Video: Muçulmana Esfaqueia Polícia Judeu

Impressionante.

Será que ele foi motivada pela seguinte tradição islâmica?

“When judgment day arrives, Allah will give every Muslim a Jew or Christian to kill so that the Muslim will not enter into hell fire.” — Mohammed (Mishkat Al-Messabih, vol. 2, no. 5552.)

O video de cima foi removido, mas eis aqui um novo:

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Islão, Religião and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

34 Responses to Video: Muçulmana Esfaqueia Polícia Judeu

  1. Adim says:

    O video foi removido.

    Mas, ja que ´´religão é tudo igual“ bem que Dawkins poderia reeditar seu livrinho ridiculo trasformando-o em ´´Ala, um Delirio“, depois ele e um grupo de ateus poderiam fazer seu ´´evangelismo“ Por la.

    Sera que esses ´´herois da (falta de)razão“ se habilitam?

    Like

  2. Mats says:

    Adim,
    Eu bem que deveria ter feito o download ontem! Hoje de manhã passou-me pela cabeça que a YouTube (sempre do lado islâmico) poderia remover o video, e aconteceu mesmo.

    Like

  3. Adim says:

    Meu Deus!
    Olha, quando li o anunciado adimito que pensei: ´´deve ser uma briga de transito ou domestica, acho que o Mats esta extrapolando um pouco.“

    No Brasil, infelizmente a policia não tem boas relações com o publica, ela quase sempre vista como ´´incopetente, violenta e corrupta“, existe portanto uma predisposição a crer que a policia esta sempre errada.
    Bem provavel que alguem diga ´´mas oque os policias fizeram? eles devem ter feito algo p ele reagir assim.“(tradução o pobre policial tem que provar que não mereceu tomar a facada!)

    Porem a faca escondida, esperar a hora certa, a forma que ela atacou, o local da facada, provavelmente a menina do video foi treinada por alguem p fazer isso.

    Agora essa submissão da google ao islã e novidade p mim, ainda lembro do dia que abri o site de busca e vi o desenho de um fossil comemorando a descoberta do grande ´´elo perdido“… 😦

    Like

  4. Nuno Dias says:

    Há já algum tempo tenho vindo a acompanhar este site.

    Alguns artigos, pela tamanha ignorância cientifica que revelam, fizeram-me saltar na cadeira. Uma vez que são traduzidos de sites estrangeiros, assumi que estivesse a ser um “bom pastor”.

    Este artigo do suposto Muçulmano que esfaqueia uma pessoa (de religião desconhecida) revelou um pouco de o que me parece ser a personalidade do autor do site, um radical religioso que procura um qualquer pretexto para denegrir o que pensa que se oponha à sua religião.

    Não interessa se Darwin ou outros contribuíram de alguma forma para o conhecimento, se de alguma forma não está de acordo com a Bíblia, então não serve e qualquer pretexto (por mais burro que seja) serve para contrapor.

    Parece-me que a pergunta seguida da citação, completamente descontextualizadas do vídeo, dificilmente lhe irão abrir as portas do paraíso.

    O senhor devia olhar-se ao espelho e perguntar “é desta forma que queres levar a vida?”

    Like

  5. Mats says:

    Nuno Dias,

    Há já algum tempo tenho vindo a acompanhar este site. Alguns artigos, pela tamanha ignorância cientifica que revelam, fizeram-me saltar na cadeira.

    Espero que não te tenhas aleijado no caminho para baixo.

    Este artigo do suposto Muçulmano que esfaqueia uma pessoa (de religião desconhecida) revelou um pouco de o que me parece ser a personalidade do autor do site, um radical religioso que procura um qualquer pretexto para denegrir o que pensa que se oponha à sua religião.

    Tu conseguiste concluir isso tudo apenas pelo vídeo que mostra uma muçulmana a esfaquear um judeu?
    A propósito, o que é um “radical religioso” quando aplicado a um cristão?

    Não interessa se Darwin ou outros contribuíram de alguma forma para o conhecimento, se de alguma forma não está de acordo com a Bíblia, então não serve e qualquer pretexto (por mais burro que seja) serve para contrapor.

    Mas Darwin não contribuiu de alguma forma para o conhecimento. A maioria das coisas que Darwin imaginou estão cientificamente erradas.

    Parece-me que a pergunta seguida da citação, completamente descontextualizadas do vídeo, dificilmente lhe irão abrir as portas do paraíso.

    De que forma é que o contexto muda o propósito da citação?

    O senhor devia olhar-se ao espelho e perguntar “é desta forma que queres levar a vida?”

    Estás-me a perguntar se eu quero continuar a vídeos que mostram o que é viver rodeado de pessoas que nos querem matar a todo o custo, chegando ao ponto de usar mulheres para esse propósito?
    Claro.

