Ideias Têm Consequências – Citações

“Num periodo futuro, não muito distante quando medido em séculos, as raças humanas civilizadas vão certamente exterminar e suplantar as raças selvagens por todo o mundo.” ~ Charles Darwin

Claro que a raça de Darwin fazia parte da “raça civilizada”

“Nenhum homem racional, conhecedor dos factos, acredita que o negro comum é igual, e muito menos, superior que o homem branco” ~ Thomas Huxley

Thomas Huxley foi chamado de “Darwin’s bulldog” porque foi ele quem anunciou a mitologia da evolução por toda a Inglaterra quando Darwin se retirou da vista pública

“O credo do eugenismo foi fundado na ideia da evolução” ~ Francis Galton

Francis Galton era o primo do Darwin.

“De todos os problemas que terão de ser encarados no futuro, na miha opinião, o mais difícil vai ser aquele relativo ao tratamento das raças inferiores da humanidade”. ~ Leonard Darwin

Tss tss tss. Não muito politicamente correcto, sr Leonardo!

“No estado mais baixo do desenvolvimento mental humano estão os Australianos, algumas tribos da Polinésia, os Bosquímanos, os “Hottentots”, e algumas tribos Negras” ~ Ernst Haeckel

Ernest Haeckel foi o darwinista que inventou a “lei biogenética”, que hoje sabemos ser falsa, e mentiu sobre o desenvolvimento dos embriões.

“O Fuhrer alemão é um evolucionista, tal como eu tenho dito consistentemente. Ele tem conscientemente tentado que a Alemanha esteja de acordo com a teoria da evolução.”~ Arthur Keith

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Não classificado and tagged , , . Bookmark the permalink.

25 Responses to Ideias Têm Consequências – Citações

  1. Estou a gostar do blog mas já tenho uma dúvida:
    o Jónatas Machado não é de Direito? Ele não tem uma tese, até, sobre liberdade de expressão?
    Se for a mesma pessoa que vi citada neste blog, tenho que perguntar o que é que ele sabe de ciência para poder discorrer daquela maneira?
    É tudo inventado ou são coisas que ele lê a esmo e depois recita?
    Se não for a mesma pessoa, então este comentário perde sentido.
    Obrigado.

    Like

  2. é a pessoa que estás a pensar!

    Ele lê muito, estuda muito e depois divulga aquilo que, normalmente, os evolucionistas não divulgam… os erros,as falhas, os lapsos da teoria darwiniana!

    Like

  3. Joaquim Coelho says:

    A minha amiga Olaré colocou aqui um conjunto de citações a contrapor a estas. Gostava de saber porque não foram aceites: censura ou porque a verdade por vezes dói.

    Like

  4. Joaquim Coelho says:

    Colocado por Olaré:

