A pergunta que nunca desaparece

Evolução Racista

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
Image | This entry was posted in Biologia and tagged , , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to A pergunta que nunca desaparece

  1. Eu responderia à pergunta dizendo que foram cientistas brancos quem chegou à teoria da evolução e, por isso, é natural que representem um homem branco…
    E já agora pergunto eu: por que motivo, Jesus Cristo é representado como um homem branco claro, por vezes de olhos azuis e cabelo louro, pelas igrejas cristãs americanas? Se eu fosse mal-intencionado também usaria a palavra racismo, como o Charles White autor do desenho do post, mas como tento ser vertical. Não só não o faço como até sou compreensivo para com o erro das referidas igrejas.
    Ambos os “erros” visam criar empatia com um determinado público alvo… São técnicas de marketing, publicidade, propaganda, (como quiserem) e admito que não tenham segunda intenção…

    Like

    • Vinicius Monteiro says:

      Verdade, Jesus era tão parecidos com os judeus que Judas teve que utilizar um sinal para identificá-lo, ao contrário, se ele fosse branco, dos olhos azuis e loiro seria facilmente identificável.

      Like

  2. Pois é.

    Se a ciência e a TE se tivessem desenvolvido na Ásia o homo sapiens sapiens tinha traços orientais e se fosse em África seria negro.

    Por acaso vistas bem as coisas há um certa arrogância caucasiana.

    Para ser politicamente correcta deveria haver várias em que aparecesse uma mulher, noutras um pigmeu, um asiático, uma nativo-americana, um transsexual e todas as variantes do sapiens sapiens.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s