Magia evolutiva

Evolution
1. Qual é a religião oficial das escolas públicas modernas? http://wp.me/pbA1e-2Rd

2. A teoria da evolução é uma religião http://wp.me/pbA1e-2ID

3. A teoria da evolução como uma arma ideológica http://wp.me/pbA1e-2Js

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

31 Responses to Magia evolutiva

  1. O Mats é um grande cientista e artista, construtor de espantalhos.

    Like

    • Miguel says:

      “At the time I rather pooh-poohed what Mr. Gish said, but I found myself thinking about his words on the flight back home. And I have been thinking about them ever since. Indeed, they have guided much of my research for the past twenty years.
      Heretical though it may be to say this – and many of my scientist friends would be only too happy to chain me to the stake and to light the faggots piled around – I now think the Creationists like Mr. Gish are absolutely right in their complaint. Evolution is promoted by its practitioners as more than mere science.

      Evolution is promulgated as an ideology, a secular religion — a full-fledged alternative to Christianity, with meaning and morality. I am an ardent evolutionist and an ex-Christian, but I must admit that in this one complaint – and Mr. Gish is but one of many to make it – the literalists are absolutely right.

      Evolution is a religion. This was true of evolution in the beginning, and it is true of evolution still today.”

      (RUSE, Michael “How Evolution Became a Religion: Darwinians Wrongly Mix Science With Morality, Politics.” National Post (Saturday, May 13, 2000)

      Like

  2. Completando o meu comentário: O Mats é um grande cientista e artista, construtor de espantalhos, cujo passatempo favorito tem o nome de “quote minning”.
    (http://evolutionwiki.org/wiki/Michael_Ruse_admitted_that_evolution_is_a_religion)

    Like

    • Miguel says:

      Essa citação não anula o que Ruse disse. Mas duvido que tu entendas isso.

      Like

    • E eu duvido que o Mats perceba o que leu ou as suas implicações.

      Like

      • Miguel says:

        E eu duvido que o Mats perceba o que leu ou as suas implicações.

        Como eu disse, não és a primeira e nem vais ser a última ateísta a tentar misturar o agnosticismo com o ateísmo. Mas, tal como eu disse, eu entendo que não entendas muito do que tu dizes aceitar.

        Like

      • leia, mats, leia. Cultura nunca matou ninguém.

        Like

      • Lucas says:

        leia, mats, leia. Cultura nunca matou ninguém.

        Bem, lá vou eu ensinar a uma ateísta o que é o ateísmo.


        Entendes agora o porquê da tua citação da wikipedia ser uma parvoíce de todo o tamanho? Não há ateus-agnósticos porque, por definição, esses termos não são iguais. Sim, eu sei que vocês têm uma NOVA definição de ateísmo – uma que vos permite não ter que demonstrar ou provar nada – mas é uma criação ideológica e não filosófica e nem historicamente válida.

        Agora, tu podes-te chamar de solteira-casada que por mim pouco me importa. Mas fica sabendo que esse termo não faz sentido nenhum.

        PS: Pelos vistos não sou eu que preciso de ler para ter mais “cultura”.

        Mats

        Like

    • Mats, “cherry picking” fontes. E um dicionário deve ser descritivo e não prescritivo – e isso não descreve a maior parte dos ateus que conheço e de que ouvi falar – aliás, agora, concretamente, nem sequer me estou a lembrar de nenhum exemplo que personifique essa descrição. Há subtipos de ateísmo – esse é só um deles. Em vez de insistir nisso porque não pergunta aos ateus o que é que eles querem dizer com “ser ateu” (ou se informa de outra maneira)?
      E o Mats, ensinar-me? A mim? poupe-me.

      * Nota: Além disso, essa coisa do ateísmo está um bocado off topic, tendo em conta sobre o que estávamos a discutir.

      Like

      • Lucas says:

        Mats, “cherry picking” fontes.

        Como a tua citação da wikipedia?

        E um dicionário deve ser descritivo e não prescritivo

        Mas a wikipedia é prescritiva, certo?

        e isso não descreve a maior parte dos ateus que conheço e de que ouvi falar

        Irrelevante.

        Há subtipos de ateísmo

        Sim, mas o agnosticismo não é um deles.

        Em vez de insistir nisso porque não pergunta aos ateus o que é que eles querem dizer com “ser ateu” (ou se informa de outra maneira)?

        Prefiro citar fontes autoritárias (tais como dicionários de filosofia e enciclopédias fiáveis) do que citar definições novas feitas por parte de ateus que nem sabem o que significa o ateísmo.

        E o Mats, ensinar-me? A mim? poupe-me.

        Acabei de fazer isso mesmo. Ou não leste a imagem que te dei? Agora, graças à imagem, já sabes o que é o ateísmo.

