Evolução: a teoria anti-científica

Modificado a partir dum texto do Dr. Jason Lisle

Alguns evolucionistas alegam que a ciência é “impossível” sem a teoria da evolução, chegando até a ensinar que a ciência e a tecnologia necessitam dos princípios da evolução moléculas-para-homens de forma a que sejam obtidos resultados produtivos. Para além disso, eles afirmam que aqueles que têm uma visão do mundo criacionista estão em perigo de não entenderem a ciência.1, 2, 3

As pessoas com um pensamento mais critico irão notar que este tipo de argumentos são bastante irónicos visto que a teoria da evolução é contrária aos princípios da ciência. Dito de outra forma, se a teoria da evolução fosse verdade, o conceito de ciência não faria qualquer sentido. A ciência precisa, sim, dum enquadramento Bíblico criacionista de modo a que ela seja possível, e nas próximas linhas veremos o porquê.

As pré-condições da ciência

Biblia_Ciencia_ADNA ciência pressupõe que o universo é lógico e ordenado, e que ele obedece a leis matemáticas que são consistentes ao longo do tempo e do espaço. Embora as condições em diferentes regiões do espaço e diferentes eras temporais sejam bastante diversas, existe no entanto uma uniformidade subjacente .4

Devido ao facto de existir uma tal regularidade no universo, existem  muitas instâncias onde os cientistas são capazes de fazer previsões acertadas em relação ao futuro. Por exemplo, os astrónomos podem computar com sucesso as posições futuras dos planetas, das luas e dos asteróides. Sem a uniformidade na natureza, tais previsões seriam impossíveis e a ciência não existiria. O problema para os evolucionistas é que tal regularidade só faz sentido dentro da visão do mundo Bíblica criacionista.

A ciência exige a visão do mundo Bíblica

O criacionista Bíblico espera que haja ordem no universo porque Deus fez todas as coisas (João 1:3), e também porque Ele impôs ordem no universo. Uma vez que a Bíblia ensina que Deus sustém todas as coisas através do Seu Poder (Hebreus 1:3), o criacionista espera que o universo funcione duma forma lógica, ordenada e mecânica. 5 Para além disso, Deus é Consistente6 e Omnipotente.7 Logo, o criacionista espera que todas as regiões do universo obedeçam às mesmas leis, até regiões onde as condições físicas sejam bastante diferentes, Todo o campo da astronomia requer este importante princípio Bíblico.

Mais ainda, Deus existe para além do tempo (2 Pedro 3:8) e Ele escolheu suster o universo duma forma consistente através dos tempos para benefício nosso. Portanto, mesmo que as condições no passado possam ter sido bem diferentes das condições actuais, a forma como Deus sustém o universo (o que nós chamamos de “leis da natureza”) não sofrerão modificações arbitrárias.8 Deus revelou-nos que existem algumas coisas cuja existência que podemos contar para o futuro – tais como as estações do ano, o cíclo diurno e assim por diante (Génesis 8:22). Por isso, segundo um conjunto de condições específicas, o Cristão consistente tem o direito esperar um certo tipo de resultado visto que ele ou ela confia no Senhor para suster o universo duma forma consistente.

Estes princípios Cristãos são absolutamente essenciais para a ciência. Quando levamos a cabo uma experiência controlada, usando as mesmas condições iniciais, esperamos  obter os mesmos resultados em todas as situações. O “futuro reflecte o passado”, neste sentido. Os cientistas são capazes de fazer previsões porque existe uniformidade, e esta uniformidade deriva do Poder soberano e consistente de Deus. A experimentação científica seria inútil sem a existência de uniformidade no mundo natural visto que obteríamos resultados distintos sempre que levássemos a cabo uma experiência idêntica, destruindo a possibilidade de aquisição de conhecimento científico.

Pode um evolucionista fazer ciência?

Uma vez que a ciência exige o princípio Bíblico da uniformidade (bem como outros princípios Bíblicos), é espantoso que alguém possa ser um evolucionista e um cientista ao mesmo tempo. No entanto, existem cientistas que afirmam acreditar na teoria da evolução. De que forma é isto possível?

