Evolucionistas atacam o ensino da ciência

No ano de 2005, um cativante e inteligente estudante de graduação com o nome de Bryan Leonard estava à beira de defender a sua tese de doutoramento na Ohio State University (OSU). Leonard, que tinha um mestrado em Biologia, ensinava essa disciplina numa escola pública usando um plano de ensino aprovado pelo estado local – plano de ensino esse que exibia as evidências e favor e contra a teoria da evolução. A sua tese de doutoramento analisava os benefícios pedagógicos do ensino da evolução darwiniana desta forma objectiva.

Quando alguns biólogos evolucionistas da universidade local souberam do tema da sua tese, escreveram uma carta protestando a defesa da tese de Leonard, alegando que “não existem dados científicos válidos que colocam em causa a macroevolução” e que, como tal, o seu ensino dos problemas da teoria da evolução era uma acto “anti-ético” e uma “deseducação deliberada”.

Segundo os evoucionistas, portanto, ensinar os alunos de que existem fraquezas científicas dentro da teoria neo-Darwiniana é uma forma de investigação experimental “anti-ética”.

Evolucionista RissingUm dos biólogos evolucionistas que se insurgiu com a tese de Leonard foi Steve Rissing (na foto).

Eventualmente, Bryan Leonard foi ilibado das acusações repugnantes e artificias, mas isso não impediu o Dr. Rissing de voltar à carga com mais sugestões e com uma nova causa pró-Darwiniana e anti-ciência: Rissing quer que os estudantes passem menos tempo a aprender sobre a biologia celular (e a biologia molecular) de modo a que possam investir mais tempo a aprender a teoria da evolução. Um comunicado de imprensa da OSU cita Rissing onde este diz que a forma de criar “um publico cientificamente mais instruído” é desviando a atenção deles da biologia molecular para a teoria da evolução.

Estes estudantes estão a receber muita informação sobre a mitose da divisão celular por parte dos seus livros quando eles deveriam estas a estudar coisas como a medicina personalizada, a teoria da evolução e o impacto das alterações climáticas.

Ou seja, os estudantes deveriam deixar de lado o estudo da operacionalidade das células em favor do estudo da teoria da evolução e das alterações climáticas.

No artigo anexo publicado pela Life Sciences Education, Rissing fornece exemplos específicos do que ele pensa estar errado, lamentando o facto duma edição do livro escolar “Campbell’s Biology” disponibilizar apenas 9 espécies dentro da evolução dos hominídeos, omitindo espécies tais como Orrorin tugenensis, Sahelanthropus tchadensis, e Australopithecus anamensis.

No comunicado de imprensa, Rissing denota preocupação com o facto de que, sem os fósseis, “alguns estudantes podem pensar que as evidências em favor da teoria da evolução não são tão fortes como o são” – porque, como se sabe, o seu propósito é que os estudantes aceitem a teoria da evolução.

Mas Rissing não se apercebe que a sua estratégia não funcionará de acordo com os seus planos visto que os restos fósseis das espécies mencionadas em cima – das quais ele se queixa – estão 1) desaparecidas, 2) fragmentadas e 3) incompletas. Em alguns casos certas características contradizem a árvore evolutiva padrão dos hominídeos. De facto, estes fósseis pouco fazem para solidificar o caso em favor da teoria da evolução. É bem mais provável que os estudantes “acreditem” na teoria da evolução se tal “evidência” decepcionante for deixada de lado.

Fonte 

* * * * * * * *

O facto dos evolucionistas colocarem o ensino da teoria da evolução como algo mais importante que o ensino da ciência demonstra de forma cabal como o vínculo dos evolucionistas não é com a ciência mas sim com Darwin. Para um evolucionista, é mais importante que um aluno tenha fé na teoria da evolução do que ele saiba como funciona a célula.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

6 Responses to Evolucionistas atacam o ensino da ciência

  1. Saga says:

    Se ve que grande parte dos cientistas críticos da teoria da evolução ou de cientistas adeptos do DI vem justamente de onde? Sim, da biologia molecular.

    Então que estudem menos “biologia molecular”! Assim é menos provável que se desviem da “fé evolucionista”, quanto mais aprenderem mais perguntas terão e menos caberão respostas simplistas.

    Explico, é comum se falar em seres unicelulares em como sendo “simples”, da célula como sendo algo “simples”. Talvez antropologistas, paleontologistas, zoólogos pensem assim, mas nunca os biólogos moleculares!! Então para eles é bem mais difícil respostas tais como “então em milhões de anos a célula original surgiu de matéria sem vida numa sopa prébiotica marinha….milhões de anos depois se evoluiram pra seres pluricelulares e em mais outros milhões de anos surgiram os artrópodes….”

    Like

    • jephsimple says:

      Falou e disse Saga :D…

      Peixes pulmonados são considerados parente mais próximo dos tetrápodes (os seres humanos são tetrápodes). Assim, soaria como se os peixes pulmonados são mais estreitamente relacionado comigo do que com um atum.😉

      Like

      • jephsimple says:

        deixe eu corrigir : Assim, soaria como se os peixes pulmonados fossem mais estreitamente relacionados comigo do que com um atum.😉

        Like

    • Carlos says:

      A teoria da evolução, o jeito mais eficiente de se justificar tudo sem explicar nada!
      Dizem que muitos religiosos utilizam suas divindades como desculpas para não buscarem respostas de como as coisas funcionam. Fala-se ser mais comum nas religiões cristãs, mas eu nunca ouvi falar que os pais da ciência que hoje estudamos deixaram de explicar o funcionamento de algo só por pensarem ter sido criado por Deus. Os únicos religiosos que conheço fazendo isto são os evolucionistas, que utilizam seu sagrado dogma como única resposta a tudo.

      Like

  2. Saga says:

    Mais noticias interessantes aos interessados em temas criacionistas: http://www.criacionismo.com.br/2013/09/galaxias-antigas-ja-tinham-forma-atual.html

    Like

  3. Alguém duvida que a evolução é a nova religião dos naturalistas/ateus? Vejam o Facebook do Evolution Academy, site brasileiro… O pessoal faz até tatuagens com nome “Darwin”, a árvore de Darwin, etc….

    https://www.facebook.com/evoacademy?fref=ts

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s