Tatuagens: “Vós adorais o que não sabeis”

Durante toda a História do homem as tatuagens sempre estiveram associadas ao paganismo, demonismo, misticismo, xamanismo, adoração de baal, canibalismo e practicamente todas as prácticas pagãs conhecidas. As tatuagens NUNCA estiveram associadas ao Cristianismo nem a Cristãos firmes crentes na Palavra de Deus.

Para além disso, sempre que o Cristianismo entra numa cultura, as tatuagens (tal como o paganismo) desaparecem. A única excepção são os mornos, carnais, e desobedientes “Cristãos” laodecianos.

O nascimento das tatuagens deu sempre origem ao crescimento de religiões pagãs e misticismo. Sem excepção, pesquisa após pesquisa, estudo após estudo, livro após livro confirmam exactamente isso: as tatuagens estão relacionadas ao paganismo.

A documentação que se segue é apenas uma pequena gota de água no oceano de documentação que comprova a origem ocultista e demoníaca das tatuagens.

Lembrem-se duma coisa: a documentação que se segue é feita por livros pró-tatuagem a listar a óbvia ligação espiritual e conexão religiosa das tatuagens. Não são escritores Cristãos a tentar colocar as tatuagens sob uma má luz.

Por mais que o “Cristão” carnal e rebelde tente justificar a sua lógica distorcida para se tatuarem com a marca demoníaca proibida, os factos falam mais alto – suportados por toneladas de pesquisas e documentação escritas por autoridades pró-tatuagens:

  • O fundamento, origem, propósito e significado das tatuagens encontra-se no demonismo pagão, xamanismo, adoração de baal e misticismo ocultista.

Em muitas culturas, o tatuador é ao mesmo tempo um xamã, um “magick-man”, um sacerdote ou sacerdotisa. De acordo com o dicionário, o xamã é um intermediário entre o mundo natural e o mundo sobrenatural, usando magia para curar doenças, prever o futuro e controlar as forças espirituais (www.infoplease.com/ipd/A0648969.html).

Tatuar o corpo é muitas vezes um ritual mágico em culturas mais tradicionais e o tatuador é um sacerdote ou xamã respeitado.

(Michelle Delio, Tattoo: The Exotic Art of Skin Decoration, p. 73)

Nas Ilhas Fiji, Formosa, Nova Zelândia e em certas tribos índias norte americanas, tatuar era visto como uma cerimónia religiosa levada a cabo por sacerdotes e sacerdotisas.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 64)

O processo de tatuar um corpo, que envolvia rituais complexos e tabus, só poderia ser feito por sacerdotes, e estava associado a crenças que eram conhecidas apenas pelos membros da casta sacerdotal.… Hambly concluiu que, historicamente, tatuar se tinha originado em conexão com rituais antigos de escarificação e sangria que estavam associadas com prácticas religiosas destinadas a colocar a alma humana em harmonia com forças sobrenaturais, e garantir a continuidade entre esta vida e a próxima.
(Gilbert, Steve, Tattoo History: A Source Book, p. 158)

O tatuador, o xamã ou o sacerdote ocultista muitas vezes usa a tatuagem como um ponto de contacto, ou zonas de entrada para o mundo espiritual. A tatuagem não só é muito mais que só uma “decoração corporal” mas também é muito mais que uma camada de tinta cortada para dentro da pele.

De facto, até ao século 20, a tatuagem foi sempre um veículo para invocações religiosas pagãs. Mesmo hoje, em muitos países ocidentais, acredita-se que a tatuagem é uma ponte para o mundo sobrenatural. A famosa bruxa e autora Laurie Cabot escreve o seguinte sobre as tatuagens:

As origens da tatuação estão relacionadas com artes mágicas antigas.
(Laurie Cabot, Power of the Witch, cited in Masonic and Occult Symbols Illustrated by Dr. Cathy Burns, p. 301)

De acordo com Amy Krakow no sua crónica The Total Tattoo Book, ‘tatuar sempre teve funções bem definidas: marcar um ritual de passagem duma fase da vida, invocar os espíritos, orgulhosamente, desafiadoramente ou sorrateiramente mostrar quem tu és através da arte corporal.’

Muitas tribos praticavam tatuação terapêutica. Os Ojibwa, por exemplo, tatuavam as têmporas, a testa e as bochechas daqueles que sofriam de dores de cabeça ou dores de dentes que eles julgavam terem sido causadas por espíritos malignos. Músicas e danças que eram supostas exorcizar os demónios acompanhavam a cerimónia de tatuação.
(Gilbert, Steve, Tattoo History: A Source Book, p. 90)

A tatuagem centra-se na personalização do corpo, tornando-o num verdadeiro corpo e templo digno do espírito que habita dentro dele. . .Tatuar o corpo, portanto, é uma forma de manter as necessidades espirituais e materiais do meu corpo em equilíbrio.
(Michelle Delio, Tattoo: The Exotic Art of Skin Decoration, p. 8)

Entre as taras actuais no que de tatuagens se trata, existem as “tatuagens tribais” – que mais não são que puro paganismo. As tatuagens tribais são designs que possuem simbolismo místico sério e significado ocultista. As tatuagens tribais em especial são canais possíveis para a possessão espiritual e demoníaca.

Quando os designs são escolhidos com cuidado, as tatuagens possuem um poder e magia próprias. Elas decoram o corpo mas ao mesmo tempo engrandecem a alma.
(Michelle Delio, Tattoo: The Exotic Art of Skin Decoration, p. 13)

O motivo pelo qual perfurar a pele pode ser considerado com algum grau de admiração não é difícil de encontrar, uma vez que, em primeiro lugar, há o derramamento se sangue – o que para o mundo selvagem é algo cheio de significado como um factor de rejuvenescimento e imortalidade.Há em adição a abertura de várias entradas por onde o mal pode penetrar. . .
(Hambly Wilfrid D. 1925. The History of Tattooing and its Significance, p. 233, cited in Gilbert, Steve, Tattoo History: A Source Book, p. 162)

A revista Rolling Stone descreve o famoso artista tatuador durante a tatuação como alguém . . . . que permite que os seus demónios-clientes o ajudem a guiar a agulha.
(Rolling Stone magazine, March 28, 2002, p. 40)

A tatuação birmanesa tem sido associada com a religião há milhares de anos. O acto de tatuar entre os grupos indígenas da América do Norte . . . . está fundada na esfera espiritual também.
(Laura Reybold, Everything you need to know about the dangers of tattooing and body piercing, p. 15)

Crânios impressos na pele abundam e representações do Anjo da Morte (eng: “Grim Reaper”) são vistas com regularidade. . . . Estas imagens, indelevelmente marcadas na pele, reflectem a incerteza em relação ao futuro e sublimam o medo universal do desconhecido.

Possivelmente, e ao mesmo tempo, o uso da figura de morte no corpo pode ser uma invocação de quaisquer que sejam as forças indefiníveis da natureza e do cosmos que existem, numa tentativa de proteger de tal destino quem carrega a tatuagem.
(Henry Ferguson and Lynn Procter, The Art of the Tattoo, p. 76)

No seu livro exaustivo Art, Sex and Symbol, Ronald Scutt foca-se em grande detalhe na história e na cultura das tatuagens. Scutt documenta que, na maioria das vezes, as tatuagens estão associadas a propósitos espirituais, religiosos e místicos. A documentação seguinte é do livro de Scutt:

De facto, tendo em vista o seu desenvolvimento subsequente, é muito mais provável que as tatuagens tenham um significado místico, ou que tenham sido usadas como um símbolo de estatuto…
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 22)

[Tatuar] “Em associação com a adoração do Sol, construções megalíticas, perfuração das orelhas, adoração da serpente . . . “
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 22)

Acredita-se que estas marcas [tatuagens] estão associadas à adoração da deusa do Sol Neith.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 24)

Seja o que fôr, as tribos primitivas estavam sem dúvidas convencidas que o espírito, havendo escapado do corpo por altura da morte, retinha uma réplica do anfitrião terrestre. Devido a isso, eles usavam as tatuagens como identificação no próximo mundo e um passaporte para a futura felicidade.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 63)

Os índios Mohave instituíram a tatuação do queixo em ambos os sexos porque acreditava-se que um tipo de Juiz observava todos os que chegavam ao Sil’aid (Terra dos Mortos) e se um homem não tivesse marcas na sua face, Ele [o Juiz] enviava-o para o submundo onde os ratos do deserto estão.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 63)

Entre outras tribos índias existia a convicção que durante a viagem em direcção aos céus – em direcção às “muitas moradias” – eles seriam parados por uma mulher velha e examinados (em busca de tatuagens na testa, no queixo ou no pulso). Se não houvesse alguma, o soldado desafortunado seria empurrado de um ponto alto e lançado na Terra sem esperança de alguma vez readquirir aceitação no mundo espiritual.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 63)

Os Hindus em Bengal acreditavam que sem tatuagens os pais não seriam capazes de reconhecer os fulhos no outro mundo.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 63)

Outras tribos defendiam que as mulheres sem tatuagens serviriam de comida para os deuses.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 64)

No entanto, a adoração do deus-Sol baal envolvia a marcação das mãos com o sinal divino [tatuagens] numa tentativa mística de adquirir força.
(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 64)

De acordo com as pesquisas e estatísticas, Scutt lista as razões que levam as pessoas a fazer uma tatuagem e a segunda razão é: “garantir um lugar no céu”.

“Razões para fazer uma tatuagem:
2. Garantir um lugar no céu.
5. Aplacar os maus espíritos na altura da morte
6. Adquirir características especiais através do totemismo e a adoração de ancestrais.
9. Tornar o corpo sexualmente interessante.

(Ronald Scutt, Art, Sex and Symbol, 1974, p. 13)

O Dr. Hambly, provavelmente o maior historiador e pesquisador de tatuagens que alguma vez viveu, escreve vez após vez que as tatuagens baseiam-se em rituais religiosos e espiritismo pagão. Qualquer estudo honesto e sério em torno das origens e fundamentos das tatuagens vai claramente expôr as intenções demoníacas e sobrenaturais das mesmas.

No seu popular livro “Tattoo History: A Source Book”, o entusiasta das tatuagens e historiador, Steve Gilbert cita alguns factos históricos encontrados que Hambly encontrou durante a sua extensa pesquisa.

[Hambly] recontou uma vasta gama de exemplos que ele havia escolhido da pesquisa dos antropólogos em muitas partes do mundo. O propósito das tatuagens era:

Prevenir as dores
Proteger o corpo das feridas causadas com armas
Dar força sobre-humana
Preservar a juventude
Aumentar os poderes sobrenaturais do xamã
Garantir a sobrevivência da alma depois da morte
Identificar a alma no além
Atrair a boa sorte.
Proteger o corpo da bruxaria
Garantir a protecção duma divindade
Conferir poderes ocultistas
Prevenir o afogamento
Exorcizar os demónios
Garantir a protecção por parte dum animal totémico ou guarda espiritual
Lembrar uma peregrinação a um lugar santo
etc.

O GRANDE INIMIGO DAS TATUAGENS: O SENHOR JESUS CRISTO

Segundo a História, sempre que as tribos pagãs (com o hábito de usar tatuagens) se convertiam ao Cristianismo, sem excepção, uma das primeiras prácticas pagãs a desaparecer era o uso de tatuagens [II CORÍNTIOS 5:17].

E porquê? Porque, ao contrário dos “Cristãos” desobedientes e carnais da actualidade, os pagãos convertidos SABIAM que as tatuagens são contra a Palavra de Deus. O Espírito Santo rapidamente dizia aos pagãos convertidos: “Agora que és meu, não quero tatuagens no teu corpo“.

E os ex-pagãos, ao contrário dos Cristãos ocidentais, OBEDECEM.

Tal como aconteceu nas civilizações que usavam as tatuagens, quando estas tribos pagãs se converteram ao Cristianismo, os seus rituais religiosos e culturais (que incluíam o uso de tatuagens, piercing e escarificação) forma tornados banidos.
(Jean-Chris Miller, The Body Art Book : A Complete, Illustrated Guide to Tattoos, Piercings, and Other Body Modifications, p.9)

Quando o Senhor Jesus chega, as tatuagens desaparecem.


Sempre que os missionários se depararam com tatuagens, eles irradicaram-nas.
(Gilbert, Steve, Tattoo History: A Source Book, p. 101)

Embora estas e outras modificações corporais tenham continuado a ser praticadas no “underground” como forma dos não-Cristãos se identificarem uns aos outros, Deus te livre de seres apanhado e teres as tuas marcas reveladas.
(Jean-Chris Miller, The Body Art Book : A Complete, Illustrated Guide to Tattoos, Piercings, and Other Body Modifications, p.11)

O autor deste texto diz o seguinte:

Tenho muitos amigos que fizeram tatuagens antes de aceitarem a salvação. Sem excepção alguma, todos eles estão hoje em dia envergonhados com as suas tatuagens, e sempre que podem, tentam escondê-las.

Mas antes de terem sido salvos – tal como as tribos pagãs – eles orgulhosamente exibiam as suas tatuagens.

Deixem-me acrescentar uma coisa: muitos deles começaram a sentir vergonha das tatuagens ANTES de lerem Levítico 19:28, ou antes de alguém os dizer que as tatuagens são condenáveis.

Depois de receberem o Senhor Jesus Cristo, e com a ajuda da infusão do Espírito Santo, eles SABIAM que as tatuagens desagradam a Deus.

Glória a Deus por tal evidência de unidade no Espírito.

Um testemunho poderoso em torno do autor das tatuagens é descrito por Steve Gilbert:

Quando Cortez e os seus conquistadores chegaram às costas do México em 1519, eles ficaram horrorizados por descobrir que os nativos não só adoravam demónios em forma de estátuas e ídolos, como de alguma forma haviam conseguido imprimir imagens indeléveis destes ídolos na sua pela.Os espanhóis, que nunca haviam sido expostos às tatuagens, reconheceram rapidamente isto como obra do Satanás.
(Gilbert, Steve, Tattoo History: A Source Book, p. 99)

Embora os Católicos espanhóis nunca tivessem sido expostos a tatuagens, eles reconheceram rapidamente isto como obra do Satanás”. No entanto, os desobedientes, carnais e rebeldes “Cristãos” actuais dizem coisas ridículas como “marcarem-se para Jesus” (!).

AS TATUAGENS E O MUNDO CIVILIZADO.

Alguém pode dizer “Mas isso foi nas idade das trevas. Isso foi nas terras pagãs. Tudo isso mudou hoje em dia. Hoje ninguém faz relação entre as tatuagens e rituais espirituais pagãos.

Fazem sim senhor!

Estas tatuagens agem como talismãs protectores e conferidores de poder a quem o usa. Há até alguns artistas corporais que executam tatuagens ritualistas, piercing, marcações, e cortes. Eles podem até sugerir que tu consultes o teu quadro astrológico como forma de escolheres a melhor altura para fazer a tua arte corporal. Eles irão arder incenso e acender velas.
(Jean-Chris Miller, The Body Art Book : A Complete, Illustrated Guide to Tattoos, Piercings, and Other Body Modifications, p. 29)

Alguns tatuadores no Ocidente estão a experimentar tatuação ritualista. Este método de trabalho incorpora rituais para a criação de um espaço sagrado na área onde a tatuagem será posicionada. Usualmente incenso é queimado e os deuses convidados para abençoar os resultados.
(Michelle Delio, Tattoo: The Exotic Art of Skin Decoration, p. 75)

TATUAGENS: O CÁLICE DOS DEMÓNIOS.

Não podeis beber o cálix do Senhor e o cálix dos demónios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demónios..
1 CORÍNTIOS 10:21


About these ads

Sobre Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
Esta entrada foi publicada em Religião com as etiquetas , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

133 respostas a Tatuagens: “Vós adorais o que não sabeis”

  1. Excelente trabalho. Preciso de o ler com mais calma. Mas já o compartilhei no facebook.
    Um grande abraço e um ótimo fim de semana.

  2. Mats diz:

    Obrigado, Duarte. Bom fim de semana.

  3. Espero que o Angelo Damascedo tenha lido este artigo inteiro, pois ele vive de corromper os jovens com a tatuagem e fazer deles verdadeiros discípulos de Satã.

  4. abraaoisvi diz:

    Também gostei, muito bom trabalho.

  5. Mats diz:

    Misael, esse Angelo e’ Cristao ou pagao? E’ que se nao for Cristao, ele provavelmente nem se importara.
    Se ha “Cristaos” que pensam que marcar o corpo e’ aceite por Deus, entao os nao-Cristaos ou nao-Judeus nao estao nem ai.

  6. Marcos Velten diz:

    Com estes argumentos as mulheres atuais, cristãs, deveriam também deixar de usar brincos e diversos outros enfeites, pois tais surgiram da mesma forma como argumenta aqui, do paganismo!
    A importância e o destino a que se dá tais recursos culturais é que deve prevalecer, ou seja, a intenção do coração, mediante o ministrar e a submissão do ES.
    Usar argumentos como direções contrárias e arrependimentos pós conversões é devido ao uso, maneira e destino a que se deu tais usos anteriores e em sua maioria, de fato e com toda certeza, não foi debaixo do ES.
    Recursos culturais diversos nasceram no paganismo e hj nós fazemos uso sem nem ter ciência disto, e mts deles não fazem diferença alguma, pois o SENHOR a que estes costumes estão submetidos é que faz a distinção.
    Poderia usar de diversos textos bíblicos aqui, mas o mais instrutivo:
    Não atentes para a sua aparência, nem para a altura da sua estatura, porque o tenho rejeitado, porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. 1Sm 16.7

    • Perfeito assim como dizem sobre o Levítico 19 deveria ser cumprido na íntegra e não em versículo isolado. Tipo não fazer a barba, guardar o sábado, não usar roupas de vários tecidos etc… e por ai vai se alguém acha que por não se tatuar vai pro céu ou se o mesmo for irá pro inferno… sem comentários

    • ótima explicação, ja que vamos a fundo de um só tema porque não olhar na nossa casa e vermos que utilizamos de diversas culturas pagãs que hj são consideradasa religiosas e cristãs, como no caso da aliança de um casamento consagrada até mesmos por pastores mais que surgiram na era pagã pelos mesmos. disso ninguém fala, gostei Marcos e concordo.

      • Mats diz:

        Mais uma rebelde à Palavra do Criador.

      • marcosagv diz:

        Realmente, ótimo exemplo o da aliança.

      • Mats diz:

        Agora é só encontrar os versos da Bíblia qe condenam o uso de alianças, tal como há versos da Bíblia que condenam o uso de tatuagens.

        Boa sorte na procura.

      • marcosagv diz:

        se trata do argumento do tópico, origem no paganismo, a aliança também o é.
        se for pra considerar biblicamente, corte seu cabelo como está indicando o versículo acima de onde se obtém o referido pecado em fazer tatuagem.
        não se faz distinção por meio de interesses próprios (lembre-se da particular interpretação), mas pelo que diz a Palavra tão somente.

      • Mats diz:

        Origem no paganismo, uso actual no paganismo, condenação Bíblica.

        Mas fico à espera dos versículos que condenam o uso de alianças.

    • Tiago diz:

      é meu irmão só que brincos eram usados pelas mulheres de israel uma vez que arão construiu um bezerro de ouro com eles e as mulheres da época usavam outros adornos como pulseiras e colares.

      • marcosagv diz:

        é meu irmão, se vc já tivesse lido a bíblia toda já teria encontrado um momento onde o próprio JEOVA condena os enfeites e adereços femininos! Só não me recordo onde se encontra o texto, que há, há! querem legalizar a graça, JESUS deve bater com a mão na testa!

