Evolucionistas discordam com Darwin

Pelos vistos a morte, extinção e a fome não são boas causadoras de evolução.

17 mil espécies em extinção

A vida na Terra está seriamente ameaçada, de acordo com uma análise detalhada da Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas elaborada pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN). A crise das espécies selvagens é pior do que a crise económica, diz a UICN.

Pouco importa que algumas espécies condenadas à morte encerrem a chave da cura do cancro ou da sida. A sangria é tal que uma quarta parte dos mamíferos vive à beira da extinção, segundo os últimos dados da UICN.

Actualmente estão ameaçadas de extinção pelo menos 16 928 espécies, incluindo um terço dos anfíbios, mais de um em cada oito espécies de aves e cerca de um quarto dos mamíferos. Nos últimos 500 anos já se extinguiram 869 espécies.

Darwin disse:

Thus, from the war of nature, from famine and death, the most exalted object which we are capable of conceiving, namely. the production of the higher animals, directly follows.

As guerras, a fome e a morte causaram o aparecimento dos animais mais elevados, no entanto os evolucionistas estão preocupados com a fome e a morte que existem hoje. Se isto causou a evolução no passado, porque é que os ateus querem acabar com a fome e a morte?

Se calhar eles fazem-no porque eles sabem que o que Darwin disse está errado.

Pode um ambientalista ser um evolucionista? Pode, mas não está a ser coerente.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Ciência and tagged , , . Bookmark the permalink.

22 Responses to Evolucionistas discordam com Darwin

  1. Nuno Dias says:

    Absurdo de conclusão.
    A evolução ocorre com pequenas variações genéticas e ao longo de milhões de anos.

    Like

  2. jonas says:

    Bela fè a sua.Não há nada de empirismo em uma declaração como esta.E aí são os criacionistas que são dogmáticos.Pense um pouco:se a evolução ocorre com pequenas variações genéticas,onde estão os bilhões de fosséis intermediários?Onde empiricamente a biologia do desenvolvimento corrobora essa sua afirmação?O absurdo é quando uma hipótese(sim a evolução não passa de uma hipótese)com tamanha insufuficiência epistemiológica impregna ares de ciência.Os três fundamentos do darwinismo estão solapados e a ruir pelas novas evidências da biologia.A descendência comum com sua árvore virou um gramado,de tanta diversificação de genes,a seleção natural,a biologia do desenvolvimento disse não a formação de novas estruturas,e a abiogênese esta improbabilidade em que só DNA e RNA alienígenas resolvem.Sobrou muito pouco “daquilo que é mais certo que a teoria da gravidade”(darwinismo).Os paradigmas devem ceder ante as evidências,pois o custo para a verdadeira ciência será muito alto e penoso!

    Like

  3. Mats says:

    Nuno,

    A evolução ocorre com pequenas variações genéticas e ao longo de milhões de anos.

    Isso é muito vago.
    1. Que tipo de variações?
    2. Como é que “variações” refutam o criacionismo?

    Like

  4. Jonas says:

    Como presente de Natal vou deixar a vocês essa pérola de artigo sobre os micro Rna;s,de como sómente a inteligência e a teleologia poderão explicar tais comportamentos.http://pos-darwinista.blogspot.com/
    FELIZ NATAL!E que o ESPÌRITO de CRISTO inunde nosso ser,dando-nos PAZ e DISCERNIMENTO,para enfrentarmos essa vida.Em CRISTO

    Like

  5. Jonas says:

    Como presente de Natal vou deixar a vocês essa pérola de artigo sobre os micro Rna;s,de como sómente a inteligência e a teleologia poderão explicar tais comportamentos.
    http://pos-darwinista.blogspot.com/
    FELIZ NATAL!E que o ESPÌRITO de CRISTO inunde nosso ser,dando-nos PAZ e DISCERNIMENTO,para enfrentarmos essa vida.Em CRISTO

    Like

  6. Nuno Dias says:

    Naturalmente que um planeta pejado de vida e com variações climáticas transforma grande parte dos restos biológicos – carvão, petróleo e fezes! Não será muito difícil encontrar textos técnicos sobre isto.

