Besouro bombardeia teoria da evolução

O besouro bombardeiro possui um poderoso e complexo sistema para se proteger dos inimigos.

Glândulas dentro do besouro produzem uma mistura de dois compostos de hidroquinona e peróxido de hidrogénio – mantidos em câmaras distintas uma vez que quando entram em contacto uma com a outra. elas reagem.

Quando o insecto se sente ameaçado, os químicos são misturados numa terceira câmara, onde um terceiro químico é acrescentado, produzindo assim uma reacção explosiva. Esta reacção força a solução cáustica para fora através dum “bico”. O besouro é mestre em apontar este “bico” na direcção dos inimigos.

Se neste sistema faltasse uma das partes, o mesmo seria mais do que inútil para os besouro; os químicos por si só são bastante perigosos. Dado isto, este sofisticado sistema de defesa nunca poderia ser o resultado duma evolução faseada e gradual.

Imaginemos que o pobre besouro havia evoluído a habilidade de produzir os químicos mas não tinha ainda evoluído as câmaras certas para levar a cabo a mistura sem se explodir a ela mesma. Mal ela se sentisse ameaçada, o besouro morria.

O besouro bombardeiro é um problema tão grave para a evolução aleatória que alguns militantes evolucionistas contestaram a noção de que uma explosão ocorre. Mas os factos são o que são: esta bomba química pode deixar marcas nas superfícies para onde está apontada.

. . . . . .

Claramente, o besouro bombardeiro é uma evidência poderosa para a noção de que as criaturas foram criadas totalmente funcionais – e não são o resultado de processos aleatórios graduais.

Notas: Science Digest, Aug., 1983. p. 74. Photo by Patrick Coin (cc-by-sa-2.5).


About Mats

Salmo 139:14 - Eu Te louvarei, porque de um modo terrível e tão maravilhoso fui formado; maravilhosas são as Tuas obras
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Besouro bombardeia teoria da evolução

  1. Dalton says:

    Bem, a clássica resposta a isso é: as partes não necessariamente teriam as mesmas funções antigamente; elas seriam modificadas e no fim resultariam no besouro atual.

    Como isso aconteceu? Bom, pode ter acontecido assim… <> … assado… <> … acolado… etc. Mas nunca poderia ter surgido pronto, isso seria criacionismo e não ciência…

    É a mesma resposta tosca que deram pra Behe, sem provar nada, dizendo apenas “pode”. Ô, ciência…

    Like

  2. jephsimple says:

    Concordo contigo Dalton,

    E ainda acrescento,essa teoria,que não deveria passar de hipótese,pura e simplesmente isso,não deveria ser uma hipótese cientifica,nem muito menos declarada discaradamente pelos evolucionistas fervorosos como um fato irrefutável,inegável.

    Mas quando você lança o olhar crítico contra essa teoria e encosta os neo-darwinistas na parede eles se agarram a trivialidade,a mediocridade,a futilidade…

    Quando os argumentos são desmoronados,eles simplesmente tornam essa hipótese infalsificável,trivial:o que sobrevive,sobrevive!o que será será,será!

    É uma hipótese tautológica,vê:As espécies sobrevivem porque se adaptam ao meio ambiente,só as mais aptas sobrevivem,as caracteriscas favoráveis tendem a permanecer,e as desfavoráveis a serem menos comuns,desaparecendo … mas a trivialidade disso é que todas as espécies são adaptadas aos ambientes em que vivem,tirando as catástrofes causadas principalmente pelo homem,as espécies estão sobrevivendo muito bem,mesmo com a cadeia alimentar,elas vão muito bem,portanto o único argumento seria que elas são mais adaptadas porque sobreviveram,não existe qqr motivo acima disso,simplesmente é isso😮 que sobrevive,sobrevive.Com as mutações o que sobrevive,sobrevive.Com a seleção natural oque sobrevive,sobrevive,com o meio ambiente o que sobrevive, sobrevive.

    Eu não preciso ingressar numa faculdade de biologia simplesmente pra aprender que na natureza o que sobrevive,sobrevive,que na hipótese evolucionista o que sobrevive,sobrevive.Se monta todo um castelo,justificativas,encima de algo tão trivial!
    Você não tem previsões!Quais qualidades em um sistema vivo vai estabelecer sua sobrevivência?Você não pode olhar para um organismo e dizer:”Estas são as qualidades do ponto de vista teórico,um ponto geral de vista teórico,podendo prever que ele seria favorecido em determinados ambientes.Não há mapeamentos,de um tal ambiente de tal e tal natureza e um organismo de tal e tal natureza e uma previsão sobre qual organismo esta de posse dessa qualitativa-quantitativa esquece,eles estão bem longe disso-vai sobreviver e que não.Não podemos dizer isso.

    Não existe algo nessa teoria[que deveria ser no máximo uma hipótese] que seja legitimamente testável.Apenas histórias,ou tentativa de se escrever história.

    Like

  3. jephsimple says:

    descararadamente e não dis…desculpem…

    Like

  4. jephsimple says:

    Meu Deus,tô pior que o Dna reparador,eles corrigem as informações como muita eficiência,mesmo os evolucionistas alegando que não passam de forças cegas,sem propósito …eu com propósito de escrever uma única palavra estou apanhando,rs … >>> descaradamente e não dis… agora sim!Ah só pra constar tudo isso não passou de reações químicas,afinal tudo o que existe é materia,então não existe mente imaterial,apenas reações químicas … essas me parecem ter muita vontade…

    Like

  5. jephsimple says:

    Meu Deus ,o Dna é mais eficiente q eu,eu aqui com toda inteligência,pessoalidade e raciocínio,errei na minha correção…os Dnas reparadores identificam[qndo indentificam] os erros e não erram na correção …costumam ser mais precisos que seres concientes …e ainda são considerados pelos naturalistas como obra do acaso,mutações aleatórias…
    mas é descaradamente e não dis…

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s