A pele electrónica

A nossa pele tem resistência com memória e, segundo pesquisadores da Universidade de Oslo, isso torna-a em algo parecido a um memristor. O memristor é um engenho que se “lembra” da última voltagem a que foi sujeito e varia a sua resistência levando isso em conta.

A New Scientist explicou o que foi descoberto:

Verificou-se que quando uma potencial electricidade negativa é aplicada à pele das várias partes do braço, essa parte da pela exibe uma resistência inferior em relação a uma corrente subsequencial através da pele. Mas se o primeiro potencial é positivo em relação à pele, então um potencial subsequente produz corrente que encontra uma resistência superior.

Dito de outra forma, a pele tem memória da corrente prévia.

O cientistas atribuem esta habilidade aos poros sudoríferos. As glândulas sudoríferas contêm sódio, uma substância condutora.

Quanto mais tempo a pele está exposta a potencial negativo, menor é a resistência subsequente até que atinge o máximo quando o suor preenche os poros. Do mesmo modo um potencial positivo empurra os iões para trás, tornado a camada de suor por cima dos poros mais fina e aumentado a resistência à corrente.

Não se sabe qual é a função que esta habilidade dá à pele, mas pesquisas futuras podem trazer mais respostas.

Outro cientista da Universidade da Carolina do Sul encontrou comportamento memristorativo nas amebas e qualificou-o de “inteligência primitiva”. Qualquer que seja a função, estas pesquisas podem fornecer aos médicos novas formas de testar e resolver as deformações epidérmicas.


Ponham-se no lugar de quem acredita que as formas de vida são o resultado de acidentes ou forças sem inteligência (evolucionistas ateus). Usando este paradigma, teriam vocês alguma motivação para tentar descobrir a razão de existir desta capacidade da pele? Claro que não.

Se as formas são o resultado de forças sem inteligência, não há justificação para se suspeitar que existe uma função para o que esta notícia alude. Lembrem-se que esta forma de pensar é a base da lógica por trás do argumento “órgão vestigial”.

Como os evolucionistas não sabiam qual eram as funções de certas estruturas biológicas, eles qualificaram-nas de “vestigial” e “sem função”, e usaram isso como “evidência” contra Deus, e, por implicação, a favor da evolução. Tal como já foi dito várias vezes, os evolucionistas são as únicas pessoas deste mundo que usam a sua falta de conhecimento científico como evidência a favor da sua teoria.

No entanto, se tu acreditas que a vida é o resultado de Design inteligente, então a tua forma de olhar para a vida muda. Em relação a este fenómeno, o criacionista dirá:

  • Se está lá, se funciona, e como Deus é Um Deus de ordem e não o Autor de confusão (1 Cor 14:33) então é normal que este sistema epidérmico tenha uma função. Vamos estudar, analisar, testar e observar até ver se esta função é um consequência de outra função qualquer…

Longe de ser um “impedimento” para a ciência, a Bíblia oferece-nos a plataforma lógica correcta para se investigar o mundo à nossa volta.E para onde quer que olhemos, o Génio de Deus está bem manifesto. O homem que nega a existência de Deus não o faz por motivos científicos mas por rebeldia e insubmissão. A Luz veio ao mundo mas o mundo não O recebeu. Porquê? Porque as obras do homem são más e isso torna-o menos susceptível de se sujeitar ao escrutínio da Luz.

A tragédia disto é que, quer o homem queira ou não, ele vai ser analisado pela Luz. A questão é “quando”. Aqueles que se deixam analisar pelo Grande Médico e aceitam a Sua Cura (a cruz), olham para a Luz como Guia neste mundo de escuridão. Aqueles que não trazem as suas “boas obras” aos Pés da Luz enquanto vivos, vão ter as suas más obras lançadas aos seus pés depois de mortos, e aí vai ser tarde demais para se pedir perdão ou misericórdia.

Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo.
Hebreus 10:31

Aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo.
Hebreus 9:27

E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.
Daniel 12:2

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s