    “Os paradigmas devem ceder ante as evidências”. Isto só pode ser a brincar. Os senhores criacionistas por acaso têm evidências melhores? Vamos ser sinceros, não têm nada! Onde estão os resultados matemáticos que contestam os resultados da geologia ou da datação radioactiva? Não deverá ser muito difícil confirmar esses valores.
    É demasiado estranho que a uns dê 200.000 anos para o Homosapiens e 5 mil milhões de anos para a idade da terra. Aplica-se a mesma filosofia discutida no escândalo do aquecimento, muitos mais houve que confirmaram.

    Pequenas variações significam, por exemplo, o tamanho de uma orelha para determinada espécie ser codificado com ACGTACGTAT e passar ACCTACGTAT. Perdoem a simplicidade.
    Segundo a perspectiva que apresentei em cima não vejo como as variações possam refutar o criacionismo. Nunca foi esse o objectivo. O problema está nos criacionistas não aceitarem este modelo para a evolução das espécies, assumindo que tudo tem mão de Deus

    Like

  7. Fabenrik says:

    E ainda que pudesse estar errada a teoria de Darwin, possívelmente não, não tenho embasamento para discutir sobre tal assunto, as opções não são:
    ( )Darwin
    ( )Deus

    E se a resposta fosse deus, teria muito a explicar para todos.
    Não sou simplesmente um ateu, se deus aparecesse encarnado ou falasse comigo ia gastar um bom tempo, para ele não seria problema, teria que explicar muita coisa, de forma contrária, eu mesmo mergulharia em seu inferno sem um convite prévio. E com honra. Não apóio uma figura como essa sem saber antes tudo que tenho dúvida. Patente não dá direito de errar e fazer o que bem entende sem ser indagado.

    Fabenrik
    ateu e atoa

    Like

  8. Jonas says:

    Nuno!

    O que me deixa perplexo é com que simplismo são tratadas as questões concernentes a explicação da origem e desenvolver da vida por parte dos evolucionistas.O pensamento de vocês é obtuso em questões tão obvias de lógica,que só posso aceitar que isto é pela cegueira que este paradigma leva.Quando falas que a” matéria orgânica é transformada em carvão…e que devo recorrer a textos técnicos”,percebo que acertastes no varejo,mas errastes no atacado,quero dizer:sem sombra de dúvida há transformação de matéria orgânica em produtos,mas o que me estranha QUE SÓ OS FÓSSEIS QUE NÃO SÃO DE TRANSIÇÃO FORAM TRANSFORMADOS EM CARVÃO…Além de termos uma seleção natural inteligêntíssima e seletora para a complexidade,temos esse mecanismo seletivo que só transforma fósseis em transição em petróleo e carvão!.Aí tem que ter reflexão!!!Quanto a geologia,quando a analisares a fundo sem pré-concepções verás que ela está alicerçada em muitos pressupostos que partem do uniformitarismo que diz:O presente é a chave do passado!Todos os três princípios propostos por Nicolas Steno(horizontalidade,da continuidade dos extratos,e o da superposição) foram estabelecidos como auto-evidentes.Os próprios geólogos dizem que só em 0,4% a camada geológica está completa,e mesmo assim admitem que pode estar incompleta.O assunto é extenso,só quis te possicionar ante as pressuposições que são ainda maiores.Há um looping ou pensamento circular em relação a datação de fósseis e camadas geológicas,pois as rochas datam os fósseis ,e os fósseis datam as rochas.Asiim não dá!!A datação com radioisótopos,parte de novos pressupostos,que não podem ser verificados pois ninguém esteve no princípio da formação da terra,então não poderá saber-se o estado inicial das rochas,o grau de decaimento,a contaminação das rochas…então dá-lhe pressupostos.E quanto a “simplicidade” dos evolucionistas é normal para defender o seu paradigma,mas a biologia do desenvolvimento diz não,porque mutações só terão efeito quanto a novos planos corporais,quando forem em estágios primordiais do embrião,e se acontecerem nestes estágios,ou o ser ficará igual,doente ou morto.Sem chance !No tempo de Darwin uma célula era um protoplasma de gelatina,e e´justificável que ele pensasse que a vida era simples,mas hoje com o advento de toda essa tecnologia que a biologia molecular dispõem,sómente em defesa do paradigma se justifica a inserção de argumentos simplistas.A ciência diz;A CÉLULA É MUIIIIITO COMPLEXA!!!O pior cego é aquele que não quer ver!!!