  7. Mats diz:

    Marcos Velten,
    Antes de responder ao que disseste, diz-me, tu tens alguma tatuagem?

    Com estes argumentos as mulheres atuais, cristãs, deveriam também deixar de usar brincos e diversos outros enfeites, pois tais surgiram da mesma forma como argumenta aqui, do paganismo!

    É o teu papel mostrar onde é que o texto diz “deve-se rejeitar as tatuagens SÓ porque tem origens pagãs”.

    É o teu papel mostrar versos Bíblicos a proibir o uso de brincos no mesmo contexto em que foi proibido o uso de tatuagens.

    A importância e o destino a que se dá tais recursos culturais é que deve prevalecer, ou seja, a intenção do coração, mediante o ministrar e a submissão do ES.

    Eis o que Deus diz das nossas “intenções do coração”:

    Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso: quem o conhecerá?” – Jer 17:9

    Recursos culturais diversos nasceram no paganismo e hj nós fazemos uso sem nem ter ciência disto, e mts deles não fazem diferença alguma, pois o SENHOR a que estes costumes estão submetidos é que faz a distinção.

    Mas os “recursos culturais” que contradizem a Bíblia Deus deu mandamentos para os evitar, ou deixou ensinamentos que nos fazem vêr que tal “recurso cultural” é perverso. Tal como as tatuagens.

    Poderia usar de diversos textos bíblicos aqui, mas o mais instrutivo:

    Não atentes para a sua aparência, nem para a altura da sua estatura, porque o tenho rejeitado, porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. 1Sm 16.7

    Amen.
    Mas este verso não rejeita o paganismo e ocultismo envolvido com as tatuagens.

    Diz-me uma coisa: tu consideras o corpo do Cristão como o Templo do Espírito Santo? Se sim, o que é que achas que Deus acha de alguém que coloca pinturas no Seu Templo?

    Olha o que Deus diz sobre as pinturas no Templo de Jerusalém:

    E entrei e olhei, e eis que toda a forma de répteis, e de animais abomináveis, e de todos os ídolos da casa de Israel, estavam pintados na parede em todo o redor. Ezequiel 8:10
    ..
    “Então me disse: Viste, filho do homem, o que os anciãos da casa de Israel fazem nas trevas, cada um nas suas câmaras, pintadas de imagens? e eles dizem: O Senhor não nos vê; o Senhor abandonou a terra. E disse-me: Tornarás a ver ainda maiores abominações do que as que estes fazem.” Ezequiel 8:12-13

    Se Deus diz isto do Templo feito com mãos de homens, imagina o que Ele pensa das pinturas (tatuagens) no Templo que Ele fez com as Próprias Suas Mãos.

  8. Marcos Velten diz:

    Respondendo a sua pergunta, eu não tenho tatuagem.
    Nem sei se faria um dia, as únicas que hj poderia chegar a fazer seriam relativas ao SENHOR, seu nome por exemplo YESHUA, talvez quem sabe um dia.

    Uma coisa que havia pensado e não citei é relativo a dar ouvidos a satanas, porque todo o texto está recheado de misticismo provindo dele, não dou brecha para isto em minha vida, e sobre o rejeitar é por isso, satanas faz uso de mts recursos a diretivas ritualisticas com fins de roubar o lugar de DEUS, mas isto não quer dizer que hj, como costume, todos façam e utilizem desta maneira como foi proposta na antiguidade, significado hj é relativo a diversos aspectos e pode ser ou nao com fim de adoraçao como antes era proposto.
    a autoridade máxima na vida de um crente é JESUS e não mais o braço de carne infernal.
    como havia dito, e aqui ainda que saibamos que o coração PODE nos enganar, sabemos também como, mas volto a dizer, só DEUS o escadrinha e julgará seu intento, seja qual for, ou vc acredita q seu coração intenta sempre o mal? Que dirá então da oração de Ana: meu coração exulta ao SENHOR!!!
    demonizar o coração não é correto, até pq DEUS me nos deu um novo como ELE prometeu, só ELE tem o poder de esquadrinhá-lo, e assim ELE nos julgará.
    E outra coisa, eu disse: intenção do coração, >>>mediante o ministrar e a submissão do ES<<< !!! Isso faz toda a diferença!!! Os limpos de coração verão ao SENHOR!!! Glória por isso! Sonda-me SENHOR!!!
    "Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno." Salmo 139.23

    Sobre os recursos, bem disse uma vez Salomão, tudo é vaidade debaixo do sol!!
    Isto é o que é irmão, não tem como fugir! Vc acha mesmo que uma mulher precisa usar brincos para ficar bela? Sinceramente acho que ficam mt mais quando se maqueiam! rs… mas ainda assim é vaidade! Vc vai dizer que não? Se quizer rejeitar e demonizar o uso de tatuagens mesmo com proposito de exaltar ao SENHOR, que dirá um enfeite que nada glorifica a ELE! Ae que costumo dizer, quer seguir diante deste aspecto? na minha opinião, estes deveriam de se submeter assim como o pessoal do roupão da assembleia.
    Sobre as pinturas que vc comentou no templo, o que elas revelam? idolatria (uma das obras da carne)!! imagens de ídolos, tanto de pintura ou escultura, rejeitam o segundo mandamento dado por DEUS a Moises.
    Assim sendo, ocorrerá o mesmo, caso a tatuagem seja com este fim.

    • gabi diz:

      Se é o teu amor por Deus q queres mostrar que esse amor seja “tatuado” no teu coração para expiação dEle e não para expiação dos homens tatuando o corpo, porquê escarnecer o nome de Deus com algo considerado profano e q de nada adiantara diante de Deus ? Que seja limpo teu corpo tua alma e teu coração.fique com Deus e reveja seus conceito, peça para o espírito santo te guiar e ele te mostrará o caminho certo.

      • só repetindo posts:

        !!!!!!!!!!!
        juízo condenatório revelado.
        graças ao BOM SENHOR os tatuados estão livres desta condenação (de acordo com o proposto no coração):
        o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. 1Sm 16.7b

        Hoje lendo o texto de Isaías, como não foi pra minha surpresa quando profetizando sobre o RENOVO, JESUS, no cap. 11, v. 3, “Não julgará pela aparência, nem decidirá com base no que ouviu…”
        Vejam só, é como um adendo ao NT, já que se refere a pessoa de JESUS.
        Nada de aparência!

  9. Marco Aurelio diz:

    Não possuo, não gosto e aconselho todos a não fazerem tatuagens, concordo com tudo o que foi dito acima exceto uma frase: “baseiam-se em rituais religiosos e espiritismo pagão”. a palavra espiritismo segundo Allan Kardec é um conjunto de leis e princípios ditadas pelos espíritos.

    [[ Isto é, os demónios - Mats]]

    O termo espiritismo surgiu em 1857, portanto, a frase que diz “espiritismo pagão n se encaixa em rituais pagãos milenares.

    [[ Porque é que não se encaixa? - Mats]]

    E o espiritismo sério tem uma visão muito parecida sobre tatuagens.

    [[ "Espiritismo sério" não é diferente do "espiritismo" não-sério uma vez que ambos têm a mesma fonte. O que se passa é que um tem alguma áurea de respectabilidade que a outra não tem. No entanto, isso não altera a natureza perigosa de uma de outra. - Mats]]

    Gosto de suas matérias. Fiquem com Deus

    [[ Obrigado. Que o Senhor Jesus, o Deus Todo Poderoso (Revelação 1:8) , seja contigo - Mats]]

  10. Marco Aurelio diz:

    Ainda continuo gostando de suas matérias.

  11. ornellas diz:

    Entao poe-se a seguinte pergunta:
    Qualquer um que tenha tatuagens e que nao se envergonhe delas ao ponto de as em todo tempo esconder, ou alguem que se tatua então jamais será um cristão maduro?Define-se assim a maturidade de alguem,tal como categorizando como carnalidade e rebeldia o ter uma tatuagem?será isso?
    Humm….apenas para entender o real ponto de vista.

  12. Mats diz:

    Ornellas,

    Qualquer um que tenha tatuagens e que nao se envergonhe delas ao ponto de as em todo tempo esconder, ou alguem que se tatua então jamais será um cristão maduro?

    Se um Cristão não se sente incomodado com o uso duma pintura que sempre esteve envolvido na adoração de demónios, então se calhar ele ainda não está bem firme no conhecimento da Vontade de Deus.

    Define-se assim a maturidade de alguem,tal como categorizando como carnalidade e rebeldia o ter uma tatuagem?será isso?

    Define-se como carnal alguém que não se incomoda com prácticas que sempre estiveram associadas ao demonismo.

    • ornellas diz:

      Não vejo as coisas assim,na verdade o uso das tatuagens nao esteve sempre envolvida na adoração de demonios,quando o afirmas por duas vezes no que respondes ,perdes a noção do imediato que se discute e diluis a coisa numa demanda complicada de se discutir,isso é esticar algo que outros definem como a sua origem e não a continuidade de se fazer tatuagens.
      Ainda que se afirme que a origem de tatuar o corpo tenha sido algo mistico,tambem havia tribos que se tatuavam de modo a marcar a passagem para a idade adulta ou por outros motivos nada misticos,ainda hoje há quem se tatue para marcar passagem pelo exercito,guerra ou algo.
      Ou defendes que por exemplo uma pessoa que tatua um simbolo importante como uma data ou um nome entao a pessoa sem saber está a adorar demonios?Acho que é a intenção da pessoa quando se tatua que define o impacto da mesma.
      Ou entao tambem defendes que se uma coisa for dedicada a demonios uma vez por um alguem qualquer,sempre que for usada mesmo por outras pessoas continua dedicada aos demonios?
      Uma guitarra de uma banda satanica consagrada para Satanás comprada por uma pessoa qualquer torna-se maldição para quem a usa?
      Então uma guitarra usada no louvor a Deus e consagrada para O servir nas mãos de um descrente abençoa a pessoa?
      Hummm…..
      Será que nos dias de hoje existem coisas sagradas e coisas profanas,ou existem pessoas santas e pessoas impías e o que fazem é apenas uma extensão do que são?
      Pessoas e não coisas.
      De novo acho que a intenção,a consciencia do que se faz e a razão do que se faz é que define a maturidade do que é feito.
      Nao se pode generalizar a coisa.Creio que uma tatuagem é uma maneira de se marcar algo importante duma maneira unica.E quando se fala da vontade de Deus…é um pouco exagerado definir a firmeza de alguem na vontade de Deus apenas pela opinião que temos sobre algo que a pessoa fez.
      1Cor 8.Paulo fala acerca da consciencia de cada um relativamente a comer ou não algo dedicado a idolos,ou seja se te faz confusão nao comas,se nao te faz diferença come,e ainda se tás na presença de alguem que vê mal em o fazeres entao por amor a esses nao comas.
      Tem tudo a ver com a consciencia de cada e nao com maturidade ou carnalidade,imagina o seguinte:
      As pessoas que inventaram a pizza quando o fizeram fizeram com o intuito de criar algo dedicado aos demonios e que todo o dinheiro que recebessem do que criaram iria para sustento da obra do mal,então anos mais tarde mesmo sabendo da origem da pizza os crentes tinham que deixar de comer pizza?Ou seria imaturidade um cristão ter uma pizzaria?

      • gabi diz:

        ornellas se uma pessoa não cristã e não conhecedora da palavra se tatuar ele está no erro, mas não sabe .
        “conhecereis a verdade e ela vos libertará.”João 8:32
        porém aquele q conhecer a verdade será liberto e se envergonhará das suas praticas mundanas :o q roubava não mas roubará,o q adulterava não adulterará e o q se tatuou não voltará a fazer .Esconder a tatuagem feita e sentir vergonha dela é um sentimento provocado pelo espírito santo, a vergonha representa o arrependimento ,pode alguém se arrepender de um pecado e querer exibi-lo por ai ?Ao se arrepender de algo q não pode mais ser desfeito Deus nos perdoa pelo nosso tempo de ignorância, mas cabe a nó mostrarmos verdadeiro arrependimento e esconder nossa vergonha.
        Paz seja convosco, fique com Deus e q o espírito santo de Deus te guie.

  13. ornellas diz:

    ah..e eu nao tenho tatuagem nenhuma,aprecio apenas a boa discussão de um qualquer tema.

  14. jephsimple diz:

    Ornellas,
    Eu penso o seguinte,vc mesmo citou Paulo,inspirado pelo Espírito Santo,sobre a nossa conciência,tambem é nescessário citar que tudo nos é lícito,mas nem tudo nos convem,e que não devemos transformar nossa liberdade em Cristo em libertinagem…Seria melhor verificar pq alguem faz uma tatuagem e qual a relevancia espiritual disso,um gentio não tem discernimento espiritual para enxergar que tatuagens são fúteis,até que ele se achegue a luz ele ainda é cego…mas um conhecedor da palavra de Deus desjar se tatuar é preocupante,parece-me vaidade…

    • ornellas diz:

      Vaidade?Sim poderá até ser não sei se o é, pois teria que perguntar qual a motivação para a dita tatuagem,mas nao creio que por exemplo alguem que tatua o nome de um ente querido falecido para o lembrar seja o faça por vaidade…nao concordo ou apoio que o faça,acho que há outras maneiras de lembrar quem faleceu,é apenas um exemplo.
      Mas voltando ao assunto da consciencia…se eu achar que usar chapéu quando não está sol é vaidade poderei eu afirmar que todos os que o usam é por vaidade?Pois…a minha dificuldade é mesmo a de generalizar e cometer juizo sobre os outros com base no que fere a minha consciencia.

      • Daniel diz:

        “Pelos mortos não darei golpes na vossa carne nem fareis marca alguma sobre vós”
        LV19:28

  15. jephsimple diz:

    Ornello,
    Quero repetir que qndo um “gentio” faz,isso, é justificavel…não cabe nem julgar…qndo ele se achegar para luz o proprio Espírito Santo lhe convencerá se aquilo tem valor ou não …
    O que me é estranho é poder entender oque motivaria um cristão nascido do Espírito fazer uma tatuagem no seu corpo,eu não vejo qualquer sentido nisso,eu não vejo valor espiritual,tudo me convem ,mas nem tudo edifica.

    Na minha opinião,um cristão [aparentemente] que sente o desejo de fazer uma tatuagem,é por pura vaidade,visto que a intensão do cristão é viver para Cristo e não para si mesmo,o seu papel é ser testemunha do senhor Jesus e exalar o seu bom perfume.Além do corpo do cristão ser templo do Espírito Santo.

    Fora isso eu não vou julgar qm faz tatuagem,embora suas raízes são diabólicas,e muitos permaecem nesse caminho diabólico,e multilar o próprio corpo é desagradavel aos olhos de Deus.Devemos fazer o papel de atalaia,nesse caso eu Respeito o Mats,e o artigo é muito relevante.
    Um abraço

    • ornellas diz:

      Eu respeito o Mats por razoes que ele proprio o sabe e digo-o pois conheço-o e existe amizade por detrás de tudo o que é falado ou discutido,quanto ao artigo ser relevante..sim até o é,mas nao acho é acertar muita coisa por exemplo”sempre que o Cristianismo entra numa cultura as tatuagens desaparecem…”??????que quer isso dizer?hummm…..
      Tal como o escreveste eu tb posso nao ver muito sentido em alguem crente querer fazer uma tatuagem,mas isso nao quer dizer automáticamente que por eu nao ver sentido que não exista sentido para a pessoa que se tatua.
      Quando falas do corpo como templo do Espirito Santo tens que ter atenção pois o contexto de 1Cor 6 fala de prostituição e não de tatuagens…se nao julgas quem se tatua entao como podes dizer que achas vaidade um crente se tatuar?isso parece-me ser julgamento..hummmmmm
      De novo gostava de referir que o facto de mexer com a MINHA consciencia nao quer dizer que é errado,e nao me dá o direito de acusar os outros de algo que apenas nao compreendo com a minha mente finita.
      Quando expomos as tatuagens como cultura entao sim entendemos que em muitas culturas eram usadas como simbolos misticos,mas tambem vemos que em muitas outras culturas eram usadas como enfeite ou como marca de passagem para a idade adulta ou seja nao há misticismo nenhum,quando vemos espiritualmente vemos que as tatuagens per si nao possuem efeito espiritual,o que determina o efeito espiritual é o intuito,ou a razão pela qual a mesma é feita,e biblicamente quando falamos de tatuagens a biblia refere que o povo de Deus nao se deve comportar como os povos idolatras que se cortavam para adorar a idolos o que duvido que se aplique nos dias de hoje,nao estou a ver alguem se tatuar para agradar a um idolo…e se o fizer erra,mas a biblia nao generaliza a coisa,trata o assunto culturalmente nada mais.E pronto.Estou com insónias…vou tentar voltar a dormir…ehehehehehe
      Ah e é”Ornellas”e não”Ornello”

  16. Marcos diz:

    Achei interessante a idéia de vaidade, o que hj não é vaidade? Aliás já dizia salomão há mt tempo: tudo é vaidade.
    um chapéu maneiro, uma roupa (aliás quem não gosta de comprar uma nova?), mulheres com seus brincos (qual a diferença quanto ao piercing?!?), jóias, maquiagem.

    Definitivamente não há como avaliar este quesito por este prisma.

    obs. parece que fui repetitivo, pois o meu último post já falava disso. rs

  17. jephsimple diz:

    Ornellas,Desculpe,rs…

    “Eu respeito o Mats por razoes que ele proprio o sabe e digo-o pois conheço-o e existe amizade por detrás de tudo o que é falado ou discutido”
    Ok,então deixa eu me corrigir,me redimir…perdão se eu te ofendi,deduzindo que vc não respeita o Mats…eu concordo com o Mats,ou melhor com o post,melhor assim?

    “Se nao julgas quem se tatua entao como podes dizer que achas vaidade um crente se tatuar?isso parece-me ser julgamento..hummmmmm”

    Eu não julgo ninguem,se o faço,eu serei julgado …se eu digo que um motivo de um “cristão” é puramente carnal ,onde está o julgamento,vaidade é algo carnal,não há qqr inspiração Divina em se fazer uma tatuagem,colocar boné,usar brinco[homem ou mulher],a vaidade pode ser prejudicial ou não,não qr dizer que tudo que nossa carne almeja seja pecado,como eu disse e o post diz,existem tatuagens que são de carater diabólico,no caso não é vaidade,podem existir outros motivos como vc disse..mas nenhum dos motivos tem qualquer inspiração Divina,e os motivos são fúteis,não tem ultilidade objetiva.

    Mas se eu digo que a vaidade é prejudical é pq essa vaidade leva ao orgulho,a desagradar a Deus e por fim a morte [espiritual]

    Se eu digo que essa vaidade é pecaminosa,esse julgamento não é meu,qndo eu digo que eu não julgo o gentio,quer dizer q eu sei que ele não tem esse discernimento,mas que qndo ele se achegar para luz,o Espírtio Santo o guiará a toda verdade,ele fara o trabalho de dirigir o coração e a mente dele.

    O cuidar do templo Espírito Santo não se restringe a não se prostituir,isso pode lógicamente se estender a tudo aquilo que pode agredi-lo,multila-lo,denegri-lo … pela própria pessoa,claro.

    E eu repito,tudo me é lícito,mas nem tudo me convém,tudo me é lícito mas nem tudo edifica,todas as coisas me são lícitas ,mas não me deixarei levar por nenhuma delas.

