Resposta ao Pedro – Ateus Mais Propensos à Superstição

Pedro,

Um ataque ad hominem é um meio de fugir ao assunto. Em vez de apresentares exemplos de ateus que acreditam nessas superstições, pura e simplesmente queres mudar o tema para ética, caracterizando-me como um mentiroso, e assim tentando descredibilizar o que digo («Tudo aquilo que tu dizes é manchado por afirmares que a verdade não é absoluto.»).

Eu nao preciso de descredibilizar o que dizes. Tu fizeste issso ao afirmares que a mentira é uma forma válida de argumentação “em certas situações”. Quando eu aludi a isso era para te mostrar que tu suportas aquilo que atacas. Como tal, estás a ser inconsistente.

Eu digo que mentiste neste caso porque o que dizes ser dito no estudo não corresponde ao estudo, e ainda disse que fossem lê-lo por si mesmos e fizessem as próprias pesquisas para o verificarem.

Mas o que eu digo no post é exactamente o que o estudo diz.

Apresentei um exemplo de um grupo de ateus – os raelianos – que acredita que extraterrestres visitam a Terra para enviarem mensagens. No meu último artigo escrevi: «Isso prova que existem grupos de ateus que têm religiões e partilham as superstições de teístas.» Não precisei que tu ou qualquer criacionista para isso. No entanto, são preponentes do design inteligente, tal como indicado no site raeliano. Pesquise no Google por “rael”. Na primeira entrada está: «Intelligent : Design – Message from the Designers» e «The Raelian Movement: Intelligent Design for Atheists». Entre, clique na versão inglesa, passe o vídeo em Flash e clique no link do FAQ. Entre em “Messages from the Elohim” e “Who created the Elohim?”: «For the Elohim, it is the same – they were created by people coming from the sky as were their creators. It’s an infinite cycle of life.» São ateus. Acreditam em extraterrestres visitantes. Mas defendem o design inteligente. No último artigo que escrevi, estão links em «Existem muitas organizações cristãs que acreditam nisso, como a Cientologia, Universe People e o Nuwaubianismo, sendo algumas delas destructivas, como a Heaven’s Gate, onde realizaram suicídios em massa.» e no ponto 5 das referências. Isso responde à questão: «sobre quais é a cosmologia de origens que os que acreditam em OVNIS subescrevem. São criacionistas ou evolucionistas?» Apresente-nos contra-exemplos.

“Cientologia, Universe People e o Nuwaubianismo Heaven’s Gate” são (ou eram) criacionistas Bíblicos ou evolucionistas? Ou esta pergunta é uma “distração”? Quando te convém usas “cristão” (vagamente usado) mas depois é “criacionista”. Como é que ficamos?O artigo em questão é bem claro e identifica os cristãos teologicamente conservadores, na usa maioria criacionistas da Terra Jovem. Tu usas exemplos de pessoas que não são criacionistas como evidência contra um artigo que diz exactamente o contrário dos exemplos que estás a fornecer.

Também mostre-nos lá onde no estudo é dito que ateus são mais propensos a superstições, e apresente-nos exemplos de tais ateus

Lê este post outra vez.

Presumo que acreditas em 3 superstições da lista usada no estudo: existência do monstro de Loch Ness, mensagens nos sonhos e comunicação com os mortos. Não acredite em nenhuma delas.

Vê qual foi a primeira coisa que eu escrevi neste post.
Segundo, depende do que o estudo qualifica de “sonhos”.
Segundo, não é possível falar-se com pessoas já mortas. Aliás, o estudo diz que quanto mais conservadora uma pesssoa fosse, menores eram as chances de acreditar no oculto, coisa que pelos vistos não tiveste tempo para vêr no artigo original.

Mats: «Uma organização que acredita em design inteligente»
Só para notar duas coisas:
1) eu referi aquela organização por ser ateia, que é um caso extraordinário. As outras 4 consideram-se cristãs, e ainda existem outras e indivíduos indicados no ponto [5], já referido (o artigo foi escrito no fim-de-semana).

Por favor, Pedro, volta a lêr este post, e lê o estudo. Vê bem a parte que diz:

“However, the ISR researchers found that conservative religious Americans are far less likely to believe in the occult and paranormal than are other Americans, with self-identified theological liberals and the irreligious far more likely than other Americans to believe. The researchers say this shows that it is not religion in general that suppresses such beliefs, but conservative religion.

Ainda bem que disseste “consideram-se cristãs”. O problema é que quase de certeza não são teologicamente conservadoras, que é o que o artigo afirma.O título deste post usa os termos certos, assumindo que tanto ateus e cristãos acreditam nos fundamentos da sua fé. Tu não podes usar pessoas que não acreditam no básico da fé cristã e qualificá-los de “cristãs”.

Mas mesmo que assim fosse, isso não invalida o que eu disse (“evolucionistas são mais propensos acreditar em vida no espaço que criacionistas”), e o que o estudo afirma (“cristãos conservadores menos propensos a acreditar em superstição que liberais e os não religiosos, isto é, ateus”).

2) Mesmo se indicasse só uma, falta-te sequer indicar uma.

O que não falta são ateus que acreditam em vida noutros planetas. Francis Crick era um deles.

Repito o que disse: quanto mais evolucionista a pessoa é, mais susceptível é de acreditar em vida no espaço, e em OVNIS.

Quanto mais criacionista Bíblico a pessoa é, menos susceptível é de acreditar em vida no espaço e em OVNIs.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Cosmologia, Religião and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

28 Responses to Resposta ao Pedro – Ateus Mais Propensos à Superstição

  1. — Falácias
    http://criticanarede.com/subject.htm
    1) «Tu quoque: esta forma de ataque à pessoa consiste em fazer notar que a pessoa não pratica o que diz. »
    Tu: «Quando eu aludi a isso era para te mostrar que tu suportas aquilo que atacas. Como tal, estás a ser inconsistente.»

    Noto que também distorces o que eu disse, para concluir aceito que mintas num debate. O que eu disse é que é legítimo mentir a quem pretende matar alguém, de modo a evitar essa morte. Aliás, para realizar determinadas experiências científicas é necessário mentir aos sujeitos enquanto é realizada a experiência. Exemplos em psicologia: http://crerparaver.blogspot.com/2007/11/obedincia-e-conformidade.html . Eu digo em vez de confiarem em mim, sejam cépticos e procurem verificar por si mesmos se digo a verdade. Se eu estiver errado, agradeço que me provam para eu perceber o erro e corrigir-me. No caso em particular, tu deves apresentar contra-exemplos do que eu já apresentei. Noto que fui eu que corroborei o que afirmei, e limitaste-te a usar tácticas para não responder ao meu pedido: apresente exemplos do que afirmas e mostro onde no estudo é dito o que dizes. Por exemplo, usaste um ataque pessoal como argumento (que eu defendi algo antes); em vez de responder, devolveste a questão; fizeste jogos de palavras com aspas e os ateus passaram a ser os seculares, e os cristãos passaram a ser criacionistas bíblicos.

    Like

  2. — Anfibiologia das palavras e ufologistas
    Quando convéns é ateu, e depois quando te convém é secular. Quando convém é cristão, e depois é criacionismo, e depois é criacionismo Bíblico. E usas aspas nas palavras quando te convém. Fui eu que fiz algo assim? Faz uma pesquisa nos sites dessas seitas ou informações sobre as suas crenças. Por exemplo, sobre a cientologia:
    * http://www.scientology.org/
    * http://www.youtube.com/watch?v=EqOwJhM1dBo
    * http://www.lermanet.com/cos/popec.html
    * http://atheism.about.com/od/scientology/ig/Anonymous-Protest–Scientology.–Vq/Does-Scientology-Work-.htm
    São criacionistas da Terra Nova.
    Só os Nuwaubianistas defendem que os seres humanos têm origem de outros primatas. Dizem que os humanos são descendentes de babuínos (que dizem ser parte hiena, chacal e babuíno) que se cruzaram com gorilas, e que as raças surgiram após o dilúvio: http://en.wikipedia.org/wiki/Nuwaubianism .

    Like

  3. — Superstições
    «Vê qual foi a primeira coisa que eu escrevi neste post.»
    Lê a primeira coisa que escrevi no meu artigo: http://crerparaver.blogspot.com/2008/12/mats-os-ateus-so-os-mais-supersticiosos.html . Nas referências coloquei até uma imagem digitalizada de uma revista dos anos 30 (ModernMechanix) sobre o monstro que Loch Ness.
    A página em questão: http://blog.modernmechanix.com/mags/qf/c/ModernMechanix/4-1934/lrg_loch_ness.jpg
    As páginas todas: http://blog.modernmechanix.com/issue/?magname=ModernMechanix&magdate=4-1934 (“prehistoric sea monster theory”)
    É que, antes que digas, sobre o “demónio” da Tasmânia, eu não acredito que seja um “demónio”, mas sim um animal normal.

    Na secção “Comunicação com os mortos e mensagens nos sonhos” há uma imagem que representa Saul a falar com o morto Samuel através de uma bruxa, e uma link para parte do filme “Joseph, the King of Dreams” (baseado no final do Génesis).

    Like

  4. — Quem é o ceguinho?
    «Por favor, Pedro, volta a lêr este post, e lê o estudo. »
    Eu li os três artigos. Tu é que tens de indicar onde lá está o que afirmas inclusivamente no título do teu artigo. No meu artigo eu já tinha escrito:
    «Na secção sobre cristianismo e superstição, é dito que os cristãos tradicionalistas e conservadores têm menos tendência a acreditar em mensagens nos sonhos, no Pé-Grande, OVNIs, casas assombradas, comunicação com os mortos e astrologia. No próprio texto é dito que «os investigadores dizem que isso mostra que não é a religião em geral que suprime essas crenças, mas sim a religião conservadora.» Segundo o artigo do The WallStreet Journal, entre os que têm tendência a serem supersticiosos estãos os que pertencem a denominações Protestantes liberais.»

    É certo que tens exemplos que estão de acordo com o título do teu artigo, não é verdade?

    Like

  5. — Panspermia
    O que Francis Crick apresentou foi uma hipótese, tal como existem muitas outras que posso enumerar, que aliás já tem sido refutada e que nem é sobre extraterrestres que visitam a Terra.