A resposta é que os evolucionistas são capazes de fazer ciência porque eles são inconsistentes. Eles aceitam o princípio Bíblico da uniformidade ao mesmo tempo que negam a Bíblia de onde derivam estes princípios. Tal inconsistência é bastante comum no pensamento secular: os cientistas seculares alegam que o universo não foi projectado, mas fazem ciência como se o universo tivesse sido projectado e fosse mantido por Deus duma maneira uniforme. Os evolucionistas podem fazer ciência apenas e só se eles dependerem de pressuposições criacionistas Bíblicas (tais como a uniformidade) que são contrárias à sua alegada crença na teoria da evolução.9

Como é que o evolucionista responde?

O Cristão consistente pode usar a experiência passada como guia para o que é mais provável que ocorra no futuro visto que Deus prometeu que (de certa forma) o futuro irá reflectir o passado (Génesis 8:22). Mas como é que aqueles que rejeitam Génesis podem explicar o porquê de existir uniformidade na natureza? De que forma é que o evolucionista responderia à pergunta, “Porque é que o futuro irá reflectir o passado?”

Uma das respostas mais comuns é: “Bem, o futuro sempre reflectiu o passado, e como tal, eu assumo que sempre irá reflectir.” Mas isto é pensamento circular. Podemos conceder que no passado sempre existiu uniformidade10 , mas como é que sei que a uniformidade irá existir no futuro a menos que já tenha assumido que o futuro reflecte o passado? Sempre que usamos a experiência passada como base para o que é mais provável que ocorra no futuro, já estamos a assumir a uniformidade. Portanto, quando o evolucionista diz que acredita que sempre existirá uniformidade no futuro visto que sempre existiu uniformidade no passado, ele está a tentar justificar a uniformidade assumindo a uniformidade – um argumento circular.

O evolucionista por alegar que a natureza da matéria é tal que ela opera duma forma regular;11 dito de outra forma, a uniformidade é só uma propriedade do universo, Esta resposta também falha.

Biblia_CienciaPrimeiro, esta resposta não responde à questão; pode ser que a uniformidade seja um aspecto da matéria física, mas qual é a explicação? Dentro da visão do mundo evolucionista, qual é o motivo para tal propriedade? Segundo, podemos perguntar de que forma é que um evolucionista sabe que a uniformidade é uma propriedade do universo. Na melhor das hipóteses, pode-se dizer que o universo – no passado – pareceu ter algum tipo de uniformidade.12 Mas como é que sabemos que no futuro o universo continuará a agir duma maneira uniforme, a menos que já saibamos de qualquer outra forma sobre a uniformidade? Muitas coisas neste universo mudam; como é que sabemos que as leis da natureza não irão também elas mudar?

Alguns evolucionistas podem tentar uma resposta mais pragmática: “Bem, nós não conseguimos explicar o porquê, mas a uniformidade parece funcionar, e como tal, vamos continuar a usá-la.” Esta resposta também falha por dois motivos: Primeiro: nós só podemos alegar que a uniformidade parece ter funcionado no passado; não existem garantias de que ela continuará a funcionar no futuro a menos que já tenhamos motivos para assumir a uniformidade (que é o que o Cristão tem). No entanto, os evolucionistas assumem que a uniformidade será verdade no futuro.

Segundo: esta resposta admite que a uniformidade não tem explicação dentro da visão do mundo evolucionista – que é precisamente o ponto. Ninguém está a negar que a uniformidade exista, mas sim que só a visão do mundo criacionista Bíblica a pode explicar. Os evolucionistas só podem fazer ciência se forem inconsistentes, isto é, se assumirem conceitos criacionistas Bíblicos ao mesmo tempo que negam a criação Bíblica.

A evolução teísta não resolve nada

Alguns evolucionistas podem alegar que eles podem justificar a uniformidade da mesma forma que o Cristão o faz – apelando a um deus que sustém o universo duma forma mecânica.13 Mas em vez de acreditarem na criação descrita no Livro de Génesis, eles acreditam neste deus que criou através dos milhões de anos de evolução. No entanto, a evolução teísta não resolve o problema visto que o evolucionista teísta não acredita que o Livro de Génesis seja literalmente verdadeiro. Mas se Génesis é não literalmente verdadeiro, então não há motivos para se acreditar que Génesis 8:22 seja literalmente genuíno. É neste verso que Deus promete que podemos esperar um certo nível de uniformidade na natureza. Sem a criação Bíblica, a base racional para a uniformidade perde-se.

Não é um deus qualquer que é necessário para justificar a uniformidade, mas sim o Deus Cristão tal como rebelado na Bíblia. Só Um Deus que vive para além do tempo, é Consistente, Fiel, Omnipotente, Omnipresente, e que Se revelou à Humanidade, pode garantir que existirá uniformidade através do tempo e do espaço. Portanto, só os criacionistas Bíblicos podem justificar a uniformidade na natureza.