  18. Mats diz:

    Nuno Ornellas,

    Desculpa o atraso na resposta.

    Não vejo as coisas assim,na verdade o uso das tatuagens nao esteve sempre envolvida na adoração de demonios

    O uso inicial das tatuagens está envolvido no ocultismo. Esse é um dos motivos que leva a que os convertidos de culturas pagãs normalmente sintam vergonha das ditas tatuagens, mesmo antes de saberem o que a Bíblia diz. Isto não prova nada, mas é evidência duma unidade sobrenatural no Espírito.

    Ainda que se afirme que a origem de tatuar o corpo tenha sido algo mistico,tambem havia tribos que se tatuavam de modo a marcar a passagem para a idade adulta ou por outros motivos nada misticos,ainda hoje há quem se tatue para marcar passagem pelo exercito,guerra ou algo.

    Exacto. Mas o facto de, ao longo dos tempos, se terem dado outras funções e propósitos a essa práctica, isso não a torna menos pagã nos seus propósitos.

    Só o facto de colocar uma imagem ou palavras no corpo parece-me imediatamente pagão e idólatra.

    Ou defendes que por exemplo uma pessoa que tatua um simbolo importante como uma data ou um nome entao a pessoa sem saber está a adorar demonios?

    O facto de alguém tatuar a data de nascimento não é a adoração consciente de demónios, tal como a adoração de figuras em forma de estátuas não é a adoração consciente de demonios. No entanto, a nossa falta de conhecimento não invalida a natureza do acto em si.

    Acho que é a intenção da pessoa quando se tatua que define o impacto da mesma.

    Mas a questão aqui nem é o impacto que vai causar mas o acto em si.

    Ou entao tambem defendes que se uma coisa for dedicada a demonios uma vez por um alguem qualquer,sempre que for usada mesmo por outras pessoas continua dedicada aos demonios?

    Não.
    Mas do mesmo modo, se Deus associou uma determinada práctica com o demonismo, o facto de mais tarde as pessoas decidirem que não o fazem para os demónios (“ídolos”), mas “para Jesus” é irrelevante.

    Por exemplo, se alguém começar a fazer cortes nos braços mas “para Jesus”, será que isso torna essa práctica menos pagã, e – desde logo – demoníaca?

    Eu sinceramente não vejo diferença nenhuma entre tatuar o corpo e faser cortes no corpo. Aliás, a Bíblia coloca ambas as práticas lado a lado na Lei.

    Uma guitarra de uma banda satanica consagrada para Satanás comprada por uma pessoa qualquer torna-se maldição para quem a usa?

    Música originalmente foi criada por Deus. O que houve foi uma perversão com o passar do tempo. Com as tatuagens é exactamente o reverso: foi criada como forma de adoração aos “deuses” pagãos, mas tem recebido uim “face-lift” com o passar dos anos.

    Será que nos dias de hoje existem coisas sagradas e coisas profanas,ou existem pessoas santas e pessoas impías e o que fazem é apenas uma extensão do que são?

    Bem, acho que há ambas: há objectos profanos e malditos e há pessoas que agem de forma menos boa. Por isso é que muitas vezes se pede a benção de Deus para entidades sem vida e/ou inanimadas.
    Há objectos malditos que podem trazer possessão sobre quem os usa. Claro, a culpa é da pessoa, mas isso não invalida a maldição em certos objectos e lugares.

    De novo acho que a intenção,a consciencia do que se faz e a razão do que se faz é que define a maturidade do que é feito.

    Em muitas coisas sim, mas há coisas que, pela sua própria natureza, são anti-Deus.

    Creio que uma tatuagem é uma maneira de se marcar algo importante duma maneira unica.

    Os pagãos também acham o mesmo.

    E quando se fala da vontade de Deus…é um pouco exagerado definir a firmeza de alguem na vontade de Deus apenas pela opinião que temos sobre algo que a pessoa fez.

    Embora só Deus possa saber em absoluto a firmeza duma pessoa, a nossa percepção do comportamento duma pessoa é uma evidência muito forte da sua firmeza. Afinal, para além do seu comportamento, não temos mais nada para julgar.

    1Cor 8.Paulo fala acerca da consciencia de cada um relativamente a comer ou não algo dedicado a idolos,ou seja se te faz confusão nao comas,se nao te faz diferença come,e ainda se tás na presença de alguem que vê mal em o fazeres entao por amor a esses nao comas.

    Mas comer tem uma origem de acordo com a Vontade de Deus. A tatuagem tem uma oorigem contrária à Vontade de Deus.

    As pessoas que inventaram a pizza quando o fizeram fizeram com o intuito de criar algo dedicado aos demonios e que todo o dinheiro que recebessem do que criaram iria para sustento da obra do mal,então anos mais tarde mesmo sabendo da origem da pizza os crentes tinham que deixar de comer pizza?Ou seria imaturidade um cristão ter uma pizzaria?

    O mesmo que em cima; a comida tem uma origem certa, mas houve perversão com o passar dos anos. Isto não se aplica com a tatuagem.

    Se Deus fez algo bom para alimentação, e alguém usou-a para os ídolos, a culpa não é de Deus nema da comida. Eu posso pegar na comida, e usá-la para meu sustento.

    Com as tatuagens não há analogia visto que a sua origem é pagã – e não sob mandamento Divino.
    Abraço

  19. luciano diz:

    Tem como apagar tatuagens no corpo?

    • Lucia diz:

      Sim com lazer,mas é dificil de apagar a 100% e pode ate ficar com cicatrizes. mas tambem ha tatuagens temporarias, por isso…

  20. ornellas diz:

    gostava de apenas constatar a pouca veracidade provada desta primeira frase”O uso inicial das tatuagens está envolvido no ocultismo”
    Como podes comprovar isso?Alias como pode alguem dizer que a origem do acto de se tatuar tem inicio seja onde for quando é tão comum entre tantas culturas tão distantes umas das outras quer em termos de rituais quer em termos de distancias,sem nenhuma ligação entre elas,o que isso sim prova que em cada cultura o acto de se tatuarem tem uma origem per si e não um denominador comum que é o ocultismo.
    De seguida a seguinte frase”Esse é um dos motivos que leva a que os convertidos de culturas pagãs normalmente sintam vergonha das ditas tatuagens, mesmo antes de saberem o que a Bíblia diz. Isto não prova nada”
    Sim de facto nao prova nada e nem prova uma qualquer unidade do Espirito….de facto quem se converte só terá vergonha das tatuagens se realmente o intuito das mesmas quando foram feitas tenha sido um motivo ligado ao ocultismo,simples.E se sentirem vergonha de terem tatuagens que nao foram feitas com ligação ao oculto talvez será pois alguem os “ajudou”a terem vergonha.Tal como tantos”ajudaram”tantas tribos a terem vergonha de andarem despidos etc.
    Chama-se “ditadura do que eu acho certo tu fazeres”que disfarçadamento alguns chamam de espiritualidade.
    Ou então devo sequer referir que no artigo a menção de um sujeito chamad Cortez foi usado para ajudar no argumento?
    Que coisa ridicula usar o nome de alguem que era conhecido com”Cortez o asassino”e ainda se usa de tal exemplo para validar a opinião de alguem sobre tatuagens?Really?hummm…..
    “Eu sinceramente não vejo diferença nenhuma entre tatuar o corpo e faser cortes no corpo”
    ui…há uma diferença brutal….aquando Elias desafiou os profetas de Baal eles enquanto envocavam o seu”deus”estavam a fazer tataugens então?hummm….

  21. ornellas diz:

    “Embora só Deus possa saber em absoluto a firmeza duma pessoa, a nossa percepção do comportamento duma pessoa é uma evidência muito forte da sua firmeza”

    Puxa…então a TUA percepção do comportamento de alguem é uma evidencia da SUA firmeza?
    O que tu achas do comportamento de alguem é uma prova da firmeza desse alguem?
    A tua opinião é prova da firmeza de alguem?

    Isso soa um pouco….hummm….arrogante?
    Secalhar uma postura do tipo”Eu discordo de alguem que se tatua sendo cristão,nao vejo sendo certo pelas Escrituras,mas quem sabe posso estar errado,e a firmeza de alguem nao é apenas validada por ter ou nao uma tatuagem,e nao será concerteza avaliada meramente por aquilo que eu penso”assim ja soa mais…cristão…digo eu…

  22. ornellas diz:

    “Bem, acho que há ambas: há objectos profanos e malditos e há pessoas que agem de forma menos boa”
    Então dá uma um exemplo de um objecto profano e de uma objecto santo.

    • sumo sacerdote do mundo espiritual, e não carnal. diz:

      Temer a palavra de Deus é o principio da sabedoria espiritual. Deus é espírito, e só ele poderá dar a você respostas convictas de suas incertezas espirituais do que e maldito, profano, e anticristianismo. Deus já diz que muitos o abandonariam e seguiriam as suas próprias decisões humanas, e suas concupiscências carnais e terrenas; então tentar responder questões espirituais na carne vos outros, não chegarão a lugar nem um. E suas duvidas e questões só injetraram contendas e divisões que não agradam a Deus. Pois todos sendo irmãos espirituais não deveriam discutir coisas espirituais com pensamentos e respostas mundanas sem Deus. Mas sem Deus mesmo; pois dizer que tem Deus, com boca carnal e muito fácil; agora provar que tem Deus com discernimentos espirituais de Deus, ai meu amigo vos outros estão enganados. Opinião de um espírito de Deus. Deus, e Cristo; não e uma religião; e fatos espirituais que se deve temer, respeitar, e obedecer. E ponto final.

      PROVÉRBIOS (cap. 3:30)
      Não contendas com um homem, sem motivo, não te havendo ele feito o mal.

      PROVÉRBIOS (cap. 10)
      12 O ódio excita contendas; mas o amor cobre todas as transgressões.

      PROVÉRBIOS (cap. 16)
      28 O homem perverso espalha contendas; e o difamador separa amigos íntimos.

      PROVÉRBIOS (cap. 18)
      6 Os lábios do tolo entram em contendas, e a sua boca clama por açoites.

      I CORINTIOS (cap. 3)
      3 porquanto ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja e contendas, não sois porventura carnais, e não estais andando segundo os homens?

  23. junior diz:

    Aposto que muitos tatuados estão dando baile em muito ”crente” que só fica estudando a palavra mas não a vive…
    Eu tenho certeza absoluta que vou fazer uma tatuagem, tenho paz em meu coração, sei que isso não vai mudar a minha vida para com Deus.
    Só ele é capaz de Julgar…oque importa é o coração em Jesus.
    Conheço pastores tatuados, conheço amigos tatuados vivem realmente Cristo em suas Vidas…
    E muitos ficam criando regras e barreiras estes estão cegos com a religiosidade..

    Deus abençoe a todos :D

    • sumo sacerdote do mundo espiritual, e não carnal. diz:

      Então vou te julgar agora filho meu; eu disse que não permito que o meu povo faça marcas, e muito menos tatuagens sobre vossos corpos. Pois o corpo e o espírito pertencem a Deus, e vc e filho de Deus, ou filho do diabo? De Deus!!! Faça o que vos mando; do diabo; faça o que o diabo quer que vc faça; uma transgressão espiritual contra a palavra espiritual de Deus, já que vc diz ser de Deus. Pelo mortos não ferirei a vossa carne; nem façais marcas nenhuma sobre vós, Eu so o Senhor teu Deus. Levitico 19:28.

      I JOÃO (cap. 3:10)
      Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo: quem não pratica a justiça não é de Deus, nem o que não ama a seu irmão.

      I JOÃO (cap. 4:6)
      Nós somos de Deus; quem conhece a Deus nos ouve; quem não é de Deus não nos ouve. Assim é que conhecemos o espírito da Verdade e o espírito do erro

      Não faça o que o espírito de Deus, não o permite fazer, e erro espiritual e castigo espiritual também meu irmão!!!!! 2 Tessalonicenses 1:6a10. Creia na palavra de Deus, e não o que diz criaturas feitas por Deus, homens e mulheres carnais metidos a espirituais.

      1 Timóteo 1:8-9-2 Timóteo 3:1a9-2 Timóteo 2:15-1 Timóteo 1:7. Leia a palavra de Deus, e tente obedecer a o que nela da testemunho fiél e Verdadeiro; garanto a vc; que vc nunca mais será o mesmo. Mas obedecer mesmo não da boca carnal para fora. Paz de um irmão em Cristo Jesus.

    • Thais Paz diz:

      Junior

      Concordo com você em genero, número e grau!
      Ao invés que de ficarem “paganizando e demonizando” tudo o que vê pela frente pq não vão mostrar Cristo através da caridade e da generosidade. Tem muitos viciados pelas ruas que se convertem através de testemunhos incriveis de crentes tatuados!
      Tem muita gente se esquecendo ” Do ser sal da terra e luz do mundo” O que adianta não ser tatuado, mas não pregar o evangelho de Cristo.

  24. abraaoisvi diz:

    Mas em que edifica fazer uma tatuagem? Que testemunho é uma tatuagem para um não crente? Será que fazer uma tatuagem não é estar em conformidade com o tempo presente? Tentar fazer parte do mundo? Se igualar as pessoas do mundo? Já vivi muitas fases em minha vida e já cogitei fazer uma tatuagem, eu achava que poderia glorificar a DEUS com isto, mas o Senhor me mostrou que esta não é a vontade dEle. Não condeno que faz tatuagem, mas peço que se perguntem: Será que eu edifico-me e glorifico a DEUS ao fazer uma tatuagem? Será que é a vontade de DEUS? Os Judeus tinham este costume? O Senhor Jesus Cristo instituiu isto na sua Igreja? Os apóstolos se tatuavam? Em algum lugar na palavra de DEUS há um conselho em favor da tatuagem ou contra? Pesquisem e meditem na palavra sobre isto.

    Abraços e fiquem na Paz do Senhor Jesus Cristo.

  25. luciano diz:

    Fiz uma pergunta, mas infelizmente ninguém respondeu, não tenho tatuagens, mas pensei que alguém tivesse esta experiência. No google existe várias possibilidades para extrair essas figuras corporais, mas se a pessoa o fez antes da conversão, não vejo problema.
    No demais Ótimo post.

    • sumo sacerdote do mundo espiritual, e não carnal. diz:

      O meu irmão se é que vc me permite dizer assim‼! Eu não era cristão e fiz seis tatuagens e hoje sou cristão mais convertido em espírito e não na carne. E descobri segundo os ensinamentos espirituais de Deus, e não segundo o que diz homens e mulheres que se dizem ser de Deus não o sendo nestas muitas seitas falsas que tem por ai; que eu transgredi uma lei espiritual e um mandamento santo. Mas Deus hoje já me perdoou santificou e desfez as maldições espirituais que tinha em minha vida por ter desobedecia a ele sem o saber. Mas tem cura, e tem entendimento espiritual para todos na palavra de Deus, a bíblia sagrada. É só crer, temer e obedecer a o que nela diz e pronto; sua vida espiritual com Deus quando vc sair do corpo físico para o corpo santo espiritual o seu espírito, será salvo. Ao contrário disso se desobedecer à palavra de Deus em tudo o que ela ensina vc o seu espírito não será salvo por Cristo. Será banido da presença de Deus e de seu filho por desobedecer a própria palavra espiritual de Deus; a bíblia sagrada. 2 Tessalonicenses 1:6ª10.

  26. junior diz:

    Abraaosvi

    Olha só vc falar o que tatuagens edificam é o mesmo que falar oque usar boné edifica?o que usar um brinco edifica?oque jogar futebol edifica?
    Você está misturando um estilo, um look com conceito e doutrina religiosa.
    Jesus usava Tenis? Não mas não é por isso que é pecado usar.
    Vc comentou também de deuteronômio ,acho eu.
    Veja que antes daquele versiculo está escrito que é pecado cortar o lado do cabelo e aparar as pontas da barba.
    Essas e outras Leis eram usadas para os judeus feitas pelo Homem para se intruir naquele tempo como a circuncização ou as leis de purificação.
    Se está Lei estive em pleno acordo até hoje as leis de purificação também estariam então …. e por que não estão?Por causa de Cristo pois Nele não estamos mais debaixo da Lei, é claro que a lei nos intrui até hoje mas certas coisas eram feitas na epoca para o povo da epoca..
    Agora me diz e quanto a grandes homems de Deus que tem grandes ministérios como Joel Houston do Hillsong ou Jeremy Camp que são tatuados, não estou me baseando nisso mas olhem os ministérios que eles têm que Deus está abençoando que vidas estão sendo salvas e almas sendo ganhas e ai?Mais um coração puro para o Senhor ou um conceito Religioso para o homem?
    Pense nisso e veja que a Religião destrói e não edifica as pessoas.
    O que importa é o coração..

    Deus Abençoe

  27. jefferson diz:

    Junior,
    Eu realmente ñ me surpreendo com os “gentios”,com relação a tatuagens,afinal oq esperar d pessoas q nasceram da carne?O que realmente me surpreende é uma pessoa cheia do Espírito Santo,nascida d Deus,cogitar fazer uma tatuagem.
    Assim tbm ñ me supreendo q os gentios aceitem o homossexsualismo como algo normal,mas oque me surpreende são igrejas pregarem o evangelho e fazerem casamentos gays e aprovarem a prática.
    A árvore se conhece pelos frutos,e me parece q ao invés d se levar a igreja p/ o mundo,muitas e muitos estão levando o mundo para a igreja.E Jesus é bem claro qnto a isto ,ai daqueles q fizer tropeçar um destes pequeninos.Nós temos a responsabilidade de ser a luz do mundo,o sal da terra,por tanto muitas vezes devemos abrir mão da nossa vontade,para fazer a d Deus,devemos diminuir para q Cristo cresça mais e mais!

    • Marcos diz:

      O que realmente me surpreende é uma pessoa cheia do Espírito Santo,nascida d Deus,cogitar fazer uma tatuagem.

      !!!!!!!!!!!
      juízo condenatório revelado.
      graças ao BOM SENHOR os tatuados estão livres desta condenação (de acordo com o proposto no coração):
      o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. 1Sm 16.7b

  28. Dalton diz:

    Junior,

    Diferente de peças de roupa ou acessórios, a tatuagem é um desenho permanente no teu corpo. A analogia não funciona. O buraco é um pouquinho mais fundo.

    Eu não vejo problema na tatuagem em si. Escrever “Deus é Pai” nas costas não me parece pecado só pela escrita em si. Se for considerar como “objeto impuro”, objetos como brincos e anéis também eram símbolos ocultos, mas…

    O problema está mais na mensagem. Um tatuado missionário tem muito mais facilidade pra entrar e pregar para jovens tatuados (e as vertentes disso…). Conheci missionários assim e os admiro. Pra mim se um cara se converte tatuado, não tem q tirar, essa é a prova aos olhos dos descrentes que até mesmo “seres excluídos” como eles podem ser salvos. E além disso tirar ia ser um belo estrago no orçamento e no corpo… salvo casos em q a tatuagem deliberadamente louva o diabo, aí a coisa aperta, hehehe.

    Pra mim o problema fica quando o cara, depois disso, quer por mais umas 300 tatuagens no corpo. Dai, pra mim, passa de uma fase para uma vaidade. A marca no corpo deixa de ser uma louvor a Deus pra ser um louvor ao “eu”.