    ————————–

    Já estás preparado para colocar os tais exemplos e dizer onde é dito que os ateus são propensos à superstição? É que o que escreves e deixas de escrever vai servir como prova para uma hipótese que tenho elaborado há tempos. Ainda tenho uma colecção de outros que talvez queiras ver.

    Nota (para repetir o óbvio): Logan e Mollie não foram aqueles que fizeram o estudo – eles simplesmente escreveram um artigo de opinião sobre o estudo que resulta de uma sondagem. Do artigo que escrevi: «O Mats já tem há muito tempo o hábito de usar fontes criacionistas que referem a outras fontes, em vez de procura aproximar-se o mais possível da fonte original.»

    Like

  6. Estou à procura de mais ufólogos com referências sobre o Design Inteligente e a evolução e a listá-los num artigo. Já encontrei montes deles.
    Entre os que poderíamos chamar de evolucionistas:
    1) Encontrei Jaime Maussan que, segundo um site a criticá-lo (Labjournal), acredita no lamarckismo.
    2) Um outro chamado Zecharia Sitchin diz que o design inteligente foi uma civilização extraterrestre que alterou geneticamente hominídeos na Terra há 450.000 anos.
    3) Também encontrei isto: UFO – Revista Brasileira de Ufologia : A Disneylândia do criacionismo

    Como vês, não tenho problemas em fazer o teu trabalho de casa – era isso que queria que fizesses. Se quiseres podes dar uma ajuda a encontrar mais, se tiveres interessado em responder a tua própria questão. Não posso é encontrar o que não existe – ainda não me mostraste onde no estudo é dito que os ateus são mais propensos à superstição que cristãos.

    Já agora, um Bom Ano Novo.

    Like

  7. Mats says:

    Pedro,

    — Falácias
    http://criticanarede.com/subject.htm
    1) «Tu quoque: esta forma de ataque à pessoa consiste em fazer notar que a pessoa não pratica o que diz. »
    Tu: «Quando eu aludi a isso era para te mostrar que tu suportas aquilo que atacas. Como tal, estás a ser inconsistente.» Noto que também distorces o que eu disse, para concluir aceito que mintas num debate.

    Não foi isso que eu disse. Eu disse que tu aceitas a mentira como forma válida de argumentação “em certas situações”.

    Por exemplo, usaste um ataque pessoal como argumento (que eu defendi algo antes);

    Não houve “ataque pessoal” nenhum. Não é verdade que tu concordas que a mentira é uma forma válida de argumentação em “certas situauções”? Ou é mentira?

    em vez de responder, devolveste a questão; fizeste jogos de palavras com aspas e os ateus passaram a ser os seculares, e os cristãos passaram a ser criacionistas bíblicos.

    Desde o princípio que eu digo a mesma coisa:
    * Quanto mais evolucionista a pessoa é, mais susceptível é de acreditar em vida no espaço, e em OVNIS.
    * Quanto mais criacionista Bíblico a pessoa é, menos susceptível é de acreditar em vida no espaço e em OVNIs.

    — Superstições
    «Vê qual foi a primeira coisa que eu escrevi neste post.»
    Lê a primeira coisa que escrevi no meu artigo: http://crerparaver.blogspot.com/2008/12/mats-os-ateus-so-os-mais-supersticiosos.html . Nas referências coloquei até uma imagem digitalizada de uma revista dos anos 30 (ModernMechanix) sobre o monstro que Loch Ness.
    A página em questão: http://blog.modernmechanix.com/mags/qf/c/ModernMechanix/4-1934/lrg_loch_ness.jpg
    As páginas todas: http://blog.modernmechanix.com/issue/?magname=ModernMechanix&magdate=4-1934 (”prehistoric sea monster theory”)
    É que, antes que digas, sobre o “demónio” da Tasmânia, eu não acredito que seja um “demónio”, mas sim um animal normal.

    Não muda em nada o que eu disse. Eu não acredito que o animal no Lago Ness seja um “monstro”, da mesma forma que uma baleia não é um “monstro” (em termos mitológicos) mas um animal normal. Os ateus/seculares/liberais é que são mais susceptíveis de acreditar que seja um “monstro”, e isto, de acordo com o estudo, com contornos supersticiosos.

    Na secção “Comunicação com os mortos e mensagens nos sonhos” há uma imagem que representa Saul a falar com o morto Samuel através de uma bruxa, e uma link para parte do filme “Joseph, the King of Dreams” (baseado no final do Génesis).

    Tal como eu disse, para nós humanos é impossível entrarmos em contato com os mortos. Nesse exemplo, foi Deus que interveio e trouxe o espírito de Samuel. Não foi a bruxa que o fez porque o bruxa assustou-se com o que se estava a passar, indicando que os eventos estavam fora do seu controle.
    Em relação aos sonhos, depende que eo o estudo os lê. Os sonhos que eles parecem aludir é com contornos oculticos e não da forma Bíblica (Deus a falar com profetas e santos).

    — Panspermia
    O que Francis Crick apresentou foi uma hipótese, tal como existem muitas outras que posso enumerar, que aliás já tem sido refutada e que nem é sobre extraterrestres que visitam a Terra.

    Não invalida o meu ponto: evolucionistas são mais susceptíveis do que criacionistas de acreditar na vida noutros planetas, e em OVNIS.

    Já estás preparado para colocar os tais exemplos e dizer onde é dito que os ateus são propensos à superstição?

    Já o fiz. Lê este post e os comentários do outro post. Já copiei duas vezes a secção relevante.

    Nota (para repetir o óbvio): Logan e Mollie não foram aqueles que fizeram o estudo – eles simplesmente escreveram um artigo de opinião sobre o estudo que resulta de uma sondagem. Do artigo que escrevi: «O Mats já tem há muito tempo o hábito de usar fontes criacionistas que referem a outras fontes, em vez de procura aproximar-se o mais possível da fonte original.»

    Ahh..”fontes criacionistas”. A palavra mágica que excusa o evolucionista de lidar com as evidências.

    Like

  8. «Não foi isso que eu disse. »
    Tu não disseste isso: «Quando eu aludi a isso era para te mostrar que tu suportas aquilo que atacas. Como tal, estás a ser inconsistente.»?
    Se o disseste, é uma falácia de ad hominem tu quoque. Como estamos a discutir um assunto que nem sequer está relacionado com o artigo “Ateus mais propensos à superstição”, discutindo sobre o meu carácter, sobre se defendo a mentira ou não, é óbvio que houve uma falácia de fuga do assunto, e como é a respeito do meu carácter e do que defendo, é uma ataque ad hominem.

    «Não é verdade que tu concordas que a mentira é uma forma válida de argumentação em “certas situauções”?»
    Para já, não sei o que significam as aspas aí. Estás a citar-me? É uma expressão que não deve ser considerada literalmente, como quando fazemos o gesto com dois dedos de cada mão? A mentira não é uma forma válida de argumentação, já que a torna falaciosa (invenção de factos).

    É irracional desejar acreditar em falsidades, já que a razão é um conjunto de passos para cumprir objectivos o melhor possível e qualquer crença numa falsidade provavelmente impede que sejam cumpridos, pelo menos de forma optimizada. Por isso é sempre um mal. A mentira é um mal do ponto-de-vista daquele que é enganado, já que as suas decisões dependem do que acredita ser verdade. Por exemplo, se alguém quer matar determinada pessoa, precisa de saber onde está. Se dou-lhe informações falsas e ele acredita em mim, então tomará uma decisão que é contra os seus objectivos.

    Como já concluimos que eu sou um mentiroso, por isso o que disse é falso e tu disseste a verdade. Vou passar ignorar qualquer ad hominem que seguir e sugiro que aceites um convite a responder um artigo dedicado ao assunto.

    Like

  9. «Desde o princípio que eu digo a mesma coisa:
    * Quanto mais evolucionista a pessoa é, mais susceptível é de acreditar em vida no espaço, e em OVNIS.»
    O que escreveste foi uma comparação entre ateus e cristãos tradicionalistas, tal como indicado no título e em «os ateus são mais propensos que os crentes tradicionais a acreditar em proposições pseudo-científicas do tipo OVNI». A questão do evolucionista é a explicação que dás: «Quase todos os ateus acreditam que o código genético e a nanotecnologia presente nas células surgiram como resultado de variações aleatórias e selecção natural.» Portanto, cometes as falácias da afirmação da consequência e da divisão, mesmo que seja verdade que os evolucionistas tenham essa susceptibilidade.

    «Quanto mais criacionista Bíblico a pessoa é, menos susceptível é de acreditar em vida no espaço e em OVNIs.»
    Os termo “bíblico” (usa-se aqui aspas porque refiro a um termo, não a um conceito) , aparece pela primeira no 15º comentário do outro artigo que escreveste para responder ao Joaquim que pedia dados para fundamentares as tuas afirmação. Coloco umas citações de ufólogos para um artigo em rascunho:
    * «Em primeiro lugar está o blog Enigmas e Mistérios, onde é dito que há um “Deus Criador deste quadrante da Via Láctea”, o “Senhor Jeová” e que a “herança genética depois da guerra devido as manipulações com os extraterrestres do sistema Zeta Reticulli”.»
    * «No seu site, Paola Harris diz que acredita que uma «Mente Divina existe, mas não ouve todas as orações porque existem programas»
    * «Jordan Maxwell diz numa palestra, em vídeo, depois de alguém falar numa serpentes, água da vida e livre-arbítrio» (…) «Se fomos criados, isso implica um criador. E seja o que tiver-nos criado, tenho a certeza que está a observar-nos», disse ele. No seu site ele diz que interessa-se por Astro-Teologia e Ensinamentos Escondidos na Bíblia.»
    * «Jaime Maussan, num vídeo, diz que uma cruz no céu é uma mensagem extraterrestres, que é comentado pelo Giorgio Bongiovanni, que teve um estigma relacionado com a Aparição de Fátima.»
    Fiz o upload dessa imagem da capa de um livro que tenho que defende a ufologia: http://2.bp.blogspot.com/_zMaaaQYdL6c/SVu8xbaTLaI/AAAAAAAAA4k/XQ0vjGqEZuo/s1600-h/0103.png .