    “Gott mit uns” (”Deus connosco”), é o que pode ser lido nas fivelas dos cintos usados pelos soldados da Alemanha nazi
    «Pela sua decisão de levar a cabo a limpeza moral e política da vida pública, o Governo está a criar e a assegurar as condições para uma vida interior religiosa verdadeiramente profunda. As vantagens para o indivíduo que possam provir de compromissos com organizações ateístas não se comparam de forma alguma com as consequências que são visíveis na destruição dos nossos valores éticos e religiosos comuns. O Governo nacional vê em ambas as denominações Cristãs [igreja católica e protestante] o factor mais importante para a manutenção da nossa sociedade.» – Adolf Hitler, discurso no Reichtag a 23 de Março de 1933
    «Uma campanha contra o “movimento ateu” e um apelo ao apoio católico foram lançados pelas forças de Adolf Hitler.» – Associated Press, 23 de Fevereiro de 1933
    «Eu juro que nunca me irei associar a partidos que queiram destruir a Cristandade(…) Queremos encher de novo a nossa cultura com o espírito Cristão(…) Queremos queimar todos os desenvolvimentos imorais recentes na literatura, no teatro e na imprensa – em suma, queremos queimar o veneno da imoralidade que entrou em toda a nossa vida e cultura como resultado do excesso liberal(…)» – Adolf Hitler, citado em The Speeches of Adolf Hitler, 1922-1939, Vol. 1 (London, Oxford University Press, 1942), pg. 871-872
    «Eu sou agora como dantes um Católico e sempre o serei.» – Adolf Hitler, numa carta ao general Gerhard Engel, em 1941
    «Quando Ele [Jesus] achou necessário, Ele expulsou esses inimigos da raça humana para fora do Templo de Deus; porque na altura, como sempre, eles [os judeus] usaram a religião como forma de avançar os seus interesses comerciais.» – Adolf Hitler, Mein Kampf (vol.1, capítulo 11)
    «(…) hoje eu acredito estar a agir de acordo com a vontade do Criador Todo Poderoso: ao defender-me contra o Judeu, estou a lutar pela obra do Senhor» – Adolf Hitler, Mein Kampf
    «Um estado que uma vez mais governa em nome de Deus pode contar não só com o nosso aplauso mas também com a cooperação entusiasta e activa da igreja. Com alegria e gratidão vemos como este novo estado rejeita a blasfémia, ataca a imoralidade, promove a disciplina e a ordem com uma mão firme, exige temor perante Deus, trabalha para manter o casamento sagrado e a nossa juventude espiritualmente instruída, traz a honra de volta a pais de famílias, assegura que o amor pelo povo e pela pátria não é mais escarnecido, mas arde em mil corações.» – parte do sermão do domingo de Páscoa de 1933 proferido por pastores protestantes da Baviera.
    «Numa altura em que os líderes das grandes nações do mundo encaram a nova Alemanha com uma fria reserva e suspeição considerável, a Igreja Católica, o maior poder moral na Terra, expressou através da Concordata a sua confiança no novo governo alemão.» -Cardeal von Faulhaber, arcebispo de Munique, num sermão de 1937

    Like

  5. Joaquim Delgado, possivelmente não foram aceites ainda porque ele precisa de aprovar os comentários de pessoas que comentem pela 1ª vez, ainda não deve ter visto.

    Quanto a essas frases meu amigo, cada um pensa o que quiser…

    Se eu digo que sou cristão e sigo a bíblia e um dia me apanhas a matar ou a roubar, noutro dia vês-me de novo a matar ou a roubar, e outro dia ainda apanhas-me de novo a matar ou a roubar… cabe a ti pensar se realmente sou cristão e sigo a bíblia…

    eu posso dizer que sou um adepto ferrenho fcporto mas se me vires sempre no estádio do Benfica todos os jogos do mesmo e a apoiar por ele… cabe a ti pensar se realmente sou portista

    perdoa-me por dizer isto, não sei se é o teu caso, mas quem lê essas frases e vem com a história de que Hitler era crente em Deus não revela boas faculdades mentais… uma coisa é o que se diz, outra coisa é o que se diz

    Não foi por acaso que Jesus Cristo disse isto em Mateus 17:16: “Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?”

    Este versículo diz tudo…

    O Presidente Bush também se diz (ou dizia) cristão… a política dele parece-te de quem é seguidor da Bíblia? Pode acreditar em Deus, mas os demónios também acreditam e estremecem (Tiago 2:19)

    Like

  6. eu queria dizer “uma coisa é o que se diz, outra coisa é o que se pratica”

    Like

  7. Joaquim Coelho says:

    Marcos Sabino

    Não estou a criticar os cristãos.
    Não é essa a minha postura.
    Sou ateu apenas porque não acredito em Deus. Não sigo qualquer corrente, nem sou anti-religião, ou anticlerical.
    Estas citações foram, creio, uma reacção às citações do autor do blog.
    Essas tinham um fim indubitável: atacar a evolução, mas de uma forma pouco correcta. Fora do campo da ciência que é onde a teoria da evolução se encontra.
    Estas citações da Olaré mostram que é fácil ser demagógico e demonstrar o que se pretende.
    Eu como estudo a II Guerra mundial à quase 30 anos sei que as citações têm de ser contextualizadas em função dos objectivos de Hitler.
    Sei que Hitler era religioso, mas não cristão, e que pretendia criar uma nova igreja alemã para substituir a cristã e a protestante (embora com base nas mesmas crenças).
    Hitler não perseguio de forma sistematizada cristãos na Alemanha (para não arranjar inimigos) mas fê-lo nos países que invadiu, como a Polónia ou a Russia.