A evolução é irracional

De facto, se a evolução fosse verdade, não existiriam motivos racionais para se acreditar nela! Se a a vida é o resultado dum processo evolutivo, isso significa que o cérebro dos evolucionistas nada mais é que o resultado de milhões de anos de processos aleatórios. O cérebro nada mais seria que uma colecção de reacções químicas que foram preservadas porque no passado tiveram algum tipo de valor para a sobrevivência. Se a evolução fosse verdade, então todos os pensamentos dos evolucionistas mais não são que consequências necessárias da química a operar através do tempo. Isto leva-nos a afirmar que o evolucionista pode pensar e dizer que “a evolução é verdade” mas isto não é feito  por motivos racionais, mas sim como consequência necessária da química cega.

A análise académica pressupõe que a mente humana é mais do que química. A racionalidade pressupõe que nós temos a liberdade para conscientemente considerar as mais variadas opções e escolher a melhor. O evolucionismo fragiliza as pré-condições necessárias para o pensamento lógico, destruindo desde logo a possibilidade de conhecimento e de ciência.

Conclusões:

A teoria da evolução é anti-cientifica e anti-sabedoria. Se a evolução fosse verdade, a ciência não seria possível porque não existiriam motivos para aceitar a uniformidade da natureza sobre a qual assenta a ciência e a tecnologia. Semelhantemente, se a evolução fosse verdade, não existiriam motivos para se pensar que a análise racional seria de alguma forma possível visto que os pensamentos da nossa mente nada mais seriam que resultados inevitáveis de reacções químicas. Os evolucionistas são capazes de fazer ciência e obter conhecimento apenas e só porque eles são inconsistentes: eles professam acreditar na evolução mas operam segundo os princípios da criação Bíblica.

BIblia_Ciencia_Tudo_Ensaio

Fonte: ~ http://bit.ly/1rbI0wh

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia, Ciência and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

16 Responses to Evolução: a teoria anti-científica

  1. Nill says:

    Pesquisadores,cientistas,etc estão irritados com os erros científicos do filme Jurassic Park. http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/pesquisadores-se-irritam-com-erros-cientificos-no-trailer-de-jurassic-world-14690491 Estão irritados com um dinossauro inventado pelos cineastas,o Diabolus Rex — híbrido de T-Rex, velociraptor, cobra e lula.
    Quero fazer umas peguntas ! Essa turma está irritada com os erros científicos da TEORIA DA EVOLUÇÃO ?
    Como eles podem ser tão bons em ver os erros científicos em um filme e tão cegos quanto aos erros científicos da Teoria da Evolução ?
    A Mídia noticia sobre as pessoas que estão irritadas com os erros científicos da Teoria da Evolução ?
    Me respondam ! Atenção ! Não sou fã fanático do Jurassic Park. rsrsrsrs

    Like

    • Pergunta: Como eles podem ser tão bons em ver os erros científicos em um filme e tão cegos quanto aos erros científicos da Teoria da Evolução?

      Resposta: Cepticismo SELECTIVO. Isto é, eles usam a razão e a lógica somente quando estas não entram em conflicto com a cosmovisão materialista.

      Like

    • Ana Silva says:

      Nil:

      Desculpe, mas leu realmente a notícia que refere com atenção?

      “Muitos especialistas em paleontologia e em outras áreas estão reclamando de que o pequeno trecho da superprodução, que apresenta a grande atração do filme, o Diabolus Rex — híbrido de T-Rex, velociraptor, cobra e lula — exibe diversos erros científicos e históricos.”

      Segundo a notícia, os cientistas não estão particularmente “irritados com um dinossauro inventado pelos cineastas,o Diabolus Rex — híbrido de T-Rex, velociraptor, cobra e lula.” A notícia refere-se a pormenores como os dinossauros não terem penas e o filme apresentar um pedaço de âmbar contendo uma mosca e não um mosquito. São pequenos pormenores, mas pormenores que indiciam que o filme foi feito sem recorrer ao apoio de cientistas.