    Like

  9. Nuno Dias says:

    Ficamos na mesma.
    Não aceitam as posições globalmente aceites pela ciência por encontrarem supostas falásias. Regressemos ao consultório 30 médicos apresentam um diagnóstico, 3 contestam. Qual escolher?
    Não posso discutir pormenores técnicos de datação radioactiva ou geologia, os meus conhecimentos não dão para tanto (e acho q os seus tb n). Mas parece-me que os resultados não são para chatear a Igreja, ao contrário dos vossos que me parece serem para confirmar a Bíblia.

    Os fósseis de transição, tal como (eu penso que vc) pensa que deveriam existir:

    na verdade não são nada disso. Parta do Eohippus e imagine milhares de variações, e talvez na 10º geração uma destas tenha dado origem ao Oligohippus, novamente imagine milhares de variações e assim sucessivamente. Não é forçoso que quando nova espécie aparece a mais antiga morra. À semelhança dos ramos de uma árvore.
    Está à espera de encontrar todos estes fósseis? Para todas as espécies que passaram pelo planeta?

    Like

  10. Mats says:

    Nuno,

    “Os paradigmas devem ceder ante as evidências”. Isto só pode ser a brincar. Os senhores criacionistas por acaso têm evidências melhores?

    Claro. A estrutura tipo-máquina das formas de vida é uma evidência poderosa a favor do criacionismo.

    Fabenrik

    E ainda que pudesse estar errada a teoria de Darwin, possívelmente não, não tenho embasamento para discutir sobre tal assunto, as opções não são:
    ( )Darwin
    ( )Deus

    De acordo com aqueles que usam o argumento do “Bad Design”, as opções são ou Deus ou Darwin.

    Like

  11. jonas says:

    Nuno!

    Nãoa é preciso encontrar todos os elos de fósseis de uma espécie,mas é muito”estranho” que só os fósseis de animais que não são de” transição” são encontrados.Quanto aos detalhes técnicos da geologia e datação,não precisamos ser cientistas da área para nos posicionarmos racionalmente ante as declarações,pois eu me sinto capaz de poder avaliar dados que chegam a mim e estabecer bom senso e lógica as minhas conclusões.O que é preciso é seguir as evidências(não pressupostos) até onde elas forem,e se estas apontarem para um Criador ou designer,o paradigma vigente deve rever seus conceitos e deixar sua base puramente naturalista.A nossa cosmovisão preferida não nos deve cegar,e nem nos tornar-nos préconceituosos,pois esta atitude impossibilitará de sermos críticos,e aceitaremos qualquer coisa que confirme o paradigma ,mesmo que sejam afirmações “ad hoc”.

    Like

  12. jonas says:

    Nuno!
    Desculpe por te interpelar mais uma vez,mas é necessário porque me passou desapercebida uma delaração crucial sua.”Por encontrarem supostas falácias”.É preciso ter um olhar atento de como as “teorias” são desenvolvidas,e tanto na geologia e na datação não são os métodos que tem problemas,e sim os pressupostos em qual eles estão alicerçados.Como as condições iniciais da terra não são empíricamente testáveis,esse terreno é sujeito a muitas especulações e isto é muito ruim,pois se o paradigma vigente afirma categóricamente que o construto do universo é de base natural,então só há uma porta de saída.E se está porta não for a saída ?como ficamos?Tenho a mente aberta e por isso sou crítico a que pressupostos tenham tamanho poder de conclusão.Acho que deves se dar esse direito,pois cientistas são homens e tb são sujeitos á preferências e paixões.Na Bíblia diz que se é para examinar tudo e reter o que é bom.Faça o mesmo sem pré-concepções estabelecidas,e tenho certeza que lhe será muito útil,pois sei que não queres ser enganado,asssim como eu.Abraços

    Like

  13. Nuno Dias says:

    É um argumento justo. Haverá sempre várias interpretações para tudo.