    Like

  10. «Nesse exemplo, foi Deus que interveio e trouxe o espírito de Samuel.»
    Então Saul não comunicou com o morto Samuel?
    O estranho é que se fizeres uma pesquisa no Google por “comunicação com os mortos”, encontras evangélicos, pastores e católicos a defenderem que isso é possível (mas dizem ser errado fazê-lo), ou então a comunicação não é feita com mortos mas sim com demónios.

    «Os sonhos que eles parecem aludir é com contornos oculticos e não da forma Bíblica»
    Parece mais é que o título “Paranormal Beliefs and Experiences” dá uma pista do que o eles parecem aludir: http://www.baylor.edu/pr/news.php?action=story&story=41678 . No artigo da The Wallstreet Journal, citado como fonte pelo Logan Gage, a questão é: «Do dreams foretell the future?»

    Vamos ver se percebemos uma coisa: estás a querer dizer que a conclusão que se tirou do estudo é que quanto mais alguém acreditar na Bíblia, menos acredita no que contradiz a Bíblia ( («não da forma Bíblica»)?

    E já agora, a crença na comunicação com mortos, em futurologia através dos sonhos e em casas assombradas dominam a “superstição materialista” (da tradução que fizeste do texto de Gage)?

    Like

  11. «Eu não acredito que o animal no Lago Ness seja um “monstro”, da mesma forma que uma baleia não é um “monstro” (em termos mitológicos) mas um animal normal.»
    Tal como aqueles que defendiam a sua existência desde os anos 30. Se fores aos links que indiquei, podes reparar muito bem que acreditavam que era um animal pré-histórico. E se fizeres pesquisas sobre os crentes, repararás que eles acreditam que é um plesiosauro. Se acreditas que há um plesiosauro no Lago de Ness, acreditas naquilo que chamavam de monstro de Loch Ness nos anos 30 e naquilo que continuamos a chamar de monstro de Loch Ness.

    «evolucionistas são mais susceptíveis do que criacionistas de acreditar na vida noutros planetas, e em OVNIS.»
    Prova-o.

    «Já o fiz. Lê este post e os comentários do outro post.»
    Neste artigo nem nos comentários do outro artigo não encontro qualquer exemplo.

    «Ahh..”fontes criacionistas”. A palavra mágica que excusa o evolucionista de lidar com as evidências.»
    Não foi essa a questão.
    Logan e Mollie realizaram o estudo?
    Os artigos de Logan e Mollie são artigos de opinião sobre o estudo em questão?
    Podiam ser ateus e evolucionistas, que o problema seria o mesmo: se eu afirmar que cristãos e criacionistas acreditam em algo, não vou usar textos de ateus e evolucionistas como fundamento para o que afirmo.

    «Nota (para repetir o óbvio): Logan e Mollie não foram aqueles que fizeram o estudo – eles simplesmente escreveram um artigo de opinião sobre o estudo que resulta de uma sondagem. Do artigo que escrevi: «O Mats já tem há muito tempo o hábito de usar fontes criacionistas que referem a outras fontes, em vez de procura aproximar-se o mais possível da fonte original
    Focar em “fontes criacionistas” na frase não muda o sentido daquilo que escrevi.

    Like

  12. Mats says:

    Pedro,

    «Desde o princípio que eu digo a mesma coisa:
    * Quanto mais evolucionista a pessoa é, mais susceptível é de acreditar em vida no espaço, e em OVNIS.»
    O que escreveste foi uma comparação entre ateus e cristãos tradicionalistas, tal como indicado no título e em «os ateus são mais propensos que os crentes tradicionais a acreditar em proposições pseudo-científicas do tipo OVNI». A questão do evolucionista é a explicação que dás: «Quase todos os ateus acreditam que o código genético e a nanotecnologia presente nas células surgiram como resultado de variações aleatórias e selecção natural.» Portanto, cometes as falácias da afirmação da consequência e da divisão, mesmo que seja verdade que os evolucionistas tenham essa susceptibilidade.

    Não é falácia nenhuma. Essa ponto é para se mostrar que para pessoas que acreditam que informação codificada “surge” por si só, acreditar em seres verdes a raptarem pessoas pela calada da noite para fazerem testes médicos é “normal”.

    «Quanto mais criacionista Bíblico a pessoa é, menos susceptível é de acreditar em vida no espaço e em OVNIs.»
    Os termo “bíblico” (usa-se aqui aspas porque refiro a um termo, não a um conceito) , aparece pela primeira no 15º comentário do outro artigo que escreveste para responder ao Joaquim que pedia dados para fundamentares as tuas afirmação. Coloco umas citações de ufólogos para um artigo em rascunho:
    * «Em primeiro lugar está o blog Enigmas e Mistérios, onde é dito que há um “Deus Criador deste quadrante da Via Láctea”, o “Senhor Jeová” e que a “herança genética depois da guerra devido as manipulações com os extraterrestres do sistema Zeta Reticulli”.»
    * «No seu site, Paola Harris diz que acredita que uma «Mente Divina existe, mas não ouve todas as orações porque existem programas»
    * «Jordan Maxwell diz numa palestra, em vídeo, depois de alguém falar numa serpentes, água da vida e livre-arbítrio» (…) «Se fomos criados, isso implica um criador. E seja o que tiver-nos criado, tenho a certeza que está a observar-nos», disse ele. No seu site ele diz que interessa-se por Astro-Teologia e Ensinamentos Escondidos na Bíblia.»
    * «Jaime Maussan, num vídeo, diz que uma cruz no céu é uma mensagem extraterrestres, que é comentado pelo Giorgio Bongiovanni, que teve um estigma relacionado com a Aparição de Fátima.»
    Fiz o upload dessa imagem da capa de um livro que tenho que defende a ufologia: http://2.bp.blogspot.com/_zMaaaQYdL6c/SVu8xbaTLaI/AAAAAAAAA4k/XQ0vjGqEZuo/s1600-h/0103.png

    E..?! São estes organizações compostas por pessoas que subescrevem o criacionismo Bíblico ou a evolução “teísta”?

    «Nesse exemplo, foi Deus que interveio e trouxe o espírito de Samuel.»
    Então Saul não comunicou com o morto Samuel?

    Foi, mas se leres o que eu disse foi que não é possível comunicarmos com os mortos. Com Deus já é possível porque Ele tem poder para isso. Nós não temos. O ser humano não tem poder para iniciar o contato verbal com uma pessoa que já tenha morrido. Do mesmo modo não é possível pegar-se no Sól e pô-lo depois de Plutão. Não é possível para nós, mas Deus pode.
    Portanto, não só Deus proíbe os seres humanos de tentarem fazer isso (porque só vamos entrar em contato com espíritos menos amigáveis) mas mesmo que quiséssemos, nós nãoa teríamos o poder para isso.

    O estranho é que se fizeres uma pesquisa no Google por “comunicação com os mortos”, encontras evangélicos, pastores e católicos a defenderem que isso é possível (mas dizem ser errado fazê-lo), ou então a comunicação não é feita com mortos mas sim com demónios.

    Exacto. Só se vai comunicar com demónios. Podes tentar falar com os “mortos”, mas as respostas que vais ter (Ouija, etc) não vem de quem tu pensas.
    Quando eu não era cristão já estive perto de coisas assim. Em Troia, no ano de 1997, uma rapariga veio ter comigo de manhã a dizer que na noite anterior tinha sido realizada uma “sessão espírita” no seu quarto. Supostamente ela tinha falado com uma avó dela através da uma tábua ouija. Artefactos mexeram-se sem intervenção de nada visível, e respostas que só ela sabia foram-lhe reveladas. Até hoje ela não sabe com quem ela se tinha metido.
    Exemplos destes há muitos um pouco por todo o mundo.
    Mas voltanto ao ponto, para não divagar, Deus proíbe que tentemos falar com os mortos, e mesmo que tentemos, não temos o poder para isso. No exemplo da bruxa de Endor (1 Samuel 28), Deus interveio e Saul foi castigado por ter feito isso, e por outras coisas mais.

    «Os sonhos que eles parecem aludir é com contornos oculticos e não da forma Bíblica»
    Parece mais é que o título “Paranormal Beliefs and Experiences” dá uma pista do que o eles parecem aludir: http://www.baylor.edu/pr/news.php?action=story&story=41678 . No artigo da The Wallstreet Journal, citado como fonte pelo Logan Gage, a questão é: «Do dreams foretell the future?»

    No caso de José foi Deus que revelou o futuro e José sabia disso. Não foi um sonho vazio que se originou por acaso na mente de José, mas um sonho que tinha bases naquilo que José sabia de Deus. Os sonhos do ocultismo são bem diferentes, e tenho exemplos familiares disso.

    Vamos ver se percebemos uma coisa: estás a querer dizer que a conclusão que se tirou do estudo é que quanto mais alguém acreditar na Bíblia, menos acredita no que contradiz a Bíblia ( («não da forma Bíblica»)?

    Sim.
    E já agora, a crença na comunicação com mortos, em futurologia através dos sonhos e em casas assombradas dominam a “superstição materialista” (da tradução que fizeste do texto de Gage)?

    Like

  13. «Essa ponto é para se mostrar que para pessoas que acreditam que informação codificada “surge” por si só, acreditar em seres verdes a raptarem pessoas pela calada da noite para fazerem testes médicos é “normal”.»
    Isso não é mostrar: é alegar. Estarias a mostrar se procurasses aqueles que acreditam nisso ou os seus textos e os apresentasses – o que já pedi imensas vezes que o fizesses (em vez disso, estou a responder a retórica). Se eu disser “essa caneta cai se a largar”, não estou a mostrar que a caneta cai se a largar. Se eu a largar e ela cair é que o mostro.

    Desde a altura que li “Os deuses que fizeram o Céu e a Terra” e “Eram os deuses astronautas?”, comecei por informar-me a respeito de crenças ufólogas. Em geral acreditam que o ser humano foi criado por extraterrestres com manipulação genética, que normalmente são chamados por Elohim (deuses em hebraico), e por isso os extraterrestres humanóides. Pesquisa artigos de ufólogos.

    1) A maioria das pessoas é mulher.
    2) A maioria homens é mulher porque são pessoas.
    Substitui “pessoas” por “evolucionistas”, “homens” por “ateus” e “mulheres” por “crentes em OVNIs”. Mesmo supondo que os evolucionistas fossem mais susceptíveis a essas crenças, e que a maioria dos ateus é evolucionista, não se conclui que os ateus são susceptíveis a essa crença. As partes não têm necessariamente as propriedades do todo. Foi isso que eu disse no que citaste, noutras palavras sem o exemplo.