      Note-se que, apesar da leve referência indirecta à teoria da evolução (“[os dinossauros]
      gigantes tinham penas no corpo, já que eles são parentes distantes das aves”) aquilo de que os cientistas referidos na notícia se queixam é baseado em factos: foram já encontrados muitos fosseis de dinossauros apresentando penas, incluindo dinossauros “gigantes”, e (se não estou em erro) não foram até agora encontradas peças de âmbar contendo moscas presas.

      Volto a referir as críticas dos cientistas referidos nas notícias baseiam-se em factos reais (fosseis e âmbar) e não especificamente na teoria da evolução.

      Fica portanto a pergunta Nill: porquê usar esta notícia no seu comentário?

      Like

      • harmo1979 says:

        Como dinossauros com penas, sendo que a pena é matéria orgânica e se decompõe como os outros tecidos, exceto o ósseo?

        E onde tu viu isso? Foi naqueles fosseis com ranhuras perto da cauda em uma rocha? E quem me garante que aquilo são vestígios de penas, sendo que nem pena tinha lá, somente os “desenhos” dela na rocha?

        E onde estao os repteis com penas, bicos, ossos pneumáticos, asas, HOJE?

        E os elos perdidos HOJE, VIVOS, entre nós, onde estão?

        Desenho ou ranhura em rochas contendo fosseis não significa absolutamente NADA! É a famosa convergência adaptativa baseada no OLHOMETRO dos darwinistas

        Pergunta: POR QUE, ATE AGORA, OS DARWINISTAS NAO CONFIRMAM OS ELOS PERIDOS POR MEIO DE GENOMA OU DNA DO FOSSIL? SÓ CONFIRMAM NA BASE DO OLHO. POR QUE NAO CONFIRMAM O GENOTIPO TAMBÉM?

        a farsa dos dinossauros com penas e bicos…..escuto isso há muito tempo, não é de hoje não.

        Alias, a farsa dos elos perdidos é evidenciada no laboratorio quando analisam o DNA do bixo

        Like

  2. Ana Silva says:

    O autor do texto postado, Dr. Jason Lisle, baseia o seu argumento num versículo do Génesis, que lido de forma isolada parece referir-se à regularidade e uniformidade do Universo:

    “Durante todos os dias da terra, a sementeira e a messe, o frio e o calor, o verão e o inverno, o dia e a noite não mais cessarão.” (Génesis 8:22)

    Mas deve o versículo 8:22 do Génesis ser interpretado de forma isolada? Ou deve a interpretação ser feita integrando este versículo no próprio Livro Sagrado, particularmente no contexto dos capítulos 8 e ?

    Quando isto é feito, o versículo 8:22 não parece r

    Quando lido em conjunto com os versículos que o antecedem e os versículos seguintes, Génesis 8:22 não parece referir-se propriamente à regularidade e uniformidade do Universo. Na verdade Quando lido em conjunto com os versículos que o antecedem e os versículos seguintes, Génesis 8:22 parece referir-se ANTES à promessa de Deus perante Noé e a sua família de que não haverá um novo Dilúvio e que Deus não voltará a castigar o Homem pela sua iniquidade dessa forma.

    No final do capítulo 8, após ter saído da arca, Noé ofereceu um holocausto [sacrifício em que o animal é totalmente consumido pelo fogo] a Deus (Génesis 8:19-20).

    “Recebeu o Senhor um suave odor, e disse: ‘Não amaldiçoarei mais a terra por causa dos homens porque os sentidos e os pensamentos do coração do homem são inclinados para o mal desde a sua mocidade; não tornarei, pois, a ferir todos os seres vivos como fiz. Durante todos os dias da terra, a sementeira e a messe, o frio e o calor, o verão e o inverno, o dia e a noite não mais cessarão.” (Génesis 8:21-22).

    A promessa feita por Deus a Noé e à sua família mantém-se no início do capítulo seguinte: “E Deus abençoou Noé e seus filhos. E disse-lhes: ‘Crescei e multiplicai-vos e enchei a terra’” (Génesis 9: 1). Finalmente Deus escolhe o arco-íris como representante da Sua aliança com a Terra (Génesis 9: 13).

    Portanto, quando visto integrado no Texto Sagrado, o versículo Génesis 8:22 parece referir-se apenas à promessa de Deus perante o Homem, após o Dilúvio (que não haverá mais nenhum Dilúvio e de que a Terra existe para ser usada pelo Homem) e não à uniformidade e regularidade do Universo.

    Nota:
    A Bíblia tem várias versões. Eu recorri à “Vulgata”, usada pelos católicos. No entanto outras versões que consultei online não parecem divergir muito, pelo menos nos capítulos 8 e 9 do Génesis.