    Portanto dizer que Hitler era católico ou que era ateu é uma asneira.

    Like

  8. Mats says:

    As citações da olare, embora válidas para mostrar o estado de espirito dos Nazis, falham no seguinte ponto: esquece-se de estabelecer a ligação entre a doutrina cristã e o nazismo.

    Por outro lado, é muito fácil estabalecer a ligação entre o eugenismo, o racismo e os campos nazis porque o próprio Darwin acreditava na superioridade racial:

    “Num periodo futuro, não muito distante quando medido em séculos, as raças humanas civilizadas vão certamente exterminar e suplantar as raças selvagens por todo o mundo.” ~ Charles Darwin

    Diz à tua amiga Olare que, sim, o racismo já existia antes do nazismo, mas o nazismo obteve grande “autoridade” daquilo que eles consideravam ser “ciência” (evolucionismo).

    Portanto, se queres refutar a ligação entre o nazismo e o darwinismo, tens que citar os escritos de Darwin, Huxley, Haeckel como evidência para isso.

    Espero que isto ajude.

    Like

  9. Joaquim Coelho says:

    Mats, eu não nego que existiram Darwinistas nazis e que até que ela tenha sido usada como “desculpa” para actos eugénicos.
    O que nego é a ligação entre teoria evolucionista e nazismo.

    Da mesma forma que houve imensos cristãos nazis (e muitos deles a cometeram barbaridades ) e que certas posturas cristãs da época (como o antijudaísmo) foram usadas pelo nazismo para justificar as suas atrocidades.

    O que acho é que passar do plano individual e da utilização abusiva dos principios de uma teoria ou religião para criticar essa teoria ou religião é errado e falso.
    Estes temas são extremamente complexos e simplificá-los desta forma é perigoso (foi o que Hitler fez com o antijuadiasmo transformando-o em anti-semitismo).
    Por cada citação que colocar sobre o evolucionismo/nazismo/racismo eu posso colocar duas sobre religião/nazismo/racismo. Isto não leva a nada, apenas ao confronto emotivo e não racional.

    Eu não acredito em Deus, você nã acreita no evolucionismo. Se demonstar que ele é falso eu até posso deixar de acreditar nele,. Não é por tentar provar que ele é mau e com consequências dramáticas (o que é falso) que ele deixa de existir, nem que eu dexio de achar que há bases para a sua sustentabilidade.

    A forma como O Jonatas Machado ataca o evolucionismo é muito mais interessante e credivel, apesar de ainda nada do que lele disse cionsiga colocar em causa os pressupostos do evolucionismo.
    Além disso o evolucionismo não implica a inexistência de Deus, mas apenas que a criação biblica deve ser lida de forma metafórica como a maioria dos textos da biblia.

    Like

  10. “Além disso o evolucionismo não implica a inexistência de Deus, mas apenas que a criação biblica deve ser lida de forma metafórica como a maioria dos textos da biblia.”

    Esta redução simbólica (que Deus criou através do mecanismo da Evolução) significaria que o Criador não teria sido capaz de verbalizar correctamente o relato da criação, posição biblicamente insustentável. Além disso, isso significaria que alguém colocou na boca de Deus palavras que Ele realmente não proferiu, sobre factos que realmente não se ocorreram, prática que, como lemos na Bíblia, Deus sempre condenou de forma consistente como falsa profecia.

    Sucede que a Bíblia, em toda a sua extensão, sempre toma o relato do Génesis como relato histórico. No Novo Testamento, Jesus e os seus discípulos reafirmaram-no repetidamente. Ou consideramos Deus e toda a sua Palavra como mentiras ou não! Ou fazemos Deus mentiroso ou não!

    Portanto, não me venham dizer que acreditar na evolução não implica a aceitação de que Deus não existe!