    Like

  14. «E..?! São estes organizações compostas por pessoas que subescrevem o criacionismo Bíblico ou a evolução “teísta”?»
    Achas que quem diz «Se fomos criados, isso implica um criador. E seja o que tiver-nos criado, tenho a certeza que está a observar-nos» é criacionista ou um evolucionista? Dá-me um exemplo hipotético do que faria um criacionista Bíblico que acredita em OVNIs. Presumo que aceites esse pedido, já que se eu der um exemplo, o mais provável é que coloques aspas nas palavras.

    «No exemplo da bruxa de Endor (1 Samuel 28), Deus interveio e Saul foi castigado por ter feito isso»
    Não me respondeste à questão: Saul comunicou com o morto Samuel?
    * Montfort – Deus pode permitir a Necromancia? (católico criacionista e conservador)
    «Normalmente Deus não permite que um morto volte ao mundo, como nos ensina Cristo na parábola de Lázaro e do rico epulão (Lc XVI, 19-31). Mas em alguns casos isso pode sim ocorrer, como no caso que lhe mostrei acima.»

    Coloques as passagens bíblicas que corroborem isso: «Deus proíbe os seres humanos de tentarem fazer isso».
    * Ministério CACP – Comunicação com os mortos
    «A Bíblia também indica que as pessoas com ligações com espíritos familiares e feiticeiras são amaldiçoadas por Deus» (citações)

    Bem, eu não acredito que seja possível comunicar com mortos ou demónios. Nem acredito que existem espíritos ou demónios.

    Like

  15. «No caso de José foi Deus que revelou o futuro e José sabia disso.»
    Então confirmas que acreditas que é possível receber mensagens sobre o futuro em sonhos?

    Eu: «Vamos ver se percebemos uma coisa: estás a querer dizer que a conclusão que se tirou do estudo é que quanto mais alguém acreditar na Bíblia, menos acredita no que contradiz a Bíblia («não da forma Bíblica»)??
    Tu: «Sim.»
    Bem, então perderam tempo com o estudo. O que eu disse é uma tautologia: «quanto mais alguém acreditar na Bíblia, menos acredita no que contradiz a Bíblia». Também posso dizer: «quanto mais alguém em X, menos acredito em não X». O que é concluis com isso a respeito do que tens dito?

    Like

  16. Mats says:

    Pedro,

    «Essa ponto é para se mostrar que para pessoas que acreditam que informação codificada “surge” por si só, acreditar em seres verdes a raptarem pessoas pela calada da noite para fazerem testes médicos é “normal”.»
    Isso não é mostrar: é alegar. Estarias a mostrar se procurasses aqueles que acreditam nisso ou os seus textos e os apresentasses – o que já pedi imensas vezes que o fizesses (em vez disso, estou a responder a retórica). Se eu disser “essa caneta cai se a largar”, não estou a mostrar que a caneta cai se a largar. Se eu a largar e ela cair é que o mostro.

    Mas tal como já o disse várias vezes, as pessoas mais susceptíveis de acreditar na vida no espaço são os evolucionistas. Não só isso não foi refutado, como até já apresente o exemplo do Crick. Isto não é difícil de vêr porquê. Quem acredita que a evolução “aconteceu” na Terra não terá dificuldades em acreditar que a evolução “aconteceu” noutras partes do universo. Por outro lado, quem sabe que a evolução não aconteceu na Terra, certamente não vai acreditar que aconteceu noutra parte qualquer do universo. Portanto, não é “alegar” mas é um facto.

    Desde a altura que li “Os deuses que fizeram o Céu e a Terra” e “Eram os deuses astronautas?”, comecei por informar-me a respeito de crenças ufólogas. Em geral acreditam que o ser humano foi criado por extraterrestres com manipulação genética, que normalmente são chamados por Elohim (deuses em hebraico), e por isso os extraterrestres humanóides. Pesquisa artigos de ufólogos.

    Criacionistas Bíblicos ou não?

    1) A maioria das pessoas é mulher.
    2) A maioria homens é mulher porque são pessoas.
    Substitui “pessoas” por “evolucionistas”, “homens” por “ateus” e “mulheres” por “crentes em OVNIs”. Mesmo supondo que os evolucionistas fossem mais susceptíveis a essas crenças, e que a maioria dos ateus é evolucionista, não se conclui que os ateus são susceptíveis a essa crença. As partes não têm necessariamente as propriedades do todo. Foi isso que eu disse no que citaste, noutras palavras sem o exemplo.

    Nada disso invalida o que eu disse: os evolucionistas são mais susceptíveis de acreditar em vida noutros planetas que os criacionistas.

    «E..?! São estes organizações compostas por pessoas que subescrevem o criacionismo Bíblico ou a evolução “teísta”?»
    Achas que quem diz «Se fomos criados, isso implica um criador. E seja o que tiver-nos criado, tenho a certeza que está a observar-nos» é criacionista ou um evolucionista?

    Ken Miller, que testemunhou no “Dover Trial”, é um criacionista ou um evolucionista?

    Dá-me um exemplo hipotético do que faria um criacionista Bíblico que acredita em OVNIs. Presumo que aceites esse pedido, já que se eu der um exemplo, o mais provável é que coloques aspas nas palavras.

    Dar um exemplo de um criacionista Biblico que acredita em OVNIs não invalida o que eu disse: evolucionistas são mais susceptíveis do que criacionistas no que toca à crença em vida noutros planetas.
    Logicamente falando, é ilógico ser-se um criacionista Bíblico e acreditar em vida noutros planetas, uma vez que essa posição contradiz a Bíblia. Tal como já tinha dito, não é por acaso que as pessoas mais interessadas em encontrar vida noutros planetas são ateus/evolucionistas/cépticos, etc, etc. Eles sabem quais são as implicações.

    «No exemplo da bruxa de Endor (1 Samuel 28), Deus interveio e Saul foi castigado por ter feito isso»
    Não me respondeste à questão: Saul comunicou com o morto Samuel?

    Sim.

    * Montfort – Deus pode permitir a Necromancia? (católico criacionista e conservador)
    «Normalmente Deus não permite que um morto volte ao mundo, como nos ensina Cristo na parábola de Lázaro e do rico epulão (Lc XVI, 19-31). Mas em alguns casos isso pode sim ocorrer, como no caso que lhe mostrei acima.»

    “Voltar ao mundo” não é o mesmo que “pessoas terem a capacidade de iiciar a comunicação com aqueles que já morreram..
    Segundo, quem disse que Monfort era um criacionista?

    “Também não se iluda com a interpretação protestante de que o Universo foi criado em 6 dias de 24 horas e de que a terra possui somente uns 6000 anos de idade. Em se tratando da história geológica, certamente podemos passar a idade do Universo para a grandeza dos bilhões de anos.”
    Fonte.
    Portanto Monfort (ou essa organização) não subscrevem o criacionismo Biblico, ou rejeitam uma das partes mais importantes do mesmo.

    Coloques as passagens bíblicas que corroborem isso: «Deus proíbe os seres humanos de tentarem fazer isso».

    Vê aqui.

    Bem, eu não acredito que seja possível comunicar com mortos ou demónios. Nem acredito que existem espíritos ou demónios.

    Uma viagem ao extremo oriente seria o suficiente para mudares de opinião. Aliás, como as coisas estão, nem precisas de ir tão longe. Basta entrares em contato com padres e pastores sobre possessões demoníacas, e eles alegremente te vão reportar. Parece que em Mafra há muito espiritismo e lá isso é o pão nosso de cada dia. Mas procura que certamente vais encontrar as evidências. Agora se não procurares, e não aceitares as evidênciias, então é o mesmo que dar medicamentos a mortos.

    «No caso de José foi Deus que revelou o futuro e José sabia disso.»
    Então confirmas que acreditas que é possível receber mensagens sobre o futuro em sonhos?

    Confirmo que é possivel Deus revelar o futuro através de sonhos.

    Eu: «Vamos ver se percebemos uma coisa: estás a querer dizer que a conclusão que se tirou do estudo é que quanto mais alguém acreditar na Bíblia, menos acredita no que contradiz a Bíblia («não da forma Bíblica»)??
    Tu: «Sim.»
    Bem, então perderam tempo com o estudo. O que eu disse é uma tautologia: «quanto mais alguém acreditar na Bíblia, menos acredita no que contradiz a Bíblia». Também posso dizer: «quanto mais alguém em X, menos acredito em não X». O que é concluis com isso a respeito do que tens dito?

    Não há nada a concluir. O estudo fez pesquisa sobre diversas actividades e concluiu que quanto mais alguém acredita na Biblia menos susceptível está de enveredar por comportamentos que são qualificados de superstição, e que são contra a Bíblia.

    Like

  17. Eu não quero saber o que dizes. O que quero saber é o que apresentas para defender o que dizes.

    «Não só isso não foi refutado, como até já apresente o exemplo do Crick.»
    «Boa. Um» tipo. Repara no que escreveste: «Dar um exemplo de um criacionista Biblico que acredita em OVNIs não invalida o que eu disse» (a ênfase no “um” é tua) É a segunda vez que fazes isso. E sabes bem que o que fez foi apresentar uma hipótese – uma suposição para ser testada – e que está desacreditada.
    Se alguém apresenta a existência de Deus como uma hipótese, não ia concluir que acredita que Deus existe, e mesmo se acreditasse, por considerá-lo uma hipótese, é claro que tem imensas dúvidas a esse respeito.

    Pelo que eu reparei, quem acredita que um Deus criou vida num planeta, não tem problemas em acreditar que criou noutros planetas. Agora vou fazer uma coisa terrível. Como eu disse, tenho guardado num rascunho referências e um texto que escrevi ontem. Dou mais um excerto: «Nesse blog está uma citação do jesuíta argentino Funes: «Como existem diversas criaturas na Terra, poderiam existir também outros seres inteligentes, criados por Deus» Vê um desenho-animado sobre mormonismo. Faz lá o mesmo.

    Ken Miller é um evolucionista.