    O versículo 8:22 de outras versões da Bíblia que consultei (como a do Rei Jaime) utilizam a expressão “enquanto durar a terra”. Quando interpretado de forma literal esta expressão indicia que a uniformidade e regularidade, pelo menos na Terra, não serão eternas. Este facto, por si só, contradiz o argumento utilizado pelo Dr. Lisle.

    Like

    • Ana Silva says:

      Nota:

      No comentário anterior o parágrafo “Quando isto é feito, o versículo 8:22 não parece r” é uma pequena gaffe.

      Like

    • Ana Silva says:

      Nota (2):

      Onde se lê: “Mas deve o versículo 8:22 do Génesis ser interpretado de forma isolada? Ou deve a interpretação ser feita integrando este versículo no próprio Livro Sagrado, particularmente no contexto dos capítulos 8 e ?”

      Deve-se ler: “Mas deve o versículo 8:22 do Génesis ser interpretado de forma isolada? Ou deve a interpretação ser feita integrando este versículo no próprio Livro Sagrado, particularmente no contexto dos capítulos 8 e 9?”

      Like

      • harmo1979 says:

        “Minha” definição de 2 Lei da termodinâmica, kkkk essa garota é doente mesmo, por isso que é zombada direto aqui

        E DESDE QUANDO FRIGORÍFICOS E DEMAIS REFRIGERADORES ESTAO INDO CONTRA A 2 LEI DA TERMODINÂMICA?

        ELA É VALIDA PARA PROCESSOS NATURAIS E ESPONTÂNEOS DA NATUREZA. A VIDA E O MUNDO FORAM CRIADOS OBEDECENDO ESTA LEI

        Refrigeradores e outras maquinas operam em sentido inverso POIS NECESSITAM DE UM TRABALHO FORÇADO PARA OPERAREM, NAO ALGO ESPONTÂNEO.

        Para a “evolução” ocorrer, é preciso um fluxo continuo de energia necessário para os seres evoluírem e obviamente, aumentarem a entropia. DE ONDE VEM ESSA ENERGIA?

        GAROTA, saiba INTERPRETAR DIRETO AS COISAS.

        2 LEI É VALIDA PARA PROCESSOS ESPONTANEOS, NATURAIS.

        E O ACASO DARWINISTA OPERANDO CONTRA A 2 LEI É ALGO IMPOSSIVEL, pois o ser precisa de energia e “mutações benéficas” para poder “evoluir”. Ou seja, trocas de energia com a vizinhança e aumento entropico

        De onde vem a energia darwinista para a evolução? Kkkkkk

        Saiba diferenciar processões ESPONTANEOS (NATURAIS) dos forçados (imposto por maos humanas)

        Pare de passar vergonha no blog do Mats que está ficando vergonhoso para você e não queremos te zoar.

        Refrigerador e maquinas de gelo operam inversamente pois há fornecimento forçado de energia, feito por MAIS HUMANAS.

        A evolução não ocorreu por maos humanas. Se ocorre se, eu veria um DNA surgir da sopa orgânica em algumbl laboratório dos EUA, Europa ou Japão. Kkkk

        Um abraço e aprenda diferenciar coisas naturais de coisas forçadas por maos humanas.

        O dia q vc vier aqui e APRESENTAR ARGUMENTOS da formação de moléculas da VIDA que vão contra as leis da termodinâmica (principalmente a segunda), podemos pensar em debater sem te zombar

        Me diga da onde o Darwin tirou energia para que o macaco evoluísse para algo ou de onde a ” sopa orgânica ” tirou energia para brotar a primeira bactéria CONTRARIANDO AS LEIS TERMODINÂMICAS.

        Ta lançado o desafio, para voce não passar mais vergonha aqui

        Flwz.

        Like

    • harmo1979 says:

      Nao existe nada de contradição não, vc e os ateus darwinistas que não sabem a correta interpretacao

      “Enquanto durar a terra”…. As leis físicas que temos hj continuam intactas e confirmam a criação de mundi de forma ordenada pelo Genesis

      Esse ” enquanto” se refere à possível destruição do mundo por meio do pecado humano, quando essa uniformidade estiver à beira do abismo.