    Like

  11. Mats says:

    Joaquim disse:

    Mats, eu não nego que existiram Darwinistas nazis e que até que ela tenha sido usada como “desculpa” para actos eugénicos.
    O que nego é a ligação entre teoria evolucionista e nazismo.

    Mas Joaquim, como é que podes dizer isso, se o próprio Darwin disse que as raças superiores haveriam, num futuro próximo, de exterminar as raças inferiores? Isto não é alguém pouco importante na doutrina evolucionista, pas o próprio fundador da teoria na versão moderna.

    O que acho é que passar do plano individual e da utilização abusiva dos principios de uma teoria ou religião para criticar essa teoria ou religião é errado e falso.

    Mas como é que a utilização nazi do eugenismo pode ser “abusivo” se os próprios fundadores do eugenismo (Galton) e da evolução (Darwin) acreditavam em raças superiores e inferiores, e que as raças superiores haveriam exterminar as raças inferiores?

    Like

  12. Joaquim Coelho says:

    Matts
    Isto que dizes é de todo falso:
    “Mas como é que a utilização nazi do eugenismo pode ser “abusivo” se os próprios fundadores do eugenismo (Galton) e da evolução (Darwin) acreditavam em raças superiores e inferiores, e que as raças superiores haveriam exterminar as raças inferiores?”

    Lê um pouco mais sobre as origens das raças e não faças confusões.
    O nazismo muito, mas muito pouco usou, quer Darwin (que era contra as soluções de Galton por utópicas) quer Galton para a constrção do seu sistema.
    A principal e e maioritária inspiração foi a obra de Gobineau escrita vários anos antes publicação da origem das espécies que propos a teoria da evolução. Galton também nunca advogou o exterminio, mas esterilização (pessoalmente sou contra). O Eugensimo estva em voga nas facaludades de todo o mundo, incluindo os EUA e era defendido pela mairoia da elite pensante da epoca (também entre os cristãos). A esterilização nazi de 35-39 não teve oposição generalizada das sociedades nem das hierquias religiosas e do clero(que chegou a coloborar indicando os doentes a esterilizar que existiam nas suas instituições).
    Não diexes que o teu ódio visceral á evolução cegue as tuas considerações.

    Quanto á questão:
    “Mas Joaquim, como é que podes dizer isso, se o próprio Darwin disse que as raças superiores haveriam, num futuro próximo, de exterminar as raças inferiores? Isto não é alguém pouco importante na doutrina evolucionista, pas o próprio fundador da teoria na versão moderna”

    Mais uma vez é um absurdo porque estás a olhar com a moral actual.

    A definição de raças superiores e inferiores vem de muito antes e tem um defensor supremo em Gobineau.

    Na época (e ainda para muitos hoje) os ditos selvagens (Indios, Tribos negras) etc eram considerados inferiores por 99% da população dita civilizada (incluindo claro católicos e protestantes).
    O conceito selvagem e subhumano é de origem religiosa e foi um Papa que decretour que os indios eram humanos, contra a opinião da maioria da hierarquia religiosa da epoca (1500 ou 1600).

    Por isso é “normal” que Darwin (que quase foi padre) fizesse essa distinção.
    E infelizmente o que ele disse foi verdade.
    Ele não propos a extinção dessas tribos, o que disse foi: a “civilização branca” está mais bem adptada ao meio para sobreviver. Os “selvagens” ou se adptam ou na luta pela sobrevivência a longo prazo ou tendem para a extinção. Ora as culturas indigenas praticamente desapareceram, quer pela morte devido a doenças e a massacras provocados pelos brancos, quer por adpatarem a “civilação branca”.
    Portanto resumindo: as culturas indigenas estavam menos preparadas para enfrentar os desafios da lutad pela sobrevivencias que as culturas ocidentias e orientais. Tristemente essa era uma verdade desde há seculos e continuoua ser (Ex. destruição dos amerindios pelos espanhóis em nome dos reis católicos e destruição dos inidos ameraicanos no Oeste, entre muitos outros)
    Claro que isto moralmente, à luz do séc. XXI é inaceitavel.
    Além disso, ler nas entrelinhas que isto era um apelo, ou um motivo, para massacres dessas populações.