    «Nada disso invalida o que eu disse: os evolucionistas são mais susceptíveis de acreditar em vida noutros planetas que os criacionistas.»
    Repetir uma coisa várias vezes não a torna verdade. E não é por a dizeres, que é verdade, tal como não é por eu dizer algo que é verdade. Tens de fundamentar o que dizes.
    Confirmas que se comete uma falácia ao dizer que os ateus são mais susceptíveis a acreditar em OVNIs porque os ateus na sua maioria são evolucionistas e os evolucionistas são mais susceptíveis a acreditar em OVNIS? E admites que cometeste essa falácia?

    «Criacionistas Bíblicos ou não?»
    Tu não respondeste a isso:
    «Dá-me um exemplo hipotético do que faria um criacionista Bíblico que acredita em OVNIs. Presumo que aceites esse pedido, já que se eu der um exemplo, o mais provável é que coloques aspas nas palavras.»
    Só digo se alguém é um cristão bíblico se apresentares um exemplo, para depois evitar que digas que não é, já que como não apresentaste um exemplo para estabelecer uma definição, podes dizer sempre que não é (falácia do falso Escocês).

    «Portanto, não é “alegar” mas é um facto.» Se não é “alegar”, então é alegar (para quê as aspas?). Se é um facto, não deve ser difícil apresentar ufólogos evolucionistas. Eu já apresentei alguns – eu não tive qualquer problema em fazê-lo. Tenho interesse em troca de dados para verificar se as minhas opiniões são falsas. Se for eu sozinho a coleccionar listas de ufólogos, ainda vão achar que ando a ser selectivo. Se tens realmente interesse no assunto, basta dares uma ajudinha em vez de apresentar retórica.

    Mats: «Portanto Monfort (ou essa organização) não subscrevem o criacionismo Biblico»
    Não usei o termo “criacionismo bíblico” e não o definiste o que significa esse termo. Nem sequer era isso que estava em questão. Logo a seguir ao que citas está: «Pois: “um dia, diante do Senhor, é como mil anos e mil anos como um dia” (II Pd, III,8). Curiosamente, no mesmo capítulo em que São Pedro escreve isso, ele trata da história da Terra. Os métodos científicos não estão completamente equivocados, mas seus princípios e interpretações é que são distorcidos para conclusões atéias..»

    Se a resposta a isso é que interpretaram mal a passagem, e que que tu tens a interpretação correcta – e que é isso que define criacionismo bíblico -, escreve “yeah!”, para não perderes tempo. Se fosse para escolher um, os que acreditam que a Terra é plana e o centro do Universo é que seriam os mais próximos de serem criacionistas bíblicos (segundo o que parece ser o teu conceito do termo).

    «Uma viagem ao extremo oriente seria o suficiente para mudares de opinião.»
    LOL E se eu for para um centro de espiritismo, mudo logo de opinião para acreditar que são mortos a falarem. Eu já tive uma discussão com um kardecista brasileiro a propor a mesma coisa que propões no “Clube Cético”.

    «Não há nada a concluir.»
    Eu concluo que se o estudo diz respeito ao que disseste, ainda não valia a pena fazer estudo. É como fazer uma sondagem para concluir que quanto materialista, menos acredita em espíritos. Ou quanto mais gorda, menos magro. Ou quanto mais alto, menos baixo. Quanto mais escuro, mais claro. Portanto, se a questão é que, por exemplo, só contam os sonhos proféticos que não sejam o que dizes ser bíblico, então aqueles que recolheram os dados e os analisaram-nos perderam o seu tempo. Se te perguntassem o seguinte, como responderias com “sim” ou “não”?
    1) Acreditas que existe um monstro de Loch Ness?
    2) Acreditas que é possível comunicar com mortos?
    3) Acreditas que é possível conhecer o futuro através de sonhos?

    Like

  18. Já mudei de opinião. Fui ao Japão e tive lições com o Mestre de Kiai – agora sou um crente no Kiai. Depois fui à Índia assistir exorcismos, e já acredito que existem demónios. Ainda hoje às 3h noite assisti ao “Exorcista – O Princípio” para recolher provas.
    http://crerparaver.blogspot.com/2007/08/kiai-e-exorcismo.html
    Houdini e Randi são obreiros do Diabo. Amén.
    http://badpsychics.com

    Eu só queria duas coisinhas:
    1) apresente exemplos de evolucionistas e ateus que acreditam que extraterrestres visitam a Terra, tal como afirmaste no artigo;
    2) mostre onde é que no estudo (pesquise no site da Baylor ou arranje o livro) é dito que ateus são mais propensos a superstições do que cristãos. Sugestão: procure pela palavra “atheist” (ou “atheists”) ou por “God” (para uma expressão que defina um ateu).

    Like

  19. Mats says:

    Pedro,

    «Não só isso não foi refutado, como até já apresente o exemplo do Crick.»
    «Boa. Um» tipo. Repara no que escreveste: «Dar um exemplo de um criacionista Biblico que acredita em OVNIs não invalida o que eu disse» (a ênfase no “um” é tua) É a segunda vez que fazes isso. E sabes bem que o que fez foi apresentar uma hipótese – uma suposição para ser testada – e que está desacreditada.

    Mas tu dizes para te aprsentar UM ateu que acredite em vida no espaço, e eu apresento. Eu digo que os evolucionistas são mais propensos a acreditar queh vida no espaço do que os criacionistas, e tu tentas refutar isto apresentando vários não criacionistas que acreditam que há vida no espaço.
    Enquanto que eu fui coerente ao apresentar o que pediste, tu ao foste.

    Pelo que eu reparei, quem acredita que um Deus criou vida num planeta, não tem problemas em acreditar que criou noutros planetas.

    Irrelevante. Os Muçulmanos também acreditam que “Deus criou” mas iso não faz deles criacionistas.
    Repito, criacionistas bíblicos são menos susceptíveis de acreditar em seres a viver no espaço (e por implicação, a visitar a Terra) do que evolucionistas.

    Agora vou fazer uma coisa terrível. Como eu disse, tenho guardado num rascunho referências e um texto que escrevi ontem. Dou mais um excerto: «Nesse blog está uma citação do jesuíta argentino Funes: «Como existem diversas criaturas na Terra, poderiam existir também outros seres inteligentes, criados por Deus» Vê um desenho-animado sobre mormonismo. Faz lá o mesmo.

    Ah… mormonismo, essa religião muito ortodoxa e conservadora dos princípios bíblicos, tipo, a poligamia, o politeísmo e a crença de que os homens podem se tornar em Deus. Se para defender o teu ponto (qualquer que ele seja) tens que apelar aos mormons, então já sei que o que digo está confirmado.

    Ken Miller é um evolucionista.

    Então o facto de acreditar que Deus criou não é sinónimo de se criacionista bíblico, certo?

    «Nada disso invalida o que eu disse: os evolucionistas são mais susceptíveis de acreditar em vida noutros planetas que os criacionistas.»
    Repetir uma coisa várias vezes não a torna verdade.

    Mas isto não é verdade porque eu o estou a repetir, mas sim porque são os factos.

    Confirmas que se comete uma falácia ao dizer que os ateus são mais susceptíveis a acreditar em OVNIs porque os ateus na sua maioria são evolucionistas e os evolucionistas são mais susceptíveis a acreditar em OVNIS? E admites que cometeste essa falácia?

    O que eu disse é que os evolucionistas são mais susceptíveis de acreditar em OVNIS do que os criacionistas. Tive o cuidado de separar evolucionista de criacionista, porque há “cristãos” que, uma vez que acreditam no “teísmo evolucionista”, também são mais propensos a acreditar em OVNIs.

    «Criacionistas Bíblicos ou não?»
    Tu não respondeste a isso:
    «Dá-me um exemplo hipotético do que faria um criacionista Bíblico que acredita em OVNIs. Presumo que aceites esse pedido, já que se eu der um exemplo, o mais provável é que coloques aspas nas palavras.»
    Só digo se alguém é um cristão bíblico se apresentares um exemplo, para depois evitar que digas que não é, já que como não apresentaste um exemplo para estabelecer uma definição, podes dizer sempre que não é (falácia do falso Escocês).

    O teu pedido é do tipo “dá-me um exemplo de um ateu que acredite em Deus”. Não quer dizer que não haja, mas que é ilógico porque o propósito do ateísmio é negar Deus. Semelhantemente, o riacionista Bíblico é aquele que acredita simplesmente no relato da criação reportado no Livro do Génesis. Isso inclui a criação em 6 dias, dilúvio universal, corrupção universal devido ao pecado do homem, dinossauros contemporâneos com humanos, etc, etc. Não creio que não saibas naquilo que nós acreditamos. Creio sim que queres ser o mais vago possível para inseir entre os criacionistas aqueles que não têm crenças bíblicas.
    Infelizmente não funciona.

    «Portanto, não é “alegar” mas é um facto.» Se não é “alegar”, então é alegar (para quê as aspas?). Se é um facto, não deve ser difícil apresentar ufólogos evolucionistas.

    Já te apresentei um ateu (Crick) que acredita que há vida no espaço. Queres mais?

    «Uma viagem ao extremo oriente seria o suficiente para mudares de opinião.»
    LOL E se eu for para um centro de espiritismo, mudo logo de opinião para acreditar que são mortos a falarem. Eu já tive uma discussão com um kardecista brasileiro a propor a mesma coisa que propões no “Clube Cético”.

    Se fores a um centro espírita vais estar na presença de eventos sobrenaturais mas com origens demoníacas. Tu disseste que não acreditas em anjos, demónios, etc, etc. Se presenciares eventos sobrenaturais ou tiveres relatos sobre tais eventos de pessoas cujos testemunhos são de confiança, a possibilidade de anjos e demónios vai-se tornar mais forte na tua mente.
    Eu sinceramente não aconselho que vás a esses sítios. Já é suficientemente mau espiritualmente negar-se que Deus existe, e como tal engrossar a longa lista de pessoas que dá ouvido a demónios seria ainda pior.
    Além disso, uma vdz que és evolucionista, nem sei se as evidências haveriam de contar para alguma coisa. Para alguém qeu acredita que sistemas biológicos com sub-sistemas integrados e interdependentes vieram a existir apenas e só devido às mutações aleatórias filtradas pela selecção natural, a observação de eventos sobrenaturais haveriam de ser quase de certeza reorganizados mentalmente dentro do naturalismo (“Não sei o que aconteceu, mas não foi nada de sobrenatural porque o sobrenatural não existe”).