    Nisso não concordo que um cristão continue fazendo tatuagens. Moderação em tudo =D

  29. jefferson diz:

    Junior,
    Eu ñ sou bitolado,ñ ando d terno,tenho meu estilo,escuto músicas seculares.Eu procuro usar muito bem minha liberdade e sei q ser perfeito espiritualmente ñ é possível.E o q importa é o coração?Depende em q sentido,e isso ñ torna as coisas mais fáceis para o novo convertido,a entrada final no Reino d Deus é muito difícil,uma luta constante entre carne e Espírito,
    é de extrema relevância eliminarmos tudo q pode colocar em risco nossa salvação.
    E mesmo vivendo debaixo da graça e do amor ,a disciplina não foi dispensada,mesmo havendo liberdade,a ordem e o temor ñ foram dispensados.

  30. abraaoisvi diz:

    Junior,

    (É com amor que te escrevo abaixo)

    “Olha só vc falar o que tatuagens edificam é o mesmo que falar oque usar boné edifica?o que usar um brinco edifica?oque jogar futebol edifica?”

    Aqui vc incorre em falsa analogia, tatuagens não são bonés ou práticas esportivas, tatuagens como o Dalton falou são marcações permanentes no teu corpo.

    “Você está misturando um estilo, um look com conceito e doutrina religiosa.
    Jesus usava Tenis? Não mas não é por isso que é pecado usar.”

    No tempo de Jesus não tinha tênis, mas já existiam tatuagens, mas ele se tatuou? Tênis é um calçado e o Senhor usava calçados.

    “Vc comentou também de deuteronômio ,acho eu.
    Veja que antes daquele versiculo está escrito que é pecado cortar o lado do cabelo e aparar as pontas da barba.
    Essas e outras Leis eram usadas para os judeus feitas pelo Homem para se intruir naquele tempo como a circuncização ou as leis de purificação.
    Se está Lei estive em pleno acordo até hoje as leis de purificação também estariam então …. e por que não estão?Por causa de Cristo pois Nele não estamos mais debaixo da Lei, é claro que a lei nos intrui até hoje mas certas coisas eram feitas na epoca para o povo da epoca..”

    Não, não citei Deuteronômio em momento algum, apenas questionei se DEUS instituiu a tatuagem como algo a seguirmos, ou ainda em que parte da palavra de DEUS vc encontra um conselho positivo sobre a tatuagem. Por fim questionei qual dos apóstolos e servos de DEUS (na bíblia) usavam tatuagens.

    “Agora me diz e quanto a grandes homems de Deus que tem grandes ministérios como Joel Houston do Hillsong ou Jeremy Camp que são tatuados, não estou me baseando nisso mas olhem os ministérios que eles têm que Deus está abençoando que vidas estão sendo salvas e almas sendo ganhas e ai?Mais um coração puro para o Senhor ou um conceito Religioso para o homem?
    Pense nisso e veja que a Religião destrói e não edifica as pessoas.
    O que importa é o coração..”

    Não sei se vc viu, mas eu disse: NÃO condeno quem tem tatuagens ou mesmo quem FAZ tatuagens. (falando de forma mais clara).

    Mas acredito que não é um bom testemunho de um convertido. Acredito que as tatuagens foram criadas com um propósito perverso, mas fica difícil afirmar pois sua origem é bem remota. Amado só posso fazer uma coisa, seguir a voz do Espírito de DEUS, e Este me diz para não fazer tatuagem em mim.

    Por fim quero de deixar um versículo sobre a religião, por causa desta sua frase -> “Pense nisso e veja que a Religião destrói e não edifica as pessoas.
    O que importa é o coração..”:

    Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vã.
    A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.
    (Tiago 1:26-27)

    A paz do Nosso Senhor Jesus Cristo, Deus te Abençoe também.

  31. jephsimple diz:

    Marcos,

    Onde você viu eu condenando alguem?Apontar o pecado é condenar?Por acaso não está vc me condenando pq eu estou expressando a minha opinião e justificando?Eu disse que uma pessoa cheia do Espírito Santo ,nascida de Deus,cogitar fazer uma tatuagem …me surpreende ..me parece algo inesperado ,oras,caro Marcos eu realmente não espero que a pessoa batizada com o Espírito Santo cogite fazer uma tatuagem,pra MIM é surpresa.

    Eu não estou a dizer que os que se tatuam sem o conhecimento da verdade estão condenados,se se arrependerem de seus erros ..e muito menos eu vou menosprezar um tatuado,assim como tbm eu não menosprezo o gay,o mentiroso,o drogado,o mulherengo,o rico,o pobre … longe de mim me achar superior a qqr próximo próximo meu,use o discernimento pra medir minhas palavras,e não diga q eu disse algo q ñ falei.

    Eu tbm ñ vou continuar a discutir o assunto,eu já dei minha opinião,se um outro leitor da bíblia discorda,já não cabe a mim o trabalho de convencer do erro,e tbm já não a cabe a qm discorda de mim de convencer q eu estou ERRADO .Aliás cabera ao Espírito Santo me mostrar que eu estou errado em dizer que tatuar o seu templo ñ é errado,sim pq é Ele qm guia a pessoa a toda a verdade.

  32. Marcos diz:

    bom me parece bem claro o que vc comentou.
    vc atribui o fazer tatuagens dos ‘gentios’ a uma atitude carnal, conseguinte vc questiona a da nova criatura, levando a cabo que esta também seja carnal, obstante este ser nova criatura, cheia do ES.
    com sua posição vc não condena alguém diretamente, mas todos os inclusos neste caso indiretamente, ou seja, vc criou uma norma da qual só DEUS pode estabelecer como princípio, isso é mt perigoso.

    ora não estamos considerando nosso relacionar com pessoas possivelmente em pecado, estamos aqui analisando um ato ser condenável ou não; os que dizem que é errado está atribuindo uma atitude pecaminosa à pessoa, logo condenando-a por este ato carnal, apesar de a Palavra não assumir nada a respeito.

  33. jephsimple diz:

    Eu não criei norma nenhuma caro Marcos :”Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis MARCA alguma sobre vós. Eu sou o SENHOR.”
    Levítico 19:28

    Por que eu faria marca no meu corpo?Qual a justificativa?Quem está Julgando?Eu?

    Eu não estou inventando erro;e de novo, apontar o erro,o pecado,não quer dizer que eu estou condenando,aliás é dever do Cristão expor o erro,ou devemos ficar quietinhos e deixar as pessoas irem pro inferno com medo de magoá-las?
    E a verdade pode até machucar,mas ela liberta e salva.E ninguem será condenado simplesmente pq colocou uma tatuagem,e não fez mais nada,a carne é bem pior que isso.

    Agora se algum convertido quer fazer,paciência,se a pessoa tiver ouvidos para ouvir, Ele [o Espírito] mesmo vai mostrar,vai falar se ela está errada ou certa.Se eu não convenci quer dizer que agora o papel é do Espírito Santo que é INFINITAMENTE,MAIS SÁBIO,MAIS CONVICENTE,MAIS PACIENTE,MAIS LONGÂNIMO,INFINITAMENTE SUPERIOR A MINHA PESSOA e Sabe muito bem como agir.

  34. Mats diz:

    Ornellas,

    gostava de apenas constatar a pouca veracidade provada desta primeira frase”O uso inicial das tatuagens está envolvido no ocultismo”
    Como podes comprovar isso?

    Está no texto em cima:
    As origens da tatuação estão relacionadas com artes mágicas antigas”.
    (Laurie Cabot, Power of the Witch, cited in Masonic and Occult Symbols Illustrated by Dr. Cathy Burns, p. 301)

    Alias como pode alguem dizer que a origem do acto de se tatuar tem inicio seja onde for quando é tão comum entre tantas culturas tão distantes umas das outras quer em termos de rituais quer em termos de distancias,sem nenhuma ligação entre elas,o que isso sim prova que em cada cultura o acto de se tatuarem tem uma origem per si e não um denominador comum que é o ocultismo.

    Mas esse argumento falha por se basear na posição que afirma “como este acto teve origem em variadas culturas ENTÃO não tem origens pagás”.

    Mas . . . eu questiono precisamente essa crença. Porque é que para ter origens pagás uma certa práctica teria que ter início EXACTMENTE da mesma forma, no mesmo sítio e com as mesmas características?
    Eu posso usar essa forma de pensamento e dizer: “ah, mas o acto de sacrificar crianças não tem origens pagãs visto que a mesma foi practicada por vários povos, separados geograficamente etemporalmente”.

    Vês o problema?

    De seguida a seguinte frase”Esse é um dos motivos que leva a que os convertidos de culturas pagãs normalmente sintam vergonha das ditas tatuagens, mesmo antes de saberem o que a Bíblia diz. Isto não prova nada”
    Sim de facto nao prova nada e nem prova uma qualquer unidade do Espirito….

    Como é qiue explicas esse gesto comum entre os novos convertidos provenientes de culturas pagãs? Como é que eles sabem que as tatuagens são algo de mau, mesmo antes de lerem Levítico?

    de facto quem se converte só terá vergonha das tatuagens se realmente o intuito das mevsmas quando foram feitas tenha sido um motivo ligado ao ocultismo,simples

    MAs isto vem na mesma linha de pensamento do “o que interessa é a motivação com que fazes algo”. Isto não se aplica a prácticas que Deus condenou como malignas, independentemente das nossas intenções.

    .E se sentirem vergonha de terem tatuagens que nao foram feitas com ligação ao oculto talvez será pois alguem os “ajudou”a terem vergonha.

    Esse alguem tanto pode ter sido um humano ou o Espirito Santo

    Ou então devo sequer referir que no artigo a menção de um sujeito chamad Cortez foi usado para ajudar no argumento? Que coisa ridicula usar o nome de alguem que era conhecido com”Cortez o asassino”e ainda se usa de tal exemplo para validar a opinião de alguem sobre tatuagens?Really?hummm…..

    O uso de Cortez e uma evidência em favor da tese de qiue as tatuagens terem sido imediatamente reconhecidas como obras demoníacas.
    Ah, Cortex também acabou com os sacrifícios humanos no México. Usando a llógica que estás a propor, tenho que consider o sacrifício humano uma coisa boa porque quem acabou com ela no México foi um assassino? Ou serão os sacrifícios humanos maus em si mesmos, independentemente de quem os faça?

    “Eu sinceramente não vejo diferença nenhuma entre tatuar o corpo e faser cortes no corpo”
    ui…há uma diferença brutal….aquando Elias desafiou os profetas de Baal eles enquanto envocavam o seu”deus”estavam a fazer tataugens então?hummm….

    Não estavam a fazer tatuagens nem a fazer sacrifícios humanos nem a enverdar pela prostituição religiosa, mas isso não invalida que Deus tenha proibído todas elas, e as tenha colocado ao mesmo nível. O mesmo versículo que condena a auto-flagelação condena a pintura do corpo pelos mortos. Porque é que muitos Cristãos lêem parte do verse e fogem do resto?

    “Embora só Deus possa saber em absoluto a firmeza duma pessoa, a nossa percepção do comportamento duma pessoa é uma evidência muito forte da sua firmeza”

    Puxa…então a TUA percepção do comportamento de alguem é uma evidencia da SUA firmeza?

    Sim. Se eu vejo uma pessoa a fumar, beber, drogar-se e andar em fornicação ao mesmo tempo que declara “amar o Senhor”, eu tenho evidências suficientes para suspeitar da firmeza da sua fé. O meu julgamento é baseado em dados concretos e não em algo inventado por mim.

    O que tu achas do comportamento de alguem é uma prova da firmeza desse alguem?

    Eu não usei a palabra “prova”. Eu propositadamente usei a palabra EVIDÊNCIA em favor duma tese.
    Num tribunal nós recolhemos variadas EVIDÊNCIAS como forma de PROVAR uma alegação,
    O facto de eu ver alguém em bebedeiras, drogas , tatuagens e fornixcação, não PROVA que ele está desviado, mas servem como evidências muito fortes em favor dessa tese.

    “Bem, acho que há ambas: há objectos profanos e malditos e há pessoas que agem de forma menos boa”

    Então dá uma um exemplo de um objecto profano e de uma objecto santo.

    As ouija boards são claramente amaldiçoadas. A Bíblia que tens em casa é um Objecto Santo por aquilo que contém.

    Tu mesmo és o templo do Espirito Santo, e como tal “Santidade do Senhor”.

    Etc, etc..
    Desculpa mais uma vez o atraso na resposta.

    Abraço.

    • ornellas diz:

      Está no texto em cima:
      “As origens da tatuação estão relacionadas com artes mágicas antigas”.
      (Laurie Cabot, Power of the Witch, cited in Masonic and Occult Symbols Illustrated by Dr. Cathy Burns, p. 301)
      O facto de estar num livro escrito com claras intençoes de explicações misticas e simbologias e não históricas tira a credibilidade da afirmação sobre a origem das tatuagens.
      E de novo proponho o seguinte que me parece lógico:
      As origens de alguém se tatuar terá que ser avaliado á luz da cultura onde a mesma é praticada e assumir que existe apenas uma origem é perigoso e serve apenas para suportar ideias e argumentos, refiro como o disse antes que a origem das tatuagens numa cultura terá uma origem per si e não um denominador comum que é o ocultismo.
      E quando dizes origens pagâs queres dizer origens seculares?Pois…é que nem tudo o que é secular,costume dos gentios etc é ligado ao ocultismo.
      O meu argumento é logico e não é preciso ter fé num livro,ou em alguém,basta entender que definir a origem duma prática como as tatuagens de uma maneira tão bifurcada é difícil e não me parece muito coerente.

      O acto de sacrificar seres humanos é sempre de origem secular e não se aplica aqui, e não é difícil entender que está errada independentemente da sua origem,mas de novo a situação é o acto em si que se pode ou não validar, não pela sua origem mas o acto em si.
      E o que este artigo faz é partindo dum principio falso que é a sua origem defende-se a sua conotação negativa.

      Como é qiue explicas esse gesto comum entre os novos convertidos provenientes de culturas pagãs? Como é que eles sabem que as tatuagens são algo de mau, mesmo antes de lerem Levítico?

      Mas que gesto comum? Epá este tipo de argumentos tão generalistas são de muita pouca sensibilidade…mas quem sou eu ou tu para dizer que quem se converte assume que as tatuagens são algo mau???Mas será que conheces toda a gente tatuada do mundo que se converteu?ou a maior parte?ou grande parte?Se não conheces então o argumento cai imediatamente.
      Conheço uma serie de cristãos provenientes dos mais diversos quadrantes que depois de se converterem não se sentem mal em terem tatuagens,ate pastores meus amigos e tudo,ou seja dizes então que ou não são cristãos verdadeiros,ou pouco maduros,ou com pouca sensibilidade ao Espírito Santo?
      Sim dizer isso é mais fácil do rever o argumento frágil que apresentas…o problema é que de novo ao fazer isso poes-te de novo no papel de juiz da espiritualidade de alguém erradamente.

  35. ornellas diz:

    MAs isto vem na mesma linha de pensamento do “o que interessa é a motivação com que fazes algo”. Isto não se aplica a prácticas que Deus condenou como malignas, independentemente das nossas intenções.

    Concordo que nem sempre as intenções definem o impacto do que fazemos mas neste caso quando Deus o condenou tinha a ver com a diferença que devia haver entre o povo de Deus e os povos que praticavam cortes e marcas no corpo como forma de dedicação aos seus deuses,não se aplica ás tatuagens de hoje em dia pois a intenção não é a de que são feitas para dedicação aos deuses ou algo parecido.

    Esse alguem tanto pode ter sido um humano ou o Espirito Santo

    Já respondi a isso lá em cima…mas posso te por algo mais em consideração…e se o Espírito Santo nada falar ao coração de alguém tatuado?pois….ou vais dizer que se não falar então será porque a culpa é da pessoa?ou vais garantir que Ele vai falar?

    Ah, Cortex também acabou com os sacrifícios humanos no México. Usando a llógica que estás a propor, tenho que consider o sacrifício humano uma coisa boa porque quem acabou com ela no México foi um assassino? Ou serão os sacrifícios humanos maus em si mesmos, independentemente de quem os faça?
    Sim ele acabou com sacrifício humanos no México e quase exterminou tribos inteiras…de novo qual é a diferença entre sacrifício humanos e dizimar uma tribo?Uma é mais justificada do que outra?Não me parece…o exemplo de Cortez foi um mau exemplo.
    Se eu quero defender o argumento de que para alcançar a vitoria tudo vale e fosse usar a seguinte frase” The victor will never be asked if he told the truth. “e sendo o autor Hitler seria um bom exemplo?nao creio.

    Não estavam a fazer tatuagens nem a fazer sacrifícios humanos nem a enverdar pela prostituição religiosa, mas isso não invalida que Deus tenha proibído todas elas, e as tenha colocado ao mesmo nível. O mesmo versículo que condena a auto-flagelação condena a pintura do corpo pelos mortos. Porque é que muitos Cristãos lêem parte do verse e fogem do resto?
    Uma tatuagem não é autoflagelação e na maioria dos casos não é pelos mortos.

  36. ornellas diz:

    Sim. Se eu vejo uma pessoa a fumar, beber, drogar-se e andar em fornicação ao mesmo tempo que declara “amar o Senhor”, eu tenho evidências suficientes para suspeitar da firmeza da sua fé. O meu julgamento é baseado em dados concretos e não em algo inventado por mim.

    Suspeição sim mas jamais a certeza de algo.e uma tatuagem nao é nem bebida nem fornicação.

    As ouija boards são claramente amaldiçoadas. A Bíblia que tens em casa é um Objecto Santo por aquilo que contém.

    hummm….entao se alguem usar uma ouija board para algo tipo mera decoração,pisa papeis ou sei lá sem saber o que realmente é torna-se amaldiçoado.è essa a logica?
    entao de novo ponho o outro lado,alguem que tem uma biblia visto ser um objecto santo mesmo sem lhe dar uso é por ela santificado?
    é que uma coisa amaldiçoada ou santa é-a por natureza e nao por elementos exteriores a ela.
    pois é….este teu argumento vence-se a si mesmo….

  37. Mats diz:

    Ornellas,

    Está no texto em cima:
    “As origens da tatuação estão relacionadas com artes mágicas antigas”.
    (Laurie Cabot, Power of the Witch, cited in Masonic and Occult Symbols Illustrated by Dr. Cathy Burns, p. 301)
    O facto de estar num livro escrito com claras intençoes de explicações misticas e simbologias e não históricas tira a credibilidade da afirmação sobre a origem das tatuagens.

    Tu pediste uma evidência positiva em favor do que eu aleguei. A citação de cima e a tal evidência. Agora só há dois caminhos: ou se mostra o erro da citação ou se retira a credibilidade histórica do livro. Qual é o passo que queres seguir? Dizer que as minhas evidências não valem não serve de resposta.

    E de novo proponho o seguinte que me parece lógico:
    As origens de alguém se tatuar terá que ser avaliado á luz da cultura onde a mesma é praticada e assumir que existe apenas uma origem é perigoso e serve apenas para suportar ideias e argumentos, refiro como o disse antes que a origem das tatuagens numa cultura terá uma origem per si e não um denominador comum que é o ocultismo.

    Espera lá. SE nós vamos analisar uma práctica apenas onde ela é actualmente practicada, e segundo as “intenções do coração” (como me disse um comentador), não é estar a deixar de fora dados que possam ser importantes? Por exemplo, o consumo de drogas no ocidente raramente tem conotação pagã, mas se bem me lembro, em outras culturas costuma haver esse união entre o “transe” e o consumo de drogas.