        Mats

        Liked by 2 people

      • «Mas a wikipedia é prescritiva, certo?» – Não.
        «”e isso não descreve a maior parte dos ateus que conheço e de que ouvi falar” – Irrelevante.» – Não. Como eu disse, um dicionário deve ser descritivo da realidade.
        «Prefiro citar fontes autoritárias» – Bem me parecia…
        «Acabei de fazer isso mesmo. Ou não leste a imagem que te dei? Agora, graças à imagem, já sabes o que é o ateísmo.» – É um único subtipo de ateísmo, como eu disse. Que eu já conhecia. Mas tudo, bem, Mats, se lhe faz bem ao ego…

        Like

      • Lucas says:

        «Mas a wikipedia é prescritiva, certo?» – Não.
        «”e isso não descreve a maior parte dos ateus que conheço e de que ouvi falar” – Irrelevante.»
        – Não. Como eu disse, um dicionário deve ser descritivo da realidade.

        A “realidade” não significa inventar novas definições para termos cujas definições já existem. Mas usando a lógica da Maria, se por acaso surgirem pessoas a identificarem-se como ateístas e Cristãs, então o Cristianismo passa a ser um “sub-conjunto do ateísmo”.

        Não é assim que o mundo real funciona, e isso é uma coisa que tu tens que aprender.

        Mats

        Like

      • É como eu digo, Mats, se lhe faz bem ao ego…

        Like

      • Mats

        se por acaso surgirem pessoas a identificarem-se como ateístsa e Cristãs, então o Cristianismo passa a ser um “sub-conjunto do ateísmo”.

        Pior que já existem pessoas que se declaram assim, e infelizmente já iniciaram um post no próprio wikipedia:

        http://pt.wikipedia.org/wiki/Ate%C3%ADsmo_crist%C3%A3o

        Isso demontra o quão “confiável” este site é.

        Like

      • jephsimple says:

        Ateu agnóstico …. É muita treta… Mas logo logo fica só agnóstico mesmo…

        Like

  3. jephsimple says:

    A compreensão sobre a evolução dos seres vivos sempre precisa mudar, até por que o que se pensava, na verdade veio a se descobrir… Bem… Não era como se pensava… Não que seja um dia mal para a evolução; apenas precisamos compreende-la melhor…

    Não a toa que os oponentes da evolução são todos ignorantes sobre o que é a evolução de Darwin ( se é que resta algo de Darwin, que nem de Darwin era)… São ignorantes em genética, em bioquímica, biofísica e etc. Afinal todos os evolucionistas sabem que a evolução enfim é real, mesmo que o que se sabe vem a ficar sabido que não era bem o que se pensava… Saber.

    Olha só:

    “Equipe de paleontólogos encontra marcas fósseis deixadas pelo caminhar dos primeiros animais a andar sobre quatro patas na terra e descobre que esses seres surgiram bem antes do que se pensava” [Você pode ver isso na NATURE].

    Bem antes do que se pensava ou bem antes do que se previa????????

    Like

  4. Cícero says:

    Parece que há certas pessoas aqui, que se dizem agnósticas.
    Mas o agnosticismo é uma grande falácia ilógica e irracional. Vejamos:

    Seu inventor foi Bertrand Russell , hoje um dos ícones destacados do ateismo!
    Mas Russell como agnóstico, comete erros grosseiros de lógica.
    Alega que:
    “o agnóstico encontrará seus fins no próprio coração e não numa ordem” ou “sei com certeza sobre a existência de Deus que vc não pode saber nada com certeza sobre a existência de Deus”. (What is an agnostic p. 583).

    Mas como ele sabe isso?! tal conceito implica conhecimento da realidade – contrário ao conceito de agnosticismo. Conhecer o suficiente da realidade e afirmar que nada pode ser conhecido dela (no caso Deus) é ilógico. Será possível saber que algo existe; sem saber nada dele? Então não deveriam jamais fazer afirmações sobre ele e entrar nessa área! saber um pouco ou pouquinho e depois dizer que não é possível saber nada!
    Isso são conceitos absolutistas incompatíveis com o agnosticismo.
    Assim, o agnosticismo destrói-se a si mesmo!

    Agnosticismo absoluto – “Conhecemos o suficiente sobre a realidade para afirmar que nada pode ser conhecido dela”. Essa afirmação é ilógica, e contraditória.
    Quem não sabe totalmente nada sobre a realidade não tem base para fazer uma afirmação sobre a realidade.

    Like

  5. dvilllar says:

    Eu já havia sepultado o Evolutionacademy, mas a Maria Teodósio ressucitou-os:

    Sociedade Brasielira para o Progresso da Ciência envia carta a câmara dos deputados se posicionando contra o ensino do criacionismo.

    Na carta:

    “A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência se posicionou contra o projeto de lei do deputado Marco Feliciano que implica em promover o ensino do criacionismo nas escolas públicas do país.”

    Se a “CIENTÍFICA” teoria de Darwin é factual, inatacável, uma verdade estabelecida, por que recorrer aos político$ (sob regime marxista) brasileiros a fim de impedir que um tema “religioso” como o Design Inteligente seja explicado aos alunos?