      Acontece que até essa uniformidade ser desfeita, ocorrerá a segunda vinda de Cristo na terra para restabelecer a ordem e a uniformidade

      Ou seja, você não soube interpretar direito a bíblia(como vários fazem, infelizmente), pois pegou trechos isolados de uma parte do AT para invalidar a uniformidade e precisão matemática do universo

      Esse enquanto tem a ver com a eminente destruição do mundo pelos pecados humanos. Ou seja, as coisas ruins que as pessoas fazem.

      Leia as profecias do apocalipse e o antigo testamento inteiro de novo e volte aqui.

      E a destruição do mundo por meio do pecado é coerente com a 2 lei da termodinâmica: processo entrópico continuo de fornecimento de energia (leia-se caos, para a bíblia). O mundo foi criado assim, obedecendo à 2 lei e opera assim

      Like

      • Ana Silva says:

        harmo1979:

        “E a destruição do mundo por meio do pecado é coerente com a 2 lei da termodinâmica: processo entrópico continuo de fornecimento de energia (leia-se caos, para a bíblia). O mundo foi criado assim, obedecendo à 2 lei e opera assim”

        Se a sua definição da segunda lei da termodinâmica estivesse correcta, harmo1979, não existiam frigoríficos/geladeiras nem máquinas de fazer gelo.

        (ver, por exemplo, http://dererummundi.blogspot.pt/2010/05/segunda-lei-da-termodinamica.html)

        Like

      • Ana Silva says:

        harmo1979:

        “Ou seja, você não soube interpretar direito a bíblia(como vários fazem, infelizmente), pois pegou trechos isolados de uma parte do AT para invalidar a uniformidade e precisão matemática do universo”

        Admito que até hoje apenas li partes da Bíblia. Aceito por isso a crítica de que não conhecer a mensagem principal transmitida pela Bíblia. E, principalmente, NUNCA me apresentei como uma especialista nos Textos Sagrados.

        Tenho, no entanto, a capacidade de interpretar textos. Foi isso que fiz, ao ler os capítulos 7, 8 e 9 do Génesis. Quando lido integrado no texto que constitui o final do capítulo 8 (Génesis 8: 13-22) e o início do capítulo 9 (Génesis, 9: 1-17),verifica-se que o versículo Génesis 8:22 refere-se à aliança de Deus com o Homem e a Sua promessa de que não mais a Sua ira se virará contra a Terra como consequência da iniquidade do Homem.

        No meu comentário apresentei a minha interpretação da parte do Texto Sagrado que constitui o final do capítulo 8 (Génesis 8: 13-22) e o início do capítulo 9 (Génesis, 9: 1-17). Do Texto Sagrado COMO UM TODO, entre o versículo 8:13 e o versículo 9:17 do Génesis.

        Posso até “não [saber] interpretar direito a Bíblia”, mas não compreendo, Harmo1979, em que se baseia para fazer a acusação de que eu “[peguei em] trechos isolados de uma parte do AT”.

        Porque, volto a repetir, eu não “[peguei em] trechos isolados de uma parte do AT”. Eu “peguei” na parte do Texto Sagrado que constitui o final do capítulo 8 (Génesis 8: 13-22) e o início do capítulo 9 (Génesis, 9: 1-17) como um TODO.

        Like

  3. Anderson says:

    Embora a Ana seja ateia ela está correta na interpretação porque não tomou o verso isolado.
    Se dissermos que acreditamos em uniformidade contrariamos nossas próprias crenças. A própria criação foi um milagre e algo que contraria, até agora, todos os outros mundos observados, sendo assim uma “exceção a regra”. Se acreditarmos que o universo foi feito com leis uniformes então temos de dar razão aos humanos ante-diluvianos que não creram na mensagem de Noé e não entraram na arca, afinal, nunca havia chovido antes e muito menos copiosamente como Noé anunciava.
    Mesmo se apontarmos para o futuro vemos uma promessa do que o que hoje é não mais será: o mundo de pecado. Este será consumido pelo fogo e serão feitos “novos céus e nova terra” Ap 21.
    Portanto essa ideia de que as leis físicas comportam-se assim desde sempre e sempre irão se comportar assim não tem base na Bíblia e na fé. É claro que isso não remete a um universo caótico mas sim um que é submetido à vontade do Soberano Deus. Enquanto Ele achar que deve ser assim, será.

    Abraços,
    Anderson.

    Like

    • harmo1979 says:

      Claro que as leis físicas existiam na época. Estamos nos referindo à leis físicas, precisas e uniformes que governam este planeta e este universo de maneira precisamente matemática.