    Não estou a dizer que seja análogo à tatuagem, mas sim a dizer que separar uma practica do seu contexto mundial pode ser perigoso.

    E quando dizes origens pagâs queres dizer origens seculares?

    Não. Quero dizer pagãs. Se eu quisesse dizer seculares, eu escrevia seculares.

    Pois…é que nem tudo o que é secular,costume dos gentios etc é ligado ao ocultismo.

    Ainda bem que eu não usei o termo secular, então.

    O meu argumento é logico e não é preciso ter fé num livro,ou em alguém,basta entender que definir a origem duma prática como as tatuagens de uma maneira tão bifurcada é difícil e não me parece muito coerente.

    Mas se os dados históricos apontam para lá. o que é que o Cristão pode fazer? Não há meio termo neste assunto: as tatuagens sempre estiveram associadas ao paganismo, ao xamanismo, ao ocultismo e tudo o que é contra o Verdadeiro Deus.

    O acto de sacrificar seres humanos é sempre de origem secular e não se aplica aqui, e não é difícil entender que está errada independentemente da sua origem,

    Porque é que o sacrifício humano está sempre errada, independentemente de onde seja practicada, e independentemente das “intenções do coração” de quem as leva a cabo?

    mas de novo a situação é o acto em si que se pode ou não validar, não pela sua origem mas o acto em si.

    A origem dum acto em si é muito importante.

    E o que este artigo faz é partindo dum principio falso que é a sua origem defende-se a sua conotação negativa.

    Mas o princípio não é falso.

    Como é qiue explicas esse gesto comum entre os novos convertidos provenientes de culturas pagãs? Como é que eles sabem que as tatuagens são algo de mau, mesmo antes de lerem Levítico?

    Mas que gesto comum? Epá este tipo de argumentos tão generalistas são de muita pouca sensibilidade…mas quem sou eu ou tu para dizer que quem se converte assume que as tatuagens são algo mau???
    Mas será que conheces toda a gente tatuada do mundo que se converteu?ou a maior parte?ou grande parte?Se não conheces então o argumento cai imediatamente.

    Eu não preciso de conhecer todos os novos convertidos para dizer que é comum entre muitos deles o sentimento de abominação pelas tatuagens mesmo antes de lerem a as partes Bíblicas que lidam com isso.

    Conheço uma serie de cristãos provenientes dos mais diversos quadrantes que depois de se converterem não se sentem mal em terem tatuagens,ate pastores meus amigos e tudo,ou seja dizes então que ou não são cristãos verdadeiros,ou pouco maduros,ou com pouca sensibilidade ao Espírito Santo?

    Eu diria que são rebeldes nesse ponto e pouco maduros. Além disso a mim pouco me interessa o que pastores, padres, papas seja lá quem for defendem em relação a uma certa práctica. Se eu fosse acreditar em autoridades a esse nível, teria que subscrever à teoria da evolução, à crença dos milhões de anos, à crença num diluvio localizado (e não global como diz a Bíblia) e muitas outras falsas crenças que são mantidas por padres, pastores e pessoas com autoridade.
    O mais importante é o que a Bíblia diz.

    Sim dizer isso é mais fácil do rever o argumento frágil que apresentas…o problema é que de novo ao fazer isso poes-te de novo no papel de juiz da espiritualidade de alguém erradamente.

    Se eu tenho uma forma Absoluta (A Bíblia) para saber o que está certo ou errado, não há problemas nenhuns.
    Concordo que nem sempre as intenções definem o impacto do que fazemos mas neste caso quando Deus o condenou tinha a ver com a diferença que devia haver entre o povo de Deus e os povos que praticavam cortes e marcas no corpo como forma de dedicação aos seus deuses,não se aplica ás tatuagens de hoje em dia pois a intenção não é a de que são feitas para dedicação aos deuses ou algo parecido.

    Ui,
    Tens que reler o texto, Ornelas.

    “Estas tatuagens agem como talismãs protectores e conferidores de poder a quem o usa. Há até alguns artistas corporais que executam tatuagens ritualistas, piercing, marcações, e cortes. Eles podem até sugerir que tu consultes o teu quadro astrológico como forma de escolheres a melhor altura para fazer a tua arte corporal. Eles irão arder incenso e acender velas.
    (Jean-Chris Miller, The Body Art Book : A Complete, Illustrated Guide to Tattoos, Piercings, and Other Body Modifications, p. 29)

    Sinceramente, se isto não é paganismo, então não sei o que é.

    se o Espírito Santo nada falar ao coração de alguém tatuado?

    Isso é a mesma coisa que dizer “e se o Espírito Santo não condenar esta pessoa do pecado?” – Isso é impossível.

    Mediante a Palavra, eu posso dizer que o Espírito Santo fala com todos os seres humanos em relação a todos os pecados da sua vida (pecados ou áreas da sua espiritualidade que têm que ser melhoradas),

    Ah, Cortex também acabou com os sacrifícios humanos no México. Usando a llógica que estás a propor, tenho que consider o sacrifício humano uma coisa boa porque quem acabou com ela no México foi um assassino? Ou serão os sacrifícios humanos maus em si mesmos, independentemente de quem os faça?

    Sim ele acabou com sacrifício humanos no México e quase exterminou tribos inteiras…

    Eu já ouvi/li sobre isso, e muito do que se diz é mitologia. Mas depois falamos sobre isso.
    Mas o ponto aqui é: tu dizes que devo rejeitar a rejeição de Cortez em relação às tatuagens porque ele era um assassino. Usando essa lógica, tenho que considerar os sacrifícios humanos dos maias e aztecas como algo positivo porque quem se opôs a elas era um assassino. Certo?
    Outra coisa: eu não estou a afirmar que as tatuagens são más porque Cortez disse que eram más. Eu estou a dizer que até um homem supostamente genocida como ele rapidamente se apercebeu que as tatuagens tinham origens demoníacas.

    ” Não estavam a fazer tatuagens nem a fazer sacrifícios humanos nem a enverdar pela prostituição religiosa, mas isso não invalida que Deus tenha proibído todas elas, e as tenha colocado ao mesmo nível. O mesmo versículo que condena a auto-flagelação condena a pintura do corpo pelos mortos. Porque é que muitos Cristãos lêem parte do verse e fogem do resto?”

    Uma tatuagem não é autoflagelação e na maioria dos casos não é pelos mortos.

    Eu também não disse que era a mesma coisa. Só usei essa linha de pensamento para mostrar que, o facto dos pagãos não estarem a levar a cabo todo o espectro de practicas pagãos, isso não invalida a natureza das mesmas.

    ” Sim. Se eu vejo uma pessoa a fumar, beber, drogar-se e andar em fornicação ao mesmo tempo que declara “amar o Senhor”, eu tenho evidências suficientes para suspeitar da firmeza da sua fé. O meu julgamento é baseado em dados concretos e não em algo inventado por mim.”

    Suspeição sim mas jamais a certeza de algo.e uma tatuagem nao é nem bebida nem fornicação.

    O que eu disse em cima é em referencia ao teu argumento de eu não poder usar dados concretos para suportar a hipótese duma pessoa não estar firme na Fé. Eu posso suspeitar da fé dessa pessoa porque tenho suficientes dados,

    As ouija boards são claramente amaldiçoadas. A Bíblia que tens em casa é um Objecto Santo por aquilo que contém.

    hummm….entao se alguem usar uma ouija board para algo tipo mera decoração,pisa papeis ou sei lá sem saber o que realmente é torna-se amaldiçoado.è essa a logica?

    Se alguém usar uma porcaria duma ouija board como pisa papéis, essa pessoa tem que a re-avaliar a sua fé. Porque é que ela usaria um objecto usado para comunicar com os demónios como pisa papéis?

    Nota:

    “Também muitos dos que seguiam artes mágicas trouxeram os seus livros, e os queimaram na presença de todos, e, feita a conta do seu preço, acharam que montava a cinquenta mil peças de prata.” Actos 19:19

    E porque é que os queimaram? Porque eram livros amaldiçoados.

    entao de novo ponho o outro lado,alguem que tem uma biblia visto ser um objecto santo mesmo sem lhe dar uso é por ela santificado?

    É.

    é que uma coisa amaldiçoada ou santa é-a por natureza e nao por elementos exteriores a ela.

    Exactamente. Tal como os livros de mágicas, tal como as tatuagens, tal como as ouija boards.

    • ornellas diz:

      Eheheheh
      Nunca mais saimos daqui pá!
      Percebo onde te encontras e acho de alguma forma extremada a tua posição,acho que entendes onde estou e talvez me aches extremado no que defendo.
      Secular é algo que não é espiritual é do mundo,é algo que nao tem a ver com a igreja ou com o espiritual,pagão tem a ver com práticas gentias,nao necessariamente a ver com algo espiritual,alias um sinonimo de pagão é mesmo gentio…mas tambem idolatra o é…
      “Eu sinceramente não vejo diferença nenhuma entre tatuar o corpo e faser cortes no corpo”isto foram palavras tuas que depois afirmas”Eu também não disse que era a mesma coisa”
      Outra coisa é o facto de insistires de que um livro escrito por alguem que tu pareces desconhecer o seu backround e que de historiadora nao tem nada para mim agrava-me a mente…quem escreveu esse livro nao tem nenhum grau de educação a nivel de historia e é conhecida por ser uma fraude em tudo o que faz,se a autora nao tem credibilidade o que escreve tambem não o tem certo?basta fazeres uma rápida pesquisa sobre a mesma.
      Lembra-te que o artigo nao fui eu que o pus…foste tu e cabe-te a ti o onus da prova quando questionado.
      Mas sim posso dar uma serie de afirmaçoes com backround historico e plausivel
      por exemplo:

  38. ornellas diz:

    Many tattoos serve as rites of passage, marks of status and rank, symbols of religious and spiritual devotion, decorations for bravery, sexual lures and marks of fertility, pledges of love, punishment, amulets and talismans, protection, and as the marks of outcasts, slaves and convicts. The symbolism and impact of tattoos varies in different places and cultures. Tattoos may show how a person feels about a relative (commonly mother/father or daughter/son) or about an unrelated person.

    ou seja a origem nao é comum a todas nem a sua intenção…há origens do oculto sim,há intençoes demoniacas sim,mas tambem as há que não o são o que me leva a afirmar que então nao se pode coerentemente generalizar.
    E quando dizes que a Biblia o condena eu defendo e muitos muitos tambem o defendem,que era para separar o povo de Deus dos povos idolatras,hoje ninguem sabe se alguem tatuado é apenas um militar,um toxicodependente,um crente,um judeu,ou ex presidiário,ou conforme tu disses um”recem convertido com vergonha das tatuagens”pois…porque apesar de alguem estar arrependido isso nao se evidencia na pessoa no dia a dia pois não?Entao o argumento de separar atraves de um elemento exterior deixa de fazer sentido.
    Deus quando falou acerca dos cortes etc era para haver uma diferença cultural clara entre o povo de Deus e os idolatras,hoje na sociedade nao é possivel fazer a distinção entre povo de Deus e os idolatras por elemntos exteriores,tais como a fala,maneira de vestir,comer,etc exceptuando extremos do mesmo,tal como as tatuagens quem as usa representa diferentes quadrantes da sociedade,empresarios,artistas,pais,maes,religiosos,policias e criminosos e imagina la tu até cristãos,que sim tu nao achas que o sejam…mas como quem o sabe é Deus o que tu pensas neste caso…é irrelevante.
    E a fonte do que copiei la em cima tudo é imensa…e historica por gente validada e por livros historicos basta ver no complexo…wikipédia!!!loooool
    Simples.As coisas que lá estão escritas são tiradas doa livros que lá estão referidos.
    Lá podes descobrir o que gente séria escreve sobre a historicidade das tatuagens.

  39. ornellas diz:

    quando falei sobre a ouijiboard expliquei claramente que o exemplo era o de se alguem fosse usar SEM SABER O QUE ERA.
    Tens que ler melhor o que é escrito…
    E discordo totalmente que por alguem ter uma Biblia em casa é por ela santificado…isso é…nem sei bem dizer.Nunca ouvi tal coisa.O marido santificado pela esposa crente?Sim podemos dscutir o contexto etc mas sim diz no Novo Testamento,ter uma Biblia em casa e ser santificado nao querendo saber dela para nada?ui…esticadinho.
    Meu caro de novo afirmo essa teologia de coisas abençoadas ou amaldiçoadas que produzem efeitos nefastos ou abençoados por quem as usa mesmo sem que quem as usa saiba ou reconheça o que são é altamente perigosa,e ai sim podemos entao usar objectos para nos ajudarem em situaçoes,como ter uma cruz num fio,ou andar com a biblia numa de que se é um objcto abençoado entao irá nos abençoar tambem,ou usar talismãs e amladiçoar um objecto para que quem aleatoriamente o usar seja amaldiçoado.?????Faz sentido?well..para mim dificilmente.
    O que encontro no Novo testamento são casos esporadicos de acontecer coisas desse tipo mas jamais um principio a retirar de espisodios unicos,fazer de coisas isoladas um padrão espiritual é tipico de Seitas nao de um cristianismo salutar.

  40. ornellas diz:

    O episodio de actos nao tem nada a ver com os livros serem amaldiçoados mas sim um testemunho PUBLICO de mudança de mente e de espirito,nao são os livros o importante é a razão da mudança,é o quebrar de habitos antigos e o abraçar de uma vida nova,nota”e os queimaram na presença de todos”
    Aqui vai o que alguem comentou sobre o versiculo e que achei curioso
    “Hoje, com a Internet por aí, não se consegue queimar livros. E nunca se publicou tantos livros de artes mágicas, disponíveis a quem quiser comprar.
    E há livros como “Dogma e Ritual de Alta Magia”, de Eliphas Levi, que Paulo apóstolo jamais sonhou (ou melhor, “profetizou”) existir.
    Além disso, “iniciações” em Artes Mágicas são feitas em cada esquina. Essa idéia de “queimar livros” tornou-se prática totalmente inútil e obsoleta”
    Deduzo que nao seja a prática de algo neste caso mas sim a razão da mesma.E aqui nao podes deduzir nada alem disto pois nao refere que sejam de facto objactos amaldiçoados.

    Como sempre um prazer debater um pouco contigo.
    Abraço

  41. ornellas diz:

    ah e do cortez…mitologia?há quem diga que os milhoes de judeus que morreram no Holocausto tambem é mitologia…ou o homem ter ido á Lua…eu nao tenho como provar nem um nem o outro é verdade…mas tambem tu nao tens como provar o que realmmente Cortez fez ou não…de novo o onus da prova volta para te chatear e está do teu lado amigo…nao fui eu que o referi…foste tu.

    Ehehehe Abraço!

  42. junior diz:

    Então galera
    Estive um pouco ocupado e não tive como acessar o blog.
    Mas continuando….

    Dizer que Jesus não se tatuou e por isso que não devemos nos tatuar continua não sendo argumento.
    É claro e fica obvio que muitas coisas ele não iria fazer.

    Agora dizer que é de espanto uma pessoa cheia do Espirito Santo querer fazer uma tatuagem?ai acho que pinta religiosidade demais em cara.
    Espantoso é uma pessoa cheia do Espirito Santo roubar,matar,pecar em oculto, falar mal do irmão, falar mal de uma igreja,invejar, e não fazer qualquer que seja a obra em sua vida isso sim meu querido isso é preocupante.
    Porque tá cheio de gente ”cristão” , o ”Crente” o ”Espirituoso” que só quer status,que só quer impor e não acolher e que não move um dedo nem pra pegar um copo descartável no chão da igreja e jogar no lixo.

    É claro que se vc não sente paz em fazer uma tatuagem não faça, mas também não é por que vc não sente paz nas tatuagens, ou em musica pesada, ou em usar um jeans que isso se torna pecado pro geral.

    Se sua igreja tem tal doutrina respeite-a porém não queira impor nos outros.
    É claro que se eu frequento aquela igreja que o povo vai de saia e terno eu não vou frequentar e chegar de regata tatuagem e shorts.
    Se eu frequento a Adventista eu não vou convidar um irmão e chamar ele pra comer um porco assado.
    Cada igreja Cristã tem sua doutrina mas todas tem o mesmo Deus.
    Então se basear numa doutrina e pensar que é pecado ai que está o erro.

    Deus abençoe a todos do blog.

  43. jephsimple diz:

    Junior

    “Porque tá cheio de gente ”cristão” , o ”Crente” o ”Espirituoso” que só quer status,que só quer impor e não acolher e que não move um dedo nem pra pegar um copo descartável no chão da igreja e jogar no lixo.”

    Este é um julgamento seu ,pode ser verdade ou não…

    Não é pq eu entendo q tatuagem seja pecado e eu declaro,significa que eu queira passar por religioso,ou mostrar um grande nível de espiritualidade,…status é demais!

    Muito pelo contrário ,acho tatuagem extremamente fútil,sem valor algum,essa é a minha opinião,e se vc discorda o que importa pra mim?

    Exitem igrejas evangélicas que aceitam o homossexualismo,e ainda usam argumentos bíblicos para justificar tal pratica …que tal se dissermos que Deus só não permitia o homossexualismo pq na época não haviam formas de se proteger de doenças?Por que nos fazemos hoje um jugamento que se referiu aquela época,e hoje existem diversas formas para o homossexual se proteger!Sempre vai existir um sofisma,e se eu tiver alguma dúvida eu não vou recorrer a homens,vou recorrer a bíblia e não tem nada no novo testamento anulando as leis do velho testamento,nem anulando Levítico 19:28.

    “Considerando a vossa vida casta, em temor.
    O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos;”
    1 Pedro 3:2-3

    E o fato de Jesus ter cumprido[mas parece que para muitos a lei foi anulada] não nos dar o direito de pecar “à la vonté”.

    Por ventura existe melhor acolhimento,melhor alimento que a palavra de Deus?

    Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a QUALQUER recebe por filho.
    Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija?
    Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos.
    Hebreus 12:6-8

    E se eu fizer o bem a alguem não devo fazer para mostrar aos homens,portanto Deus é quem sabe oque cada um faz,e cada um receberá o seu galardão.

    Pq Jesus não usaria um boné?Uma calça jeans?Ele como homem nos dias atuais faria muitas coisas que nós fazemos,até comeu sem lavar as mãos…agora, Ele faria uma tatuagem?

  44. João Melo de Sousa diz:

    Só umas curiosidades sobre tatuagens:

    Durante a idade média (e em alguns casos até fim do sec XVIII) a pirataria era muito comum no mediterrâneo e Atlântico.

    Assim os marinheiros cristão tatuavam símbolos cristãos e por vezes as iniciais do nome na esperança de serem reconhecidos como cristãos e não vendidos como escravos. Também contavam que se o seu corpo fosse encontrado por cristãos tivesse sepultura cristã que no seu sistema de crenças era importante para a salvação da alma.

    Como eram costumes os ataques de piratas na costa (os Vikings saquearam Paris várias vezes) e estes raptavam as mulheres e as crianças era costume as mães tatuarem os filhos na expectativa de um dia os puderem reconhecer se roubados por inimigos.

    Os soldados na segunda guerra tinham também o hábito de tatuar o número e a divisão na esperança de reconhecerem o corpo em caso de morte.

    Muitas tatuagens serviam para identificar a que tribo se pertencia e qual o estatuto. Era bastante prático quando não havia documentos com fotografia.

    Como algumas tatuagens são muito dolorosas de fazer são partes de rituais para passagem à idade adulta. Se o tatuado demonstrasse dor reprovava…

    Outra curiosidade: o brinco simples de ouro na orelha esquerda dum marinheiro significava que esse marinheiro tinha atravessado o cabo Horn. Era crime grave ter o brinco e não o ter feito.