    Ainda na carta:

    “Está claro na Constituição, que o ensino religioso é matéria facultativa, e a presença dos alunos nestas aulas dependerá de sua própria vontade ou de seu responsável.”

    Na verdade o SBPC sabe que o Brasil é um país majoritariamente Cristão, apesar de estado laico.

    Oras, sendo o evolucionismo uma crença, por que impedir a divulgação de outras “crenças”?

    Assim, fica nas entrelinhas que a SBPC reconhece a fragilidade da Teoria da Evolução.

    A lógica da SPBC consiste em preservar a “liberdade de expressão” censurando a “liberdade de expressão”.

    Talvez o próximo passo da SBPC seja pedir ajuda ao Papa.

    Like

  6. jephsimple says:

    Pois é Diogo

    Ateu Cristão… Ai meu Deus… E o cristo (esse é com minusculo mesmo) deles deve ter sido casado e ta mortinho da silva

    Like

  7. dvilllar says:

    Ateísmo Cristão?

    Seria isso uma heresia ou os Cristão terão de pedir ajuda à neologista e presidanta atéia Dilma Roussef?

    Não bastasse Richard Dawkins, ainda temos de presenciar tanta bobagem atéia.

    Like

  8. Saga says:

    http://evolutionwiki.org/wiki/Michael_Ruse_admitted_that_evolution_is_a_religion

    Eu não vi em onde isso anula o que o cara disse.
    Evolution is promoted by its practitioners as more than mere science. Evolution is promulgated as an ideology, a secular religion — a full-fledged alternative to Christianity, with meaning and morality. I am an ardent evolutionist and an ex-Christian, but […] Evolution is a religion” (RUSE, Michael “How Evolution Became a Religion: Darwinians Wrongly Mix Science With Morality, Politics.”)

    Que ele não está apoiando o criacionismo, ou o DI, mas que ele mesmo é um evolucionista já está dito na própria frase, então o Matts não cometeu quot minning por distorcer o que o evolucionista disse. E não é falácia do apelo a autoridade, é apenas uma admissão de alguém não interessado, pois os cristãos já tinha notado que o evolucionismo é utilizado como uma religião secular, ou seja, isso é verdade independente da frase de Michael, em vez de tentar desviar o assunto, o link acima deveria tentar desmontar os argumentos de Michael Ruse, frisar que ele continia evolucionista e começar a criticar pesadamente os criacionistas como sempre fazem, não responde suas acusações, é fugir de desafiar a própria argumentação do “How Evolution Became a Religion” e como “Darwinians Wrongly Mix Science With Morality, Politics.”

    Garanto que os ateus fazem mais quot minning, apelo a autoridade e distorções sérias de fraseados de religiosos e passagens bíblicas.

    Não entendi o que Maria está debatendo aí, ela tá defendendo novas definições de ateísmo e de agnosticismo? Uma onde você possa ser ateu e ao mesmo tempo se negue a apresentar evidências de ateísmo, como o agnóstico se propõe ao conveniemente negar ser ateu?

    Like

  9. carlos cardoso says:

    Quando os criacionistas se põem a definir o que são ateus e agnósticos sai asneira.

    Crente é aquele que diz: com base nos elementos de informação que tenho, acredito em Osíris (ou noutro deus qualquer); ateu é o que diz: com base nos elementos de informação que tenho, não acredito que exista um deus; agnóstico é o que diz: com base nos elementos de informação que tenho, não sei se acredito ou se não acredito.

    Como é evidente qualquer agnóstico é na realidade ou crente ou ateu, pois não há meio-termo entre os dois conceitos. Por outras palavras, o conjunto dos crentes somado ao conjunto dos não crentes (os ateus) representa a totalidade do universo.

    Like

    • Lucas says:

      Crente é aquele que diz: com base nos elementos de informação que tenho, acredito em Osíris (ou noutro deus qualquer)

      Crente é aquele que crê. Ponto final.

      ateu é o que diz: com base nos elementos de informação que tenho, não acredito que exista um deus;

      Errado. Ateu é que aquele que afirma a não existência de Deus (capitalizado, como é regra do blogue).

      agnóstico é o que diz: com base nos elementos de informação que tenho, não sei se acredito ou se não acredito.

      Errado. O mais certo é dizer é que o agnóstico é o que NÃO SABE se Deus existe ou não.

      Como é evidente qualquer agnóstico é na realidade ou crente ou ateu, pois não há meio-termo entre os dois conceitos.

      Só que os “conceitos” estão mal definidos por ti, e daí o erro.

      Por outras palavras, o conjunto dos crentes somado ao conjunto dos não crentes (os ateus) representa a totalidade do universo.

      Mais ou menos. Temos os crentes em Deus, os crentes na inexistência de Deus, e os que afirmam “não saber” se Deus existe ou não. Há 3 campos distintos.

      Mats.

      Like

      • Gonçalves says:

        Cara, você deve ser analfabeto funcional. Primeiro você diz que o Carlos está errado, depois coloca como certo o que ele já disse. Não sabe ler por acaso?

        Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s