Arqueologia e a Bíblia – O Muro de Neemias

Quando, no ano passado, os arqueólogos descobriram aquilo que eles acreditam ser parte do muro reconstruido por Neemias (Neeemias 2:17-6:15), não puderam deixar de ficar surpresos.

Ficámos surpreendidos” admitiu a chefe da equipa a Drª Eilat Mazar, não deixando de notar que esta descoberta foi feita numa altura em que muitos estudiosos afirmavam que o muro nunca existiu.

(Como sempre, Deus tem a última palavra)

Aparentemente a descoberta foi acidental – o resultado de uma tentativa de salvação numa torre em perigo de cair.

A Drª Mazar é a supervisora/chefe/líder do “Institute of Archaeology at the Shalem Center“, um instituto virado para a área educacional e a área de pesquisa baseado em Jerusalem.

Recentemente ela e a sua equipa voltaram a estar nas páginas dos jornais. Desta vez foi devido à descoberta de um selo em pedra durante as suas escavações me Jerusalem.

O selo em pedra tem o nome ‘Tamá’ gravado nela. “Por acaso” o Livro de Neemias também menciona ‘Tamá’. A Bíblia fala nos “descendentes de Temá” no versículo Neemias 7:55 (Hebraico תמח, às vezes transliterado para Temach, Temah or Tamah) como pertencendo ao grupo dos serviçais do templo (7:46) que voltaram do exílio na Babilónia para Jerusalém e Judá (7:6).

A Drª Mazar disse que o selo foi encontrado a uma certa distãncia da área “Opel” (ou Aphel), onde os serviçais do templo viviam durante a época de Neemias (11:21).

O selo da familia Temá dá-nos uma ligação directa entre a arqueologia e as fontes Bíblicas, e serve de evidência para a família mencionada na Bíblia” afirmou a Drª Mazar. ‘Não podemos de deixar de estar surpresos pela credibilidade das fontes Bíblicas, tal como confirmado pelo achado arqueológico.

Sinceramente, não há razão nenhuma para se estar “surpreso” pelo facto de que a Bíblia é uma fonte histórica de confiança.

Deus falou através dos Seus Profetas (2 Pedro 1:20–21, Hebreus 1:1), Ele nunca mente (Tito 1:2), e a Bíblia confirma isso mesmo, e a Palavra de Deus pode ser confiada (2 Timóteo 3:15–17).

Conclusão:

Aquilo que Deus falou sobre o passado tem sido confirmado vez após vez pela ciência. A arqueologia tem sido uma ciência que tem, literalmente, sido uma arma evangelística poderosa.

Se o que Deus disse sobre a história de Israel e sobre outros factos, têm sido confirmados pela ciência, porque é que vamos pôr em causa logo o princípio da Bíblia? O mesmo tipo de narrativa usada por Deus no Livro de Neemias está presente na descrição da Criação. Como tal, e uma vez que históricamente a Bíblia tem sido confirmada vezes e vezes sem conta, não há razão lógica nenhuma para pôr em causa o Livro do Génesis.

Isto é tanto mais verdade quando a alternativa (evolução) é claramente uma fábula ateísta mascarada de ciência, e não está de acordo com as observações.

Deus é Fiel, e a Sua Palavra é Verdade.

About these ads

Sobre Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
Esta entrada foi publicada em Ciência com as etiquetas , . ligação permanente.

13 respostas a Arqueologia e a Bíblia – O Muro de Neemias

  1. alogicadosabino diz:

    realmente a arqueologia é uma área muito interessante e que tem confirmado a autenticidade dos relatos históricos da Bíblia. Para além deste que apresentaste, há muitos outros.

    Infelizmente, há quem não queira ver e continue a dizer que a biblia foi escrita por pessoas que nao tinham nada que fazer.

    Aos meus amigos cépticos que vão ler este comentário: Pior cego é aquele que não quer ver.