    • pauloans diz:

      pronto, lá se foi o argumento da origem exclusiva…
      óh povo, até quando andam a olhar para sombras?
      Eu ainda gostava de saber desde quando é que o diabo passou a ser criador de alguma coisa. nada é dele, ele «apenas» rouba, mata destrói, e acusa. Isso é o trabalho dele. Nunca o vi retratado como criador.
      Estes posts parecem aquelas belos seminários no congressos juvenis da AD, nos anos 80 que tentavam provar que o rock era do diabo… lolol, depois percebeu-se que o rock era só mais um estilo de musica… ainda tive uma esfrega com um par de jarras no congresso da AD no porto, por causa de uma banda da Neves Ferreira que tocou blues, no culto da noite. Curioso que não vi ninguém incomodado quando foi a vez da ópera. (e já agora um aparte, eram melhores interpretes os de blues que o bacano da pseudo-opera)
      A arte não tem de estar cingida a uma tela, ou parede. E vai daí, ainda me aparece alguém a dizer que a arte é do demo….

  45. Mats diz:

    Ornelas,

    Outra coisa é o facto de insistires de que um livro escrito por alguem que tu pareces desconhecer o seu backround e que de historiadora nao tem nada para mim agrava-me a mente…quem escreveu esse livro nao tem nenhum grau de educação a nivel de historia e é conhecida por ser uma fraude em tudo o que faz,se a autora nao tem credibilidade o que escreve tambem não o tem certo?

    O artigo faz uma alegação histórica onde diz que as tatuagens têm origens pagãs, e quem o diz é quem anda nesse meio. Isto ou é verdade ou é mentira.
    Tens algum tipo de dado que refute esta alegação? Há alguma forma de mostrar que o que ela disse está errado? Há algum dado histórico que demonstra que as tatuagens tiveram um início que contradiga as origens pagãs que o texto do post e eu defendemos?

    Many tattoos serve as rites of passage, marks of status and rank, symbols of religious and spiritual devotion, decorations for bravery, sexual lures and marks of fertility, pledges of love, punishment, amulets and talismans, protection, and as the marks of outcasts, slaves and convicts. The symbolism and impact of tattoos varies in different places and cultures. Tattoos may show how a person feels about a relative (commonly mother/father or daughter/son) or about an unrelated person.

    ou seja a origem nao é comum a todas nem a sua intenção…há origens do oculto sim,há intençoes demoniacas sim,mas tambem as há que não o são o que me leva a afirmar que então nao se pode coerentemente generalizar.

    Mas eu não estou a falar do que se faz hoje. Eu sempre disse que as origens das tatuagens são pagãs e demoníacas, e que mesmo que as pessoas não estejam a pensar em falsos deuses e demónios quando faz tatuagens, isso não invalida a natureza do acto em si.

    Eu posso pegar numa ouija board e tentar falar com os meus ancestrais apenas por estar com saudades deles. As minhas intenções são nobres e normas. Mas isso não anula o facto de Deus proibir o contacto com os “mortos”.
    Resumindo, as minhas intenções actuais são irrelevantes. Uma pessoa pode tatuar versos e mais versos da Bíblia no seu corpo, mas isso não torna o acto de tatuar algo condenável.

    Não há meio termo.

    E quando dizes que a Biblia o condena eu defendo e muitos muitos tambem o defendem,que era para separar o povo de Deus dos povos idolatras

    Hoje em dia, provavelmente mais do que nunca na Era Cristã, é preciso separar o povo de Deus dos idólatras – com a trágica diferença de haver muitos idólatras dentro das igrejas.

    hoje ninguem sabe se alguem tatuado é apenas um militar,um toxicodependente,um crente,um judeu,ou ex presidiário,ou conforme tu disses um”recem convertido com vergonha das tatuagens”pois…porque apesar de alguem estar arrependido isso nao se evidencia na pessoa no dia a dia pois não?Entao o argumento de separar atraves de um elemento exterior deixa de fazer sentido.

    Mas eu também não defendo o uso exclusivo de aspectos exteriores como forma de haver separação entre os pagãos e is Cristãos. Eu digo sim que a crença de que se pode estar no mundo, fazendo as mesmas coisas que os pagãos, contrariando a Bíblia e achando que se é “Cristão” è absolutamente ridícula.

    Deus quando falou acerca dos cortes etc era para haver uma diferença cultural clara entre o povo de Deus e os idolatras,hoje na sociedade nao é possivel fazer a distinção entre povo de Deus e os idolatras por elemntos exteriores,

    Mas isso é uma crítica aos Cristãos e não uma justificação para não se levar as proibições Bíblicas a sério. Estás a ver como estás a inverter a ordem de prioridade?

    tais como a fala,maneira de vestir,comer,etc exceptuando extremos do

    E a fonte do que copiei la em cima tudo é imensa…e historica por gente validada e por livros historicos basta ver no complexo…wikipédia!!!loooool Simples.As coisas que lá estão escritas são tiradas doa livros que lá estão referidos. Lá podes descobrir o que gente séria escreve sobre a historicidade das tatuagens.

    Já vi o que gente Cristã escreve sobre as origens das tatuagens, e até agora, não vi qualquer tipo de argumento que contradiga o que o post diz.

    quando falei sobre a ouijiboard expliquei claramente que o exemplo era o de se alguem fosse usar SEM SABER O QUE ERA.

    Não interessa. Há vários testemunhos de possessões que surgiram em crianças que brincam com as mesmas sem saberem o que são. A natureza maligna da ouiija board não é anulda devido à nossa falta de conhecimento, tal como a natureza maligna das tatuagens não é anulada pela nossa falta de conhecimento em relação às suas origens.

    E discordo totalmente que por alguem ter uma Biblia em casa é por ela santificado…isso é…nem sei bem dizer.Nunca ouvi tal coisa.

    Aqui, és capaz de ter razão. Li a minha resposta e o que eu quis dizer é que a Bíblia é Santa em si mesma.

    Meu caro de novo afirmo essa teologia de coisas abençoadas ou amaldiçoadas que produzem efeitos nefastos ou abençoados por quem as usa mesmo sem que quem as usa saiba ou reconheça o que são é altamente perigosa

    Olha que não. Acho que estamos de acordo que há objectos em si que são abençoados e objectos em si que são amaldiçoados.

    ,e ai sim podemos entao usar objectos para nos ajudarem em situaçoes,como ter uma cruz num fio,ou andar com a biblia numa de que se é um objcto abençoado entao irá nos abençoar tambem,ou usar talismãs e amladiçoar um objecto para que quem aleatoriamente o usar seja amaldiçoado.?????Faz sentido?

    Isso é superstição e mais paganismo – exactamente o que estou a criticar com o uso de tatuagens.
    Há uma diferença clara entre ser abençoado e ter a capacidade de abençoar. A Bíblia é um Livro abençoado mas Quem abençoa através dela é Deus. As ouija boards são amaldiçoadas mas a maldição cai sobre uma pessoa através da acção dos demónios.

    O episodio de actos nao tem nada a ver com os livros serem amaldiçoados mas sim um testemunho PUBLICO de mudança de mente e de espirito,nao são os livros o importante é a razão da mudança,é o quebrar de habitos antigos e o abraçar de uma vida nova,nota”e os queimaram na presença de todos”

    Mas uma coisa não anula a outra. Um acto pode ser o testemunho público de mudança de vida e também envolver a destruição de objectos claramente amaldiçoados.

    ah e do cortez…mitologia?

    O que eu quis dizer é que, muito do que os marxistas culturais ensinaram nas escolas em relação às conquistas não corresponde bem à verdade.

  46. Marcos diz:

    ‘e não tem nada no novo testamento anulando as leis do velho testamento’

    se colocado a lei acima da graça realmente nunca irá entender!

  47. Mats diz:

    A Lei não foi anulada com o Novo Testamento: a Lei foi completada com o Novo Testamento.

    Ora, se o NT só está completo com a Lei, dizer que a Lei é irrelevante não é lógico.

    Além disso, há muitos princípios da Lei que aplicam-se na vida Cristã.

  48. Marcos diz:

    não há mais o que debater sobre lei, diante da graça onde governa o lícito e o conveniente na liberdade que temos em CRISTO.

  49. ornellas diz:

    Relatos de pessoas possesas por brincarem com ouijabords?hummm…nao duvido mas como são apenas relatos nao serve como evidencia de nada…

    “Já vi o que gente Cristã escreve sobre as origens das tatuagens, e até agora, não vi qualquer tipo de argumento que contradiga o que o post diz”
    humm…então tens que ler mais…

    “O artigo faz uma alegação histórica onde diz que as tatuagens têm origens pagãs, e quem o diz é quem anda nesse meio”
    Não,não anda…alias nem percebe muito do que diz,basta veres as reviews sobre os autores dos livros que estão no artigo.
    De novo te lembro que o onus da prova está do lado de quem defende o artigo e nao do meu lado,por isso eu ponho em causa quem escreveu e o que é escrito e tu nao apresentas nenhuma evidencia séria alem de apontares para o artigo como fonte de evidencia conhececndo pouco dos autores lá nomeados.
    Fazer uma pesquisa não magoa ninguem e talvez assim se entenda bem o que é descrito no artigo.
    E não é por alguem nomear algo num livro que a alegação se torna historica por muito que o argumento vá de encontro á ideia que defendes..

    “Mas eu também não defendo o uso exclusivo de aspectos exteriores como forma de haver separação entre os pagãos e is Cristãos. Eu digo sim que a crença de que se pode estar no mundo, fazendo as mesmas coisas que os pagãos, contrariando a Bíblia e achando que se é “Cristão” è absolutamente ridícula.”

    Sim concordo totalmente.

    “Olha que não. Acho que estamos de acordo que há objectos em si que são abençoados e objectos em si que são amaldiçoados”

    Errado,nem estamos de acordo nem creio que existam objectos abençoados nem amaldiçoados.
    Existem Pessoas Santas e Pessoas Carnais.Pessoas Abençoadas e Pessoas Amaldiçoadas.Objectos serão sempre objectos,mistificar os objectos é infantil e perigoso.São fábulas sem fundamento biblico.

    “A Bíblia é um Livro abençoado”
    Sendo totalmente sóbrio,é a essencia do que está na Biblia que é abençoada não o livro per si,nao sao as páginas,a capa,as letras,etc etc mas sim a sua essencia.

    “Mas uma coisa não anula a outra. Um acto pode ser o testemunho público de mudança de vida e também envolver a destruição de objectos claramente amaldiçoados.”

    Sim,mas eu retratei o que aconteceu,tu esticaste o que aconteceu para servir para o teu argumento,fraca hermeneutica neste caso.
    Eu retratei o acto publico que está escrito,tu viste”claramente”o que nao lá estava escrito que é os objectos amaldiçoados.

    pois é..a resposta do Marcos engloba muita muita verdade que se aplica ao aspecto das tatuagens.
    Muito bem.
    Diante da graça que governa o licito e o conveniente na liberdade que temos em Cristo.
    Sei que muitos nao lidam bem com a liberdade que existe em Cristo e por tal precisam recriminar todos os comportamentos dos outros que gravitam á sua volta,mas o reconhecer a graça que existe em nós derramada por Deus nos leva a sermos verdadeiramento livres.
    Gostava de partilhar um link http://www.youtube.com/watch?v=D-bAXj5S7WI que fala tambem da opinião de alguem/Pr Silas Malafaia/ sobre as tatuagens a partir do minuto 0.44:10 e faço minhas as palavras dele

    Gostei tambem do comentario do joao melo de sousa.
    Não sei que base plausivel tem mas achei curioso.

  50. Mats diz:

    Ornelas,

    Relatos de pessoas possesas por brincarem com ouijabords? hummm…nao duvido mas como são apenas relatos nao serve como evidencia de nada…

    Voltaste a fazer confusão entre evidência e prova. O testemunho pessoal serve de evidência em favor de uma alegação mais por si só, não prova um assunto.
    Pesquisa aqui na internet sobre os efeitos da ouija board, vê sites Cristãos (esquece os outros) e vais ver que TODOS eles dizem que há perigos em “brincar” com a ouija board, mesmo que a pessoa não saiba o que está a fazer.
    Aliás, de modo geral, ninguém que brinca com a ouija board sabe o que está a fazer em termos reais; eles pensam que estão a comunicar com “familiares” ou afins, as estão em contacto com demónios. Isto serve de evidência em favor da minha tese de que há objectos em si amaldiçoados, independentemente das nossas “intenções do coração”.

    “Já vi o que gente Cristã escreve sobre as origens das tatuagens, e até agora, não vi qualquer tipo de argumento que contradiga o que o post diz”
    humm…então tens que ler mais…

    Como por exemplo?

    “O artigo faz uma alegação histórica onde diz que as tatuagens têm origens pagãs, e quem o diz é quem anda nesse meio”
    Não,não anda…

    Anda sim. Ele anda no mundo ocultista e pagão.

    alias nem percebe muito do que diz,basta veres as reviews sobre os autores dos livros que estão no artigo.

    Se vais acreditar nos reviews para fundamentar uma opinião, estás bem feito. hehe
    Vê a alegação do livro, vê as evidências, e, mais importante, quem é que sempre esteve envolvido nessas prácticas. Nunca o uso de tatuagens esteve envolvido na adoração do Verdadeiro Deus. Estou-me a repetir, mas é só para não perdermos “o pé”.

    De novo te lembro que o onus da prova está do lado de quem defende o artigo e nao do meu lado,por isso eu ponho em causa quem escreveu e o que é escrito e tu nao apresentas nenhuma evidencia séria alem de apontares para o artigo como fonte de evidencia conhececndo pouco dos autores lá nomeados.

    Não é assim que as coisas funcionam. Uma alegação histórica é tida como verdadeira desde que não contradiga o que se sabe, ou venha-se a saber.
    Se eu disser “Alexandre Magno atravessou a Palestina mas antes de invadir a Pérsia, desceu ao Egipto”, se não houver motivos para se duvidar dela, ela é aceite. Se tu dizes que isto é falso, és tu que tens que demonstrar o porquÊ disto ser falso.

    Atenção: isto é em relação a História e não ciência operacional.

    E não é por alguem nomear algo num livro que a alegação se torna historica por muito que o argumento vá de encontro á ideia que defendes..

    Mas a alegação não se tornou histórica depois da alegação. Ela já era histórica antes da alegação. Ou tens algum tipo de dado que demonstre origens não-pagãs do uso das tatuagens?

    “Olha que não. Acho que estamos de acordo que há objectos em si que são abençoados e objectos em si que são amaldiçoados”

    Errado,nem estamos de acordo nem creio que existam objectos abençoados nem amaldiçoados.

    Ok. Não posso fazer nada em relação a crenças pessoais.

    Objectos serão sempre objectos,mistificar os objectos é infantil e perigoso.São fábulas sem fundamento biblico.

    A alegação da existência de objectos em si malditos ou benditos não é “mistificar objectos”.

    “A Bíblia é um Livro abençoado”
    Sendo totalmente sóbrio,é a essencia do que está na Biblia que é abençoada não o livro per si,nao sao as páginas,a capa,as letras,etc etc mas sim a sua essencia.

    A essência das ouija boards é que é amaldiçoada; não é a madeira, nem as tinta nem as letras que lá estão.
    Obviamente, Ornelas.

    “Mas uma coisa não anula a outra. Um acto pode ser o testemunho público de mudança de vida e também envolver a destruição de objectos claramente amaldiçoados.”

    Sim,mas eu retratei o que aconteceu,tu esticaste o que aconteceu para servir para o teu argumento,fraca hermeneutica neste caso.

    Mas o que tu disseste não anulou o que eu disse. Repito: o facto de queimarem livros em público não anula a natureza maligna EM SI dos livros.
    Se eles queimassem os livros em privado, será que isso alteraria alguma coisa? Claro que não.
    Eu por exemplo não queimei um livro desses, mas lancei no lixo dois livros pagãos que restavam aqui em casa de “outras eras”. O facto de o ter feito pela noite anula a natureza intrínseca dos livros?
    Claro que não.

    pois é..a resposta do Marcos engloba muita muita verdade que se aplica ao aspecto das tatuagens.

    Naõ se aplica, não. A graça não é licença para se violar Mandamentos de Deus.

    Sei que muitos nao lidam bem com a liberdade que existe em Cristo e por tal precisam recriminar todos os comportamentos dos outros que gravitam á sua volta,mas o reconhecer a graça que existe em nós derramada por Deus nos leva a sermos verdadeiramento livres.

    Excepto para pecar.

    Romanos 6:1 “QUE diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde?

    O problema é que hoje vivemos numa altura da não-condenação; não podemos condenar o pecado senão isso é “intolerância” ou um retrocesso. Isto permite que comportamentos que há 50/80 anos seriam justificadamente e Biblicamente condenados, hoje são tolerados com o mantra “ah e tal, estamos na graça!”.
    Eu conheço um jovem que teve o desplante de me dizer na cara que não havia problemas no líder duma congregação não condenar este ou aquele pecado porque . . . o “pastor prega o amor”. ?!!!

    Que “amor” é esse que tolera o pecado? Não é o amor que está na Bíblia, de certeza.

    Por isso é que usei as tatuagens como forma de abrir este debate porque é algo que está tristemente ignorado no mundo cristão quando a Palavra de Deus é absurdamente Clara em relação a isso.

    Claro, isto sem falar no próprio debate evolução-criação que é totalmente ignorado pela esmagadora maioria dos evangélicos.

    Mas depois abre-se outro assunto.
    Abr

  51. Marcos diz:

    a Palavra de Deus é absurdamente Clara em relação a isso.
    JESUS amado!!! Não sei onde é clara! contexto zero, hermeneutica então passou longe até agora.

    exceto o pecar. parafraseando Mats: Obviamente, Mats.

    Não atentes para a sua aparência, nem para a altura da sua estatura, porque o tenho rejeitado, porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. 1Sm 16.7

    a doutrinação dominacional prossegue, acho sim que este é o maior dos motivos da falta de liberdade que há diante da graça de JESUS.

  52. Alex Ink diz:

    Também conheço pessoas que dizem ser crentes,que são maus pagadores,falam mal da vida alheia,só sabem criticar o mundo e não dão nenhum exemplo bondade.A por ”certos” pastores que vivem pedindo dinheiro ao leigos,enganando povo humilde com falsidade,falsos milagres,charlatanismo puro.Igreja é comércio,é modo de vida…DEUS é contato direto,ninguém precisa de padres e pastores.Deus está aqui,etá ali,está lá,está em mim ,em você,,está nos tatuados,nos homosexuais,nas prostitutas,nos ateus,está em todos..só precisamos ouvi-lo e fazermos o BEM.

    [[ Quem é que decide o que é "o bem"? Os tatuados? Os homossexuais? As prostitutas? Os ateus? -- Mats ]]

  53. Ricardo Lima diz:

    Eu acho o amado irmão engraçado. Procurou vários livros e livros, vários estudos mas no fim não achou respaldo na bíblia para não fazer tatuagens. E quero dizer uma coisa que tenho certeza no meu coração, e um amado e conhecido pastor disse: Tem gente que você acha que vai estar no céu e não vai estar. E tem gente que você acha que não vai estar e vai estar. Um abraço e boa sorte em querer condenar o mundo. Cristo não o fez, pois ele disse que não veio pra condenar e sim salvar o que havia se perdido.

