Testemunho de um egípcio às portas da morte

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Religião and tagged , , . Bookmark the permalink.

10 Responses to Testemunho de um egípcio às portas da morte

  1. Nuno Dias says:

    bonito exemplo, só é pena os que ficaram por salvar…

    como os ateus ajudam vidas:
    http://www.kiva.org/community

    http://www.kiva.org/lender/nmhdias

    Like

  2. Mats says:

    bonito exemplo, só é pena os que ficaram por salvar…

    Como por exemplo?

    como os ateus ajudam vidas:
    http://www.kiva.org/community

    http://www.kiva.org/lender/nmhdias

    Ninguém disse que os ateus não “ajudam vidas”. O problema é que se o ateísmo está certo, não há motivo para “ajudar vidas”. Ateus que ajudam o seu próximo vivem de forma inconsistente.

    Like

  3. Nuno Dias says:

    Todos os outros muçulmanos, cristãos e será que me atrevo a dizer… crianças, que morreram sem ajuda divina.

    “O problema é que se o ateísmo está certo, não há motivo para “ajudar vidas”. Ateus que ajudam o seu próximo vivem de forma inconsistente.”

    Ó Mats, por favor…. de alguma forma consigo aceitar os vossos argumentos contra a teoria Darwininsta e com os diabos até pode estar errada! Devias ter alguma flexibilidade para aceitar o ateísmo e alguns valores morais que podem advir disto.
    A única coisa que se defende é não existir um Deus.
    Porque motivo não se deveria ajudar o próximo? Pelo mesmo motivo que se agradece a um desconhecido, ou se cede a prioridade na estrada, ou se deseja uma boa tarde.
    E há que admitir que mais nenhuma crença dá tanto valor à sua existência.

    O que fazes confusão (se bem que acho que não és tão ingénuo assim) são com oportunistas que utilizam conceitos ateus e darwinistas para se justificarem/desculparem do seu mau carácter.

    Like

  4. Mats says:

    Todos os outros muçulmanos, cristãos e será que me atrevo a dizer… crianças, que morreram sem ajuda divina.

    Quem disse que morrerram sem Ajuda Divina?

    “O problema é que se o ateísmo está certo, não há motivo para “ajudar vidas”. Ateus que ajudam o seu próximo vivem de forma inconsistente.”

    Ó Mats, por favor…. de alguma forma consigo aceitar os vossos argumentos contra a teoria Darwininsta e com os diabos até pode estar errada! Devias ter alguma flexibilidade para aceitar o ateísmo e alguns valores morais que podem advir disto.

    MAs o “valores morais” que o ateísmo advoca são tão válidos como quem advoca exactamente o contrário. E porquê? Porque não há Nenhum Ponto de Referência para a moral, para além da opinião de cada indivíduo.

    A única coisa que se defende é não existir um Deus.

    E isso faz com que todos os comportamentos morais sejam igualmente válidos.

    Porque motivo não se deveria ajudar o próximo?

    Porque motivo deveria o ateu ajudar o próximo?

    Pelo mesmo motivo que se agradece a um desconhecido, ou se cede a prioridade na estrada, ou se deseja uma boa tarde.

    Pois, mas qual é o fundamento para tal acção altruísta?

    O que fazes confusão (se bem que acho que não és tão ingénuo assim) são com oportunistas que utilizam conceitos ateus e darwinistas para se justificarem/desculparem do seu mau carácter.

    Mas quem os define como “oportunistas” és tu. Eles definem-se como coerentes em relação ao ateísmo. Quem é que está certo, tu ou eles?

    Like

  5. Nuno Dias says:

    Na Bíblia também não existe qualquer Ponto de Referência para a moral. Cada um lê os contos que lá se encontram e são interpretadas como apetecer.

    A única coisa que se defende é não existir um Deus.
    E isso faz com que todos os comportamentos morais sejam igualmente válidos.

    Não. A validade dos comportamentos morais é dada pela opinião da maioria, afinal de contas, é o que actualmente existe com as leis.

    Porque motivo deveria o ateu ajudar o próximo?
    Pelos mesmos motivos que quando um catequista ensina a Bíblia. Pelas sensações de bem estar para consigo mesmo, pela atenção recebida, por ver um sorriso.

    Pois, mas qual é o fundamento para tal acção altruísta?
    Não entendo o que queres com fundamento. Biologicamente existem vários exemplos de cooperação entre espécies (genes egoístas).

    coerentes em relação ao ateísmo
    Palavras tuas. Demonstra a coerência sem raciocínios absurdos. Onde estão as provas que as atrocidades cometidas foram por causa do ateísmo e não simplesmente por quererem eliminar quem se lhes opunha.

    Like

  6. Mats says:

    Na Bíblia também não existe qualquer Ponto de Referência para a moral. Cada um lê os contos que lá se encontram e são interpretadas como apetecer.