    Reafirmo que o eugenismo e darwinismo foram usados pelo nazismo de uma forma muito marginal.

    O antsemitismo virulento de Hitler bebeu muito no “governador” Austriaco de extrema direita lider do partido Social Cristão e que Hitler considerou sempre como referência.
    Outra referência importante foi (para além da principal Gobineau) Wagner.
    E muito pouco Nietzche (ao contrário do que afirmou, apesar de na minha opinião este sim ser racista convicto), que foi o principal adversário do partido anti-semita alemão que deu origem ao partido nacinal socialista (Nietzche cortou relações com a irmã de quem gostava bastante por ela ter casado com um lider do partido anti-semita).

    Mais uma vez reafirmo que o nazismo e as correntes de pensamento da epoca são de uma enorme complexidade, de derivações constantes, bebendo nas mais diversas fontes desde Platão. Simplificá-las ou isolar partes para atingir objectivos é um erro enorme e não corresponde a um minimo de verdade.

    Não existe nenhuma corrente de histórica, qualquer que seja a tendência, que o faça e que destaque a evolução, ou sequer que lhe atribua importância relevante no nazismo.
    Por isso a minha surpresa quanto ao teor deste blog nesse aspecto.
    As teses que defende não têm a minima sustentabilidade num estudo sério do problema e parece-me que revelam apenas um ódio incompreensivel contra a evolução.
    Até o prof. Jonatas se ler estes posts deve ficar com o estomag às voltas.
    Pelo menos ele usa argumentos que podem ser contestados de uma forma cientifica e que até em alguns casos coloca questões bem interessantes para o evolucionismo.

    Repito o meu conselho: não deixe que o ódio lhe tolde o pensamento.

    A sua táctica de pegar em declarações, isola-las do contexto e da epoca, e distorcê-las para caberem na defesa do que acredita nunca dá bons resultados.
    Eu posso fazer o mesmo com a religião, embora ache que é pouco honesto.
    Mas quando o nivel das criticas ao evolucionismo desce ao ponto que você faz não há alterantivas.

    Like

  13. Joaquim Coelho says:

    Sabino
    Diz
    “Portanto, não me venham dizer que acreditar na evolução não implica a aceitação de que Deus não existe!”

    Pergunte a milhões e milhões de cristãos (incluindo o Papa João Paulo XXI)

    A bíblia tem de ser lida como aquilo que é. Um livros de relatos escrito por homens de uma determinada época que usariam uma linguagem apropriada à época. Isso não implica que a mensagem esteja errada ou que coloque Deus em causa.

    Não há muita sustentação, hoje, para uma leitura literal da bíblia.
    Nem os teólogos o fazem.
    Assim quem decide quais as partes literais e não literais ? O homem que é falível.
    Existem correntes religiosas que devem o seu ponto de vista, em especial os evangelistas. Mas estou convicto que a maioria não o faz.
    A generalidade dos cristãos que conheço acredita que Deus criou o mecanismo do início da vida e que ao longo do tempo interferiu nela para atingir os seus objectivos, incluindo um “tratamento” especial no homem.
    Eu não acredito nisto porque não acredito em deuses, mas parece-me uma versão muito mais sustentável à luz dos actuais conhecimentos e das voltas que a “guerra” Ciência/Religião deu.

    Mas cada um tem a sua visão e eu respeito-a.
    Não respeito é a deturpação de factos e os malabarismos para atacar a evolução que são feitos aqui.
    Já dei uma volta no seu blog e embora não concorde quase com nada, não comento porque não faz ataques falsos de índole ético ou moral à evolução.

    Este é o ponto para mim: atacar os preconceitos e as pessoas (mesmo que com razão) para atacar um modelo científico é inaceitável.

    Dou-lhe um exemplo: Von Braun um dos maiores engenheiros aeronáuticos de sempre (juntamente com o russo Sergei Korolev ) era moralmente e eticamente (na minha opinião) resignável, pois não teve preconceitos em usar mão de obra escrava e causar a morte de muitos para atingir o seu objectivo. Isso não invalida nem questiona o extraordinário trabalho científico que desenvolveu

    Ps. Espero que este texto não tenha tantos erros como o habitual pois passei a escrevê-lo com corrector.
    Tenho um “grave de problema de dislexia na escrita” devido à velocidade com que escrevo.