    • Karyne diz:

      Eu gostaria de fazer uma tatuagem, mas na minha igreja ela é totalmente discriminada… Não a faço porque estaria desobedecendo os meus pastores( consequentemente cometendo pecado) e não porque acho pecado fazer uma tatuagem. Porém, tenho minhas dúvidas, na bíblia diz que devemos andar na Terra como andou Jesus, fazer oque ele fazia. Então fica a pergunta: Será que Jesus faria uma tatuagem.

      • jephsimple diz:

        “Eu gostaria de fazer uma tatuagem, mas na minha igreja ela é totalmente discriminada… Não a faço porque estaria desobedecendo os meus pastores( consequentemente cometendo pecado) e não porque acho pecado fazer uma tatuagem.”

        Bom Karina,

        Vou te dar minha opinião, veja: é minha opinião, então pode ser um tanto subjetiva, mas cabe a ti extrair alguma objetividade.

        Não sei se você segue a Jesus a um bom tempo ou não, se tens intimidade com Deus ou não…

        Pois o que eu sugiro é que antes de você se preocupar em obedecer ou desobedecer um Pastor [tendo o devido discernimento e temor para com seus servos], se preocupe em não desobedecer a Deus…
        Ele nos conhece , Ele sabe quem realmente somos, conhece todas nossas intenções…É Ele quem esquadrinha nosso coração…

        Oras, os hipócritas é que se preocupam em passar um imagem de santidade, se preocupam com mostrar a imagem de uma pessoa de Deus para o pastor, ou quem quer que seja…

        Mas e Deus?Para Ele vc “já fez” a tatuagem; e não é que vc se preocupa com Ele, pois vc não vê pecado nisso. Como acredito que te importas com a vontade de Deus creio que se fosse pecado tu não farias. Então tenha em mente exatamente o que Deus pensa, o que Deus acha sobre tatuar o corpo.

        Então eu sugiro que vá em teu quarto e fale com Deus, confesse a Ele que tens o desejo de fazer uma tatuagem, pergunte para Ele se Ele vai se agradar disso, explique -lhe todos os motivos que te impulsiona a fazer uma tatuagem, diga se de alguma forma não achas tatuagem tão nobre, ou se realmente achas algo tão importante a ponte de fazer em seu. [Será que Jesus faria uma tatuagem??? ...Poderia ser tatuadas lindas letras em seus braços, assim : EU SOU!]

        Enfim, tens opiniões divergentes, eu entendo que a bíblia condena a pratica de marcar o corpo … Há outros que acham que não é bem assim …

        Então cabe a vc pedir ao Próprio Espirito Santo Lhe mostrar o que Ele quer de você.

        Quem tem ouvidos que ouça o Espirito Santo… Alguém pode indicar melhor professor?

        Que Deus abençoe vc em Cristo Jesus… e inclua-me em sua orações :)

  54. Mats diz:

    Karyne,

    Se fizeres uma tatuagem, não estás a desobedecer aos pastores mas a Deus. A tatuagem não é uma marca espiritualmente “neutra”, como muitos querem fazer crer, mas é uma marca que tem as suas origens na adoração de demónios.

    Pensa para ti: porque é que vais querer marcar o teu corpo quando 1) isso é uma práctica pagã e 2) Deus condena?

    O teu corpo é o templo do Espírito Santo. Quantas marcas é que o Templo de Deus tinha, durante os tempos Bíblicos?

    Não te deixes enganar.

  55. pauloans diz:

    Mas se aparecer um fulano qualquer a dizer que as guitarras nasceram de origem demoníaca… ou as cadeiras… deitas fora as guitarras e as cadeiras da igreja??? Gostava de saber então se o Templo, pode ter cirurgias, transfusões de descrentes, depilação, cirurgia estética, ir à praia… QUEM é que desenha a linha e quem a controla
    E o que é pior, comer em excesso, no Mcdonalds e companhia (nunca vi um crente dizer que é pecado ir ao Mac), trabalhar sem descansar (tanto pastor/presbitero enfiado com a cabeça no serviço, ao ponto de se esquecer a sua própria casa), ou fazer uma tatuagem.. é que há coisas a que sujeitamos o templo do ES que é curioso como de repente surge UMA que é pior que as outras, tanta guerra com as tatuagens, e tão pouco cuidado com os cuidados alimentares da igreja….
    coar mosquitos…. e engolir elefantes….
    Karyne, se o teu pastor, é mesmo teu pastor, por respeito a ele, sugiro que não faças a tatuagem até ele perceber o disparate em que está. De preferência, tenta perceber o entendimento dele da Graça de Deus. Da minha experiência enquanto cristão, os pastores que possuem regras para tudo… de Graça percebem pouco… e quanto mais regras, menos Graça e mais desgraça.
    Eu já FUI muito revoltado com essas coisas, cresci no tempo do “não se pode”, não se podia ir ao cinema, não se podia ir ao teatro (apesar das peças que as igrejas faziam) não se podia ver TV (chegaram ao ponto de dizer que era a cx do demo, e que a antena eram os cornos do diabo), as mulheres não podiam fazer a depilação, nem usar calças, nem ser cabeleireiras, nem usar o cabelo solto…
    Um certo dia um pastor lembrou-se de dizer que era pecado usar cruzes nos fios e calças de ganga com rasgões. Azar do caneco, nesse fim de semana fui ao passeio da ED com uma cruz gigantesca vermelha, rasgada e cozida nas calças de ganga. Hoje não o faria, porque não sou rebelde contra essas coisas, MAS da mesma maneira que «antes» era pecado, e havia centenas de versículos (muitos repetidos aqui nestas discussões) para basear os seus supostos ensinos.
    Quanto a tribos deixarem de fazer algo, muitas vezes eles deixam o que fazem, ou vestem, ou são, por ignorância de quem os evangeliza, e eles por amor ao evangelho, na sua ignorância, e com tremor de desagradar a Deus, deixam isso que o missionário catalogou como «pecado». Como o caso daquela tribo, que como sinal de que eram cristãos, deixaram as suas parcas roupas de folhas e passaram a usar fato e gravata, como símbolo de cristandade. Esse missionário e outros da mesma qualidade, foram aos milhares. Em vez de levar o amor, de Deus, levavam regras e mais regras.
    A musica rock não é do diabo, as tattoos não são do diabo, a tv não é do diabo, nenhuma forma de arte é dele. Os dons que os homens, ainda que erradamente, usam, foram dados por Deus.
    Repito, dêem a Deus a glória, não ao diabo, ele não é dono de nada, o que aparentemente têem… foi de certo roubado.
    Para finalizar, da mesma maneira que há povos em que as tatoos eram feitas para lembrar os mortos, outras eram por muitos outros motivos. A primeira não tem de ser absolutamente a única, primeira razão e origem.
    Procurem o livro “O factor Melquisedeque”, para perceberem a forma linda como Deus se espalhou por outras culturas, muito antes do cristianismo e das nossas regras. Deus só pode ser alcançado através de Cristo, mas enganem-se se pensam que os «cristãos» actuais são são a única forma de chegar a Cristo.

    • Marcos diz:

      Eu acho que este post já foi exaustivamente refutado nos comentários. Basta lê-los. Acho curioso o que a irmã disse o pq de não fazer, pq o pastor o proibiu e ainda pior dizer que com isso estará pecando. Bom, isso lembra a passagem onde diz que não devemos nos guiar por doutrinas de homens mas pelas do SENHOR. Quem busca a DEUS sabe que o SEU julgamento parte do intento, motivação, e isto para nós é impossível de sondar.

    • Karyne diz:

      Marcos eu aprendi que desobediência é pecado e está escrito:“Obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil” (Hebreus 13:17).

      • Marcos diz:

        Olá Karyne, entendi sua colocação, porém as diretivas que eles dão devem ser fundamentadas na Palavra pois senão vira doutrina de homens. Não é obedecer sem discernir e buscar como a igreja de filadélfia, se não me engano, que verificavam tudo o que era dito nas escrituras, afim de comprovar o que os apóstolos diziam. A Palavra diz que este deve ser o procedimento para que não sejamos levados por qualquer vento de doutrina.
        graça e paz.

      • jephsimple diz:

        Boa tarde Marcos…
        “…(…)que verificavam tudo o que era dito nas escrituras, afim de comprovar o que os apóstolos diziam.”

        Eram os de Bereia… Eles mostraram que seguiam Cristo conforme dizem as escrituras antes de seguir os Apóstolos … Mas isso não tira a autoridade dos Apóstolos …

        E depois, Deus vai julgar os maus lideres… Ai daquele que fizer tropeçar um pequenino de Cristo, melhor ele amarrar uma pedra numa corda, depois amarra-la em seu pescoço e se atirar despenhadeiro abaixo…

        Horrível coisa é cair nas mãos de Deus. Ser líder é uma responsabilidade muito profunda. E os que se atreverem a liderar sem qualquer temor , como escaparão?

        Um abraço.

    • Karyne diz:

      pauloans concordo contigo … muitas vezes quando converso com amigos não crentes eles acham cafona o jeito que os crentes levam a vida, é difícil ganhar um jovem pra Jesus porque eles acham que é tudo careta… Eu gosto muito de rock e sempre apresento minhas bandas favoritas aos meus amigos, e eles gostam! Depois conco as maravilhas que Deus fez em minha vida. Eles precisam de algo que os atraiam, algo que os deixam a vontade, muitos não acreditam em mim, mas DEUS conhecendo meu coração, e eu fazendo meu melhor pra ele tá ótimo! Deus enviou os loucos pra confundir os sábios! Oooopppsssss… Acho que fugi do assunto, mas é que to tão feliz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Mats diz:

      Paulo,

      Por favor, volta a ler o artigo com atenção e não digas asnerias.

  56. Mats diz:

    Marcos,

    Eu acho que este post já foi exaustivamente refutado nos comentários. Basta lê-los.

    Sim, basta lê-los para ver que não houve refutação ao que o estudo mostra.

    Mas sempre bom ver “Cristãos” a pactuar com os demónios ao mesmo tempo que tentam “buscar a Deus”.

    • Marcos diz:

      Mats, mas é claro que foi, se vc não estiver disposto a buscar o entendimento do cabeça JESUS, que é gracioso permanecerá neste julgamento sem fundamento baseado na capa e não no interior, que aliás somente JESUS pode ver a motivação e intento. O exterior em casos como estes só daria indicação de trevas se estiver baseado em futilidades que não envolvam diretamente o evangelho.
      O fundamento do cristão é a Bíblia, e o mais engraçado é que o seu fundamento está fora dela.

    • pauloans diz:

      Mats, por favor, qual foi exactamente a asneira que disse? Estabeleci um paralelo, entre esta perseguição actual às tatuagens, como a que houve com a musica rock. os versículos usados agora, são os usados na altura. Conforme agora, também muitos autores cristão e não-cristãos eram citados para provar esse ponto de vista. Falei-te da historia da igreja em Pt, e contei FACTOS reais. Qual foi a asneira.??? Queres versiculos para o que falo? Paulo escreveu um livro inteiro (Efésios) para a malta que andava a querer impor as leis aos cristãos, fora o arranca rabos que teve com Pedro. Já na carta de Tito, avisa para este não andar a perder tempo com os que querem voltar à lei.
      Atenção que em Hebreus 13:17, a obediência é condicional, ao facto dos pastores cuidarem da nossa alma. Se for um que só cuida do que é seu e não do que é do alto, não lhe é devida obediência.

  57. Mats diz:

    Marcos,

    Durante toda a História do homem as tatuagens sempre estiveram associadas ao paganismo, demonismo, misticismo, xamanismo, adoração de baal, canibalismo e practicamente todas as prácticas pagãs conhecidas. As tatuagens NUNCA estiveram associadas ao Cristianismo nem a Cristãos firmes crentes na Palavra de Deus.

    Com que parte deste texto é que discordas?

    • Marcos diz:

      Com a parte que não há fundamento bíblico mas apoio de servos do satanás (autor do livro) para defender uma doutrina própria.

      como bem lembro alguém disse acima sobre esses argumentos generalizados de origem, e se me lembro bem também eu mesmo havia citado que já que é para proibir as tatuagens com este argumento, os brincos e enfeites femininos (ou não) também deverão de ser.

    • pauloans diz:

      Mats, posso ser eu a responder?
      A parte que dicordo…”durante TODA a história”… e pronto ficamos já por aqui. Acho fantástico que conheças TODA a história da humanidade, daqui, à china, da américa do sul à india… que conheças a sua evolução e preceitos e tradições… sabendo de antemão que muito do que foi escrito, o foi por sacerdotes católicos que muito gostavam colocar as coisas sob a sua perspectivas… o problema é que essa história tem pouco mais de 500 anos, apesar da teu conhecimento de TODA a história da humanidade. Se me pudesses responder quanto às asneiras, eu agradecia

  58. Mats diz:

    Marcos,

    já que é para proibir as tatuagens com este argumento, os brincos e enfeites femininos (ou não) também deverão de ser.

    A Bíblia proíbe o uso de tatuagens, mas não proíbe o uso de brincos e enfeites femininos.

    pauloans

    Acho fantástico que conheças TODA a história da humanidade,

    Não é preciso, Usando a tua lógica, posso dizer que como não conheço TODA a história humana, não posso dizer que os sacrifícios humanos foram sempre usados como rituais pagãos.

    Curiosamente, a proibição do paganismo está ligada à proibição do uso de tatuagens.

    Eu entendo que vocês conheçam “boas pessoas” que usam tatuagens, mas esse nunca foi argumento. O argumento é: O que é que a Bíblia e a História dizem das tatuagens?”

    Curioso que vocês evitem citar a Bíblia.

    • Marcos diz:

      Tem certeza?
      Ex33.5b-6 “Agora tirem os seus enfeites, e eu decidirei o que fazer com vocês. Por isso, do monte Horebe em diante, os israelitas não usaram mais nenhum enfeite.”
      na maioria das traduções traz atavios no lugar, vai dizer que a ordenança era temporária? ou só para o povo israelita?

      E outra, a única passagem que força para dizer que a bíblia proíbe e que está em Lv19 está relacionada a MORTOS! ou seja esses mortos são demônios no AT, pois faziam de seus ancestrais deuses.
      resumindo, com objetivos e intenções totalmente pagãs.
      não são simplesmente fazer essas marcas, e outra pq vc corta seu cabelo ao invés de seguir as normas conforme este mesmo capítulo?

      Ah, e responde ao Paulo, já tá muito feio isso!

      [[ Vê este site e deixa de ser rebelde à Palavra de Deus - http://www.biblebelievers.com/watkins_tattoos/bible.html ]]

  59. Marcos diz:

    agora a bíblia deve estar na mesma posição da história? isto me lembra o catolicismo, onde bíblia e tradição devem andar juntas, ambas não são suficientes sozinha.

    pura bíblia!!! e nada de acreditar nos filhos do mentiroso mor!

  60. Sam diz:

    eu acho que se você tem fé, é temente a Deus
    E busca aos caminhos dele,
    Não é uma tatuagem ou um piercing que ira destruir sua relação com o Senhor.
    Devemos levar o irmão a buscar mais a Deus ao inves de ficar apontando o “erro” dele.
    Então se buscarmos o Senhor de coração e alma,
    buscando viver um cristianismo correto,
    o teu espirito nos mostrará se nossas atitudes estão certas ou erradas.

    • Vinicius Monteiro diz:

      Já parou para pensar o que é uma tatuagem? A tatuagem é um desenho permanente na pele, feita por se cortar a pele para produzir cicatrizes, ou pela inserção de tinta sob a pele.
      Em Levítico 19:28 Jeová dá uma ordem clara aos israelitas, de que eles eram proibidos de praticar este costume, comum entre outros povos antigos, diz: “‘E não vos deveis fazer cortes na carne em prol duma alma falecida e não deveis fazer tatuagem em vós. Eu sou Jeová.”. Por obedecerem à lei de Jeová, de não desfigurar o corpo, os israelitas se diferenciariam das outras nações, que tinham isto como práticas comuns. (De 14:1, 2) A proibição também inculcava neles o devido respeito pelo corpo humano como criação de Deus, a ser usado em honrá-lo. — Sal 100:3; 139:13-16; Romanos 12:1.
      Mesmo que a lei Mosaica tenha sido abolida, pela morte de Cristo, ainda sim seus princípios devem ser seguidos, se você faz uma tatuagem, sabendo que era errado, então você está em desacordo com o que Jeová espera de você, agora se você fez e se arrependeu por que entendeu que era errado, então você poderá ter o direito ao perdão de pecado.

  61. O problema desses comentários é que tem muitos “EU ACHO” e poucos “ASSIM DIZ O SENHOR”.

    Sou contra as tatuagens por que isso em nada contribui para a salvação de uma pessoa, não trazendo benefício ao seu corpo (como os esportes) nem ao espírito (como os mandamentos do Senhor).

    • Max diz:

      Se tem muito comentarista dizendo “Eu acho…” e poucos dizendo “Assim diz o Senhor”, então você deveria se dar por satisfeito de estar entre pessoas honestas. Quem diz eu acho já está sendo , no mínimo, humilde e honesto, o que não se pode dizer da maioria dos hipócritas que ousam dizer que falam em nome de Jesus Cristo ou de Deus. Incluso nesse pacote a maioria dos sacerdotes católicos e a quase totalidade dos “pastores” das denominações evangélicas. Vai pimeiro saber para depois criticar.

  62. Realmente o tema é bastante polêmico, porém observo que há uma grande religiosidade envolvendo o assunto. Enquanto muitos criticam o uso de tatuagens transgridem inúmeras leis do velho e novo testamento todos os dias. Inclusive eu que vos escrevo!
    Sendo assim, como se dará o julgamento? Será ao pé da letra do velho testamento ou pela graça e fé em Jesus Cristo?
    Ame a Deus acima de todas as coisas e o teu próximo a ti mesmo! Quantos são capazes de fazer apenas essas duas leis todos os dias de suas vidas sem serem pegos na hipocrisia??
    A própria religião/ cristianismo é de Deus?? Era isso que ele queria para seu povo?? Quantas mortes, quanta corrupção, julgamento, separação, idolatria inclusive no meio evangélico tudo em nome de Jesus!
    O nosso espelho é Jesus Cristo porém me parece que muitos apóstolos e profetas estão sendo colocados em primeiro lugar na bíblia!
    Jesus Cristo era um exemplo de humildade, misericórdia e amor ao próximo ou alguém se esquece de Maria Madalena, da mulher com fluxo de sangue, do coxo, cego, mudo, leproso, ladrão etc.?
    Jesus se apartou deles? Pois todos eram considerados imundos!
    Não existe pecado/pecadinho!
    Uma lei eu cumpro e outra não e me considero o senhor da razão! Por acaso alguém leu todo o levítico 19 que o autor cita???
    Me diga se algum de vocês críticos da tatuagem cumprem todo o levítico 19??
    Com certeza a resposta será nem a metade do que está escrito!
    Jesus foi claro em mateus 23 sobre os hipócritas quando fala aos escribas e fariseus. Que julgam e transgridem.
    Sendo assim creio que vivemos em Jesus Cristo e só seremos salvos pela graça e misericórdia divina pois nenhum de nós tatuados ou não merecemos!
    obs: não tenho tatuagem.

  63. Daniel diz:

    A pelo amor de Deus ! se fosse assim não poderia usar brinco , porque tem origens ruins ! Se for para isolar versiculos , nn use tenis pq Jesus não usou , se for pq não edifica nn faça nada então viva somente e exclusivamente pra Deus pq é o que edifica !