    No entanto, e perdoem-me por mais uma vez achar que a minha visão é mais correcta do que a vossa, parece-me que os pressupostos preconceituosos partem do vosso lado, senão veja-se :
    – os constantes erros grosseiros sobre a teoria de Darwin em diversos blogs;
    – o denegrir do islamismo;
    – a Bíblia como verdade absoluta e a existência de Deus.

    De qualquer forma, Feliz Natal.

    Like

  14. jonas says:

    Nuno!

    Mas a existência de DEUS é um argumento plausível,pois até físicos renomados como Stefhen Hawking concordam com isto.Se desceres ao íntimo da máteria ou ainda mais, as párticulas virtuais como ondas que se colapsam para formar as párticulas subatômicas e delas chegarmos a esse grau de complexidade,o ajuste fino desta obra é um milagre probalístico.É por estas que te peço que tenhas cautela em engolir tudo como “científico e verdadeiro”.Sobre a teoria de Darwin poderias me enumerar quais são o erros groseiros,e então humildemente vou ponderar com voce ponto a ponto,claro dentro de minha capacitação.FELIZ NATAL

    Like

  15. Jonas says:

    Nuno!
    Para não dizer que só estou a argumentar em cima de “paroles” aqui vai uma argumentação sobre a fragilidade da árvore da vida,e são evolucionistas a falar : http://www.telegraph.co.uk/science/4312355/Charles-Darwins-tree-of-life-is-wrong-and-misleading-claim-scientists.html

    Like

  16. MVR says:

    “Os paradigmas devem ceder ante as evidências”. Isto só pode ser a brincar.

    Faço-te a mesma pergunta: Estás a brincar? 🙂

    Porque é que se vão manter paradigmas que as evidências apontam ser falsos? Paradigmas que não surgem através da observação, mas sim da interpretação de uma pessoa?

    Fazer acusações baratas sobre a situação social/económica de um país e associar isso à falta de religião é de uma falta de capacidade intelectual tremenda.

    Certo. Mas ficas surpreso se vires quantos ateus fazem isto mesmo no Orkut.

    É uma lacidade falsa, hipócrita. Isso provavelmente foi falta de um bom advogado.

    “Ateu à toa”, claramente não sabes o que é laicidade 🙂 Daqui a pouco vão pedir para que retirem crucifixos do pescoço ao entrar nos prédios públicos, e também a entrada de bíblias e até marca-páginas do smilinguido 🙂

    Análogo a uma liberdade de diversidade sexual permitida pelo estado, seria válido o argumento da juíza para um casal gay se agarrando em um outdoor.

    Não há lei que proíba isso. Mas não acho que os anunciantes queiram utilizar homossexuais em propaganda.

    Se pode, então todos podem. Quanta hipocrisia.

    Sim, podem colocar o alcorão pendurado na parede, estátuas de Shiva e o que mais for, desde que não haja abuso (Principalmente na quantidade). Sem problemas perante a lei.

    Like

  17. fabenrik says:

    @MRV
    sinceramente meu caro, gostei muito, pois parece que ao menos tenta responder.
    Talvez fale por você, porém o ataque não foi direcionado para uma pessoa e sim para um grupo específico. O comportamento cristão nestes casos de propaganda homossexual são os primeiros que reclamam e vem tentar retirar a propaganda.
    Parece tu, que não sabes o que é laicidade, não pode um departamento público de um estado laico estar a tender a alguma religião.
    Mais uma analogia, que gosto tanto de fazer, dá no mesmo o estado ceder a liberdade de escolher um time a todos, semelhante a uma laicidade. Quando entra em uma repartição pública um baita símbolo do Flamengo ou do Vasco da Gama lá na entrada.