    Like

  14. “Pergunte a milhões e milhões de cristãos (incluindo o Papa João Paulo XXI)”

    ehpa, o Papa também defendia (e o actual defende) a proibição de utilizar métodos contraceptivos, no entanto, essa proibição não aparece em lado nenhum

    Muitos milhões e milhões de “cristãos” praticaram o acto da Santa Inquisão!

    O que cada um diz e faz é consigo mesmo, mas isso não altera o conteúdo da bíblia!

    Muitos teólogos dizem que a bíblia deve ser lida no sentido metafórico, mas também muitos teólogos dizem que ela deve ser lida literalmente!

    A única coisa que posso dizer é que a bíblia não é para ser sempre lida e entendida de de forma linear, pois contém vários estilos: registos históricos, registos poéticos, registos proféticos… o povo ignorante, aquele que desconhece a bíblia na sua Unidade, desconhece isto e confunde…

    Olha eu prometo que vou escrever um post a abordar esta questão! Sinceramente, não gosto de perder muito tempo a comentar sobre isto pois para mim que conheço a bíblia desde o génesis do antigo testamento ao apocalipse do novo testamento é muito óbvio que ela não foi escrita para ser entendida facilmente por pessoas burras.

    Abraço

    Like

  15. Mats says:

    Joaquim

    Por isso é “normal” que Darwin (que quase foi padre) fizesse essa distinção.

    Resumindo, é normal que o Darwin fosse racista porque toda a gente era racista na época?

    Like

  16. Olare says:

    Matts

    “Resumindo, é normal que o Darwin fosse racista porque toda a gente era racista na época”

    Exactamente. As excepções eram a regra.
    O racismo que falo não é um racismo “forte” (á flat de melhor termo) mas simpreconceituoso. Ainda hoje existe na maioria das pessoas de qualquer raça.

    É tão normal, como você ser cristão por viver e ser educado numa sociedade cristão, um iraniano ser muçulmano por viver numa socieade islâmica e um indiano ser hindo. O contrário é que é mais raro.

    Like

  17. Olare says:

    Sabino
    Diz:
    “Sinceramente, não gosto de perder muito tempo a comentar sobre isto pois para mim que conheço a bíblia desde o génesis do antigo testamento ao apocalipse do novo testamento é muito óbvio que ela não foi escrita para ser entendida facilmente por pessoas burras. ”

    Dou-lhe os meus parabéns pela sua inteligência e pela tolerância cristão que revela. Felizmento não tenho nada contra os burros (leia o fabuloso livro Platero e Eu, um longo poema em prosa, do nobel Juan Ramon Jimenez e deleite-se) pelo que não me ofende pertencer a esta classe que aliás conta com a maioria da população mundial (incluindo cristãos, já que a biblia só é lida (quando é) de forma literal por uma escassa minoria.
    Abençoados os iluminados.
    Mas parece que a obra feita pelos burros tem sido notável, senão não tinhamos pc nem net para estas interessantes e divertidas conversas.

    Por mim prefiro ser burro e livre, e pensar pela minha limitada mas grande cabeça de burro, do que ser iluminado e pensar pela cabeça daqueles que já morreram há milhares de anos, sem sequer questionar. Ou mesmo submeter-me às orientações de um qualquer Deus.
    Mesmo que ele existisse eu não faria parte dos seus seguidores, pois para mim senhor é um tratamento de educação, e não estaria disposto ao tratamento Senhor de forma incodicional e submissa.