    • Mats diz:

      Se for para isolar versiculos , nn use tenis pq Jesus não usou

      Faz-me um favor: mostra-me aí um versiculo do NOVO TESTAMENTO que condene o bestialismo.

  64. Erivaldo vieira diz:

    Na verdade tem cristãos usando da propria biblia para pecarem ou se justificarem,usando da liberdade, para se tornarem escravos ‘ libertos’

  65. Márcio F. diz:

    Excelente artigo, já tive vontade de tatuar versículos bíblicos, ou uma cruz, ou argumentos lógicos em favor da existência de Deus… creio que ficaria bonito, mas não pegaria bem, melhor receber a marca do Altíssimo no céu quando o Grande Dia do Senhor Jesus chegar.

  66. Edgar diz:

    A matéria é ótima muito bem explicada , mas o que você me fez entender é que a tatuagem ela vem de uma cultura nas quais faziam uma tatuagem para demarcar o que eles eram. E ficou clarissímo que o que influencia a tatuagem é o seu significado , e eu acho lindo tatuagem sou cristão não vejo mal algum só que tudo depende do intuito . Na minha opinião se a pessoa quiser gravar algo no bom sentido tudo bem , mas essas imagens estranhas de dragões , escorpiões essas loucuras que vemos por ai , ai sim eu sou contra . Porque até o grande lutador de MMA Jon Jones tem no seu peito escrito Filipenses 4:13 porque eu não posso ter . Eu seria totalmente contra a tatuagem se existisse um respaldo biblico pelo menos dando a entender que é errado mas não tem então eu fico com a tese , de saber que está gravando .

  67. Renata diz:

    Bom, até um dia desses eu não sabia do que dizem sobre tatuagem, não sabia mesmo que era contra os principios bíblicos, mas por exemplo, não é simples remover uma tatuagem, caso eu tivesse feito uma sem o conhecimento disso, teria algum problema se houvesse arrependimento? quais providências deveriam ser tomadas por mim?

    • Mats diz:

      Renata,

      O arrependimento genuíno é sempre alvo de perdão por parte de Deus. Se tu reconheces, através da Palavra, que a tatuagem que fizeste não agrada a Deus (porque o teu corpo é o Templo do Espírito Santo e Deus não Se agrade com imagens no Seu Templo) então pede perdão a Deus pelo pecado., e faz os possíveis para remover a tatuagem.

      Fica bem e Deus te abençoe.

  68. marcosagv diz:

    Hoje lendo o texto de Isaías, como não foi pra minha surpresa quando profetizando sobre o RENOVO, JESUS, no cap. 11, v. 3, “Não julgará pela aparência, nem decidirá com base no que ouviu…”
    Vejam só, é como um adendo ao NT, já que se refere a pessoa de JESUS.
    Nada de aparência!

  69. sebastiao moreira diz:

    gostaria de receber na integra este estudo maravilhoso,parabens pelo lindo trabalho

  70. Thiago diz:

    Texto tendencioso e sem compromisso com a investigação cientifica real. Religião é uma coisa e ciência é outra. Uma não deve intrometer no campo da outra. Não tente justificar ou citar qualquer atitude positiva do genocida espanhol Cortez. Além disso o conceito cristão do diabo apareceu milhares de anos depois do desaparecimento de vários povos que utilizavam a dermopigmentacao para diversos fins. Quer ser crente? Seja! Mas não incomode ninguém com sua ganância por convencimento alheio a custas de absurdos e pseudociencia. Qualquer duvida ou contra-argumentos mandem para meu email. Pesquisarei o assunto metodicamente e enviarei a resposta cientifica para o assunto.

    • Azetech diz:

      Tiago

      Texto tendencioso e sem compromisso com a investigação cientifica real.
      Só porque não concordas com o texto, não significa que seja tendencioso e não científico.

      Religião é uma coisa e ciência é outra. Uma não deve intrometer no campo da outra.

      Diga isso aos religiosos darwinistas, que tentam imputar vossa FÉ sem nenhuma comprovação empírica como se fosse FATO consumado.

      Além disso o conceito cristão do diabo apareceu milhares de anos depois do desaparecimento de vários povos que utilizavam a dermopigmentacao para diversos fins.

      Fontes?? Evidências?? Provas?? Cadê???

      Quer ser crente? Seja! Mas não incomode ninguém com sua ganância por convencimento alheio a custas de absurdos e pseudociencia.

      Deveria dizer isso aos crentes darwinistas, que vivem incomodando e esnobando para quem duvida da FÉ que professam

      Pesquisarei o assunto metodicamente e enviarei a resposta cientifica para o assunto.
      Duvido que serás científico e “neutro” sobre qualquer assunto, afinal a fé darwinista tem se enraizado tão profundamente em tuas idéias, que nem mesmo sabe identifica-la como um modelo de crença (que de fato é) ou modelo empírico, achando que a mesma é científica e empiricamente comprovada.

    • Pesquisarei o assunto metodicamente e enviarei a resposta cientifica para o assunto.

      Na verdade, a ciência já mostra através de pesquisas, que pessoas tatuadas, como no caso de mulheres, podem ter um comportamento digamos, promíscuo e não é atôa que muitos homens não gostam muito de mulheres tatuadas, pois é instinto do homem não ficar com mulheres promíscuas.

      Assim como homem tatuado em boa parte podem ter um comportamento agressivo ou pertencerem a gangues.

      Claro que existem exceções, mas não podemos transformá-las em regras.

  71. antonio mendes diz:

    Fiz uma tatuagem no peito esquerdo,a muitos anos atras,ME arrependo hoje,ate o meu ultimo fio de cabelo.Hoje tenho outra e definitiva,e eternamente no meu coracao.***JESUS CRISTO***.Amados irmaos;Imagine quando Deus,abrir os olhos espirituais dos que fizeraram troca de sexo.”CONHECA JESUS LEIA A BIBLIA”.um abraco fique na paz.

  72. Thais Paz diz:

    O que dizer dos indios que colocam aqueles pedaços de madeira, nas orelhas e lábios, Vcs tbm irão demonizá-los e paganiza-los. Ou será que a cultura se anula totalmente dando apenas espaço para satanismo, ocultismo paganismo?!?

  73. Andréa Gouveia Campos diz:

    Maravilhoso estudo!!! Os opositores da verdade desejarão sermões que apresentem um evangelho menos exigente Leia I Timóteo 6: 3 ao 5. Já não aceitarão trechos da Palavra de Deus que tratam de arrependimento, pecado, perdição, necessidade de santidade, e de separação do mundo.
    Fico feliz com a pessoa que realmente se arrepende do que fez nos tempos da sua ignorância,
    já pensou se toda pessoa que teve algum passado e é “ex- alguma- coisa ” fosse ficar se auto-justificando, provavelmente ficaria a meditar nesta passagem “quem és Tu caco de barro para contender com seu Criador?” muita gente insatisfeita com Deus e realizando mudanças que são imutáveis no corpo por pura vaidade e ostentação.

  74. Achei muito interessante o discutido acima….mais é só olharmos para o que significa “Mordomia”
    (Lucas – 16:2 E ele, chamando-o, disse-lhe: Que é isto que ouço de ti? Dá contas da tua mordomia, porque já não poderás ser mais meu mordomo.), Tudo o que nos foi dado, devemos cuidar, porque não é nosso.
    Fomos chamados e escolhidos para fazer diferença, se devemos ser imitadores de Cristo, que possamos pedir para que o caráter dELE cresça e nós diminuamos.
    Enquanto aos que confessaram Jesus como único e suficiente SALVADOR já “tatuados” não têm do que se envergonhar e sim que suas vidas sejam testemunhas vivas do que Jesus os fez, até porque em um dia de calor ninguém gosta de usar blusa.rsrs
    Que a cada dia possamos matar nossa carne e que CRISTO viva em nós. ALELUIA!

  75. Deyner Campos diz:

    Tatuagem é pecado?? se for pela origem meu amigo nao use nada hj em dia, ate uma simples vela é usada para cultos satanicos, ou para prestar reverencia a santos, não comam galinha pois ela é usada para macumba, brincos e maquiagem tambem sao usados em diversos cultos demonicos, e toda a tecnologia em si foi criada e é desenvolvida para fins não cristaos, sem falar na medicina que é sempre se desenvolveu por meio de torturas, gente gente!!! nao devemos julgar ninguem com esta em diversos topicos,, a uns chamando outros de rebeldes da palavra, o que é isso ??? não temos condicoes nem uma de falar o que é pecado ou não nós só sabemos isso pq o espirito santo de Deus nos fala, analisem bem a biblia, até os mandamentos Deus muda, dependendo da epoca nunca pararam para se perguntar o pq para moises Deus falou para nao matar, e no tempo de davi fez ele ser o rei mais sanguinario de todos os tempos??? quem somos nos para falar quem esta em pecado ou nao?

    • Mats diz:

      Deus disse para não marcar o corpo. Tu dizes que se pode marcar o corpo. Em quem devemos acreditar?

    • jephsimple diz:

      Deyner Campos,

      “até os mandamentos Deus muda,”

      Não sabia que os 10 mandamentos mudaram… quando foi isso?

      Me parece que os 10 mandamentos servem para todas as épocas.Oras, não são relativos.

      A pior mentira é aquela contada para si mesmo, se tu mentes para si mesmo e acredita em tua própria mentira, como poderia chegar a verdade?

    • Vinicius Monteiro diz:

      Você está misturando as coisas, Deus não muda, “Pois eu sou Jeová; não mudei.”, com Jeová “não há variação da virada da sombra” (Malaquias 3:6; Tiago 1:17). O fato de alguém usar a galinha para rituais satânicos ou velas para isso, não quer dizer que não possamos usar tais itens. Paulo uma vez explicou ao Coríntios que eles não deveriam comer a carne sacrificadas a ídolos dentro do templo, mesmo que não tivessem a intenção de adorar o ídolo, para que outros não se desviassem e se tornassem idólatras, mas, antigamente a carne depois de sacrificada era vendida no açougue, então com relação a esta carne vendida no açougue o apóstolo disse: “Comei de tudo o que se vende no açougue, sem fazer indagação por causa da vossa consciência; pois “a Jeová pertence a terra e o que a enche”. — 1 Coríntios 8:1-13, 10:25,26. A carne quando estava no açougue perdeu seu significado “sagrado”. Era tão boa quanto qualquer outra carne, e o cristão, por conseguinte, não estava obrigado a indagar a respeito de sua origem.
      Com relação a tatuagem é diferente, porquê? Por que a lei de Jeová é clara, “não vos deveis fazer cortes na carne em prol duma alma falecida e não deveis fazer tatuagem em vós.”. Esta regra dada aos israelitas além de separar eles dos outros povos, também inculcava neles o respeito pelo corpo, pertencente a Jeová — Levítico 19:28;Romanos 12:1. O apóstolo Paulo disse que deveríamos ‘apresentar o nosso corpo como sacrifício vivo, santo [e] aceitável a Deus’. Agora pense bem, os israelitas tinham de fazer o sacrifício de animais e Jeová exigia o primogênito, em estado perfeito de saúde. Quando os israelitas começaram a desobedecer esta ordem, Jeová ficou muito magoado, “O filho, da sua parte, honra o pai; e o servo, seu grandioso amo. Portanto, se eu sou pai, onde está a honra [dada] a mim? E se eu sou um grandioso amo, onde está o medo de mim?’ disse Jeová dos exércitos a vós, sacerdotes, que desprezais o meu nome.[...] “‘Por dizerdes: “A mesa de Jeová é algo desprezível.” E ao apresentardes um [animal] cego para ser sacrificado: “Não é mau.” E ao apresentardes um [animal] coxo ou doente: “Não é mau.”’” “Leva-o perto ao teu governador, por favor. Terá ele prazer em ti ou receber-te-á bondosamente?” disse Jeová dos exércitos.”. (Malaquias 1:6-8) Se nós não gostamos de aceitar um presente com defeito, porque Jeová tem de aceitar um?
      Com relação a Davi, a questão é outra, se Jeová ordenou que não podiam matar, por que, Davi matou tanta gente? Devemos entender que Davi não violou nenhuma lei de Jeová. Jeová havia prometido aquele território a Abraão, porém, quando os israelitas foram morar lá, já existiam povos, então Jeová disse aos israelitas: “Assim farás com todas as cidades muito longe de ti, que não forem das cidades destas nações. É somente das cidades destes povos que Jeová, teu Deus, te dá por herança, que não deves preservar viva nenhuma coisa que respira, porque deves impreterivelmente devotá-los à destruição: os hititas e os amorreus, os cananeus e os perizeus, os heveus e os jebuseus, assim como te mandou Jeová, teu Deus; a fim de que não te ensinem fazer segundo todas as suas coisas detestáveis que fizeram com os seus deuses e deveras pequeis contra Jeová, vosso Deus.”. (Deuteronômio 20:15-18) Portanto, a guerra de Davi, continuava sendo justa, para evitar a contaminação espiritual de Israel, mas, tanto Davi como Jeová reconheceram que apesar de necessário, não era algo bom, por isso Jeová não permitiu que Davi construísse o templo — 1 Crônicas 22:8

  76. André Custódio Bertoldo da Silva diz:

    Está escrito: “Fugi ( abstende-se ) de toda a aparência do mal” – 1 ª Tessalonicenses 5 : 22 e ” Pode uma árvore má dá bom fruto ? Se a origem da tatuagem é de uma árvore má nunca será aceita pelo Deus Santo, pois sois povo santo, escolhido, separado…Que credibilidade teria um pregador da Santa Bíblia, ou profeta, se ele se apresentasse cheio de tatuagens, com brincos, com o cabelo colorido e afirmasse ser ele um servo humilde do Meigo Nazareno Jesus Cristo ?

  77. André Custódio Bertoldo da Silva diz:

    Parabéns pela ótima pesquisa. Que Deus continue lhe usando para esclarecer dúvidas daqueles que sinceramente temem ao Senhor. Aquele que nasceu de novo pelo Espírito Santo, aceita sem dificuldade uma repreensão do Senhor. Jesus assim falou : E porque me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo ? ( Lucas 6 : 46 ) Quem é Rebelde tenta justificar suas práticas detestáveis. Pedro quando foi repreendido por Paulo, não brigou, aceitou porque estava errado. Jó disse que ” Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza ” ( Jó 42 :6 )

  78. jéssica costa diz:

    isso não quer dizer nada, muitas pessoas usam tatuagens até msm com o nome de Deus escrito em corpo, se formos td ao pé da letra não fazermos nd,nem msm usar vestes ..

  79. RodWillgo diz:

    Justificar a si mesmo pelos outros diante do Senhor não vai funcionar. Pra quem crê é preciso ter este pensamento, caso contrário todas as vezes que estiver diante da Palavra irá nega-la por conveniência das próprias escolhas, é isso que muitos não estão atentando ao responder o post.

  80. Bom..cada um como sempre procura defender seus interesses arte mesmo usando de versos bíblicos pra isso.Porem é melhor ficarmos no que esta escrito o Sr Jesus foi bem claro..ele disse; Toda a planta que meu Pai celestial não plantou cera arrancada..

  81. Ethienne Montalvão diz:

    O amor do SENHOR DEUS é magnífico e quando toca… Vidas são mudadas e basta ouvir o que Ele diz a respeito de cada um e cada coisa, isso gera arrependimento e nova vida. Ouvir o que Deus diz à cada um em particular é a grande saída do pecado. Há 06 anos fiz 02 tatuagens, achei que não existia nada de mais e em um momento de dor, luto e aflição, tatuei inocentemente 02 nomes, 01 símbolo e um pássaro…tatuagem linda, harmônica, com ares inclusive angelicais… porém na verdade Satanás usou de um momento de dor e a ilusão de que nada de errado existia naquele ato e aprisionou minha alma, acabei selando um pacto demoníaco sem saber… Aliás quantos fazemos hoje me dia por ignorância? O mundo está no maligno é preciso analisarmos cada coisa, buscar a origem de tudo… O que origina no mal não pode tornar-se santo e abençoar… E justamente isso aconteceu comigo ao fixar aquelas tatuagens em meu corpo, eu não entendia, mas sentia o peso da maldição, bençãos vetadas, opressão por haver legalidade com o maligno em minha vida, mas graças ao Senhor Deus, entendi algumas coisas a respeito e me coloquei na dispensação DELE, disposta a ouvir e entender o que Ele gostaria que eu fizesse a respeito… Pronto, depois de alguns dias ao ter pedido que Ele me dissesse o que queria Ele claramente falou-me: “NÃO QUERO ESTA PELE MORTA EM SEU CORPO, RETIRE-A”. Mais claro que isso, só se Ele descesse dos céus. Pronto definido estava, marquei uma consulta com especialista em excisão de tatuagem e solicitei a exclusão de todas, faz 03 dias que as retirei…14 pontos no pé e 30 nas costas… Nem dor tenho sentido, o Senhor tem me anestesiado e me sinto plena, feliz em obedecer.
    Fiquei muito feliz ao ler o estudo exposto aqui, pois não tinha feito nenhuma pesquisa sobre o assunto antes, apenas me guiei pelo Espirito Santo, e podem acreditar, tudo que o Sr. MATS diz, foi tudo que o Senhor me mostrou, elos demoníacos, pactos satânicos, ignorância e a autuação do inimigo tragando bençãos, sugando vidas e aprisionando almas. Não duvidem um só minuto do poder de Deus e do que Ele é capaz, a obediência aos princípios cristãos é a chave para a a liberdade da glória Divina. OBRIGADA SENHOR DEUS POR ME LIBERTAR!

  82. thiago diz:

    Sou cristão e acho bonito tatuagens,entendo que esse tema é delicado levando em conta que as tatuagens em sua maioria eram usadas para atos pagãos e que desagradavam a DEUS pois eram feitas pelos mortos,hoje em dia o contexto e pessoal e estético,lembrando que não podemos pegar um versiculo que nos convém e esquecer dos demais subsequentes enchendo o texto assim de achismo humanos para expressar a nossa propia opinião,creio que antes de ser feito uma tatuagem qualquer pessoa cristã ou não deve analisar a necessidade de tal e decidir se aquilo condiz com seus principios e acima dos seus os de DEUS,lembrando que fanatismo também não agrada a DEUS!

  83. maria celia diz:

    gostaria de perguntar o seguinte:
    porque no lugar de mostrar satanás, não mostram o Cristo vivo e que da a vida?
    no lugar da morte ensina que Jesus ressuscitou no nosso lugar e pagou o sacrifício por nós?
    no lugar do inferno, que Cristo foi para o Céu e tem um lugar preparado para cada um de nós?
    porque não o espaço que estão discutindo se envia ou não outro ser humano para o inferno, diga que Jesus liberta e que Espirito Santo faz a obra na vida de cada pecador?
    não existe coisa mais vã que perder tempo condenando as pessoas, sendo que Deus através do seu filho pagou um preço tão alto por todos nós.
    uma coisa vos digo se tivesse usado essa mesma força e método para pregar o evangelho no lugar de satanismo, cultismo pelo menos um ser humano tinha sido libertado pelas suas palavras.
    com essas palavas vos digo que Jesus só quer isso de mim, de você, de nós, de todos.
    mateus 11:27-29
    27 “Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar.
    28 “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês.
    29 Tomem sobre o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.
    essa palavra é para todos que se preocupa com coisas que não leva a salvação e sim a contenda:
    João 8:32
    Disse, pois Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerem na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s