    Se te perguntassem o seguinte, como responderias com “sim” ou “não”?
    1) Acreditas que existe um monstro de Loch Ness?

    Não é um “monstro” mas é (ou foi) um animal normal. Como tal respondia com “não, não é um monstro”.

    2) Acreditas que é possível comunicar com mortos?

    Não é possível os seres humanos iniciarem o contato com os mortos.

    3) Acreditas que é possível conhecer o futuro através de sonhos?

    Acredito que é possível Deus revelar o futuro através de sonhos.

    Eu só queria duas coisinhas:
    1) apresente exemplos de evolucionistas e ateus que acreditam que extraterrestres visitam a Terra, tal como afirmaste no artigo;

    “Que visitam a Terra” ou “que acreditam em OVNIS”? Estas a mudar os qualificativos? Pensaste que isso passaria despercebido?
    Crick era um evolucionista ateu que acreditava em vida em outros planetas. Por implicação, não há nada na sau (antiga) fé que exclua a possibilidade desses OVNIS visitarem a Terra. (Eu digo antiga fé porque Crick agora já sabe que Deus existe, mas já é tarde demais para ele)

    2) mostre onde é que no estudo (pesquise no site da Baylor ou arranje o livro) é dito que ateus são mais propensos a superstições do que cristãos. Sugestão: procure pela palavra “atheist” (ou “atheists”) ou por “God” (para uma expressão que defina um ateu).

    Acho que esta é a última vez que eu ponho este link.

    Like

  20. «Mas tu dizes para te aprsentar UM ateu que acredite em vida no espaço»
    É claro que se isso é verdade, vais conseguir facilmente citar-me para fundamentares o que dizes o que eu disse. Fizeste bem em dizer que com apenas um do grupo X é irrazoável concluir que existem mais do X que são Z do que em Y: isso é uma falácia da generalização apressada.
    E além disso, se basta que alguém apresente uma hipótese para colocares na lista, posso indicar artigos e vídeos de Dawkins a apresentar a existência de Deus e o deísmo como hipóteses. Eu é que apresentei um grupo de ateus que, a esse respeito, vai para além de meras hipóteses – os raelianos. E foi aí que criticaste por ser apenas um grupo de designers inteligentes que acreditam nisso:
    «Boa. Uma organização que acredita em design inteligente(mas não no criacionismo bíblico, atenção) refuta as centenas de pessoas que acreditam que, como a vida evoluiu na Terra, deve ter evoluído em outras partes do mundo também.»
    Não sei se reparaste, estamos a comentar artigos teus onde fazes determinadas afirmações.

    Vou fazer a mesma pergunta que já fiz:
    quem diz que «seremos confrontados com os nossos criadores» e «Se fomos criados, isso implica um criador. E seja o que tiver-nos criado, tenho a certeza que está a observar-nos», é um criacionista? Se quiseres ver o vídeo de onde traduzi isso para perceberes o contexto: http://www.youtube.com/watch?v=YWb3zbw5v2k .

    Se não tens tempo para assistir o vídeo, responde à seguinte questão: quem escreve uma página Web a defender o Design Inteligente, é criacionista: http://www.sitchin.com/designer.htm ?

    Se as respostas são afirmativas, então é claro que apresentei exemplos de criacionistas e continuo a colocar exemplos de criacionistas num rascunho (os dois exemplos que indiquei aqui estão lá).

    E quem defende que os humanos foram criados por seres-inteligentes, sem qualquer processo evolutivo, é evolucionista? Se dizes que é um facto os evolucionistas serem propensos a acreditar em OVNIs, o mais provável é que vídeos e artigos deles sejam mais prolíficos.

    Apresentei o exemplo do mormonismo para veres, através de um desenho-animado, como facilmente se junta criacionismo com ufologia.

    Ainda não disseste o que é um criacionista bíblico. Define-se como um criacionista cujas crenças têm bases bíblicas, citando-a para defender as suas crenças relativas ao seu criacionismo?

    «Não é um “monstro” mas é (ou foi) um animal normal.»
    O “demónio” da Tasmânia não é “demónio” mas sim um animal normal. Em geral os que acreditam no monstro de Loch Ness acreditam que é um animal normal, como um plesiosauro. É isso que entendemos por “monstro de Loch Ness”. Se perguntarem-lhes se acreditam no monstro de Loch Ness, eles respondem que sim.

    Eu pedi que respondesses com sim ou com não para veres como deve ter corrido a sondagem.
    «Não é possível os seres humanos iniciarem o contato com os mortos.»
    Não foi isso que perguntei: perguntei se é possível contactar com os mortos.
    «Acredito que é possível Deus revelar o futuro através de sonhos.»
    Então a resposta à pergunta é “sim”, não é “não”.

    «“Que visitam a Terra” ou “que acreditam em OVNIS”?»
    OVNI – Objectos Voadores Não Identificado
    Tecnicamente define qualquer objecto voador ou um fenómeno óptico desconhecidos. Popularmente, refere-se a naves voadoras que passam pela Terra.
    Pensei que estivesses a usar o termo para falarmos de extraterrestres que visitam a Terra – e nunca te queixaste até agora -, geralmente em naves espaciais, que alguns dizerem ter visto ou entrado em contacto. Estás a querer dizer-me que quando estiveste a usar o termo “OVNI” referias-te a um saco a flutuar no ar, foguetes, fenómenos meteorológicos e pontos de luz do Sol?

    «Crick era um evolucionista ateu que acreditava em vida em outros planetas.»
    Coloque uma citação de Crick que defenda isso. Assim sendo, Kepler acreditava que havia vida em Marte (por causa do relevo que pareciam canais; curiosidade: ele é considerado o primeiro autor de ficção-científica) e Giordano Bruno acreditava em vida noutros planetas.

    Like

  21. Mats says:

    Pedro,

    «Crick era um evolucionista ateu que acreditava em vida em outros planetas.»
    Coloque uma citação de Crick que defenda isso.

    “A second prominent proponent of panspermia was the late Nobel prize winner Professor Francis Crick, OM FRS, who along with Leslie Orgel proposed the theory of directed panspermia in 1973. This suggests that the seeds of life may have been purposely spread by AN ADVANCED EXTRATERRESTRIAL civilization. Crick argues that small grains containing DNA, or the building blocks of life, fired randomly in all directions is the best, most cost effective strategy for seeding life on a compatible planet at some time in the future. The strategy might have been pursued by a civilization facing catastrophic annihilation, or hoping to terraform planets for later colonization. Later, after biologists had proposed that an “RNA world” might be involved in the origin of life, Crick noted that he had been overly pessimistic about the chances of life originating on Earth.[36] <– Da fonte evolucionista Wikipedia

    «Mas tu dizes para te aprsentar UM ateu que acredite em vida no espaço»
    É claro que se isso é verdade, vais conseguir facilmente citar-me para fundamentares o que dizes o que eu disse. Fizeste bem em dizer que com apenas um do grupo X é irrazoável concluir que existem mais do X que são Z do que em Y: isso é uma falácia da generalização apressada.
    E além disso, se basta que alguém apresente uma hipótese para colocares na lista, posso indicar artigos e vídeos de Dawkins a apresentar a existência de Deus e o deísmo como hipóteses. Eu é que apresentei um grupo de ateus que, a esse respeito, vai para além de meras hipóteses – os raelianos. E foi aí que criticaste por ser apenas um grupo de designers inteligentes que acreditam nisso:
    «Boa. Uma organização que acredita em design inteligente(mas não no criacionismo bíblico, atenção) refuta as centenas de pessoas que acreditam que, como a vida evoluiu na Terra, deve ter evoluído em outras partes do mundo também.»
    Não sei se reparaste, estamos a comentar artigos teus onde fazes determinadas afirmações.

    Não sei se reparaste, mas eu fiz a distinção entre “Não existe” e “Este grupo é mais propenso”. No primeiro caso basta só um, no segundo caso a existência de um exemplo que contradiz a proposição não invalida a mesma.
    Portanto, um exemplo de um ateu que suporta a vida em outros planetas é suficiente porque foi exactamente isso que pediste. Ao pedires isso parece que estás a implicar que “não existe” nenhum ateu que acredite em vida no espaço. Mas depois contradizes o que tu mesmo dizes e encontras ateus que acreditam na vida no espaço.

    Vou fazer a mesma pergunta que já fiz:
    quem diz que «seremos confrontados com os nossos criadores» e «Se fomos criados, isso implica um criador. E seja o que tiver-nos criado, tenho a certeza que está a observar-nos», é um criacionista?

    Ken Miller acredita que a vida foi “criada por Deus”. É ele um criacionista?

    Se não tens tempo para assistir o vídeo, responde à seguinte questão: quem escreve uma página Web a defender o Design Inteligente, é criacionista: http://www.sitchin.com/designer.htm ?

    Se defende que Deus criou a vida tal como está escrita no Livro do Génesis é um criacionsita Bíblico (6 dias de criação, dilúvio universal, maldição como consequência do pecado, dinossauros conteporâneos dos homens, etc).

    Só uma pergunta: pode um criacionista ser um evolucionista? O Ken Miller é um evolucionista, mas acredita que “Deus criou”. O que é que ele é?
    As palavras tem que ter um significado senão a conversa é impossível.

    E quem defende que os humanos foram criados por seres-inteligentes, sem qualquer processo evolutivo, é evolucionista?

    Não, mas quem não acredita no relato da criação tal como escrito no Livro de Génesis também não é um criacionsita Bíblico.

    Se dizes que é um facto os evolucionistas serem propensos a acreditar em OVNIs, o mais provável é que vídeos e artigos deles sejam mais prolíficos.

    Os evolucionistas são mais propensos a acreditar em vida noutros planetas do que os criacionistas Bíblicos. tu é que tentas generalizar a palavra “criacionista” de modo a puder incorporar evolucionistas no grupo. Depois usas esses mesmos evolucionistas como “evidência” que os “criacionistas” são mais susceptíveis de aceitar a vida em outros planetas, e por implicação, em OVNIs a visitar a Terra.

    Apresentei o exemplo do mormonismo para veres, através de um desenho-animado, como facilmente se junta criacionismo com ufologia.

    Só falta mostrares se o Mormonismo suporta o criacionismo Bíblico ou não.

    Ainda não disseste o que é um criacionista bíblico.