    E quanto ao Mats, por ter um rótulo estampado, gosta muito de rotular as coisas, esqueceu da diversidade que tem de teorias e deuses? Corroboro:
    As opções não são ou deus ou Darwin.

    Like

  18. Nuno Dias says:

    Porque é que se vão manter paradigmas que as evidências apontam ser falsos? Paradigmas que não surgem através da observação, mas sim da interpretação de uma pessoa?
    – Mas que evidências são essas? Já sei que vai ser dizer que têm várias, mas parece-me que têm várias há já muitos anos e que nunca conduziram em nada de credível. Darwin tinha razão quando o mundo estava errado. É a única analogia que encontro para não rejeitar imediatamente um qualquer trabalho que tente associar a natureza com Deus.

    Certo. Mas ficas surpreso se vires quantos ateus fazem isto mesmo no Orkut.
    – A estupidez é mal comum a crentes e ateus.

    – Obviamente que fabenrik tem razão nos seus argumentos. Trata-se da imposição de uma imagem. Desconheço qual a influência muçulmana no Brasil, na Europa estima-se que em cerca de 50 anos o número de muçulmanos ultrapasse o número das actuais etnias. Dever-se-á começar a encomendar símbolos islâmicos para colocar em repartições públicas?

    É por estas que te peço que tenhas cautela em engolir tudo como “científico e verdadeiro”
    – Confio que as posições da maioria científica sejam, até ao momento, as melhores escolhas possíveis. (penso que) não tenho qualquer problema em alterar a minha forma de interpretar o mundo, basta que os argumentos apresentados sejam aceitáveis. O que não aceito é a descredibilização de Darwin com argumentos ridículos ou a credibilização da Bíblia com argumentos semelhantes, respectivamente o “Sino fóssil” e “dinossauros incas” (mas praticamente um qualquer neste blog e semelhantes servem)

    – A transmissão genética entre bactérias (onde realmente não ocorrem mutações lentas e graduais) não inviabiliza a teoria de Darwin para os organismos mais complexos. Se se provasse que análogo ocorreria para todos os organismos ai sim cairia por terra.


    Aliás, embicaram com Darwin porquê? Porque não andará Deus a regular as mutações?

    Like

  19. Mats says:

    Nuno,

    Porque é que se vão manter paradigmas que as evidências apontam ser falsos?

    Por motivos ideológicos. A teoria da evolução é uma excelente plataforma para a promoção do ateísmo.

    – Mas que evidências são essas? Já sei que vai ser dizer que têm várias, mas parece-me que têm várias há já muitos anos e que nunca conduziram em nada de credível.

    Se nunca tivessem conduzido em nada credível, não haveria uma crescenet onda de cientistas conceituados a insurgirem-se contra o dogma evolucionista oficial.

    A acumulção de evidências científicas através da décadas está a tornar a crença na teoria da evolução cada vez mais difícil.

    Vê esta lista de cientistas

    Darwin tinha razão quando o mundo estava errado.

    Como é que Darwin poderia ter razão, se a maior parte do que Darwin disse está cientificamente errado?

    Like

  20. Mats says:

    Fabenrik,

    E quanto ao Mats, por ter um rótulo estampado, gosta muito de rotular as coisas, esqueceu da diversidade que tem de teorias e deuses? Corroboro:
    As opções não são ou deus ou Darwin.

    Mas os próprios ateus dizem que não se pode ser um evolucionista e um cristão.

    Será que o evolucionista ateu Jerry Coyne está errado?

    Like

  21. fabenrik says:

    vc não entendeu o que eu disse Mats.
    Não existem somente duas opções de linha de pensamento sobre origem do universo e da terra.

    Like

  22. Mats says:

    Fabenrik

    Não existem somente duas opções de linha de pensamento sobre origem do universo e da terra.

    Acho que esta situação é de facto binária:
    1. ou o universo foi feito por Alguém
    ou
    2. o universo fez-se a si mesmo.

    Conheces outra opção, para além da cientificamente desacreditada noção de um universo eterno?

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s