      Quem acha que na época nao houve aumento de temperatura, não havia gravidade e nao exisstia eletromagnetismo, precisa ser muito besta mesmo. O próprio Gênesis e o próprio dilúvio que vcs mencionaram são totalmente coerentes com a 2 Lei da termodinâmica, pois o pecado humano só fez com que Deus jogasse pragas devido ao pecado e a própria destruição de seres e objetos fizeram com que a entropia da Terra aumentasse.

      Tu tem q partir de um ponto inicial de formação do universo para vc ter as leis que temos hoje, INTACTAS. O genesis relata a formação ordenada, seguindo regras.

      Essa ordenação e regras existiam na época e existem hj. Gravidade, eletromagnetismo e leis da termodinâmica existiam desde que houve a criacacao. Isso que é uniformidade a que o Mata se refere

      Portanto, vc(cristão, mas com gravíssimos problemas de interpretacao de textos) e a doente ana ateia amante dos elos perdidos e vida ao acaso, estão bem errados ao não estudarem: Física, química, biologia, geografia e historia

      Um acha que o pecado humano desafiou as leis físicas(kkkkkk dá dó?) e a outra, inocente demais, pega VERSOS ISOLADOS da bíblia para TENTAR REFUTAR AS LEIS DA FISICA

      Serio mesmo, não sei se isso é: burrice, preguiça de estudar mais ou NEGAÇÃO PROPOSITAL das leis de Newton, Einstein, Kepler, Joule, etc.

      Como eu disse: a uniformidade referida citada pelo Mata são as equações da física que governam esse mundo com precisão matemática absurda. Isso que é uniformidade: leis intactas, desde o final da criação, funcionando ate hj.

      O pecado humano NAO ALTEROU AS LEIS GRAVITACIONAIS de Newton e Kepler.

      Só pros inocentes que acham que na epoca de Noé não existiam leis físicas, kkkkkkkkkkk dá dó?

      Eclesiastes: “todo o rio corre para o mar, porém nem todo mar se enche, pois é para lá que eles tem que correr”.(a não ser q o ser humano vai la e corte o fluxo do rio e construa uma barragem)

      ” A Terra pairava sobre o ar”, …”circulo da Terra” (como sabiam disto na época? kkkk) olha as leis de newton pré-mencionadas no antigo testamento.

      “Do pó viestes, ao pó retornarás”. O que é o pó: sais mineirais, íons calcio, ferro, magnésio, átomos de carbono, hidrogênio e oxigênio

      Ciclo da matéria orgânica mencionada no genesis.

      Toda a uniformidade FÍSICA mencionada no Genesis ( leiam mais o AT e encontraram a uniformidade mencionada por Mats lá)

      Conclusão: Ana totalmente perdida e inocente pegando TRECHOS ISOLADOS da bíblia e uma GRAVÍSSIMA FALHA DE INTERPRETAÇÃO as escrituras

      Você: inocente que acha que trechos isolados vão contra as leis da física e que Deus quis assim

      Repito, VOCÊS 2: LEIAM E REELEIAM O AT todo, antes de vir aqui vomitar asneiras.
      O Mata já leu ele todo e encontrou varias coisas da física e ciência lá. E vocês?

      Lembrem- se: é impossível um ” macaco evoluir ” sem ter que aumentar sua ENTROPIA. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Um abraço, meu povo! LEIAM MAIS A BÍBLIA E NÃO TRECHOS ISOLADOS, TIRANDO: CONCLUSÕES ERRÔNEAS, POR FAVOR.

      Um abraço e paz.

      Pro cara

      Like

  4. harmo1979 says:

    Pensem

    Temos um macaco

    Ele precisaria retirar energia do ambiente externo em que vive para poder sofrer mutações e assim evoluir, certo?

    Pois bem. De onde retirar tal energia para as mutações ocorrerem, indo a direção CONTRARIA À 2 LEI?

    Para evoluir, obviamente o macaco ou sopa orgânica sai de um estado frio ou inercial com baixa energia e vai para um estado mais EVOLUÍDO, aumentando assim sua entropia. Se não ocorre se a 2 lei, como o DNA e as transformacoes metabolicas do macaco ocorreriam?

    É impossível “fazer vida” burlando a 2 Lei da TD, Ana. Se nao, seu macaquitos darwinista não evoluiria para seu hominídeo.