    Dei os traços gerias do qu um criacionsita Bíblico aceita. Vê o meu comentário anterior.

    Eu pedi que respondesses com sim ou com não para veres como deve ter corrido a sondagem.
    «Não é possível os seres humanos iniciarem o contato com os mortos.»
    Não foi isso que perguntei: perguntei se é possível contactar com os mortos.

    Como cristão, sei que é impossível que o ser humano consiga pegar no sól e pô-lo noutro sistema solar. Mas o facto de nós não sermos capazes não quer dizer que seja impossível para todos os seres. Como tal, a pergunta e a qualificação é bem pertinente:
    É impossível os ser humano iniciar o contato com pessoas que já morreram, mas isto não invalida que Deus não o possa fazer, tal como o fez com Samuel. Com Deus não há “mortos”. Para Ele todos estão vivos (Lucas 20:38)

    «Acredito que é possível Deus revelar o futuro através de sonhos.»
    Então a resposta à pergunta é “sim”, não é “não”.

    Sim, é possível Deus revelar o futuro através de sonhos.´

    «“Que visitam a Terra” ou “que acreditam em OVNIS”?»
    OVNI – Objectos Voadores Não Identificado
    Tecnicamente define qualquer objecto voador ou um fenómeno óptico desconhecidos. Popularmente, refere-se a naves voadoras que passam pela Terra.
    Pensei que estivesses a usar o termo para falarmos de extraterrestres que visitam a Terra – e nunca te queixaste até agora -, geralmente em naves espaciais, que alguns dizerem ter visto ou entrado em contacto. Estás a querer dizer-me que quando estiveste a usar o termo “OVNI” referias-te a um saco a flutuar no ar, foguetes, fenómenos meteorológicos e pontos de luz do Sol?

    Não. Fui eu que me enganei. O que queria perguntar era:

    “Que visitam a Terra ou que acreditam que há vida noutros planetas?

    Like

  22. Eu pedi uma citação de Crick. Apresentaste-me uma citação de Crick? Se fosse assim, basta veres sites que defendem o Design Inteligente dando o exemplo de panspermia de Crick.
    http://www.ufodigest.com/news/1108/chance.html
    «Francis Crick, who won the Nobel Prize in Chemistry for discovering the double stranded helix of DNA, also believed that the earth was too young to have developed evolutionarily. Crick’s aversion to religion led him to put forth the theory of Directed Panspermism. He got around the concept of God by stating that life on earth was brought here billions of years ago on spaceships by more intelligent beings
    Qual foi a outra hipótese que Dembsky apresentou de um Designer Inteligente, que não seja Deus. Já apresentaste pelo menos uma citação de Crick no teu blog. Não deve ser difícil copiá-la ou fazer referência. Até na Wikipedia há um link para uma fotocópia. Esquece lá a ideia de acusações mútuas para ver quem ganha, e apresente-a.

    «Não sei se reparaste, mas eu fiz a distinção entre “Não existe” e “Este grupo é mais propenso”. No primeiro caso basta só um, no segundo caso a existência de um exemplo que contradiz a proposição não invalida a mesma.»
    Então aplica-a para fundamentar o que defendes. Existe uma coisa chamada lógica por indução. Por isso mesmo é que pedi que desses exemplos de ateus e evolucionistas – tu sabes que isso está no plural, não sabes? – com essas características, até dizendo que estou a escrever um artigo onde isso ajuda-me, apresentando alguns exemplares.

    E também não me apresentaste uma citação minha para fundamentar o que colocaste nas minhas palavras. Tu escreveste: «Mas tu dizes para te aprsentar UM ateu que acredite em vida no espaço, e eu apresento.» Já agora, diga-me onde é que eu disse que não existem ateus supersticiosos e idiotas (ou seja o que atribuires)?
    Acho que te esqueceste do que escreveste no teu artigo, por isso sugiro que o leias, e procures fundamentá-lo.

    Vou citar-me:
    1) «apresente exemplos de evolucionistas e ateus que acreditam que extraterrestres visitam a Terra, tal como afirmaste no artigo;»
    No outro artigo:
    2) «Apresentei um exemplo de um grupo de ateus – os raelianos – que acredita que extraterrestres visitam a Terra para enviarem mensagens. No meu último artigo escrevi: «Isso prova que existem grupos de ateus que têm religiões e partilham as superstições de teístas
    (se eu pedi UM, por que é que escrevi isso às 10:15 do dia 30 de Dezembro?)
    Voltando a este artigo:
    3) «Eu já apresentei alguns – eu não tive qualquer problema em fazê-lo. Tenho interesse em troca de dados para verificar se as minhas opiniões são falsas. Se for eu sozinho a coleccionar listas de ufólogos, ainda vão achar que ando a ser selectivo. Se tens realmente interesse no assunto, basta dares uma ajudinha em vez de apresentar retórica

    «Ken Miller acredita que a vida foi “criada por Deus”. É ele um criacionista?»
    Responde à minha pergunta. Já respondi à tua. Eu sei qual é a tua intenção, mas prefiro que respondas directamente à questão que coloquei em vez de responder com perguntas. Não sabes qual é a minha. E se o que citei refere-se a um designer inteligente? É que te dei um vídeo para veres o contexto.

    «Não, mas quem não acredita no relato da criação tal como escrito no Livro de Génesis também não é um criacionsita Bíblico.»
    Se essa regra aplica-se a ti, é o mesmo para o evolucionismo: quem acredita no Lamarckismo, que cruzando babuínos com gorilas dão-se humanos e que a vida não evolui na Terra, não é darwinista nem segue a Teoria da Evolução.

    «Só falta mostrares se o Mormonismo suporta o criacionismo Bíblico ou não.»
    Segundo a tradição oficial mórmon e os seus livros, acreditam “no relato da criação tal como escrito no Livro de Génesis”, e até são mais explícitos:
    * 1, 2, 3, 4. Mas também não contam, não é? Por isso é que disse um exemplo hipotético. Não me deste, e pelos vistos nunca darás.
    Se isso é verdade – «Dei os traços gerias do qu um criacionsita Bíblico aceita.» -, então responde citando o que já escreveste.

    «É impossível os ser humano iniciar o contato com pessoas que já morreram, mas isto não invalida que Deus não o possa fazer, tal como o fez com Samuel.»
    Então Deus contactou com um morto, mas Samuel não o fez. Vou repetir a pergunta, que não deves ter lido bem: «é possível contactar com os mortos»? Responde como responderias na sondagem. É um “não”, não é verdade?

    «Sim, é possível Deus revelar o futuro através de sonhos»
    Então por que é que na sondagem responderam com um “não”?

    «Não. Fui eu que me enganei. O que queria perguntar era:

    Do artigo:
    (tradução do texto de Gage) «partir do momento em que perdermos a fé na inteligibilidade racional do universo, o que é que nos dissuade de acreditar nas últimas “descobertas” da OVNI-logia
    “Que visitam a Terra ou que acreditam que há vida noutros planetas?»
    Tu: «Não deixa de ser irónico que, apesar das pretenções de “cepticismo”, os ateus são mais propensos que os crentes tradicionais a acreditar em proposições pseudo-científicas do tipo OVNI, Bigfoot, o “Monstro” de Loch Ness, espiritismo, Atlantis e astrologia. Quatro vezes mais propensos, para ser mais exacto (31% vs. 8%)
    Joaquim Coelho (4º comentário do artigo): «Mats, encomenda aí um estudo igual aos crentes em ovnis (era mais complicado pois mais de 85 por cento serão religiosos)»
    Tu como resposta: «“Religiosos” de que religião? Além disso, a esmagadora maioria dos crentes em OVNIS são evolucionistas
    Joaquim Coelho respondeu: «A mairoia dos crentes em OVNIS são americanos A maioria dos americanos são religiosos Explica lá esta contradição.»
    Tu: «Quantos crentes em OVNIS existem no mundo? Quantos existem nos EUA?»
    (a sondagem foi feita na América. O título do livro com os resultados e comentários sobre ela é até: “What Americans Really Believe”.
    Ska comentou: «Só outra coisa: não confundas crenças em OVNI com vida extra-terrestre»

    Afinal, quem é que se enganou?

    Like

  23. Mats says:

    Pedro,

    Eu pedi uma citação de Crick. Apresentaste-me uma citação de Crick?

    Vamos lá a ver se nos entendêmos:
    1. O Crick era um evolucionista ou um criacionsita?
    2. O Crick era ateu ou teísta?
    3. O Crick acreditava em vida noutros planetas ou não?

    «Não sei se reparaste, mas eu fiz a distinção entre “Não existe” e “Este grupo é mais propenso”. No primeiro caso basta só um, no segundo caso a existência de um exemplo que contradiz a proposição não invalida a mesma.»
    Então aplica-a para fundamentar o que defendes.

    Já o fiz várias vezes.

    E também não me apresentaste uma citação minha para fundamentar o que colocaste nas minhas palavras. Tu escreveste: «Mas tu dizes para te aprsentar UM ateu que acredite em vida no espaço, e eu apresento.» Já agora, diga-me onde é que eu disse que não existem ateus supersticiosos e idiotas (ou seja o que atribuires)?

    Então porque é que pedes que te dê exemplos de ateus que acreditam em vida no espaço e raptos à meio da noite, quando sabes que eles existem? Estás-me a fazer perder tempo, e o ano ainda agora começou, bolas!

    «Ken Miller acredita que a vida foi “criada por Deus”. É ele um criacionista?»
    Responde à minha pergunta. Já respondi à tua. Eu sei qual é a tua intenção, mas prefiro que respondas directamente à questão que coloquei em vez de responder com perguntas. Não sabes qual é a minha. E se o que citei refere-se a um designer inteligente? É que te dei um vídeo para veres o contexto.

    A resposta à minha pergunta vai-te fazer vêr que alguém que acredita que a vida “foi criada” até pode ser um “evolucionista”. Como tal, quem subescreve qualquer aspecto da geologia ou biologia evolutiva está fora do criacionismo bíblico.
    Eu sei porque é que tentas ser tão vago na classificação de termos, mas acredita que isso nã é uma forma válida de argumentação. Especificidade é sinal de rigor.