    Isso não invalida que se Deus não existe, não há ponto de referência absoluto para a moral. Dentro do ateísmo, ajudar o próximo ou matar o próximo são actos igualmente válidos.

    A validade dos comportamentos morais é dada pela opinião da maioria, afinal de contas, é o que actualmente existe com as leis.

    Portanto, como na alemanha nazi a maioria era contra os judeus, chegando ao ponto de legislar contra eles, posso assumir que, do teu ponto de vista, o racismo é moralmente válido, certo? Afinal, a maioria dizia que sim.

    Porque motivo deveria o ateu ajudar o próximo?

    Pelos mesmos motivos que quando um catequista ensina a Bíblia. Pelas sensações de bem estar para consigo mesmo, pela atenção recebida, por ver um sorriso.

    Quem disse que o bem estar, atenção recebida e sorrisos tornam comportamentos morais em seu favor como aceitáveis? Afinal, outro ateu pode achar que apenas o seu próprio bem estar conta.

    Pois, mas qual é o fundamento para tal acção altruísta?

    Não entendo o que queres com fundamento. Biologicamente existem vários exemplos de cooperação entre espécies (genes egoístas).

    Biologicamente existem também luta entre espécies. Qual é o que preferes?

    Onde estão as provas que as atrocidades cometidas foram por causa do ateísmo e não simplesmente por quererem eliminar quem se lhes opunha.

    Uma não invalida a outra: as mortes podem ter sido feitas em nome do ateísmo e como forma de eliminar quem se opunha ao ateísmo político (comunismo).

    Like

  7. Nuno Dias says:

    Dentro do ateísmo, ajudar o próximo ou matar o próximo são actos igualmente válidos. Dentro do ateísmo ou em qualquer religião.

    como na alemanha nazi a maioria era contra os judeus não vamos ser tão inocentes na resposta mas tal como a escravidão foi moralmente válida, sim.

    Quem disse que o bem estar, atenção recebida e sorrisos tornam comportamentos morais em seu favor como aceitáveis? ninguém, não foi essa a pergunta

    Biologicamente existem também luta entre espécies. Qual é o que preferes? estou a perder o fio à meada

    Uma não invalida a outra: as mortes podem ter sido feitas em nome do ateísmo e como forma de eliminar quem se opunha ao ateísmo político (comunismo). Estás a tentar arranjar uma desculpa esfarrapada para não dar o braço a torcer ou é impressão minha?

    Em suma. Depois da medicação a que foi o egipcio foi sujeito, no final foi agradecer a Deus. Alah Akbar

    Like

  8. Adim says:

    ´´Dentro do ateísmo, ajudar o próximo ou matar o próximo são actos igualmente válidos. Dentro do ateísmo ou em qualquer religião“

    A Biblia deixa claro que há um abismo entre ajudar o proximo (um novo mandamento vos dou, amai uns aos outros assim como EU {Jesus} vos amei…)e o crime de assasinato (ate odiar nos faz tão culpados diante de Deus quanto alguem que mata).
    Nem mesmo o ´´cristiamismo palha“ que vcs ateus fabricam e vendem defende isso.

    Mas no Ateismo, não á REAL diferença entre um e o outro…

    Like

  9. Nuno Dias says:

    Adim, tens razão. Deus pode fazer trinta por uma linha mas o seguidores não.

    Like

  10. fabenrik says:

    @Mats, Nuno e Adim.

    Porque motivo deveria o ateu ajudar o próximo?

    Antes de ser ateu ou qualquer linha filosófica o ateu é um ser humano. O humano é um ser social, conhecimento, não vindo da bíblia, nem incentivado pela mesma.
    Necessita de aceitação, faz bem ao próximo por ser aceito, entra na casa de uma pessoa e aceita suas regras por não querer ser rejeitado pelo grupo.
    Não transgride as leis por querer ser aceito. Por esse motivo que muitos ateus até pouco tempo não revelavam ser ateus. Mas quando passamos a achar mais pessoas com pensamentos similares a probabilidade de ser aceito vai crescendo.
    Se eu, ou tu Mats, religioso radical, estivesse na alemanha nazi, estaríamos na mesma, com nossas opiniões e tendo as mesmas oprimidas. Vc contra por não aceitar essa ideologia, talvez, até pq Hitler foi apoiado por muitos religiosos, vc até poderia, como seus colegas de certezas cristãs, poderia achar estar certo e depois se arrepender, estaria salvo.
    Eu talvez contra tbm, por não aceitar as mortes, pois como ateu dou valor a vida, pois é a única que tenho, não há prolongamentos.

    Toda vontade de uma minoria imposta a uma maioria acaba dando nisso. Pode ser a vontade tanto de um religioso quanto a de um ateísta. Apesar do ateísta ser o que pode mudar de idéia mais facilmente, não tem um guia onde diz “verdades inflexívies”.

    Fabenrik
    ateu e atoa

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s