    Like

  6. MVR says:

    Mats, apesar de não gostar muito de alguns muçulmanos (Por estas e outras)acredito que não é culpa totalmente deles… Cresceram no Islã, desde a infância, e são ensinados como se o Islã fosse uma forma de aproximar de Deus.

    Não gosto do Islã, mas sinto um pouco de pena dos muçulmanos, em especial as mulheres e crianças.

    Apesar de que vídeos como este nos lembram a ter muito cuidado…

    Like

  7. Mats says:

    MVR,
    Eu concordo contigo. A primeira vítima da religão islâmica são os próprios muçulmanos, e isso é uma coisa que nós cristãos temos que levar em conta.
    Não só não é fácil sair dessa religião, como muitos só ficam nela mesmo por temer pela vida.

    Like

  8. MVR says:

    E ainda há gente que ache isso bom. Eu mesmo, do pouco que sei sobre o Islã, já tenho medo do que acontece por lá, imagino que se eu tivesse crescido na doutrina islâmica teria estes mesmos problemas. Não sei se teria coragem de sair, sob a ameaça constante.

    Os menores devem sentir muito medo, e as mulheres, então…

    Não é à toa que os críticos dos cristãos não se metem a falar igualmente do Islã publicamente, é como entrar na arena dos touros com a roupa do Flash.

    Like

  9. Adim says:

    Do jeito que esses ateus ´´criticos“ são covardes nunca se atreveriam, esse hipocritas sabem, apesar de de falarem falsamente o contrario, que a fe cristã e pacifica, prega o amor e o perdão.

    Like

  10. Mats says:

    É mesmo, Adim.
    O ateísmo sobrevive à custa do cristianismo, e isso é manifesto pelo facto de nos países islâmicos o movimento ateu ser bem menor que nos países antigamente cristãos.

    O que seria dos ateus sem os cristãos?

    Como cristãos podemos dizer que a nossa vida serve de conforto para muitos ateus. Sem a nossa existência, as suas vidas seriam bem mais vazias. 😉

    Like

  11. Nuno Dias says:

    Pedras contra balas.
    http://www.creative-i.info/?p=3785

    Se calhar, se os cristãos parassem de matar os filhos dos muçulmanos haveria mais paz.

    Like

  12. Mats says:

    Os “cristãos” não andam a matar os filhos dos muçulmanos.
    Os muçulmanos é que embrulham os seus filhos com bombas, e mandam-nos para meios onde haja judeus de modo a matarem o maior numero deles.

    Os “cristãos”, que eu suponho serem os países ocidentais, são tão “maus” para os muçulmanos que todos os anos, centenas de milhares deles tenta desesperadamente vir viver entre os “cristãos”.

    Além disso, os muçulmanos é que não querem paz com Israel. Eles querem destruir Israel. Mal sabem eles com Quem estão a lutar.

    Like

  13. Nuno Dias says:

    Perdoem-me apresentar argumentos sem evidências (estou a ser contagiado pelo seu site), mas parece-me que dois fanáticos religiosos iniciaram a guerra no iraque
    http://www.tonyblairfaithfoundation.org/

    Like

  14. Mats says:

    O Tony Blair é um fanático religioso? E ele começou a guerra do IRaque por motivos religiosos?

    Like

  15. Adim says:

    Qualquer ação do ocidente, não importa que seja a pessoa e porque o fez, contra os ´´coitadinhos“ muçulmanos é mostrada como um exemplo de ´´fanatismo terrorista cristão“ numa tentativa de provar que somos todos iguais aos homens-bombas islamicos.

    Esses neo-ateus são um poço de hipocrisia e desonestidade.

    Sobre violencia feita por fanaticos, a pregação de Dawkins sobre “intolerância com a religião” esta começando a gerar frutos.

    http://neoateismodelirio.wordpress.com/2009/12/06/seriam-estes-baderneiros-neo-ateus-hmm-hora-de-investigar/

    Like

  16. Nuno Dias says:

    o medo do nosso lider

    Like

  17. Mats says:

    Nuno,
    Espero ver o Clinton R. Dawkins a escrever um livro sobre o mal que está no Qur’an tal como ele não se cansa de fazer sobre o imaginado “mal” que está na Bíblia.

    Like

  18. Adim says:

    Poxa, um videozinho de 7 min, UAU!
    Teu ´´lider“ é um Rambo! Nunca vi tanta coragem num só pessoa!

    Sorry, vai ter quer fazer melhor que isso.

    Teu lider é um COVARDE, jamais se atreveria a falar ou fazer conta o Islã 10% daquilo que vive fazendo conta o Cristianismo.
    Mats lembrou bem, quantos livros ele escreveu, quantas ´´pregações“ contra o Maome seu ´´destemido lider“ fez?

    Like

  19. Mats says:

    Adim,
    Bem podemos ficar à espera. Os ateus querem manter a sua cabeça bem colada ao resto do corpo, e como tal vão se limitar a atacar os cristãos.