    «Não, mas quem não acredita no relato da criação tal como escrito no Livro de Génesis também não é um criacionsita Bíblico.»
    Se essa regra aplica-se a ti, é o mesmo para o evolucionismo: quem acredita no Lamarckismo, que cruzando babuínos com gorilas dão-se humanos e que a vida não evolui na Terra, não é darwinista nem segue a Teoria da Evolução.

    Irrelevante, mas obrigado. Mas olha, sendo assim, então e quem acredita que Deus criou a vida por meios evolutivos, é ainda um evolucionista?

    «Só falta mostrares se o Mormonismo suporta o criacionismo Bíblico ou não.»
    Segundo a tradição oficial mórmon e os seus livros, acreditam “no relato da criação tal como escrito no Livro de Génesis”, e até são mais explícitos:
    * 1, 2, 3, 4. Mas também não contam, não é? Por isso é que disse um exemplo hipotético. Não me deste, e pelos vistos nunca darás.

    Um exemplo de um criacionista bíblico? Dr Jonathan Safarti. Outro: Dr Werner Gitt.

    «É impossível ao ser humano iniciar o contato com pessoas que já morreram, mas isto não invalida que Deus não o possa fazer, tal como o fez com Samuel.»
    Então Deus contactou com um morto, mas Samuel não o fez. Vou repetir a pergunta, que não deves ter lido bem: «é possível contactar com os mortos»? Responde como responderias na sondagem. É um “não”, não é verdade?

    A pergunta tal como foi feita, parece subentender que os que tentariam falar com os mortos seriam as pessoas. Com este subententido, eu responderia à pergunta com “Não”. Agora se eles fizessem o que tu fizeste(“Então e Deus com Samuel?!!”) eu diria, “Ah, mas eu pensei que só estavas a falar dos seres humanos”. É importante especificar.

    «Sim, é possível Deus revelar o futuro através de sonhos»
    Então por que é que na sondagem responderam com um “não”?

    Pela razão que enumerei em cima.

    «Não. Fui eu que me enganei. O que queria perguntar era:

    Do artigo:
    (tradução do texto de Gage) «partir do momento em que perdermos a fé na inteligibilidade racional do universo, o que é que nos dissuade de acreditar nas últimas “descobertas” da OVNI-logia
    “Que visitam a Terra ou que acreditam que há vida noutros planetas?»
    Tu: «Não deixa de ser irónico que, apesar das pretenções de “cepticismo”, os ateus são mais propensos que os crentes tradicionais a acreditar em proposições pseudo-científicas do tipo OVNI, Bigfoot, o “Monstro” de Loch Ness, espiritismo, Atlantis e astrologia. Quatro vezes mais propensos, para ser mais exacto (31% vs. 8%)
    Joaquim Coelho (4º comentário do artigo): «Mats, encomenda aí um estudo igual aos crentes em ovnis (era mais complicado pois mais de 85 por cento serão religiosos)»
    Tu como resposta: «“Religiosos” de que religião? Além disso, a esmagadora maioria dos crentes em OVNIS são evolucionistas
    Joaquim Coelho respondeu: «A mairoia dos crentes em OVNIS são americanos A maioria dos americanos são religiosos Explica lá esta contradição.»
    Tu: «Quantos crentes em OVNIS existem no mundo? Quantos existem nos EUA?»
    (a sondagem foi feita na América. O título do livro com os resultados e comentários sobre ela é até: “What Americans Really Believe”.
    Ska comentou: «Só outra coisa: não confundas crenças em OVNI com vida extra-terrestre»

    Afinal, quem é que se enganou?

    Desculpa, mas algo escapou-me. O que é que isto mostra?

    Like

  24. Arthur Vergara says:

    Acho ,que esta dos americanos está muito simplista, deve-se levcar em conta a cultura dos americanos, embora tenha muitos religiosos , há tembém a maior quantidade de evolucionistas e fãs de ovni e lendas locais. diversas,
    Deve se levar em conta o percentual e a cultura, pois ela ionfluencia os religiosos a srem o q normalmente não o seriam em culturas mais amenas.

    Like

  25. Não colocaste a citação de Crick.

    1. O Crick era um evolucionista ou um criacionsita?
    Evolucionista.
    2. O Crick era ateu ou teísta?
    Ele disse que era um agnóstico com tendência para o ateísmo. Ateu.
    3. O Crick acreditava em vida noutros planetas ou não?
    Ele apresentou uma hipótese que disse não ter provas científicas adequadas para determinar as probabilidades para essa hipótese. Mas respondo que sim.

    «A resposta à minha pergunta vai-te fazer vêr que alguém que acredita que a vida “foi criada” até pode ser um “evolucionista”. »
    Se eu faço uma pergunta sobre terminologia, a minha intenção é saber qual como entenderias
    «Então porque é que pedes que te dê exemplos de ateus que acreditam em vida no espaço e raptos à meio da noite, quando sabes que eles existem?»
    Já respondi diversas vezes. Procura por “ajuda” nos comentários, junta isto – «Não basta dizer que os evolucionistas são mais propensos a acreditar em OVNIs: tens de prová-lo ou pelo menos dar diversos exemplos.» (29 de Dezembro) Eu nunca pedi um único exemplar, como disseste – usar apenas um exemplar para fazer uma generalização é a falácia da falsa generalização.

    Por exemplo, no Gallup de 2001 é dito que 28% dos americanos dizia acreditar na

    Se eu pergunto algo a respeito de uma terminologia é para perceber o que entendem quando os termos são usados. Por exemplo, eu perguntei por um exemplo hipotético – isto é, imaginado – de um criacionista bíblico que acredita em OVNIs. Não me parece que os nomes que deste (Dr Jonathan Safarti e Dr Werner Gitt.) são de personagens que imaginaste que são criacionistas bíblicos que acreditam OVNIs. E mesmo que fossem, fiquei a saber tanto como antes o que é um criacionista bíblico. É o que dá o engonhanço.

    «A resposta à minha pergunta vai-te fazer vêr que alguém que acredita que a vida “foi criada” até pode ser um “evolucionista”. »
    Eu sabia por que na CreationWiki é dito que quem acredita que extraterrestres criaram os seres humanos são criacionistas. A questão é que acreditam que os extraterrestres chegaram a Terra e criaram humanos com uma forma definida, em geral à imagem dos extraterrestres. Por isso são designers inteligentes. A questão é se a isso chamas de criacionistas, como a CreationWiki. Agora fez-se luz ou vais voltar a perguntar-me se Ken Miller é criacionista pela quarta vez? É o que dá o engonhanço.

    «Mas olha, sendo assim, então e quem acredita que Deus criou a vida por meios evolutivos, é ainda um evolucionista?»
    Presumo que com “criou a vida por meio evolutivos” referes-te meios naturais (imagem para entender: Deus fez uma espécie de programa e deixou-o correr e o próprio programa criou vida). A resposta é sim.
    E se alguém acredita que um extraterrestre criou a vida como um designer inteligente, é evolucionista? E é criacionista?

    «Irrelevante, mas obrigado.»
    Irrelevante? LOL Eu tenho em rascunho o seguinte: «Eu posso facilmente mostrar que quem acredita num design inteligente é mais propenso a acreditar em OVNIs do que os ateus, cépticos e evolucionistas.» E usando o Gallup que disseste ter concluído que os ateus e evolucionistas são mais propensos à superstição. Eu também posso encontrar artigos como este: Polls Show Paranormal Beliefs On the Rise, Evolution Belief On the Decline.

    Teoria da Evolução e 48% disse que acreditava na Teoria do Criacionismo (eram esses os termos usados: “Theory of Evolution” e “Theory of Creationism”. E 33% disse que acreditava em visitas extraterrestres na Terra. Encontrei a digitalização das estatísticas aqui. Portanto, gostava de saber como chegaste às conclusões que chegaste.

    «Desculpa, mas algo escapou-me. O que é que isto mostra?»
    Acho que mostra que o Gallup estava a falar em crença em vida extraterrestre (sarcasmo). Admito que agora reparei que escreveste: «Fui eu que me enganei.», o que é impressionante.

    «Estás-me a fazer perder tempo, e o ano ainda agora começou, bolas!»
    http://crerparaver.blogspot.com/2009/01/engonhano.html
    É simples: não engonhes e vai directo aos assuntos dos artigos que colocas. Por cada pergunta que me fizeres ou alegação que fizeres dirigida a mim, se eu a notar, eu respondo. Eu não sou como outros que deixam estar. Se responderes com 1000 novos assuntos, eu não vou escrever 1000 caracteres. Há alguém chamado Perspectiva que faz perder mais tempo.

    Like

  26. Arthur Vergara
    «há tembém a maior quantidade de evolucionistas e fãs de ovni e lendas locais»
    A maioria é criacionista…
    Estatísticas de diversas fontes: 1 ;
    2 ; 3; 4; 5; 6; 7;
    Como é que um dos países onde existem menos evolucionistas é um dos que onde existem mais crentes em OVNIs, e ainda assim há uma relação entre evolucionismo e ufologia? Podes explicar-me, Arthur? E o Mats, pode dar-nos uma explicação?

    Like

  27. Adim says:

    Ola, sou fã desse blogue a algum tempo e quero dar minha opnião.

    Não concordo com a versão de Saul ter falado com o espirito de Samuel.
    Apesar de Deus ser oniciente (sim, com certeza) sabemos que ele não pode se contradizer.
    Não imagino Dues tirando Samuel de seu lugar de descanso p que ele tome parte de um pecado nojento e tão seriamente combatido como a necromancia.

    Mesmo sendo pecado, seria possivel eu ir a um vidente e pedir p falar com alguem que já morreu e o espirito dessa pessoa realmente sair do ceu ou do inferno p falar comigo?
    Se não, aonde consta na Biblia que Deus deu um ´´passe especial“, unico na historia, abrindo essa excessão p Samuel?
    Esse ´´passe especial“ não é uma conjectura?
    E isso só p Samuel dar um puxão de orelha em Saul?

    No caso não é mais provavel que Saul não tenha falado com o verdadeiro Samuel, mas que fosse uma ação da propria vidente ou de um demonio oportunista repetindo o que ja se sabia do destino dele?

    Um link sobre o assunto:
    http://www.bibliapage.com/saul.html

    Agradeço a Deus por esse esforço de vcs, não desanimem que Deus os abençoe.

    Like

  28. Mats says:

    Obrigado pelo teu comentário, Adim.
    Deus te abençoe.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s