Maquinaria sofisticada

O New York Times publicou uma pequeno artigo em torno de factos conhecidos àcerca do cérebro humano. Quando começarmos a pensar sobre o que está envolvido cada vez que pensamos, ficaremos sobrepujados.

Nicholas Wade reportou um novo inventário de proteínas envolvidas nas sinapses – a junção fulcral entre os neurónios.

Os pesquisadores, liderados por Seth Grant . . . . compilaram o primeiro inventário exacto de todos componentes proteicos na maquinaria sináptica processadora de informação. Não menos de 1,461 proteínas estão envolvidas nesta máquina biológica, reportaram eles num artigo da Nature Neuroscience . . . .

Cada neurónio no cérebro humano faz em média 1,000 conexões com outros neurónios. Existem cerca de 100 mil milhões de neurónios, portanto o cérebro contém 100 triliões de sinapses, a sua parte funcional mais sensível.

Perto da sinapse que pertence ao neurónio transmissor, um sinal eléctrico chega e liberta pacotes [de informação] química. Os químicos propagam-se rapidamente através da falha entre os neurónios e o “dock” com receptores na superfície do neurónio receptor.

Estes receptores oferecem o sinal que recebem a maquinas proteicas complexas e delicadas que processam e armazenam a informação.

Os 1,461 genes que especificam estas proteínas sinápticas constituem mais de 7% dos 20,000 genes codificadores de proteínas do genoma humano. Isto demonstra a complexidade e importância das sinapses.

O Dr. Grant acredita que as proteínas estão provavelmente conectadas de modo a formar várias máquinas biológicas que processam a informação e mudam as propriedades físicas do neurónio como uma forma de dispôr uma memória.

Antes que alguém pense que há espaço suficiente para se inserir uma explicação evolutiva, o artigo em questão descreveu o que as mutações realmente fazem a sistemas ordenados.

A equipa Sanger observou que uma mutação singular em 169 genes causa 269 distintas doenças nos humanos.

A tolerância desta maquinaria parece ser bastante reduzida uma vez que practicamente qualquer mutação nos genes conduzem a uma proteína deformada e, consequentemente, à doença.

A Science Daily reportou que a remoção de um só gene conduz-nos à forma comum de cancro entre os adultos.

Conclusão:

Máquinas feitas a partir de outras máquinas, processamento de informação, complexidade fantástica e pouca tolerância a mutações. Se tu estiveres a pensar da forma correcta, então tu vais agradecer ao teu Criador por ter criado o teu cérebro.

Se tu és um evolucionista, e acreditas que máquinas que processam informação são o resultado de forças não inteligentes (“A Evolução É Um Facto”®) , então precisas de uns ajustes nos neurónios.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s