    Like

  18. Joaquim Coelho says:

    Matts
    A Olare já respondeu por mim (por alguma coisa somos unha com carne, eh eh), mas acrescento:

    O Xenofobismo e o racismo preconceituoso faz ainda parte de todos nós.
    No dia a dia empregam-se expressões que o revelam.
    Esse preconceito pode ser contra raças, credos, idades, povos, estrangeiros, sexo, orientação sexual, etc.
    Daí até apelar ou mesmo concordar com medidas discriminatórias vai um caminho imenso, semelhante ao que vai da classificação de Darwin ás propostas de Gobineau que estiveram na origem do racismo e anti-semitismo nazi.
    Além disso Darwin (que não precisa de ajuda para se defender, nem que o justifiquem) era para a época em que vivia avançado na ética/moral.
    Revoltou-se profundamente contra a escravatura e tráfico de escravos, a que assistiu no Brasil durante as suas viagens, e que era prática comum ainda em parte significativa do mundo Ocidental (ex: USA).
    Nunca apelou a uma intervenção humana no processo da selecção natural, nem afirmou que era correcto ou justificado o homem intervir para a melhoria da raça através do eugenismo. Era aliás um forte defensor da protecção dos mais fracos e do espírito de solidariedade que achava ser um factor diferenciador e importante da raça humana.
    O que ele diz e constatou foi que o processo de selecção para chegar ao humano e para a sua continuação, do ponto de vista físico/natural não divergia do dos outros animais.

    Like

  19. Mats says:

    Olare,

    “Resumindo, é normal que o Darwin fosse racista porque toda a gente era racista na época”

    Exactamente. As excepções eram a regra.

    Então porque é que demoraram tanto tempo a admitir que o Darwin era um racista?

    Like

  20. Mats says:

    Joaquim,

    Além disso Darwin (que não precisa de ajuda para se defender, nem que o justifiquem) era para a época em que vivia avançado na ética/moral.

    Pelo contrário, quando os movimentos anti-esclavagistas liderados por Cristãos estavam a lutar pela abolição da dita escravatura, uma vez que todos os seres humanos fram criados à Imagem do Mesmo Deus, Darwin veio e disse exactamente contrário, e disse que há raças superiores e raças inferiores. Como tal, a tua afirmação não é factual.

    Nunca apelou a uma intervenção humana no processo da selecção natural, nem afirmou que era correcto ou justificado o homem intervir para a melhoria da raça através do eugenismo.

    Isto também não é factual, uma vez que Darwin disse que, num periodo futuro, as raças civilizadas exterminariam as raças mais selvagens:

    “Num periodo futuro, não muito distante quando medido em séculos, as raças humanas civilizadas vão certamente exterminar e suplantar as raças selvagens por todo o mundo.” ~ Charles Darwin

    Like

  21. Parei de ler aqui:

    “Thomas Huxley foi chamado de “Darwin’s bulldog” porque foi ele quem anunciou a mitologia da evolução por toda a Inglaterra quando Darwin se retirou da vista pública”

    E dai que o cara é o bulldog de Darwin? Para mim não importa a personalidade de Darwin, nem opinião politica, nem opinião religiosa… e MUITOS MENOS a opinião de seus seguires.

    Porque se assim fosse, não existiria mais a crença em Deus, devido a MUUUUUITOS seguidores, pastores, padres etc, que fazem o MAL!

    Para mim o que importa é que mais e mais evidências estão surgindo e que os 2 maiores canais de educação do mundo (NatGeo e Discovery Channel) estiveram, em pleno domingo, monstrando 5 horas (somando os dois) de evidências das teorias da evolução de Darwin.

    Like

  22. Mats says:

    E dai que o cara é o bulldog de Darwin? Para mim não importa a personalidade de Darwin, nem opinião politica, nem opinião religiosa… e MUITOS MENOS a opinião de seus seguires.

    Porque se assim fosse, não existiria mais a crença em Deus, devido a MUUUUUITOS seguidores, pastores, padres etc, que fazem o MAL!

    O facto de fazerem aquilo que tu qualificas de “o mal”, não quer dizer que HUxley não era o que o texto diz.

    Para mim o que importa é que mais e mais evidências estão surgindo e que os 2 maiores canais de educação do mundo (NatGeo e Discovery Channel) estiveram, em pleno domingo, monstrando 5 horas (somando os dois) de evidências das teorias da evolução de Darwin.

    Cinco horas a mostrar evidências para o darwinismo?!! Bolas, grande dose!

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s