    Logo, o que seus refrigeradores e maquinas de fazer gelo tem a ver com a criação obedecendo a 2 lei? NADA, pois refrigeradores necessitam de um impulso externo operando continuamente para poder funcionar. Leia-se MÃOS HUMANAS(obviamente não foi um réptil que criou o compressor de geladeira).

    Ou seja, é algo forçado, não espontâneo. Por isso q o mundo não pode ser criado violando a 2 lei e nenhuma lei da física.

    Para aqueles que sugerem evolução adiabática, tmbm outro erro. Viola a 1 lei da termodinâmica.

    Trabalho positivo implica em redução de temperatura do corpo do macaco. Obviamente, ele não viveria.

    Conclusão: as leis de conservação de energia que temos são totalmente compatíveis com a formacao ordenada de mundo, relatada pelo Gênesis.

    ANA, pense com os pais da física que vc conhece: para tu formar uma molécula de DNA, tu precisaria de: energia e ordem para ligar as bases nitrogenadas e garantir que o DNA funcione como ele funciona hj: opera continuamente (não pára) e opera sob estabilidade, seguindo as regrinhas da química e biologia sobre equilibrio químico dinâmico.

    O que acontece se um maluco darwinista tentar fazer um DNA sintético a partir de matéria inanimada (leia-se abiogênese)?

    Simples: uma molécula inteligente como o DNA precisa ser formada de maneira inteligente, para que ela opere de maneira adequada.

    O que acontece se ocorrer um erro na ligação química das bases nitrogenadas feitos sinteticamente? Uma instabilidade enorme?

    De acordo com a equivalência massa-energia de Einstein, o DNA liberaria uma quantidade enorme de energia para a sua vizinhança de forma a voltar para a estabilidade que era antes, ou seja, da sopa orgânica inanimada.

    Uma instabilidade violenta gera uma liberação de energia violenta para o ambiente, podendo até destruir o recinto do maluco. Uma molécula de ordem de grandeza de picometros (um DNA cabe num virus, obvio) com uma massa extremamente pequena libera uma energia altíssima, especialmente se for radiações de alta freqüência, perigosissimas para o ser humano).

    Qualquer tipo de energia q tu jogar na “sopa darwinista” vai faze-la desaparecer.

    Para garantir essa estabilidade molecular, operando sob equilíbrio químico, somente um energia “do além” para formar e garantir a estabilidade do DNA

    Ou seja: processos químicos nao-guiados inteligentemente (aleatórios) para formar uma misera bacteria com 1 misero dna , sob as formas de energia que a física conhece hj, é impossivel

    Logo, a energia vem de………..Deus?

    Reflita sobre isso, Ana. Lembre-se das 2 leis universais da termodinâmica e das idéias de Einstein sobre a formacao de um DNA ao acaso e da energia de atmosfera primitiva.

    Tu vai chegar à conclusão de que é IMPOSSÍVEL formar um DNA ao acaso e com a energia oriunda da atmosfera primitiva. Logo, teria que ser uma energia bem inteligente para formar……

    Kkkkkkk

    VAMOS PARAR DE ZOMBAR DARWIN E SEUS ELOS PERDIDOS, kkkkkkk.

    Like

  5. jephsimple says:

    “Evolução: a teoria anti-científica”

    Por falar nisso o evolution news abordou um artigo evo que fala sobre a fala humana e das aves.

    http://www.evolutionnews.org/2014/12/newly_discovere092041.html

    Trechinho: “Agora os cientistas sabem, e a resposta é sim – aves e os seres humanos usam essencialmente os mesmos genes para falar.”

    Huuummmm … Milagre da evolução… Ela é aleatória, desgovernada, não guiada, cega, sem objetivo algum, mas ta sempre ocorrendo como se fosse um projeto comum.

    Vai ver os humanos evoluíram de algum “avocaco” … rsrsrsrsrs😀 … Mas por azar não dixaram nenhum fóssil … Pena :p

    Like

    • dvilllar says:

      Jephsimple

      “Vai ver os humanos evoluíram de algum “avocaco” …”

      lol…kkkkk

      Parabéns, ou melhor, cuidado !!!!

      Com esse tipo de afirmação podes entrar no rol dos “Grandes Evolucionistas”.

      “Mas por azar não deixaram nenhum fóssil … ”

      Se for conveniente logo teremos toneladas de ossadas de “avocacos” a serem exibidas nos Museus de Estorinhas Naturais dos devotos de Darwin.

      Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s