mudando.
    e sou cristão mas como disse em outro post por que ficar atacando um a outro em vez de procurar provas de que a sua e correta?
    se acham tanto que nao existe milhoes de anos por que os cietistas cristão ( nao sou poucos inclusive há grupos inteiros de astronomos e outras especialidades somente de cristãos tentando provar a existencia de deus e com o aval da igreja catolica ainda por cima ) e ambas as teorias evolução e criação nunca conseguiram provar sua veracidade

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s