    Like

  20. ND says:

    e se de repente te ocupassem a sala?
    http://www.ionline.pt/conteudo/51429-bebedos-ao-volante-em-jerusalem

    (não havia visto estes últimos comentários… pobres criaturas cristãs vítimas dos ateus e muçulmanos)

    Like

  21. Mats says:

    Esse link é hilariante:

    “Só que do outro lado estão os dirigentes palestinianos mais sérios na procura da paz”

    Os palestinos estão “sérios” na procura da paz? Só se for a pax palestina, onde os judeus já não existem.

    Like

  22. ND says:

    curioso o poder da fé

    Like

  23. Mats says:

    Prefiro -> http://www.palestinefacts.org/

    Existem muçulmanos que vivem em Israel com os mesmos direitos civis qe os judeus.

    Quantos judeus vivem em territorios ocupados pelos muçulmanos?

    Like

  24. ND says:

    territórios ocupados pelos muçulmanos?
    eu sei que tu entendes que por ter existido uma tribo (além de filisteus, fenícios, moabitas, idumeus, hititas, madianitas, amoritas e amonitas) num território há uns milhares de anos, agora lhes dá direito de reclamar toda a região.

    mas também sei que tu não consegues encontrar um único documentário que não revele a actual falta de respeito pelos mais básicos direitos humanos que os judeus estão a infligir num povo com mais direitos àquela terra

    Like

  25. Mats says:

    ND,

    eu sei que tu entendes que por ter existido uma tribo (além de filisteus, fenícios, moabitas, idumeus, hititas, madianitas, amoritas e amonitas) num território há uns milhares de anos, agora lhes dá direito de reclamar toda a região.

    Sim, historicamente a terra pertence aos judeus.

    mas também sei que tu não consegues encontrar um único documentário que não revele a actual falta de respeito pelos mais básicos direitos humanos que os judeus estão a infligir num povo com mais direitos àquela terras

    A imaginada inexistência de tal documentário não muda a realidade dos factos.

    Mas não respondeste às minhas perguntas:
    Existem muçulmanos que vivem em Israel com os mesmos direitos civis qe os judeus.

    Quantos judeus vivem em territorios ocupados pelos muçulmanos?

    Não te esqueças de ver o outro lado desta questão.
    -> http://www.palestinefacts.org/

    Like

  26. ND says:

    desconheço os números.
    A tua pergunta a insinuar intolerância muçulmana é facilmente respondida com: existe em número proporcional ao dinheiro que conseguem de lá tirar.

    a ironia do destino
    “Muslims in Israel have the highest birthrate of any group: 4.0 children per woman, as opposed to 2.7 for Jewish Israelis”
    http://en.wikipedia.org/wiki/Arab_citizens_of_Israel

    Like

  27. Mats says:

    ND,
    Desconheces os números porque os “documentários” donde tiras a tua informação não te revela o racismo por parte dos muçulmanos.

    Não existem judeus a viver nas áreas ocupadas pelos muçulmanos porque os muçulmanos descriminam contra os judeus.

    Como é que algo tão obviamente racista não te é dito pelos teus “documentários”? Já te perguntaste sobre isso?

    Ah, e sim, os muçulmanos tem uma vida mais fácil em Israel do que em muitos países islâmicos. Pergunta às mulheres muçulmanos.

    Israel é tão mau para os muçulmanos que todos eles querem ir viver para lá.

    “Ironia do destino”.

    Like

  28. Mats says:

    Não te esqueças de ver o outro lado desta questão.
    -> http://www.palestinefacts.org/

    Like

  29. ND says:

    não discordo de nenhum ponto que levantaste, apesar de tudo, os líderes do judaismo/cristianismo são bastante melhores do que os do islamismo. Ambas as religiões são uma treta.

    Procurei durante algum tempo a “filiação” desse site. Como é possível ninguém se identificar ? Aposto que há mão de cristãos. 😉

    bom.. encontrei este
    http://bujassem.blogspot.com/2009/09/website-review-httpwwwpalestinefactsorg.html

    Like

  30. Mats says:

    Nuno,
    Mesmo que haja “mão de cristãos” isso invalida o conteúdo?

    Uma fonte deve ser julgada pelas evidências e não pelos supostos motivos da apresentação das mesmas.

    Like

  31. ND says:

    é o equivalente a ler textos de um membro do Ku Klux Klan sobre o Malcolm X

    Like

  32. ND says:

    havia esquecido do “E já agora” !

    http://www.publico.pt/Mundo/parlamento-de-israel-e-o-mais-racista-da-historia-do-pais_1428659

    consegues ver além da religião, Mats?

    Like

  33. Mats says:

    ND,
    Não vi nada de racista nessa notícia. Podes ser mais específico?

    Like

  34. ND says:

    não conheço as leis em particular, alguns resumos em:
    http://www.haaretz.com/hasen/spages/884358.html

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s