  2. hcgalvao diz:

    A arqueologia é um trunfo de Deus para envergonhar os céticos. Quantas produções científicas foram para o lixo após a arqueologia desdizer suas teses.
    A arqueologia não comprova a historicidade bíblica, A arqueologia tangencia a Bíblia. Só isso. Quem precisa da muleta comprovação é cético e cientista.

  3. Darjo diz:

    Caro Mats,
    Conheces este programa? http://www.mundobiblico.net/download/setup_mb.exe

    Instalei-o em meu PC e constatei que é uma excelente ferramenta. Contém não somente a Bíblia, como uma enciclopédia, imagens e videos, além de cronologia bíblica e histórica. Mais uma forma interessante de divulgar a Palavra de Deus, que “permanece para sempre”.
    Abraços!
    Darjo

  4. Mats diz:

    Irmão Darjo,
    Fiz o download do programa e espero testá-lo o mais breve possível.

    Muito obrigado e Deus o abençoe!

  5. gerardo diz:

    muito bacana esse site, euv gosto muito de arqueologia, valeu gente q deus os abençoi a tds q fizeramesse site.

  6. ozias felipe silva junior diz:

    Júnior.Janeiro,2009
    Gosto muito de estudar a biblia,e a arqueologia ajuda a desmascará as heresias que surgem a respeito da palavra de Deus.

  7. Arthur Vergara diz:

    Alguém pode me indicar algo sobre josé, moisés e As dinastias egipcias, acho que é um ramo ainda vago na arqueologia egipcia, as expeculações acerca de Akhenaton são interessantes, mas tem alguns problemas, existem estudos neste sentido?

  8. Pingback: O Muro de Neemias « No princípio criou Deus os céus e a Terra

  9. FIQUEI INTERESSADO COM ESTE COMENTARIO: A ARQUIOLOGIA É UM FRUTO DE DEUS PARA ENVERGONHAR OS CÉTICOS. ME ENVIE ALGUM MATERIAL PARA ME APROFUNDAR FICAREI GRATO

  10. Neemias dos Santos Cavalheiro diz:

    Fiquei interessado em descobrir de onde meu nome se origina. Sou de Curitiba, Paraná, e quando pequeno, sempre me senti constrangido pelo modo como meu nome é falado, o que gera confusões com outro nomes, Jeremias, Ananias, Elias, etc. Mas cada vez mais tenho procurado saber como surgiu este nome e qual a história por trás dele. Minha família é cristã, e até meus 15 anos, eu segui a doutrina evangélica, por isso conheço algumas das citações da Bíblia.

    – Por acaso, alguém teria algum material sobre Neemias?

  11. Sérgio Sodré diz:

    Vergara,
    Há um estudo notável que aponta Moisés como um sacerdote de Akenaton e a fuga do Egipto como sendo a de fiéis de Aton perante a reacção dos sacerdotes de Amon. Li o livro há alguns anos mas já não sei o nome. Sei que foi escrito por um dos maiores especialistas americanos na escrita egipcía e que levou muitos anos a investigar o material escrito disponível e a compará-lo com a Bíblia. Sugiro que faça buscas na internet baseadas na hipótese que refiro, talvez chegue até ao autor e à sua obra.

  12. Sérgio Sodré diz:

    Vergara,
    ainda agora escrevi o anterior e logo pesquisei por Moisés sacerdote de Aton. Há numerosas entradas na internet! Nem queria acreditar… Devia ter feito a rápida pesquisa antes de colocar o post anterior!
    A Bíblia está repleta de verdades históricas… só que muitas não são o que parecem… têm de ser analisadas, dissecadas, e reinterpretadas. A Biblia é história, não é a palavra literal de JHVH. É uma fonte vital que não pode ser desprezada por preconceitos ateus… nem vista como verdade histórica factual acriticamente… deveria ser lida por todos os que amam a História pré-clássica.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s